Água: Como obter e armazenar

Já existe um tópico de obtenção e purificação de água neste site. Clique aqui para ler. Porém a água é muito importante e merece mais atenção.

A água é essencial para sua vida e manter-se hidratado é de suma importância e há inúmeros meios de obter água. Mas antes de saber como obtê-la, alguns indicadores podem mostrar que existe água por perto. Alguns indicadores são:

Enxames de insetos: Abelha e Formigas
Animais ruminantes: Eles necessitam de água ao amanhecer e ao anoitecer, então se vir algum, saiba que tem água perto.
Abundância de vegetação variada: indica água superficial.
Vales: as vertentes inclinadas dos vales podem albergar lençóis de água.
Rastos de animais: podem guiar até zonas de água.

Agora que você sabe onde pode achar água, vamos às formas para obtê-la:

Rios, lagos, etc: Fonte principal de água. Se você achar este tipo, tenha os devidos cuidados. Verifique o estado e o cheiro dessa água, veja se tem animais mortos ou fezes. Caso alguma dessas ocorrências existam, procure outra fonte e somente em último caso você pode consumir depois de efetuar a filtragem e fervura. Clique Aqui para saber como filtrar água.

Chuva: A fonte mais confiável de água. Para captá-la improvise uma espécie da bacia com lona ou até mesmo com sua camisa. Um método simples e eficaz é você cavar um buraco com 15 cm de profundidade no solo. Coloque um plástico por cima do buraco e prenda-o nas bordas com pedras, terra ou areia. E é só esperar que a chuva encha o pequeno reservatório.

Orvalho matinal: Acorde bem cedo e veja as folhas das árvores, as matas rasteiras. Se o clima estiver úmido você pode colher essa água. Para isto basta pegar uma camiseta seca e passar sobre a mata até essa ficar encharcada. Depois é só torcer a camiseta e você terá água.

Cipó-d’água: Essa planta armazena muita água. Se você achar basta cortá-la e a água sairá dela como se fosse uma mangueira.

Urina: Sua urina é composto de até 95% de água. Em caso de emergência você pode bebê-la. Nada de nojo, sua vida depende de água. Lembre-se que você só pode bebê-la no máximo 3 vezes consecutivas, após isso as toxinas tornam-se concentradas e podem lhe causar danos.

Frutas e plantas: Muitas frutas possuem água, assim como as plantas. Ao ingeri-las você está se hidratando. Cuidado com as plantas que você não conhece.

Por falar em obtenção de água das plantas, vou ensinar a extrair a água delas usando garrafa pet. Eu fiz essa experiência e realmente funciona, porem é um processo muito lento e você consegue pouca água.
Primeiro você coloca folhas verdes dentro de uma garrafa. Quanto mais verde melhor. Não use folhas que tem seiva (aquele leite). Fixe um copo no chão de maneira que não ele caia e em um lugar com bastante sol. Coloque a garrafa com o saída dentro do copo e espere. Vá virando a garrafa quando as folhas forem secando.

Você também pode fazer de uma outra maneira. Trata-se de um processo muito simples para obter água. Coloque um saco de plástico sobre um ramo de uma árvore ou arbusto. Feche a abertura do saco sobre o próprio ramo, e coloque um peso no fundo do saco para deixar o ramo inclinado, fazendo com que a água se concentre no fundo. É conveniente mudar de ramo todos os dias e recolher a água no fim de cada utilização.

Para saber mais sobre a água leia também:

Elementos chave: Água, uma introdução à obtenção e purificação

Anúncios

17 comentários

  • eu gostaria de fazer um armazenamento de agua atraves de garrafas pet e gostaria de saber se a agua chega a passar por algum dano depois de um certo tempo se alguem puder me responder eu agradeceria…

  • Eu to fazendo pesquisas para um trabalho de escola, eu queria fazer tipo um poço artesiano mais de um modo q filtrasse a água, um modo que qualquer pessoa pudesse fazer, para em épocas de seca não faltar água. Me ajudem se vcs poderem por favor, me da uma dica, como eu faço?

    • Olá Isa,
      Pergunta difícil a sua! Dependendo da região onde você estiver a água retirada do lençol freático já pode ser consumida sem necessidade de filtrá-la, em outros casos o excesso de cálcio pode causar complicações renais a longo prazo. O ideal é investir num sistema de perfuração barato e um bombeamento manual, pois um poço elétrico sai caro para comunidades carentes, porém se o lençol freático for muito fundo não há outra alternativa… Mas foque-se na idéia de facilitar o acesso à população a esses poços, pois mesmo que a água tenha de ser filtrada depois, ela já pode ser usada diretamente em plantações, que é a principal necessidade de povos rurais.

