Condicionamento preparador: Você está em forma para sobreviver a uma emergência?

Qual foi a última vez que você caminhou um quilômetro? Quando foi a última vez que você caminhou mais do que cinco quilômetros com uma mochila pesando 25kg?

Se você está se preparando para uma crise mas não consegue sequer subir um jogo de escadas sem perder o fôlego então você não está nem próximo do ponto em que deveria focar. Você também não deveria sequer pensar que está preparado.

Eu já perdi as contas do número de pessoas que se preparam em todas as áreas, exceto na de condicionamento físico. Alguns possuem praticamente todos os equipamentos possíveis, múltiplas mochilas de evasão pesando mais de 25kg mas nunca colocou uma delas nas costas e andou alguns quilômetros para sentir como é carregar todo esse peso.

Você pode fazer isso?

Se eu pedisse para você simular um cenário de desastre agora mesmo pegando a sua mochila de fuga e andar 10km, você seria capaz de conseguir?

Já fizemos um desafio desses, olha só: 

Se o seu orgulho diz que você conseguiria mas a sua realidade cotidiana consiste em se deslocar de um banco para outro, talvez você precise repensar o que estou lhe pedindo para fazer.

Você pode ter todos equipamentos de sobrevivência no mundo, mas se não preparou seu corpo fisicamente para lidar com as realidades da sobrevivência de longo termo, você não vai sobreviver por muito tempo.

A sobrevivência requere um esforço imenso, e isso vai custar um preço alto para o seu corpo!

Se você quer uma boa visão de uma sobrevivência no mundo real, não precisa ir muito além, olhe os treinamentos militares. Enquanto muito do treinamento é focado em táticas, armas e equipamentos, dois dos focos primários deles é quebrar o corpo humano e reconstruir ele novamente de maneira mais endurecida para sobreviver aos rigores da guerra. Eles sabem por milhares de anos que o equipamento só é tão bom quanto o soldado que carrega ele.

Por que condicionamento físico é tão importante para um preparador? Aqui vão algumas razões:

  • Quando tudo acontecer, a sua vontade de sobreviver e o estado do seu corpo vão ser mais importantes do que a tecnologia dos seus equipamentos;
  • Quando as coisas derem errado, você será forçado a trabalhar muito mais pesado do que já trabalhou antes. Você não pode achar que vai migrar do sofá para o trabalho duro do dia para a noite;
  • Suas preparações para sobreviver não são diferentes de um boxeador preparando-se para a luta ou um escalador se preparando para subir o Everest. Você realmente acha que estas pessoas ficam sentadas no sofá antes de irem para suas missões?
  • A sua vida e a vida daqueles que você ama dependem do seu condicionamento físico e sua habilidade para performar em situações de crise difíceis.

Como entrar em forma para sobreviver a uma crise de longo termo

Quero começar este tópico com um aviso: SER MAGRO NÃO SIGNIFICA SER CONDICIONADO.

Este artigo não se trata de perder peso e ficar bonito no espelho, não é sobre estética – e sim, existe uma grande diferença. Eu já conheci um bom número de pessoas que poderiam andar muito mais quilômetros durante um dia de caçada do que um cara “bombado de academia” anda em um mês.

Leve seu condicionamento físico a sério

Você não precisa entrar em uma academia, mas precisa fazer alguma coisa. Se o seu dia consiste em ficar sentado durante 8 horas na frente do computador no trabalho e depois ficar morgado no sofá da sua casa, é interessante começar devagar para não se desmotivar.

É muito melhor fazer alguma coisinha todos os dias do que entrar de cabeça em um programa louco que pode fazer mais mal do que bem. Se você não está se exercitando regularmente, pegue as primeiras 6 semanas de maneira tranquila e vá intensificando de 10 a 15% os exercícios a cada semana.

Qualquer pequena mudança no seu dia pode ajudar com a sua missão de ficar mais condicionado. 

  • Comece a parar seu carro mais distante do seu trabalho para te forçar a caminhar um pouco;
  • Evite o elevador, suba pelas escadas;
  • Comece o seu dia fazendo um alongamento de baixo impacto;
  • Faça com que a caminhada se torne parte da sua rotina. Comece de manhã ou à noite com caminhadas de 30 minutos, pelo menos de 3 a 5 dias na semana. Conforme você for ganhando resistência coloque uma mochila e aumente seu ritmo.

Aqui vão algumas informações mostrando o quanto simples caminhadas podem melhorar muito sua qualidade de vida:

  • Em 2015 um estudo apresentado no congresso da Sociedade de Cardiologia Européia mostrou que caminhando até mesmo pequenas distâncias já podem causar grandes vantagens no corpo. Na verdade, o estudo descobriu que simples 25 minutos de caminhada todo dia podem adicionar até mesmo 7 anos de vida!
  • Esqueça a academia, pegue as escadas. Pesquisadores na Universidade McMaster em Ontario, Canadá, descobriram que um minuto de exercício intenso produz mais benefícios do que treinamentos tradicionais de duração maior. Os estudos concluíram que pegar as escadas por 30 minutos semanais pode ajudar muito seu condicionamento cardio respiratório;
  • De acordo com a Escola Médica de Harvard, mesmo indo devagar, você queimará calorias de duas a três vezes mais rápido subindo escadas do que caminhando na rua. Mas já que eu estou mais preocupado com o condicionamento, que tal esta informação: O estudo feito pela Harvard Alumni descobriu que homens que sobem pelo menos 8 lances de escada por dia tem 33% a menos de chance de morrer por causas derivadas do sedentarismo.

Melhore seu jogo: É aqui que o resultado começa a valer a pena

Agora que você já começou a se movimentar, chegou a hora de aumentar um pouco o nível e melhorar de verdade o seu condicionamento físico. Para isso, você pode recorrer a várias práticas como corrida, academia e semelhantes.

Aqui no portal já mostramos um treinamento funcional dedicado para sobrevivencialistas, que treinará todos os grupos musculares de maneira focada. Aqui vai a matéria:

Lembre-se… Sem persistência, não há resultado. O começo pode ser dolorido e parecer perda de tempo, mas basta se manter focado que com certeza valerá a pena.

Texto traduzido e modificado a partir do blog OffGridSurvival.

 

 

Anúncios

2 Comentários

  • Pingback: voce está em forma para sobreviver a uma emergência? |

  • Parabéns Julio. Desde o vídeo que você fez de deslocamento pelo ponto A ao Ponto B em Floripa acompanhei vários outros canais que também fizeram desafio assim como outras pessoas. Realmente coloquei como objetivo melhorar meu condicionamento físico e venho tendo considerável melhora a cada semana. Outro objetivo é quanto minha mochila. Não quero avaliar qual o máximo de peso consigo carregar mais sim fazer com que tudo que preciso levar eu possa compactar no menor espaço com o menor peso. Como tenho feito bastante caminhada ajuda muito para conhecer melhor a região que você esta e até mesmo descobrir possíveis recursos e caminhos que podem ser útil em alguma emergência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s