101 Motivos para você ter um Canivete Suíço no Bolso!

Criados por Karl Elsener em 1890 para suprir a uma solicitação do exército suíço, o canivetes suíços foram inicialmente produzidos na Alemanha, pela Solinger, até 1891, quando Elsener transferiu a produção para sua terra natal.

O primeiro modelo contava apenas com lâmina, abre latas, furador e chave de fenda, necessária para o desmonte dos fuzis Mauser utilizados pelos Suíços. Mas por conta de sua utilidade, praticidade e desenho esses canivetes logo tomariam o mundo, convertendo-se não apenas em um dos símbolos da Suíça, como também em uma maravilha moderna e objeto de desejo de inúmeras gerações em todo mundo, sendo até hoje utilizados pelos exércitos Suíço e Alemão e, desde pouco, pelo exército Norte-Americano, além de fazerem parte de todas as missões espaciais da NASA desde os anos 70.

Mas será que esses canivetes são essa coisa toda? E por que não carregar um Leatherman ou outro canivete mais tático ou mais parrudo? Bom, aí vão 101 motivos pelos quais eu acredito que você deveria carregar sempre um Victorinox no seu bolso:

  1. Obras de Arte: Os canivetes suíços são, além de muito práticos, considerados uma obra de arte, fazendo parte das coleções permanentes do The New York Museum of Modern Art, o famoso MoMA) e do State Museum for Aplied Art de Munique na Alemanha. Ou seja, voce terá uma obra de arte reconhecida a nível internacional no bolso.
  2. Amigáveis: Num mundo cada vez mais amedrontado e politicamente correto, os canivetes suíços ainda são reconhecidos como ferramentas, ou seja, se você precisar usar seu canivete suíço no meio da rua não provocará um ataque de pânico nos transeuntes. Como são canivetes que não podem ser abertos com uma única mão e não contam com travas (me refiro a maior parte dos modelos), são canivetes que costumam ter o porte permitido na maioria dos países, inclusive os mais draconianos quanto ao porte de canivetes como é o caso da Inglaterra e da Dinamarca. No caso do Brasil, se parado por um policial é mais fácil convence-lo de que o canivete será utilizado como ferramenta que como arma.
  3. Comodidade: Em comparação com um multi-tool, tipo Leatherman, os canivetes Victorinox (uma vez mais, me refiro a maioria dos modelos) são muito mais cômodos de serem portados, pois cabem perfeitamente no bolso da calça sem se tornarem um estorvo, inclusive para quem trabalha com roupas sociais, e por conta disso podem estar acessíveis todo o tempo.
  4. Abrir Garrafas: Você sempre terá um abridor de garrafas no bolso, para quando batera quela vontade de uma cerveja gelada e só venderem em garrafa.
  5. Chave de Fenda: Para aquele parafuso frouxo do puxador da porta do armário da cozinha.
  6. Latas de Tinta: Ou outras latas com o mesmo tipo de tampa, a chave de fenda que vem em todos os modelos da Victorinox é perfeita para abrir esse tipo de tampa.
  7. Bloquear uma porta: O abridor de garrafas também serve para impedir que uma porta seja aberta, bastando introduzi-lo na parte de baixo da porta fazendo com que ele funcione como uma cunha.
  8. Abrir tampa de geleia: Sabe aqueles potes de geleia que não abrem de jeito nenhum? Pois basta usar o abridor de garrafas, como se fosse uma garrafa. Dessa forma se eliminará o vácuo no interior da embalagem e se poderá desenroscar a tampa com a mão.
  9. Entortar arame: O descascador de fios que vem na parte de baixo do abridor de garrafas é perfeito para isso.
  10. Descascar Laranjas: A parte afiada do abridor de latas serve para descascar laranjas. Essa função constava nos manuais da Victorinox nos anos 90, mas depois tiraram, não sei por que.
  11. Abrir Latas: Para aquelas latas que vem sem o puxador e para aquelas pessoas sem paciência de esfregarem a lata no cimento até abrir (tem um vídeo ensinando a técnica no canal do Julio Lobo, para quem não viu, fica a dica), um bom e velho abridor de latas vem muito a calhar.
  12. Abrir Garrafa de Vinho: Da para sacar rolhas com um canivete normal e até com um tênis, mas é sempre melhor usar um saca rolhas.
  13. Desatar nós: Uma das grandes vantagens dos canivetes Victorinox é que cada uma de suas ferramentas tem varias utilidades diferentes, como é o caso do saca-rolhas que, entre outras coisas, serve também para desatar nós.
  14. Apertar Parafuso do Óculos: Para quem depende desses aparatos para ler sabe o enfado que é quando as hastes ficam frouxas e temos que apertar aqueles parafusos diminutos. Por isso sempre encaixo no saca-rolhas a mini chave de fenda para óculos.
  15. Trocar a batería de um MacBook Pro: E por falar nessa diminuta chave de fenda, ela é perfeita para desaparafusar a bateria dos MacBook Pro da Apple, no caso de resolver trocar a bateria você mesmo (bem mais em conta…).
  16. Carregar Sacolas de Supermercado: Uma maneira ótima de evitar que as sacolas de supermercado muito pesadas machuquem sua mão é utilizar o seu Victorinox. E não me refiro a usar o gancho, mas sim o corpo do canivete, como mostra a foto abaixo.
    IMG_9771
    Se forem muitas sacolas pode-se também abrir o abridor de garrafas e o abridor de latas e passar um pouco de paracord entre eles e as sacolas, como mostra a foto seguinte.

