15 Tipos de serras e seus usos!

As serras elétricas são máquinas/ferramentas extremamente úteis, mas também podem ser muito confusas. Existem tantos tipos de serras em diferentes categorias e subcategorias que fica difícil lembrar o que cada uma faz. Esse é o objetivo deste artigo: atuar como uma espécie de “guia abrangente” para explicar o mundo de vários tipos de serras.

Neste guia, darei uma breve explicação sobre o que cada tipo de serra faz, para que serve e etc. Minha esperança é que o texto seja útil para os iniciantes, que não sabem nada sobre serras e profissionais familiarizados com tais ferramentas, mas para aqueles que desejam expandir seus conhecimentos.

1. Serras de mesa

As serras de mesa são uma das ferramentas de trabalho que precisam existir em qualquer oficina ou garagem. Todos, desde profissionais até “DIYers” domésticos usam essa ferramenta com frequência! Na minha experiência é difícil pensar em um trabalho de marcenaria que não exija que você use uma serra de mesa pelo menos uma vez. Esse tipo de serra é muito simples, um disco de serra circular é girado em alta velocidade em uma posição estacionária e o operador empurra a madeira na lâmina. Há espaço para personalização, especialmente no que diz respeito ao disco, que pode ser alterado para acomodar diferentes tipos de trabalhos. No entanto, em última análise, a serra de mesa é uma ferramenta simples, porém muito eficaz.

Princípio de funcionamento: A lâmina de serra de mesa circular fixada em um mandril gira a uma velocidade muito alta. A peça é alimentada contra a lâmina rotativa para fazer o corte.

Usos da serra de mesa: Eles são amplamente utilizados na indústria da madeira. Você pode usar uma serra de mesa para cortar madeira, madeira compensada, painéis de fibra de densidade média ou MDF, plástico e até metais macios como alumínio.

Vantagens da serra de mesa: Você pode usar uma serra de mesa para fazer diferentes tipos de cortes facilmente. Você pode dividir tábuas largas, cortar transversalmente e cortar em ângulo usando medidores de esquadria. Dependendo do modelo, você também pode cortar chanfros inclinando a lâmina. Com a lâmina certa, você pode até criar dados.

Desvantagens: A serra de mesa não é altamente portátil e ocupa mais espaço em uma oficina. Não é uma ferramenta ideal para cortes de esquadrias. A segurança é outra grande preocupação. De acordo com o número de acidentes relatados, a serra de mesa é uma das ferramentas mais perigosas. 

2. Serras circulares

As serras circulares, como as serras de mesa, são uma ferramenta de trabalho muito comum em oficinas profissionais. Uma serra circular é uma ferramenta versátil que oferece alta portabilidade. O principal objetivo de uma serra circular é cortar madeira e outros materiais macios; nesse sentido, são essencialmente serras de mesa portáteis. Você também pode usar esta serra para cortar materiais resistentes como metal, contanto que use a lâmina apropriada. O princípio de funcionamento de uma serra circular é o oposto de uma serra de mesa.

Como a serra circular funciona: Uma serra circular é uma ferramenta elétrica portátil com uma lâmina rotativa que é empurrada pela peça de trabalho para cortá-la. Isso significa que o trabalho precisa ser estacionário e a lâmina de serra circular rotativa se move para fazer o corte. 

Prós: Vantagens de uma serra circular.

  • Uma serra elétrica é altamente versátil, você pode fazer uma variedade de cortes;
  • Altamente portátil e requer muito menos espaço de armazenamento;
  • Você pode cortar pedaços longos de madeira e peças de trabalho que não podem ser carregadas até uma serra de mesa.

Contras: A serra circular não é uma ferramenta de precisão, a menos que você configure trilhos-guia ou arestas retas.

3. Serras de esquadria

As serras de esquadria são um tipo mais especializado, mas, apesar disso, são bastante comuns, especialmente em oficinas profissionais. Uma serra de esquadria, como o nome indica, é projetada para fazer um tipo específico de corte, cortes de esquadria. Os cortes de esquadria são cortes feitos em qualquer ângulo que não seja de 90 graus ao longo do comprimento da largura da madeira. Não me entenda mal: as serras de esquadria podem fazer cortes transversais (cortes de 90 graus) perfeitamente bem. No entanto, a principal razão pela qual alguém compraria uma serra de esquadria é fazer cortes angulares porque os cortes transversais podem ser facilmente feitos em uma serra de mesa. 

