AS DIFERENÇAS ENTRE UMA BUG OUT BAG E UMA GET HOME BAG

Se você passou algum tempo pesquisando sobre sobrevivência geral e preparação, não tenho dúvidas de que você já viu vários termos sobre o assunto de bagagem, especificamente termos como o onipresente BOB ou Bug-out bag e GHB ou Get-Home Bag. Muitas vezes, esses termos são usados ​​​​de forma intercambiável na linguagem “prepper”. Afinal, qual é a diferença de uma mochila para outra, desde que estejam cheias de suprimentos de sobrevivência que você precisa quando ocorre um desastre?

A diferença entre um BOB e um GHB é mais do que apenas o tamanho da mochila ou sua configuração. Os dois conceitos têm missões diferentes, e é isso que mais influenciará suas escolhas quando se trata de tamanho, conteúdo e muito mais. Uma mochila com o objetivo de chegar até em casa é uma mochila mais leve, destinada a ajudá-lo a voltar de um local remoto ou ponto de reabastecimento, onde uma mochila de evasão, maior e mais abrangente, estará projetada para ajudá-lo a sobreviver quando evacuar para um local de abrigo secundário.

Principais diferenças

FuncionalidadeBOBGHB
Peso 18 – 22 kg9 – 11 kg
Propósito principalPara permitir que você evacue sua casa.Para ajudá-lo a chegar em casa em uma emergência.
Tempo que ajudará você a sobreviver3 – 7 dias12 horas
Quanta água?Uma garrafa grandeUma garrafa pequena
Kit de primeiros socorrosGrandePequeno
AbrigoBarracaLona
RoupasMudança completa de roupa, 2x roupa intima, 2x pares de meias, luvas resistentesLuvas, meias e roupa interior
Purificação da águaFiltro de água e pastilhas de purificaçãoFiltro de água

No artigo de hoje, exploraremos as diferenças entre uma BOB e uma GHB e por que você deve se atentar a isso.

O que você está planejando com sua mochila?

Qualquer mochila de sobrevivência para qualquer finalidade conterá alguns conjuntos semelhantes de itens que você absolutamente deve ter para lidar com uma situação de crise. Você precisará de comida e uma certa quantidade de água, além de suprimentos e equipamentos para filtrar a água encontrada enquanto estiver em deslocamento. Você vai precisar de itens para fazer abrigo, coisas como uma lona ou barraca, cordas, cobertores de emergência e assim por diante. Para complementar os suprimentos do seu abrigo, você deve investir pesadamente em fontes de fogo como, isqueiros, aceleradores e assim por diante.

Você precisará de uma variedade de ferramentas para ajudá-lo a lidar com problemas encontrados em seu ambiente e na elaboração geral. Certamente também será útil ter um kit de primeiros socorros bem abastecido que possa ajudá-lo a lidar com o que for necessário, e provavelmente é do seu interesse se você tiver algumas armas para se proteger.

Resumidamente, você pode pensar em sua mochila como uma espécie de tanque de ar de sobrevivência. Assim como um mergulhador pode permanecer debaixo d’água enquanto seu suprimento de oxigênio durar, sendo um sobrevivencialista, poderá permanecer em campo em condições austeras enquanto seus suprimentos e ferramentas contidos em sua mochila durarem.

Isso é um argumento bastante convincente para carregar tudo, em sua bolsa de sobrevivência! Entretanto, a troca inevitável para cada peça de equipamento e cada item que você carrega em sua mochila é o peso.

Seu objetivo impulsiona o trem de engrenagens

Mesmo os itens menores e mais leves feitos com materiais de alta tecnologia para economia de peso adicionarão gramas à contagem total. Essas gramas se transformarão em quilos, e eles podem se transformar em uma quantidade considerável de dor, cansando você, diminuindo a velocidade e até levando a lesões. É por esta razão que qualquer sobrevivencialista deve ser altamente cauteloso e justificar cada coisa que coloca em sua mochila.

Um fato de estar sobrecarregado certamente tornará sua viagem muito mais difícil, podendo se tornar impossível de se mover se estiver ferido ou exausto. Não existe uma BOB de tamanho único. O meu não vai parecer com o seu. Há muitos fatores a considerar.

É perfeitamente possível estender seu tempo de deslocamento e até substituir uma quantidade significativa de equipamentos se você tiver as habilidades primitivas necessárias para sobreviver em um determinado ambiente. Além disso, os planos de alguns indivíduos não dependem tanto de sair pesadamente preparado para cada contingência.

