Praticando o trekking

Trekking consiste simplesmente em caminhada, porém a definição mais notória diz que é uma caminha por regiões naturais e selvagens. A prática do trekking já é bem antiga, porém nos últimos anos vem se popularizando cada vez mais, tanto que já existem associações e campeonatos (enduro a pé) por todas as partes.

Com o trekking ganhamos memórias como essa

O trekking é uma mistura de aventura, esporte e turismo. Para a prática do trekking não há limite de idade, bastando ter disposição e um pouco de condicionamento físico. Além disso vivemos em um país com inúmeras áreas de natureza exuberante que faz a prática do trekking ser inesquecível.

Para iniciar a pratica do trekking comece com lugares próximos a sua casa e conhecido pela região. Melhor ainda para iniciar são os trilhas que possuem guias especializados ou com amigos que já praticam, assim você pega a prática de como andar na mata e posteriormente sair em aventuras sozinho ou em grupo. Comece também em trilhas que durem somente um dia.

Alguns equipamentos são essenciais para prática do trekking. Lembre-se na hora de adquirir seus equipamentos que o peso e a utilidade são fundamentais. Prefira equipamentos leves e práticos, afinal você terá que carregá-los e quanto menor o peso melhor será seu deslocamento e evitará dores nas suas costas.

Começando pelo vestuário, prefira roupas leves, calçados apropriados (botas, boots ou tênis com solado mais agressivo), um chapéu e óculos escuros.

Para trekking de um dia use uma mochila que supra todas suas necessidades, digo, que caiba todo seu material, que seja confortável, etc. Na mochila tenha sempre: Protetor solar, repelente de mosquito, kit de primeiros socorros (Clique aqui para montar seu kit), lanterna, agasalho (mesmo em dias quentes), uma faca ou canivete, papel higiênico, sacos plásticos (prefira os ziplocks), isqueiro, bússola, mapa. Leve algum tipo de comida fácil, como sanduíche, bolacha, barra de cereal. Não esqueça da água, no mínimo dois litros.

Para trekking de mais de um dia use mochilas cargueiras com capacidade de mais de 50 litros. Coloque todos os materiais listados acima e acrescentes os seguintes equipamentos: um tipo de abrigo (barraca, rede), saco de dormir, celular ou rádio de comunicação, roupas extras, materiais de higiene pessoal, comida suficiente para sua aventura, fogareiro e combustível, Clorin (saiba o que é e como usar Clicando aqui). Para mais dicas de trekking de mais de um dia siga as dicas descrita nos tópicos: Acampamento: O que levar e como fazer; Água: Como obter e armazenar; Review: Rede Kampa Joy; Montando sua mochila: Dicas introdutórias.

Nada melhor que encontrar uma cachoeira em um trekking

Para finalizar lembre-se que a natureza está te oferecendo algo para você se lembrar, mas não deixe nada para que a natureza lembre-se de você, ou seja, não deixe seu lixo para trás, não destrua as plantas, não escreva seu nome nas árvores, só faça fogueiras em parques nacionais (isso é crime) em casos de extrema necessidade.

Então é isso, se você quiser fugir da agitação da cidade nada mais recomendável que um trekking nos fins de semana. Sem contra-indicações, e altamente viciante.

Ale César

Trekking: Sem contra-indicações e altamente viciante.
Anúncios

2 Comentários

  • Pingback: Diário de viagem: Piraputanga/Camisão – MS |

  • Todo fim de semana estou em alguma trilha, a distância máxima que andei até o momento foi em 2009, saímos a 6 da manha e caminhamos 35 km, até uma serra depois acampemos e retornemos no dia seguinte de ônibus..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s