Como a serra de esquadria funciona: Uma grande lâmina de serra circular giratória que é fixada em um braço oscilante e trazida para a peça de trabalho que é fixada na mesa de serra de esquadria para executar a ação de corte. A peça de trabalho é mantida contra o disco para se certificar de que estão alinhados com lamina da serra.

Uso da Serra de esquadria:

  • Você pode fazer cortes transversais, cortes de esquadria, cortes chanfrados e compostos em madeira, plástico, madeira compensada e vários outros materiais macios.
  • As serras de esquadria são especialmente importantes em madeira e , devido à sua utilidade na construção de coisas complicadas, como móveis, armários, molduras etc.
  • As serras de esquadria de chanfro duplo também são amplamente utilizadas para trabalhos de acabamento, como aparar molduras de coroas.

Tipos de serras de esquadria: Essas serras elétricas vêm em modelos diferentes, desde simples serras de esquadria básicas a serras compostas e deslizantes. 

4. Serras de policorte

Este é um tipo especializado de serra, projetado para cortar materiais resistentes. Embora sejam muito semelhantes às serras de esquadria, essas serras desempenham um papel diferente. Enquanto as serras de esquadria cortam a madeira com facilidade, essas já cortam materiais duros, como metal, tijolo, concreto e alvenaria. Como a maioria daqueles que trabalham em casa geralmente não precisa cortar materiais duros como esses regularmente, as serras de policorte tendem a ser encontradas apenas em oficinas profissionais. No entanto, eles ainda podem ser úteis para os usuários não profissionais, então você ocasionalmente os encontra em oficinas de garagens.

Como funciona: Um disco abrasivo que gira a uma rotação muito alta em um braço oscilante é alimentado na peça de trabalho que é mantida na mesa. Como você pode ver, o princípio de funcionamento de uma serra de policorte é semelhante a uma serra de esquadria. No entanto, a principal diferença entre os dois tipos de serras é que, em uma serra de policorte, um disco abrasivo é a ferramenta de corte, enquanto que no caso de uma serra de esquadria, a ferramenta de corte é uma lâmina de aço dentada. 

Usos : As serras de policorte são usadas principalmente para cortes transversais em materiais resistentes como metal. Serras de policorte para corte de metal é amplamente utilizada na indústria de construção e metalurgia. As serras de policorte também podem cortar ângulos, mas não com a precisão de uma serra de esquadria.

5. Serras de braço radiais

As serras de braço radial são um tipo único de serra. Em vez de colocar a lâmina presa à mesa, ela é presa a um braço móvel. Você pode imaginar isso como o oposto de uma serra de mesa. A peça de trabalho é mantida parada na mesa, enquanto a lâmina rotativa se move em linha reta ao longo do braço.

As serras de braço radiais podem fazer todos os tipos de cortes, incluindo cortes transversais, cortes de esquadria, cortes compostos, etc. As serras radiais de braço eram muito populares no passado e agora são amplamente substituídas por serras de esquadria. O principal motivo dessa alteração é a questão da segurança. Além disso, a maioria das pessoas não precisaria de uma serra de braço radial grande para fazer os cortes de esquadria. Com o surgimento da serra deslizante (telescópica) de esquadria composta, você pode cortar facilmente peças mais largas com facilidade. Para cortes longos e cortes transversais mais amplos, a maioria dos profissionais optaria pela serra de mesa.

 6. Motosserras

Acho que a maioria, se não todos, estão familiarizados com o que é uma motosserra, então não vou entrar em muitos detalhes aqui. Todos nós já a vimos em alguns filmes de Hollywood.

Uma motosserra usa correntes de dentes ligados para cortar uma variedade de materiais, mas principalmente madeira. Não oferece cortes precisos, mas é uma maneira rápida e eficiente de cortar grandes quantidades de madeira em um curto período de tempo.