Se você estiver enfrentando uma caminhada simples, totalizando um dia de viagem para chegar ao seu abrigo que está bem abastecido, você se arriscaria a carregar uma mochila de 30kg? Provavelmente não. É aqui que surge a ideia de diferentes mochilas para diferentes finalidades. A maioria dos preparadores que conheço realmente carregam muita coisa tentando cobrir todas as contingências que esperam encontrar e ter que lidar.

Esse raciocínio geralmente é correto, porque se eles estão pegando sua mochila de fuga, estão lidando com alguma coisa séria. Além disso, a maioria desses mesmos preparadores nem se incomoda em carregar suas mochilas com eles quando saem de casa. Por que não? Isso parece curioso para você? O desastre não poderia acontecer enquanto eles estão indo ou voltando do trabalho, ou alguma outra tarefa que os impediria de voltar para casa?

Claro que poderia. E ainda recai sobre eles o ônus de estarem preparados para tal eventualidade. No entanto, transportar uma mochila enorme para dentro e para fora de casa é para alguns deles muito trabalhoso e também muito visível com os vizinhos ao redor. Mas eles evitam esse problema inteiramente mantendo uma mochila separada cheia de suprimentos de sobrevivência com eles o tempo todo quando saem de casa, uma Get home bag.

Uma GHB não é necessariamente um substituto para um BOB completo, mas o substitui em certas circunstâncias e, o mais importante, pode permitir que você chegue em casa e pegue sua mochila principal. Vamos nos aprofundar nas principais diferenças e conceitos entre BOBs e GHBs nas seções a seguir.

Principais diferenças entre BOBs e GHBs

Embora eu não ache que ninguém entenderá mal o que você quer dizer se soltar um ou todos esses termos em uma conversa casual, nem todas as bolsas de sobrevivência são destinadas exatamente ao mesmo conjunto de circunstâncias.

Eu argumentaria ainda que existem, de fato, diferenças na maneira como você deve abordar a sua mochila de sobrevivência que você mantém pronta para lidar com uma situação de emergência e, portanto, devemos restringir nosso uso de rótulos de acordo.

Características da BOB:

  • Geralmente grande, possuindo barrigueira, e de preferência com estrutura sólida.
  • Projetado para transportar todos os tipos de equipamentos de sobrevivência por um longo período longe do estoque doméstico.
  • Permite a sustentação de médio a longo prazo em campo.

A bug-out bag é um conceito com o qual você provavelmente já está familiarizado. Normalmente, uma mochila grande, que é mantida carregada com todo o equipamento de sobrevivência necessário para uma longa incursão longe de casa em caso de desastre ou emergência. Isso é para apoiar o deslocamento para um local seguro ou para permitir que você sobreviva num local sem estrutura, longe de quaisquer problemas que estejam assolando sua área de origem.

Como regra, quase qualquer BOB se concentrará nas necessidades essenciais de sobrevivência, mas dará grande ênfase ao material do abrigo, ferramentas, inicialização de fogo, aquisição de água e alimentos e outras preocupações de manutenção de médio a longo prazo. Geralmente, ela é usada quando as coisas estão ruins o suficiente para fazer você fugir para salvar sua vida.

Como sua mochila de evasão deve protegê-lo de muitas ameaças diferentes e abastecê-lo para muitas situações diferentes, geralmente é mais generalista. Embora ela em si possa ter suprimentos suficientes para apenas 3-5 dias, ele permite que o preparador que o carrega configure seu local de abrigo ou acampamento e comece a se estabelecer no local. Isso depende de uma certa quantidade de habilidade, obviamente, mas quanto mais habilidade se tem, mais leve sua BOB pode ser.

Um saco de bug-out pode vir em uma variedade de tamanhos e categorias de peso, mas a média parece estar entre 18 e 25 libras, muito mais pesado que isso está fora de questão.

Características da GHB:

  • De pequena a média, muitas vezes não possuindo barrigueira, nem estrutura.
  • Destina-se a transportar equipamentos que agilizarão o movimento de emergência para casa a pé.
  • Carrega o mínimo de equipamento de abrigo para a estação/clima.
  • Maximiza os itens necessários para mantê-lo energizado, em movimento e seguro.
  • Normalmente leve para aumentar a velocidade e o conforto.