    IMG_9741
  17. Costurar: A maior parte dos modelos da Victorinox, para não dizer quase todos, vem com um pulsão escariador na parte de baixo, que trás um furo, por onde é possível passar um fio e costurar, de maneira muito rústica, algo que esteja rasgado.
  18. Fazer Furos no Cinto: Em caso de crise econômica ou de um regime rigoroso, é sempre bom contar com o punção de um canivete suíço para fazer novos furos e apertar ainda mais o cinto.
  19. Limpar a Unha: Essa é uma outra utilidade do saca-rolhas!
  20. Farpas: As pinças que vem no cabo serve para isso, entre outras coisas.
  21. Limpar os Dentes: Para isso a Victorinox colocou o palito de dentes em quase todos os modelos (as versões Alox não vêm nem com palito nem com a pinça).
  22. Tomar Notas: Os cabos “plus” vem com um slot extra para uma caneta esferográfica. Como a caneta é muito pequena, a maneira mais comoda de usa-la é encaixando-a por baixo do gancho multi usos, como mostra a foto.
    IMG_9490
  23. Cortar Unhas: Muitos modelos contam com tesouras.
  24. Cortar Pelos: Outra das utilidades da tesoura
  25. Abrir Pacotes / Caixas: Para isso servem as laminas
  26. Recuperar Chaves Caídas: Aquela cena clássica da chave de casa que cai pelo bueiro… Pois bem, atando-se um barbante a um canivete suíço e usando o gancho é possível recupera-las.
  27. Fazer Fogo: Nesse quesito, existem algumas maneiras diferentes de se iniciar uma fogueira com nossos Victorinox. Uma é utilizando a lente de aumento (presente nos modelos Swiss Champ, Champion, Explorer, Evolution 23, Evolution 28 e Evolution S54). Também se pode abrir os abridores de lata e de garrafa, colocando-os num ângulo de 90º, e entre eles encaixando uma pilha, de modo que os polos da pilha toquem essas duas ferramentas e o circuito se feche e a pilha esquente. Nisso basta encostar um pequeno chumaço de palha de aço e obteremos fogo. No inicio desse ano uma empresa Norte-Americana lançou uma pederneira desenhada especificamente para entrar no slot do palito de dentes, olhe só:IMG_9777Ou se você curte mais a maneira primitiva, pode usar seu Victorinox para construir todo o necessário para fazer fogo por fricção, como fez Les Stroud no episódio piloto de Survivorman (ele utilizou um Victorinox Huntsman).
  28. Rachar Lenha: Alguns dizem que é possível utilizar um Victorinox para a técnica do batoning sem danificar o mecanismo. Eu prefiro usa-lo para fazer uma cunha de madeira e utiliza-la para rachar a lenha.
  29. Derrubar uma Árvore: Sim, é possível derrubar uma árvore, pequena é claro, com um canivete suíço. Nesse vídeo do Saymon Albuquerque ele demonstra como:
    https://www.youtube.com/watch?v=pId0jJvbB9Q
  30. Trocar o Pneu da Bicicleta: A maioria dos modelos da Victorinox vem com o necessário para se trocar o pneu de uma bicicleta como podemos ver nesse vídeo do Robito Hans em Espanhol:
    https://www.youtube.com/watch?v=W-LHdIYNrJo
  31. Pescar: O anel que vem em todas as Victorinox pode ser retirado e, com os alicates que vem em alguns modelos, pode ser dobrado em forma de anzol.
  32. Cortar Cinto de Segurança: Em caso de acidente e do cinto travar, é sempre bom ter um Victorinox no bolso.
  33. Defesa: Em casos extremos, onde sua vida está em risco, abrir o punção e coloca-lo entre os dedos com o punho fechado pode servir como arma de defesa. Existe um relato na internet de um Norte Americano que evitou uma agressão dessa maneira.
  34. Trocar pilhas: Sabe quando as pilhas entram tão justas no equipamento eletrônico e não saem de jeito nenhum? Pois com o abridor de garrafas ou de lata elas saem.
  35. Fazer Ponta: A lâmina pequena inicialmente tinha esse propósito. Aliás, ha muito tempo que só uso meu canivete suíço para apontar os lápis de minhas filhas.
  36. Apagar Caneta: A lâmina pequena pode ser usada para raspar a tinta da caneta e apagar o que estiver escrito.
  37. Grampos de Papel: O abridor de latas é perfeito para remove-los.
  38. Construir uma Espiriteira: Com duas latas vazias de cerveja e um Victorinox é possível construir uma espiriteira caseira: Beba as duas cervejas, numa das latas use o punção para fazer 6 furos no fundo da lata, corte os fundos das latas, deixando aproximadamente uns 3 dedos de altura, encaixe uma lata dentro da outra, com os fundos em direções opostas. Dessa maneira você terá um lado fechado e o outro com os 6 furos. Jogue álcool pelos furos até encher a espiriteira. Acenda com um isqueiro.
  39. Espelho: As lâminas são tão bem polidas que servem como um espelho para verificar alguma ferida no rosto ou sinalizar por socorro.
  40. Tirar Escamas de Peixe: Os modelos em 91mm Angler, Fisherman e Swiss Champ vem com um escamador de peixes, para aqueles que curtem os Pesque & Pague da vida ou que se encontrem numa situação de sobrevivência na selva.
  41. Parafusos de duas Ranhuras: Utilizando ainda o escamador de peixes, podemos utiliza-lo para soltar ou apertar parafusos de duas ranhuras como o da foto.
    Parafuso.png