Antes de começar a trabalhar, é extremamente importante que você lide com essa serra por um longo período de tempo. Leia todas as instruções de segurança e se acostume com seu peso e aderência antes mesmo de pensar em ligar uma motoserra.

7. Serras sabre

As serras sabre funcionam de maneira diferente dos outros tipos de serras que eu cobri até agora. Com uma serra de vaivém, a lâmina é empurrada para frente e depois puxada para trás; isso é repetido rapidamente. Esse constante empurrar e puxar produz um movimento de “serra” que corta a madeira.

A serra de sabre é uma ferramenta elétrica portátil que vem nas versões com e sem fio. 

Usos: As serras sabre são usadas para podar árvores, cortar madeira, tijolos e azulejos. Esses tipos de serras são mais úteis para trabalhos de demolição e remodelação devido à sua capacidade de cortar rapidamente madeira e outros materiais mais resistentes.

A serra de sabre é muito útil para cortar drywall, instalar portas e janelas, cortar tubos de PVC, cortar madeira com pregos, remover ladrilhos, etc.

Tudo que você precisa é substituir a lâmina para cortar diferentes materiais. Com a lâmina certa, ela também pode penetrar em materiais duros, como tijolos e azulejos.

8. Serra tico-tico

As serras tico-tico funcionam da mesma forma que as serras sabre, exceto com duas diferenças principais. Em primeiro lugar, ao contrário das serras sabre regulares, a lâmina de uma tico-tico aponta para baixo em vez de se projetar da frente da serra. Em segundo lugar, as serra tico-tico são projetadas especificamente para fazer cortes curvos ou não retos. 

Uma tico-tico quando comparado a uma serra sabre é uma ferramenta muito mais precisa. Além disso, é a única serra elétrica portátil com a qual você pode produzir cortes curvos.

Usos da serra tico-tico: A serra tico-tico é uma ferramenta muito versátil que pode ser usada para cortar cortes retos e curvos em diferentes materiais, incluindo madeira, plástico, metal, granito e azulejos. Uma das aplicações mais comuns de uma tico-tico em uma casa é instalar bancadas.

Outra vantagem de uma serra tico-tico é que você pode usá-la para cortar perfis internos. Tudo o que você precisa fazer é fazer um furo inicial para a lâmina entrar e você está pronto para cortar formas retas, angulares e curvas. 

9. Serras de bancada

As serras de bancada são aquelas que funcionam movendo um pedaço contínuo de metal através de duas rodas para criar potência de corte. Eles são projetados para cortar tubos, tubulações e objetos curvos. Elas vêm em dois modelos; vertical e horizontal. Existem serras de bancada estacionárias, que são bastante volumosas, e portáteis, que são obviamente muito menores.

Como funciona uma serra de bancada: A lâmina da serra de bancada instalada entre duas rodas rotativas é uma metade contínua de metal com dentes de um lado. No caso de uma serra de bancada vertical, a peça é alimentada continuamente contra a lâmina rotativa. Por outro lado, em uma serra de bancada horizontal, a lâmina rotativa está em um braço oscilante, que é trazido para a peça de trabalho para cortá-la.

Usos da serra de bancada: As serras de bancada verticais são muito populares para madeira. Eles podem ser usados ​​para dividir madeira longa, fazer cortes transversais para dimensionar as tábuas, e você também pode fazer cortes de esquadria com a ajuda de um medidor de esquadria. A serra de bancada vertical é a máquina-ferramenta ideal para serrar.

As serras de bancada horizontais são usadas principalmente na indústria metalúrgica. Hoje, eles estão substituindo a serra elétrica na maioria das oficinas de usinagem, uma vez que as serras de bancada horizontais são mais rápidas e oferecem maior produtividade. 

10. Serras de rolagem

As serras de rolagem são um tipo altamente especializado de serra elétrica. Assim como as serras de bancada, as serras de rolagem funcionam com duas rodas manipulando uma metade de metal contínuo. As serras de rolagem são serras elétricas altamente especializadas porque são destinadas a um corte extremamente preciso. Se você precisar fazer cortes muito complexos ou criar padrões na madeira, uma serra de rolagem é a ferramenta para você. Por esse motivo, a serra é popular entre os marceneiros que criam brinquedos de madeira, arte em madeira etc.

