Que tal começar a primeira horta?

Ninguém nasce sabendo, isso é fato. Para aprender a fazer qualquer coisa o processo é gradativo, você não leu um livro logo de cara, primeiramente se aprende as palavras, então se vai subindo nível a nível até chegar ao seu objetivo… Plantar não é diferente.

Os temperos são mais fáceis de trabalhar em relação à outras plantas, eles não precisam de tanta atenção, por isso são perfeitos para começar. A aprendizagem acontece aos poucos, e, antes de pôr as mãos na terra, comece lendo sobre o que planeja plantar, vídeos também ajudam bastante.

Digo mais! Para aqueles que já são pais, uma pequena horta é uma ótima ferramenta para ensinar as crianças sobre responsabilidade, elas vão ter que regar todos os dias e isso vai virar uma pequena tarefa para eles, sem falar que eles vão adorar mexer com a terra.

Importante: temos que tomar cuidado com o exagero, a primeira tentativa é somente uma experiência, então não exagere e plante demais! A verdade é que você provavelmente perderá a primeira horta e então terá espaço para se aprimorar e fazer uma segunda com mais chances de ser bem sucedida.

O passo a passo para iniciar sua primeira plantação:

1° – Recipiente: Como provavelmente não será algo volumoso, uma garrafa pet cortada paralelo ao comprimento da mesma será mais que suficiente, mas qualquer recipiente que tenha alguma drenagem de água é utilizável, até mesmo um saco de 1kg de açúcar ou arroz, basta fazer alguns furos na base.

garrafapet1-ecod
As garrafas PET servem até para canteiros suspensos!

2° – Terra: Nesse aspecto quem mora em um local com mais acesso outdoor vai ter mais facilidade em conseguir o material, mas mesmo que você esteja em um centro urbano em casas de jardinagem e até grandes supermercados que tem áreas de jardinagem você irá encontrar terra vegetal já adubada.

3° – O que plantar: Talvez este seja o principal passo, escolher o que você vai plantar. Existem alguns aspectos que você tem que levar em conta para fazer sua escolha:

  • Plante o que você come, isso é óbvio, pois plantar algo que não vai ser consumido é perda de tempo, se você não come alface, então não plante alface;
  • Escolha um cultivo adequado ao clima da sua região, a horta não vai prosperar se por exemplo você plantar uma espécie de clima frio no calor do Nordeste;
  • Escolha plantas mais resistentes e que exijam menos trabalho, ao menos para começar a aprender.

4° – Regar: Se nós precisamos de água, a horta também vai precisar da sua atenção. Você terá que regar diariamente todas suas plantas, e, como o processo provavelmente será manual, dê preferência aos horários pela manhã e no final do dia, pois assim a temperatura estará muito alta e as plantas não receberão um choque térmico.

woman-watering-garden-hose-653x0_q80_crop-smart
Lembre-se de estudar o quanto de água cada planta precisa!

5° – Colheita: Dependerá exclusivamente do que você plantou, por isso é importante o conhecimento sobre, se conhece alguém que já planta pode conversar com ele, com certeza receberá valiosas dicas.

Se você é mais experiente e acabou de ler esse texto talvez esteja pensando “Mas eu já sei disso”, e realmente, talvez a maioria saiba, mas é um texto para lembrar que a todo momento alguém está começando e aprendendo coisas novas, talvez seja a primeira vez que a pessoa leu algo sobre Sobrevivencialismo.

Texto escrito pelo colaborador Welthon Tavares.