     

  42. Régua: O escamador vem com marcas até 7cm podendo ser usado como uma régua. 
  43. Mexer o café: Para quem toma café com açúcar ou leite em pó, a lâmina principal de 91mm serve para mexer o café na xícara.
  44. Limpeza de Armas no Campo: Como que uma volta as suas origens, os canivetes suíços podem ser muito úteis para limpar armas de fogo: Use a tesoura para cortar pedacinhos de tecido para a limpeza do cano, o palito e a pinça podem ser usados para remover resíduos de pólvora de partes apertadas, a mini chave de fenda funciona como punção para remover os pinos da Glock e assim remover todo o mecanismo do gatilho para limpeza, o gancho multi-usos junto com um pedaço de corda, um clip de papel e os pedacinhos de tecido funciona bem para limpar o cano das armas.
  45. Aliviar Mordidas de Pernilongos: Aqueça a lâmina principal em banho Maria e aplique-a diretamente sobre a picada para aliviar as coceiras.
  46. Apoio para o Celular / Tablet: Abra o gancho multi usos e apoio o canivete de forma vertical sobre uma mesa. Dessa forma você pode apoiar o celular ou Tablet nele para assistir os videos do canal Sobrevivencialismo com mais comodidade.
  47. Tubo de Pasta de Dentes: Nada mais irritante que ficar espremendo o tubo de pasta de dentes (ou qualquer outro tubo de creme) para aproveitar aquele restinho. Uma maneira mais fácil é utilizar a lima em conjunto com o escamador de peixes e torcer o tubo, como vemos na foto:IMG_9740.jpg
  48. Remover Super Cola dos dedos: Se os seus dedos ficaram com resquícios de super cola, você pode remove-la simplesmente lixando os dedos com a lima dos canivetes Victorinox.
  49. Estilingue: Para se vingar daquele colega chato do trabalho ou da universidade.
  50. Bússola: Basta imantar a ponta da agulha que vem no cabo dos modelos 91mm e 84mm (se não vier, coloque uma porque é sempre útil), apoia-la numa folha flutuando numa água e a ponta apontará para o norte.
  51. Compasso: Taí um objeto que se você já saiu dos bancos da escola, ou não tem filhos em idade escolar, provavelmente você não terá um casa. Mas com seu Victorinox, ou Wenger, você poderá fazer um círculo perfeito à mão quando for o caso. Existem duas maneiras: A primeira funciona somente com o canivete Swiss Champ. Nesses modelo você  deverá abrir a chave Phillips e encaixar a caneta que vem no cano por baixo do alicate, para que esse a retenha. Apoiando a chave Phillips como se fosse a agulha do compasso pode-se desenhar o círculo. O segundo método serve para qualquer modelo da Victorinox de 91mm ou 84mm que tenham saca-rolhas. Nesse método encaixa-se a caneta por dentro do saca rolhas e abre-se a chave de fenda na posição de 90º. Apoiando-se a chave de fenda sobre o papel como se fosse a agulha do compasso é possível desenhar um círculo.
  52. Remover uma Lâmpada Quebrada do Soquete: Para faze-lo sem o risco de cortar os dedos nos restos de lâmpada, use o saca-rolhas para enganchar na parte enroscada e gire-a até desenroscar.
  53. Prolongar a Vida de Pilhas: Algumas pancadinhas com a chave de fenda nos polos e no centro daquelas pilhas já quase sem carga, prolongam sua utilização.
  54. Abrir Latas com Anel: Introduza a ponta do abridor de latas por baixo do anel e faça um movimento de alavanca até levanta-lo. Com isso se torna mais fácil puxa-lo para abrir a lata.
  55. Remover Etiquetas: Basta usar a tesoura ou a lâmina para cortar aquelas etiquetas que picam a nuca ou etiquetas de roupas novas.
  56. Abrir esgana-gatos: Introduza a ponta da lâmina no esgana-gato e empurre-o em direção a ela até soltar. Cuidado para não se cortar.