Devo obter uma serra de rolagem se eu possuir uma serra de bancada?Como mencionei antes, a força da serra de rolagem reside em sua capacidade de cortar padrões e formas excepcionalmente intricados com precisão. Pode cortar cantos muito afiados por exemplo. No entanto, há um limite para a espessura da madeira; geralmente 2 polegadas que você pode cortar.

Por outro lado, a serra de bancada pode acomodar espessuras muito mais altas, o que a torna a ferramenta essencial para outros trabalhos. Em comparação com a serra de bancada, ela também tem uma taxa mais alta de remoção de material. No entanto, uma serra de rolagem é uma serra muito mais precisa.

Quais são os usos da serra de rolagem? Elas são usadas ​​para cortar padrões, marchetaria, modelos, brinquedos de madeira e vários outros artesanatos.

11. Serras de Painel

Uma serra de painel destina-se a uma finalidade: cortar painéis maiores em seções menores. As serras de painel são essencialmente serras de mesa muito grandes. No entanto, em uma serra de painel, a lâmina se move sobre a mesa ao longo do trilho para fazer o corte. A esse respeito, as serras de painel são semelhantes às serras de mesa, mas têm uma finalidade muito diferente.

Para que é utilizada uma serra de painel? O principal objetivo de uma serra de painel é cortar tábuas de madeira grandes ou outros materiais de chapa em pedaços retangulares menores. Eles podem ser usados ​​para cortar madeira, madeira compensada, placa de fio orientado, MDF, folhas laminadas, folhas acrílicas, etc. Você também pode trocar a lâmina e usá-la em fatias de folhas de alumínio e plástico. As serras de painel são comumente usadas em oficinas de marcenaria, onde precisam cortar grande volume de painéis grandes em placas menores.

Tipos de serras de painel: Elas estão disponíveis em dois modelos: horizontal e vertical. Uma serra de painel horizontal é semelhante a uma serra de mesa grande e ocupa muito espaço. Por outro lado, uma serra de painel vertical requer menos espaço e, portanto, é a escolha preferida para muitos.

Serra de painel vs Outras serras: Os rival da serra de painel é a serra de mesa. Então, vamos ver como uma serra de painel se compara a essa outra! Enquanto uma serra de mesa comum se destina a cortar pedaços pequenos e médios de madeira, as serras de painel destinam-se a cortar grandes painéis de madeira. Mover grandes painéis de madeira para fazer o corte é difícil com uma serra de mesa comum, mas é aí que as serras de painel são úteis. Comparado a uma serra de mesa, uma serra de painel vertical ocupa pouco espaço.

Por outro lado, as serras de painel não podem ser usadas para fazer cortes angulares. Além disso, eles não são uma boa opção para tábuas de corte com largura pequena.

Em resumo, uma serra de painel não substituirá sua serra de mesa. Mas se você precisar cortar muitas folhas grandes, a serra de painel é uma excelente opção.

12. Serras de fita

O termo serra de fita pode ser confuso, porque muitas pessoas usam isso de forma intercambiável para serras manuais, bem como para as serras elétricas que podem fazer uma serra serrilhada. No entanto, como estamos discutindo os tipos de serras elétricas, vamos omitir as ferramentas manuais.

As serras de fita são serras elétricas projetadas para fazer cortes de rasgo. Para quem não sabe o que é um corte por rasgo, é qualquer corte feito paralelamente ao grão de madeira.

As serras de fita são um tipo de categoria ampla que inclui serras que eu já mencionei, como serras circulares. No entanto, existem máquinas dedicadas projetadas para executar cortes de rasgos retos. Essas máquinas são serras rasgadoras para serviços pesados ​​que podem cortar uma grande quantidade de madeira em pouco tempo. 

Quem deve obter uma serra de fita linear? A serra de fita é dedicada para quem produz grandes volumes. Para a maioria dos marceneiros e carpinteiros, uma serra de mesa com alimentador deve funcionar bem. No entanto, se você estiver fabricando a granel, digamos mais de 100 portas de armário por semana, obtenha uma serra de fita linear dedicada. Você economizará dinheiro a longo prazo e durará muito mais tempo.

