Categoria: Textos traduzidos

SHTF School: Água para sobreviver

Para aqueles que não conhecem o contexto do blog SHTF School, clique aqui para ler a introdução do blog e assim conseguir entender o texto abaixo.

Primeiramente você deve parar por um momento, ou mais de um momento e pensar sobre a importância da água. Existe todo tipo de informação interessante sobre água na internet e você pode pesquisar à vontade.

Neste artigo eu escrevo sobre minha experiência sobre água durante a guerra. Eu tentarei falar sobre alguns tópicos que não são muito óbvios.

Dentro de Chernobyl – Um documentário sobre a maior tragédia nuclear da história

A certo tempo estava navegando no YouTube e me deparei com um ótimo documentário amador sobre Chernobyl. Entrei em contato com o autor e consegui sua permissão para traduzir e legendar o conteúdo, com a proposta de disponibilizar para os leitores do blog.


Devo salientar que o foco principal deste documentário não é detalhar os pequenos fatos do acontecido, e sim demonstrar uma visão geral da tragédia e como se encontra hoje a zona ainda contaminada de Chernobyl e Pripyat.

Sobrevivendo a um atentado ou tiroteio

Mesmo que ainda sejam raras as situações onde há um atirador tentando matar todos (especialmente no Brasil), é um fenômeno que parece estar aumentando com regularidade. Do mais recente tiroteio no cinema até terroristas atacando em todos lugares do mundo, esses eventos acontecem e são situações para as quais devemos nos preparar e responder.

Tiroteio no cinema em Colorado

Questões e respostas típicas sobre mochilas de fuga (BoB) – Típica discussão de fórum

Navegando no canal survivalistsboards do You Tube encontrei uma sátira feita por ele que achei digna de ser traduzida e postada para que todos vocês possam ver também.

Esta relata uma conversa típica com um novato que não quer usar o mecanismo de busca e fazer sua pesquisa antes de vir com dúvidas até os mais experientes, apresentando então várias idéias errôneas e fantasiosas sobre a prática sobrevivencialista.

Todos os mais “experientes” na prática já tiveram que enfrentar um desses e provavelmente também já foram um, porém o do vídeo é um pouco “arrogante” demais…rs.

SHTF School: Exercícios de sobrevivência reais… que você pode fazer hoje

Para aqueles que não conhecem o contexto do blog SHTF School, clique aqui para ler a introdução do blog e assim conseguir entender o texto abaixo.

Conheça seus limites e force-os enquanto se prepara

Nós estamos nos preparando para qualquer cenário possível, comprando coisas que nós possivelmente precisaremos, praticando habilidades que nós vamos precisar, falando e discutindo sobre diferentes situações.

SHTF School: Abrigo de sobrevivência perfeito

Para aqueles que não conhecem o contexto do blog SHTF School, clique aqui para ler a introdução do blog e assim conseguir entender o texto abaixo.

Para sobreviver, a prioridade número um quando a crise aconteceu era ter um abrigo seguro.

No começo de tudo, quando os bombardeios e tiroteios começaram, a maioria das pessoas procuravam por um porão. Aqueles que tinham um muitas vezes se mudavam para lá de forma permanente para evitar o inferno lá fora… Mas esses abrigos nunca se pareciam com o que talvez você imagine.

Outras pessoas começaram a ter diversos tipos de idéias para criar suas próprias pequenas fortalezas. A primeira coisa era fortificar qualquer tipo de entrada na casa. Pense naquelas cenas quando

SHTF: As diferentes faces do medo

Para aqueles que não conhecem o contexto do blog SHTF School, clique aqui para ler a introdução do blog e assim conseguir entender o texto abaixo.

Eu posso dizer que o medo era constante. Algumas vezes ele fazia decisões por você, algumas vezes era apenas um lembrete no fundo da sua cabeça. Medo do desconhecido, medo da dor, medo de coisas pequenas que podem se tornar desastres, coisas como o frio ou machucados.

Assim como a maioria das coisas não é exata, o mesmo ocorre com o medo, todo mundo reagia de formas diferentes. Alguns podem dizer que o medo pode te matar eu concordo, mas o medo também pode salvar sua vida. O medo pode “fazer” coisas por você.