  57. Cortar Carne: Tanto num churrasco de fim de semana quanto para aqueles restaurantes que colocam facas totalmente cegas ou sem serras para a carne.
  58. Cortar Fios Soltos nas Roupas
  59. Separar Legos: Para quem tem filhos ou curte armar Legos, use a ponta do abridor de latas ou até mesmo uma das lâminas para separar aqueles blocos super colados.
  60. Pendurar Mochilas ou Casacos em Banheiros Públicos: Muitos banheiros públicos não tem ganchos para que penduremos nossos casacos ou mochilas enquanto estamos fazendo nossas necessidades básicas. Como solução abra a chave de fenda de seu Victorinox, introduza-o na fenda da dobradiça da porta e pendure seu casaco ou mochila nele. Cuidado para que não seja nada demasiado pesado e verifique sempre que o canivete esteja bem fixado na dobradiça para não cair.
  61. Ensinar Responsabilidade: Sendo o objeto de desejo da maioria dos meninos e de muitas meninas, os canivetes suíços podem ser um excelente objeto para ensinar-lhes a serem responsáveis. Minha filha tem um Victorinox desde os 6 anos de idade.
  62. Cortar Pão e Preparar um Sanduíche: Numa viagem de carro pela Normandia na França, eu e minha esposa, mortos de fome, paramos numa padaria num pequeno vilarejo Normando, compramos uma baguette e em seguida compramos patê e outros frios e graças ao Victorinox SwissChamp que trazia no bolso preparamos deliciosos sanduíches  que foram devidamente devorados no alto de uma falésia.
  63. Pegar Pequenos Parafusos: Basta imantar a chave de fenda e usa-la como um imã para pegar aqueles mini parafusos de óculos ou de computador que insistem em escapar das mãos.
  64. Cortar Roupas Presas em Escadas Rolantes: É raro, mas acontece e um Victorinox no bolso pode salvar uma vida. Como experiencia pessoal, já utilizei meu canivete Victorinox para liberar o guarda-chuvas de uma senhora preso na porta do elevador do metro daqui de Conpenhagen.
  65. Abrir um Coco: Assistam o vídeo abaixo para o caso de pararem numa ilha deserta somente com a roupa do corpo e seu Victorinox.
    https://www.youtube.com/watch?v=TBUkR75ZVE8
  66. Marcar a Página de um Livro
  67. Inserir uma Chave Num Chaveiro: Use o abridor de latas para abrir e manter a argola aberta enquanto insere a chave.
  68. Abrir bolsas Plásticas
  69. Cortar uma Maçã
  70. Cortar Paracord: Pode ser em que surja aquela situação em que tenhamos que usar o paracord da pulseira que trazemos posta e um Victorinox pode ser muito útil para corta-la em pedaços menores.
  71. Trocar Pilhas: Aquelas que entram tão justas que só com uma chave de fenda saem.
  72. Remover Restos de Adesivos: A chave de fenda se presta bem para raspar os restos.
  73. Apagar Velas: Use a chave de fendas e pressione-a contra o pavio aceso.
  74. Desentupir o Jato de Água do Limpador de Para-Brisas: Use a agulha que vem no cabo dos modelos em 91mm e 84mm da Victorinox.
  75. Abrir Gavetas: Para aquelas que perderam o puxador, introduza o gancho na fenda entre a gaveta e o móvel e puxe-o.
  76. Soltar Ganchos da Parede: Encaixe o gancho do Victorinox no gancho de parede e gire-o até desenroscar.
  77. Puxar a Grelha do Forno: Com o gancho puxe a grelha do forno para verificar se aquela lasagna já está no ponto.
  78. Fixar uma Mangueira na Bica de Água: Com um pedaço de arame faça um garrote e com o gancho do Victorinox torça-o até a mangueira ficar presa.
  79. Corrente da Bicicleta: Quando a corrente escapar use o gancho do Victorinox para recoloca-la no lugar.
  80. Abrir um Bueiro: Dos pequenos. Use o gancho para puxar a tampa.
  81. Apertar o cadarço das Botas: Com o gancho puxe o cadarço das botas para que fiquem bem ajustados.