13. Serras de esteira

As serras de esteira são essencialmente serras circulares, mas com uma esteira de metal adicionada. A trilha de metal foi projetada para aumentar a precisão e a estabilidade da serra.

Como funciona? Você anexará a trilha de metal na folha ou na peça de trabalho. Mergulhe a lâmina de serra circular no trabalho e empurre para a frente para cortar. As serras de esteira também são conhecidas como serras de imersão. A faca rasgadora atrás da lâmina da serra elimina o recuo, produzindo uma ação de corte suave.

Vantagens de uma serra de imersão: Você deve estar se perguntando por que deve obter esses tipos de serras que são basicamente idênticas às serras circulares. Vamos ver algumas das vantagens desta serra.

  • Antes de tudo, as serras de esteira não são apenas uma serra circular com uma ponta reta. Ao contrário de uma aresta reta, não há movimento lateral ou empurrão no caso de uma serra comum. Só pode avançar ou retroceder ao longo da trilha de precisão. Isso permite que a serra de esteira produza cortes perfeitamente retos.
  • Você pode cortar tábuas muito mais largas do que a sua serra de mesa comum pode suportar. Por exemplo, se você deseja cortar folhas de contraplacado de 10 x 15 cm, uma serra de esteira pode ser a opção prefeita.
  • As serras de esteira são ideais para cortes longos em esquadria, onde até uma serra de esquadria composta deslizante ou uma serra de mesa pode alcançar.
  • Em muitos casos, você pode usar a serra de imersão sem prender. As alças de borracha abaixo das esteiras mantêm a esteira na posição e você pode cortar a maioria das madeiras macias.
  • Ao contrário de uma serra circular normal, você pode controlar com precisão a profundidade do corte.
  • Eles são portáteis em comparação com uma serra de mesa.

Contras: Agora que vimos os benefícios, vejamos as desvantagens de uma serra de fita de corte de imersão.

  • A peça de trabalho precisa ser rígida para suportar a pista.
  • Enquanto uma serra de imersão oferece a capacidade de cortar em linha reta, a dimensão da borda pode ser controlada com muito mais precisão em uma serra de mesa.
  • Você não pode usar uma serra de esteira para realizar operações de fresagem.

14. Serras de ladrilho

Como o nome indica, esses tipos de serras servem para cortar telhas grossas. Eles podem cortar ladrilhos de cerâmica, ladrilhos de vidro, granitos, pedras, mármores e porcelanatos.

Uma serra circular regular ou serra de mesa não pode cortar ladrilhos facilmente. Porque os azulejos são duros e quebradiços e requerem uma serra especial. Normalmente, as serras de ladrilhos são equipadas com lâminas de diamante especializadas que lhes dão o poder de corte necessário para cortar materiais duros como ladrilhos.

Dependendo do tipo de corte, existem serras de ladrilhos úmidos e de corte a seco. A vantagem da serra de ladrilhos úmidos é que ela evitará o superaquecimento da lâmina e da peça de trabalho e, portanto, produzirá um corte limpo.

15. Serras para pisos

As serras de piso são um tipo incomum, mas muito útil de serra elétrica. Como você pode imaginar pelo nome, eles servem para ajudá-lo a cortar o piso. A serra para pisos tende a ser relativamente compacta, o que permite usá-los em pequenos espaços. Usar uma serra para pisos é simples; você apenas coloca a mesa de metal no chão, coloca a madeira por cima e desliza a lâmina pela madeira.

Para que é usada uma serra de piso? As serras para pisos são muito úteis para profissionais que fazem muito trabalho em pisos laminados. A principal vantagem de uma serra para pisos é sua capacidade de fazer cortes de rasgo, mitra e cortes transversais com bastante facilidade. Além disso, eles são altamente portáteis, sendo uma boa escolha para empreiteiros e profissionais.

Conclusão

Espero que este guia tenha ajudado você a entender o mundo complicado das serras elétricas. Este guia destina-se a fornecer uma breve introdução a cada tipo de serra elétrica. Depois de encontrar o tipo de serra adequado ao seu trabalho, consulte um guia detalhado dessa serra em particular para descobrir o que procurar ao comprar uma nova serra elétrica.

Traduzido e adaptado do site Fine Power Tools

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s