    • italo artur aves pereira

      e so voce fazer que nen um pote de concreto e deixar secar e colocar agua

  • Boa tarde a todos. Estava a passar por aqui e vi algo que me chamou atenção. Fui soldado de infantaria na operação Liberdade duradoura e cumpri duas missões no Afeganistão e uma no iraque. Não vos posso revelar o meu nome mas gostava de ajudar na questão de “beber urina”. Meu portugues não é muita bom, Por isso desculpam-me. A urina é esteril e a nível patogenico não é perigosa. Podemos a beber sim sem qualquer problema numa situação de crise e obvio de sobrevinencia.Sobreviver é o mais importante portanto não há lugar para nojo. Um de sres falou no Bear Grylls. Amigos, eu o conheço pessoalmente e o rapaz é um soldado muito completo e sabe do que fala embora hoje seja uma estrela da tv. Tudo o q ele sabe aprendeu nas forças armadas britânicas, exímios sres no q toca a sobrevivência.
    Podem beber a própria urina sem qualquer problema. Existe a possibilidade de contaminação por e.colli mas é bastante rara. E se tiverem água não potável podem sempre fazer o hidratação por via anal. J+a devem ter visto o Bear a fazer…
    Abraços de Toronto, Canada.

    • Salam,

      Primeiramente bem vindo ao blog! Obrigado pela contribuição acerca do fato que o pessoal estava discutindo, afinal nós não temos um conhecimento muito especializado pois somos e sempre seremos civis. Quanto ao Bear Grills não criticamos exatamente as ações dele e sim a produção do programa, que faz a sobrevivência ser algo realmente muito fácil, o que é um perigo quando outros tentam fazer o mesmo que ele sem treinamento adequado…

      Abraços!

  • Pingback: Trekking |

  • Gustavo Lanes

    Perdoe minha pretenção… mas a sua dica sobre beber urina é um tanto equivocada.

    – A princípio, a idéia de uma fonte de água à disposição pode ser interessante, porém, beber urina é um disproposito. Pois além de manter o nível de minerais em seu corpo (que seria pouco víavel no caso, por tratar-se de uma fonte já exaurida mineralmente), a água tem como função básica eliminar toxinas nocivas ao sistema corporal.
    – Elevar o nível dessas toxinas sem uma absorção mineral significativa, mesmo que uma única vez, vai de encontro ao propósito original de hidratar-se.
    – Além disso, beber urina provocará desconforto psicológico, ferindo sua dignidade restante e agravando sua situação de desgaste emocional (fora a possibilidade de contrair doenças, que podem sim, ser transmitidas pela urina).

    Talvez tenha pego a dica de Bear Grylls… certo?
    … tente confirmar a dica antes de tomá-la como verdade.
    No demais, boa matéria. Até mais ; )

    • Olá Gustavo,
      Desculpe pela demora para dar o retorno. Esta informação sobre a possibilidade de beber urina nos foi fornecida por um Coronel do exército formado pela AMAN e que possui diversas missões amazônicas em seu histórico.
      Concordo com todos seus pontos, porém se estamos dizendo de um momento de extrema necessidade onde você não possui nenhuma fonte de água e está em processo de desidratação intensa, você poderá beber a própria urina para ao menos retardar o processo.
      Creio que este assunto ainda é muito polêmico dentro das condutas de sobrevivência, porém como adquirimos a informação de uma fonte confiável achamos interessante divulgá-la.

      Abraços!

      • Gustavo Lanes

        Olá.
        Obrigado por responder (estava aguardando a confirmação, pois não tenho acesso à muitas outras fontes de informação confiáveis). Sua resposta esclareceu perfeitamente minha dúvida sobre o assunto, entendo que este seja um último recurso, imagino que deva ser usado apenas ao passo de retardar o processo de desidratação (de fato, acredito que deva ser eficiente quanto à isso).
        Pode parecer neuróse, mas sempre imagino cada possibilidade até a pior situação imaginável (minha família acha que sou doido por isso), e apesar de ser à princípio um método indesejável, certamente poderia ser usado em alguns casos. A maior parte das fontes as quais consultei eram contra a prática (mesmo instrutores) então acho que deve ser apenas para evitar o uso impróprio por parte dos civiis.
        Mesmo não gostando do método, é bom saber que veio de uma fonte confiável (significa que pode ser usado na prática).
        Até mais ; )

    • Gustavo,

      Não temos como saber de todas as informações, mas quando somos questionados sempre vamos atrás desse conhecimento. Obrigado pelo seu questionamento e espero que mais perguntas surjam!

      Até!

  • Pingback: Um Mito e uma Verdade sobre a Água |

  • Diego Ferreira da Silva

    É bom também lembrar de não fazer suas necessidades próximas das fontes de água por onde for, para não contaminar o local. Faça no mínimo uns 100 metros longe da fonte e nunca muito fundo ( no caso de “material sólido” pra não contaminar também o lençol), 10 a 15 centímetros de profundidade já tá bom…

    Até mais

  • Gabriel Martins Medeiros

    Bom post amigo.
    Ainda estou esperando o post sobre afiação de facas.

    Abraços;

    • obrigado.
      Quanto ao post sobre afiação eu estou fazendo. Falta tirar umas fotos ou fazer um video.

  • Gustavo Crivelaro

    Sempre tive uma duvida, se eu encontrar um lago e nele tiver um animal morto, mesmo se eu ferver a agua não posso beber?

    • Ola,
      Não sou especialista mais vou falar pelo que eu sei. Se for um lago grande não terá problema, mas deve ser evitado. Se for uma poça de agua é melhor procurar outra fonte de agua.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s