  82. Alcançar Objetos no Alto: Abra o gancho e amarre seu Victorinox no cabo de uma vassoura. Dessa forma você poderá “pescar” objetos guardados em cima de armários.
  83. Cooler para Laptop: Mais uma utilidade para o gancho dos Victorinox, aquele que os gringos cismam em dizer que não serve para nada. Abra o gancho e coloque o canivete por baixo do laptop criando assim uma corrente de ar que ajudará a resfria-lo.
  84. Checar o Bom Estado dos Pneus: Use a pinça para verificar o estado das ranhuras dos pneus. A parte de trás da pinça trás duas bolinas cinza, que são os pontos de fixação da cabeça da pinça nas hastes. O primeiro deles está a exatos 3mm da base. Sabendo disso, introduza a pinça de ponta cabeça na ranhura do pneu, se você puder ver os dois círculos cinza da pinça significa que é hora de trocar o pneu.
  85. Remover Pregos: Use a chave de fenda ou o alicate para levantar um pouco a cabeça do prego, depois encaixe o prego no descascador de fios da chave de fenda e num movimento de alavanca, remova-o.
  86. Limpar a Sola das Botas de Hiking: Use a chave de fendas para remover o excesso de lama e cascalhos presos nas botas.
  87. Abrir Nozes: É Natal, família reunida, sua esposa compra um pacote de nozes e vocês não encontram o quebra-nozes…. Basta colocar a mão no bolso, puxar seu Victorinox e introduzir a ponta do abre-latas na ponta da noz, forçar até que entre e torcendo um pouco a noz se abre em dois.
  88. Customização: Os canivetes da Victorinox permitem que troquemos os cabos por cabos “plus” que vem com slot para canetas. Também existem cabos em diversas cores diferentes e até em Titânio e G10, sendo que esses são fabricados e comercializados pela Swiss Bianco do Canadá (encima para o mundo inteiro). Também é possível customizar algumas das ferramentas com um dremmel, como a chave de fenda para deixa-la afiada e côncava (ideal entalhar colheres no Bushcraft)  e com a espinha num angulo de 90º (riscador de pederneira). Só lembrem que ao modificar as ferramentas se perde a garantia.
  89. Fabricar Corda de Plástico na Natureza: No vídeo abaixo uma demonstração de como faze-lo: https://www.youtube.com/watch?v=w_g5iMEURHw&t=439s
  90. Cortar um Membro numa Emergência: Espero que isso nunca aconteça, mas um Victorinox com uma serra pode ser a salvação em uma situação como a do alpinista Aron Ralston (do filme 127 Horas).
  91. Esvaziar Balões de Ar: Depois da festinha de aniversario no Play Ground do prédio, cortar a ponta dos balões com a tesoura do Victorinox fazem com que a tarefa termine mais rápido e mais silenciosamente.
  92. Limpar o Cachimbo: Para aqueles que fuma cachimbo, evidentemente.
  93. Cortar Pastilhas e Comprimidos: Quando a dose necessária é metade ou um quarto da que vem num comprimido.
  94. Limpar o Gelo do Esqui: Não é algo que seja de muita serventia aí no Brasil, mas a chave de fenda é simplesmente perfeita para tirar os pedaços de gelo que se acumulam nos esquis de neve.
  95. Abrir Mala de Viagem: Voltou de viagem e perdeu a chave do cadeado mala? Introduza o punsão no zíper até criar uma fenda e depois puxe as duas parte com as mãos abrindo a mala.
  96. Lupa Improvisada: Além de servir para prender uma fiel, o anel também serve de lupa improvisada. O video ensina como: https://www.youtube.com/watch?v=coyrqXE0-mM
  97. Improvisar um Garfo no Mato
    IMG_8908.jpg
  98. Apoiar o Charuto
    SwissMobileCigarTool_zpsf5737ee9.jpg
  99. Abrir Cartas: Serve também para coisas tão banais como essa.
  100. Afiar Lâminas: A lima que vem em alguns modelos pode ser usada para afiar lâminas maiores em uma emergência.
  101. Se Sentir como o MacGyver: E estar sempre preparado!