Pense em uma GHB como uma prima menor de uma BOB. De certa forma, ela funciona como uma bolsa de viagem ao contrário. Você está pegando esta bolsa para poder ir para casa e, esperançosamente, para sua mochila maior! Como um BOB, uma GHB também se concentra nos fundamentos de sobrevivência, mas enfatiza muito mais itens que o manterão abastecido, protegido ambiental e fisicamente e se movendo a pé em direção ao seu destino (que provavelmente é sua casa ou outro ponto de reabastecimento onde você guardou suprimentos mais substanciais).

Esses itens são normalmente coisas como alimentos leves e ricos em calorias que você pode comer para obter picos regulares de energia, uma garrafa de água e um sistema de filtragem, calçados, meias e outros itens de vestuário apropriados para longos movimentos a pé, dependendo no clima e terreno onde você mora e, geralmente, um implemento de autodefesa.

Ênfase extra pode ser colocada em itens de vestuário como meias e roupas íntimas, qualquer coisa que precise ser trocada rapidamente enquanto trabalha duro e se move rápido para evitar bolhas que possam prejudicar seu progresso. Itens de sobrevivência, como um kit fogo e equipamentos de abrigo, serão mantidos de forma muito minimalista.

Não está fora de questão que você possa ter que se abrigar durante a noite ou parar temporariamente enquanto volta para casa, portanto, se planeje de acordo, mas se prepare para um acampamento muito menos estruturado. Idealmente, um GHB não pesará mais de 12kg, e espero que menos do que isso.

BOBs e GHBs se complementam?

Sim, claro. Alguns podem preferir ter uma BOB de tamanho médio e levá-lo para todos os lugares que vão. Para as pessoas que não têm muito esperando por elas em casa, seja família ou suprimentos de material, essa pode ser uma solução ideal, pois você está pronto para se dirigir ao seu local de fuga de onde quer que esteja, desde que você tenha sua BOB com você.

Outros podem se inclinar para um GHB maior e preencher seu conteúdo com mais itens de sobrevivência e sustentação, caso viajem ou trabalhem regularmente muito longe de suas casas. Está longe de ser inconcebível que alguém esteja lidando com uma situação que possa se ver a dezenas de quilômetros de distância de sua casa e ter que enfrentar uma longa caminhada para voltar.

Se for esse o caso, é tolice pensar que você pode ir direto; você precisará parar para descansar, ou evitar o mau tempo ou apenas para avaliar a situação à medida que ela avança. Uma GHB que tenha abrigo e suprimentos de sustentação dentro dela permitirá que você faça isso, mesmo que leve alguns dias ou mais para chegar em casa.

Só porque os vários tipos de mochilas de sobrevivência que você pode criar são destinados a diferentes tarefas e problemas de sobrevivência, não significa que você não possa hibridizar os dois ou criar seu próprio conceito, por falta de um termo melhor. O que mais importa não é como você chama sua mochila e também não é fazer com que a bolsa e o equipamento que você tenha se encaixem em uma categoria específica.

O que importa é que você tenha o equipamento de que precisa em uma mochila que não dificultará seu trabalho. Não tenha medo de se preparar “fora das linhas”, desde que você tenha feito sua própria avaliação de risco e esteja se equipando adequadamente.

Conclusão

As BOBs e GHBs são muito semelhantes na superfície, mas destinam-se a se especializar em certas tarefas de sobrevivência. Um BOB é a escolha onipresente e obrigatória para os Sobrevivencialistas que estão se preparando para uma situação ruim e planejam se dirigirem para um local de fuga até que a situação acabe.

A GHB é uma bolsa mais leve, mais enxuta e menos equipada, projetada apenas para fornecer o que você precisa para voltar para casa a pé quando uma crise o impediu de um transporte rápido de volta. Não é uma questão de qual você deve obter; você deve ter os dois!

Texto traduzido e adaptado do site: The Survivalist Blog.

2 Comentários

  • Júlio sou um escrito do canal, queria fazer um pedido e sugestão de vídeo, clara se vocês poderem fazer.
    Ensina como fazer uma bainha em PVC.
    Att: Silva

  • Freitas Júnior

    Muito bom esse texto!
    Procuro manter as duas sempre em ordem.
    Minha GHB, é um EDC ampliado, já que trabalho a alguns Km de casa, e raramente volto para almoçar…
    Já minha BOB, passa por constantes reformulações, dependendo inclusive da época do ano, verão ou inverno por exemplo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s