Que tal começar a primeira horta?

Ninguém nasce sabendo, isso é fato. Para aprender a fazer qualquer coisa o processo é gradativo, você não leu um livro logo de cara, primeiramente se aprende as palavras, então se vai subindo nível a nível até chegar ao seu objetivo… Plantar não é diferente.

Os temperos são mais fáceis de trabalhar em relação à outras plantas, eles não precisam de tanta atenção, por isso são perfeitos para começar. A aprendizagem acontece aos poucos, e, antes de pôr as mãos na terra, comece lendo sobre o que planeja plantar, vídeos também ajudam bastante.

Digo mais! Para aqueles que já são pais, uma pequena horta é uma ótima ferramenta para ensinar as crianças sobre responsabilidade, elas vão ter que regar todos os dias e isso vai virar uma pequena tarefa para eles, sem falar que eles vão adorar mexer com a terra.

Importante: temos que tomar cuidado com o exagero, a primeira tentativa é somente uma experiência, então não exagere e plante demais! A verdade é que você provavelmente perderá a primeira horta e então terá espaço para se aprimorar e fazer uma segunda com mais chances de ser bem sucedida.

O passo a passo para iniciar sua primeira plantação:

1° – Recipiente: Como provavelmente não será algo volumoso, uma garrafa pet cortada paralelo ao comprimento da mesma será mais que suficiente, mas qualquer recipiente que tenha alguma drenagem de água é utilizável, até mesmo um saco de 1kg de açúcar ou arroz, basta fazer alguns furos na base.

garrafapet1-ecod

As garrafas PET servem até para canteiros suspensos!

2° – Terra: Nesse aspecto quem mora em um local com mais acesso outdoor vai ter mais facilidade em conseguir o material, mas mesmo que você esteja em um centro urbano em casas de jardinagem e até grandes supermercados que tem áreas de jardinagem você irá encontrar terra vegetal já adubada.

3° – O que plantar: Talvez este seja o principal passo, escolher o que você vai plantar. Existem alguns aspectos que você tem que levar em conta para fazer sua escolha:

  • Plante o que você come, isso é óbvio, pois plantar algo que não vai ser consumido é perda de tempo, se você não come alface, então não plante alface;
  • Escolha um cultivo adequado ao clima da sua região, a horta não vai prosperar se por exemplo você plantar uma espécie de clima frio no calor do Nordeste;
  • Escolha plantas mais resistentes e que exijam menos trabalho, ao menos para começar a aprender.

4° – Regar: Se nós precisamos de água, a horta também vai precisar da sua atenção. Você terá que regar diariamente todas suas plantas, e, como o processo provavelmente será manual, dê preferência aos horários pela manhã e no final do dia, pois assim a temperatura estará muito alta e as plantas não receberão um choque térmico.

woman-watering-garden-hose-653x0_q80_crop-smart

Lembre-se de estudar o quanto de água cada planta precisa!

5° – Colheita: Dependerá exclusivamente do que você plantou, por isso é importante o conhecimento sobre, se conhece alguém que já planta pode conversar com ele, com certeza receberá valiosas dicas.

Se você é mais experiente e acabou de ler esse texto talvez esteja pensando “Mas eu já sei disso”, e realmente, talvez a maioria saiba, mas é um texto para lembrar que a todo momento alguém está começando e aprendendo coisas novas, talvez seja a primeira vez que a pessoa leu algo sobre Sobrevivencialismo.

Texto escrito pelo colaborador Welthon Tavares.

Anúncios

3 Comentários

  • Ricardo Tofolo

    Comecei com cebolas semana retrasada. Próximo passo será o alho. Depois, cebolinha e salsinha. Assim que tiver mais prática e que tiver implantado isso em minha rotina, partirei para coisas maiores, como tomates, pepinos, folhas e frutas. Recomendo o canal Isaac Horta em Apartamento, do Youtube.

