COMO CRIAR UM PLANO DE FUGA

Primeiramente, porque é interessante montar um plano de fuga? Não basta somente pegar as coisas colocar no carro e sair? Infelizmente as coisas nem sempre estão assim tão favoráveis e inúmeros percalços podem estar lhe esperando no caminho, e como um bom sobrevivencialista, você deve tentar antecipar a maioria deles. Mas vamos aqui contextualizar isso.

Os seres humanos são criaturas ocupadas. Acordamos em nossas casas, vamos trabalhar durante o dia, saímos e socializamos quando nossos turnos terminam e passamos o tempo em casa com a família à noite.

Perceba que durante um único dia você se desloca por vários lugares? Somado a isso, também o trajeto percorrido entre esses locais, é possível concluir que existe uma boa possibilidade de que quando algo acontecer você não esteja em casa. Portanto, você deve conhecer seu plano para escapar de qualquer um dos locais mencionados acima. Planos de fuga exigem criatividade, preparação, análise logística e pragmatismo. Embora alguns de seus planos de fuga possam parecer ótimos no papel, você deve ser capaz de executá-los quando necessário. Vamos examinar algumas coisas a serem consideradas ao criar seu plano de fuga.

Consciência situacional

Antes que você possa entrar em seu carro e dirigir pela estrada, você precisa primeiro considerar sua situação. Onde você está? Quem está com você? Onde estão localizadas as saídas? O que você faz depois de sair? Escapar da sua situação sozinho é diferente de escapar com os outros, então você deve ser capaz de responder às seguintes perguntas:

  1. Estarei sozinho ao escapar da minha localização imediata?
  2. Depois de escapar da minha localização imediata, encontrarei outras pessoas antes de chegar em segurança? Nesse caso, considere treinar outras pessoas para chegar ao local seguro sem sua ajuda.
  3. Preciso recuperar alguma coisa antes de chegar em segurança no local pré determinado?

Uma vez removido de sua localização imediata, você deve identificar sua rota principal para o seu destino. Os outros membros significativos do seu grupo também devem seguir essa rota principal. Você não quer atrasar uma fuga esperando que outras pessoas o encontrem fora do local seguro. É importante que você tenha os suprimentos necessários para sustentá-lo durante sua fuga. Eu recomendo mochilas estrategicamente colocados para garantir melhor a sua fuga bem-sucedida.

Análise Logística

Planos de fuga vêm em muitas formas. As pessoas que moram numa ilha, como Florianópolis, onde o número de saídas é muito reduzido, o que com certeza acarretaria em aglomerações nesses lugares, poderiam, se possível considerar um plano de fuga por água, enquanto aqueles que estão no continente precisariam se afastar do perigo iminente por terra.

Nenhum plano de fuga é igual, então você deve preparar a logística de sua fuga com antecedência. Sugiro primeiro identificar sua localização segura e depois trabalhar de trás para frente. Você tem um lugar que quer chegar? A que distância se encontra? Como você chega lá? Quais são seus planos de contingência? Novamente, sair de sua localização imediata é o primeiro passo. De lá, você precisará chegar à sua rota de fuga principal.

Vamos usar um exemplo: minha localização segura é uma cabana isolada em uma floresta a oitenta quilômetros de minha casa. Identifiquei as saídas da minha localização imediata. Eu sei que minha rota de fuga principal é por estradas secundárias em meu veículo. Eu tenho uma mochila preparada em minha casa uma e no meu armário no meu local de trabalho. Portanto, meus passos devem ser os seguintes:

  1. Sair do local imediato.
  2. Recuperar a mochila no local de melhor acesso.
  3. Seguir a rota de fuga. Você precisará considerar se as condições permitem sua rota principal. Você deve ter um plano de contingência para o caso.
  4. Chegar no local seguro.

Seja pragmático

As fugas devem ser tão rápidas quanto as condições permitirem. Você deve equilibrar heroísmo com chances de sobrevivência. Nem todos podem ser salvos, então você deve priorizar a sua segurança e de seus entes queridos. Você só deve pegar o essencial para o seu trajeto mantendo uma margem para a segurança, mas é importante ter necessidades de sobrevivência em seu local seguro. Recursos serão obviamente consumidos durante o percurso e não é nenhum pouco interessante ficar de mãos abanando numa situação de emergência.

Se você tiver dúvidas, comentários ou dicas adicionais, não hesite em colocá-las nos comentários.

Texto traduzido e adaptado do site: Bunker Basics.

2 Comentários

  • Moises silva

    Me considero um sobrevivencialista…sou seguidor do teu canal…a forma tática que você escolheu ou rota de fuga é perfeita simples e eficaz se seguida fielmene penso…porém acredito lucas que poucos conseguirão sucesso nesta empreitada….mas os que tiverem sucesso boa sorte e….salve- se quem puder…kkkkkkk. 😆

  • Cálculos errados de logística podem fazer com que todo o plano seja fracassado, vi uma matéria sobre os problemas que a Rússia vem enfrentando na Guerra contra a Ucrânia e que pode fazer fracassa-la na invasão, planejamento é tudo. 🙅🏽

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s