images.jpg

E se depois de ver tudo isso você ficou com vontade de ter um, passe na Via de Fuga, a loja oficial do Sobrevivencialismo!

 

Fontes de Consulta:

  • Canal YouTube Robito Hans
  • Canal YouTube NIKOS DOULAS NikGyver
  • Site Recoil OffGrid

Lista escrita pelo sobrevivencialista Carlos Cabral de Menezes.

Anúncios

8 Comentários

  • Caros, gostaria de observar que Solingen é uma cidade alemã e não uma fábrica, é uma cidade tradicionalmente de cuteleiros, e por isso até assina facas caras.

    • De fato! Numa pesquisada rapida constatei que voce esta correto:

      “Selten ist der Name einer Stadt so tiefgreifend Inbegriff für ein bestimmtes Produkt geworden. Bei Messern aus der Klingenstadt Solingen ist das der Fall. Weltweit sind Solinger Messer ebenso bekannt wie geschätzt und in der Bewertung der Küchenprofis ganz weit oben…”

      Obrigado por corrigir e esclarecer esse equivoco!

  • Rafael Trois

    Tive dois (do mais tradicional), quando era adolescente. Um comprovadamente comprado lá fora e outro aqui no BR (que não tenho como afirmar se era original). Ambos apresentaram problemas após abrir algumas garafas de vinho e latas. Tesoura ficou frouxa, palito e pinça folgados (e se perderam, por falta de fixação). Sem falar do acabamento (placas vermelhas), que soltaram com o uso das chaves de fenda e philips, devido à força na torção.

    Entendo a nostalgia, fama e o glamour dos canivetes suíços (coisa típica, também, de usuários de “Macbosta”), mas para mim, só servem para chaveiro e enfeite.

    P.S.: OBVIAMENTE, meu interesse nestes canivetes, surgiram EXCLUSIVAMENTE, por causa do Macgyver… Sem dúvidas!

    • Oi Rafael, se voce ainda tiver esse canivete mande pra Victorinox que eles concertam o que tiver que concertar, dentro da garantia. Tenho um Victorinox de 1975 que eu quebrei a lâmina pequena e eles trocaram por outra identica, só que novinha. Alias, voce me deu uma ótima idéia, vou comprar um modelo mais simples, tipo Spartan, e fazer um Torture Test com ele e postarei aqui no portal. Abs!