  • Caro Lobo e equipe, MUITO BOM, muito bom mesmo!
    Entendo que agricultura é ensino primevo, e é fundamental que seja o jardim de infância de qualquer pessoa! Cuidar da vida nos faz entender e respeitar a vida! E o mais importante, não é cuidar de vida degenerada como é a proposta da medicina ocidental, é cuidar da catalização da vida, é cuidar da vida em estado pujante!
    Acrescentaria que é interessante observar as sementes mais fortes, que são as menores, as mais compactadas, dotadas de mais energia vital.
    É por isso que se usa a semente de mostarda em acupuntura, ela é entendida uma das sementes com maior força vital.
    Usar sementes pequenas e poderosas garante um brotar maism fácil e fundamental para o estimulo nessa arte maior!
    Se as pessoas tivessem uma noção do valor intrínseco do plantar, o respeito ao trabalhador do campo seria exponenciado, e o ódio aos lixos do agrobusiness também e com isso se garantiria não o poder das corporações envenenadoras, das petrolíferas causadoras de guerras e sobretudo da destruição do bioma.
    Teriamos uma sociedade onde o homem do campo é valorizado garantindo o êxodo urbano, reduzindo a letalidade e “degenerativismo” do processo social!
    As cidades menos populosas poderiam prover as pessoas de maior qualidade de vida, o crime seria banido, pois ele é oriundo exclusivamente das agendas de segurança pública (só existe necessidade de polícias onde existe bandido, logo polícias fabricam criminosos não só para sobreviverem, mas sobretudo para se tornarem dominantes, afinal eles investidos de poder controlam as ARMAS), só nessa tacada eliminariamos os maiores criminosos que existem, os governos e suas polícias!
    Pessoas em contato com a terra, com o plantar não hesitam em exterminar o estuprador, o pedófilo, o corrupto, pois cientes do poder degenerativo nas plantas (animais daninhos se não são eliminados da plantação destroem a plantação, da mesma forma que o corrupto faz com a sociedade) não pensariam sequer uma vez antes de esfacelar o crânio dos criminais viscerais, sobretudo os corruptos (que “curiosamente” os parlamerdares retiraram do rol de crimes hediondos mas a lixeira das mídias não reportaram isso)!
    Quem não presta tem que ser exterminado ou ele faz não prestar o mundo, e pior reproduz quem não presta. E o agricultor sabe muito bem disso, pois vê in loco os resultados dos seres daninhos!

    Toda criança em vez de assistir imundície na televisão deveria ser educada pela Pacha Mama! Alem do que qualquer criança sadia prefere estar na natureza em ve de ficar imovel assistindo videotia ou jogando joguinhos que só quem faz são os virtuais e via de regra, só maldade, violência estupida e sem sentido. Pois todo jogo de tiro é um esquema de adestração para criar soldados dispostos a aceitarem missões massacrantes sem sequer entender o que está por trás desta!

    E o mais importante é que se as pessoas entenderem o que aqui coloco entenderão que TODO ESTADO É UMA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA E EM NENHUM MOMENTO BUSCA O BEM ESTAR DO CIDADÃO! Tanto é que sequestram os campos, garantem os campos reféns nas patas dos mais abjetos seres, os parasitas do agrobusiness, cafetões de vacas e monoculturas! Enquanto os que são detentores do direito à terra, os humanos ficam em granjas como galinhas debicadas e são usados para a construção da destruição. Essa É A AGENDA DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL! A maldita agenda que minorizou o fazedor, o artesão, o agricultor, os artífices no geral em favor dos mais lixos, os parasitas especuladores e usurários!

    É por conta desse corolário de agendas lixeiras que as crianças são sequestradas de seus pais e postas em centros de imbecilização de massas, as escolas!
    Se eu estivesse errado as escolas seriam SEMPRE calcadas no plantio, pois é esse o primeiro movimento evolucionista dos seres junto com a confecção de ferramentas, construção de sitios seguros, as tocas e sobretudo a proteção de si mesmo, pois só nós estamos conosco sempre, ou seja ou nos defendemos ou não teremos quem o faça por nós, vide o que são polícias, assassinos sequestradores a serviço da degeneração e manietação do ser humano!

    Como mostro, a coisa mais banal é encontrar a venalidade do estado, mas graças ao sequestro do entendimento da vida, que só pode ser entendida in loco, as pessoas acham hoje que até jogo de computador acrescenta algo de salutar à evolução delas! Não percebem que só o que acrescentam é o embrutecimento da sensibilidade fundamental do existir, o respeito à vida!

    Fazer agricultura é sobrevivencialismo puro, e por isso é “proibido”.
    Um exemplo interessante é o cânhamo, planta mágica tal e qual o bambu, capaz de fornecer alimento, remédios, combustível e fibras texteis!
    Ela foi proibida na decada de vinte do sec. passado para garantir as monoculturas do pinho e do algodão, milhões de pessoas foram mortas e desgraçadas com a pecha de maconheiros só para garantir a demonização dessa planta e o alavancar da indústria de petróleo com poluentes e venenos agrícolas!
    O rendimento de óleo dessa planta é o maior do mundo (e é um óleo extremamente fino e limpo), ela foi a escolhida junto com o amendoin para alimentar o motor diesel pelo próprio inventor do diesel, e evidentemente pode ser usada até para fazer polímeros plásticos!
    O algodão é a cultura que recebe as doses mais cavalares de venenos e “defensores agrícloas”, garantindo não só o lucro fabuloso dos lixos do petrobusiness, mas sobretudo, a destruição da TERRA, a base da vida, da agricultura e sobretudo, nossa base!

    É isso Lobo, agora em minha opinião destes um show sobretudo quando diz que crianças educadas na agricultura são mais responsáveis, e como mostro elas são muito mais do que responsáveis, elas são HUMANAS!!!
    Agradeço a atenção
    Obrigado

  • Uma boa maneira de aproveitar os feijões que caem no chão quando vou coloca-los nas garrafas pet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s