A PREPARAÇÃO É IGUAL PARA TODOS?

Não importa qual seja o seu desastre, estamos todos realmente nos preparando para a mesma coisa básica. Alguns diriam sobrevivência, outros diriam catástrofe ou crise. No final das contas, estamos todos apenas nos preparando para uma interrupção no dia a dia a que estamos acostumados.

A mídia sempre parece mostrar que todos os “preppers” estão se preparando para algum grande evento. Algum caos do fim dos tempos e apocalipse. Em exceção daqueles que se concentram em um tipo de desastre específico, isso está longe da norma.

A maioria dos Sobrevivencialistas são pessoas que nem mesmo percebem que são! Não é preparação, é vida! Eles são apenas pessoas que vivem em áreas onde as coisas podem ficar um pouco malucas, geralmente por conta da Mãe Natureza. Aqueles que se rotulam como preparadores tendem a se planejar para o caos geral, em vez de presumir que, de todas as possibilidades de desastres lá fora, o deles é o que tem mais probabilidade de acontecer. Bem, não estou julgando essas pessoas, mas acho que é um pouco míope me concentrar em apenas um tipo de cenário. Parte da preparação é a flexibilidade e a capacidade de adaptação. Concentrar-se em apenas uma situação não faz muito sentido, a menos que você esteja dominando algo e depois seguindo em frente.

Caso algo que é recorrente ou que pode acontecer inesperadamente e lhe atingir, como por exemplo, morar em uma área com enchentes ou perto de uma usina nuclear, onde pode ocorrer um acidente, a sua prioridade não deve ser se preparar para aquilo, e sim trabalhar para que possa morar em um lugar onde esse tipo de preocupação não esteja te assolando diariamente.

Então, se todos nós estamos nos preparando para uma ruptura em nosso dia-a-dia normal, o que podemos fazer para ajudar a suavizá-la? Para o que realmente estamos nos preparando? Estamos nos preparando para garantir que, caso a água pare de funcionar, possamos não sofrer com tal desabastecimento. Se uma doença ou uma praga de insetos destruir todo a nossa plantação, temos alimentos de reserva armazenados e prontos para serem consumidos. Se o trabalhador principal da casa perder sua renda, temos suprimentos e alimentos armazenados, então não temos que gastar dinheiro com isso, deixando os fundos limitados irem para outras coisas. Se o inverno for muito rigoroso, temos maneiras alternativas de nos manter aquecidos e assim por diante.

A lista continua, também não é a mesma lista para todos. Na verdade, existe realmente apenas “um plano de preparação”. Todos os humanos precisam das mesmas coisas básicas para sobreviver. A diferença está em como essas necessidades são preparadas e isso é, novamente, diferente para cada pessoa.

Nós plantamos e criamos para ajudar a suplementar nossa comida. Tenho orgulho em ter mais controle sobre aquilo que eu como, de onde vem, como foi cultivada, como foi tratada e como foi preservada. Eu não preciso de um adesivo dizendo que é orgânico, eu sei que é, porque eu que plantei!

Não importa se você se considera um sobrevivencialista ou não, as atitudes falam por si só. Pagar o seguro, por exemplo, é uma forma de se preparar para o imprevisto. Comprar alimentos básicos a granel, quando à venda, e armazená-los cairia definitivamente na categoria de preparação, porque a maioria da população não faz mais isso.

Ignore a mídia. Honestamente, basta fazer isso e começar a pensar por si mesmo novamente. O que há de tão errado ou exagerado em ter alguns suprimentos estocados ​​no caso de você precisar deles? Você não precisa de uma despensa enorme, abrigo subterrâneo ou arsenal de armas de fogo para sobreviver. Começar com comida e água suficientes por uma semana para todos em sua casa, é uma meta fantástica e alcançável. Há um grande conforto em saber que você tem um “ás na manga” que você colocou para sua família, não precisa ser extremo. Estamos nos preparando para uma interrupção da norma para que possamos superá-la com menos estresse e preocupação.

Traduzido e adaptado do site: Homestead Dreamer.

2 Comentários

  • Fabiana de Lima Sousa

    É muito bom, é isso mesmo. Hoje me percebo preparadora desde criança quando ainda nem sabia porque tinha algumas “manias” e “loucuras”. A preparação se inicia pelo básico, “o seu básico”, é um processo de descobertas incríveis.

  • PARABÉNS, Welthon Tavares SELECIONA OS MELHORES ARTIGOS, COM ÓTIMA TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO, SEMPRE TRAGA PARA NOS ESTES ÓTIMOS TEXTO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s