  • Caros, ferramentas são extensão de nossos recursos intrínsecos, logo qualquer uma é fundamental!
    Na questão do victorinox o que mais pesa é a divulgação, pois esse canivete é amigo da mídia, ademais, fazer algo semelhante é fácil, e mais, são muito mais baratos! São inferiores os clones? Sim, são, mas só que o original TAMB~EM não é mais aquela coisa!! Tive um spartan da década de setenta e afirmo que os de hoje em dia são lixo puro!!
    Só o peso desses novos chega a dar nos nervos tamanha fragilidade da proposta!
    E isso se aplica atmbém às leatherman!!
    A regra é NIVELAR POR BAIXO, da mesma forma que é feita com a matriz dessas ferramentas, o próprio ser humano!
    É tornando o lixo palatável que se faz o nobre indesejado!
    Se formos pegar uma micra da leatherman hoje, veremos que ela é supinamente inferior a squirt que tinha com tesoura principal também! E a squirt foi abandonada para emplacar essa lixeira (mas muito superior às lixeiras menos famosas!) micra!
    Embora eu concorde em tudo a respeito da versatilidade das multitools, não posso concordar com essa apologia pois para que os vermes fabricantes voltem a fazer o que preste é fundamental o BOICOTE, dessa forma até uns dez anos atrás era possível comprar um wenger muito mais bem feito que os victorinox, só que a salafrária victorinox percebeu isso e cheia de grana subtraiu a Wenger comprando a marca, e hoje os poucos wenger encontrados já estão com a “qualidade” victorinox, ou seja, são um lixo bem vestido, algo como um barnabé com terno de grife mas sem nenhuma qualidade!
    Nos últimos 50 anos vem sendo armada uma agenda de obsolescência programada que só tem uma meta, o sucatemento das ferramentas!
    E isso se aplica a tudo, de automóveis a isqueiros (outra ferramenta fundamental) e só ainda não emplacaram a obsolescência total em lanternas porque a tecnologia de LED se renovando a passos largos impede a estabilização em um baixo nível, mas basta a coisa planificar e também lanternas serão sabotadas.

    Meu conselho, se alguém achar alguma ferramenta bem feita, COMPRE, pois com certeza ela sairá de linha para o alvorecer de mais lixos de grife!
    Tenho uma lapiseira Toison d’or da década de setenta e uma nova, atual, só a diferença de peso da nojo! A atual usa alumínio vagabundo (não, não é liga de duralumínio espacial) com um clip ordinário que danifica o bolso da camisa, enquanto a setentona é feita de latão com mola inox! SEM COMPARAÇÃO!

    Até os zippos viraram LIXO, e dizem que ainda são feitos em bradford!!!
    Vejam os potes de aço inox da hércules e tramontina e verão que degenerar é LEI, hoje em dia parecem feitos de folha de alumínio tamanha a cretina espessura da folha usada!
    Um liquidificador da década de setenta tinha 200Wa e quebrava tudo, de gelo a castanha, batia que era uma maravilha, e hoje só existe LIXO, e gastam muito mais energia e não batem nada! E não é questão de preço, pois como vegetariano, para mim um liquidificador faz as vezes de fogão e panela para um cadavorista (sou quase que completamente crudivorista) e pago CARO por bom equipamento! Para mim é como faca, é ferramenta fundamental!
    Tenho um dremel (recarregável) da decada de noventa e é o BICHO! Até as pilhas recarregáveis até hoje tem alguma serventia, e só o rolimã está já gasto, só que uso de forma INTENSA! Comprei um novo, e o lixo é tão bundão que até o encaixe do mandril é ordinário!
    Hoje em dia uma fabrica de automóvel graças a tecnologia é dona de nosso proprio carro!
    Vi um infeliz (e todo feliz) ligar para a fabricante em detroit e os caras lá abriram as portas da dodge ram do infeliz via satélite e ligaram o carro! Ou seja, se quiserem desligar, também desligam! E tem gente que compra automóvel com tecnologia embarcada achando que pertence a ele, mas quem tem o poder de tudo sobre o automóvel é a fábrica!
    Ou seja, o carro é da indústria e não do cidadão, até para regular precisa do softwares das centralinas, antes era só enfiar a mão na graxa e se resolvia tudo!
    Carro eletrônico não pertence aos compradores, pertencem às industrias e na hora que elas acharem que já deu, todo mundo fica a pé!
    É isso galera, a vantagem de entender de qualquer tecnologia é que sabemos quando a coisa é de verdade ou é só para inglês ver!
    E estudar tecnologia também está sendo algo sabotado, vide wikipedia, google e outras tolices internéticas, meu conselho, façam imersão em sebos, pois livro ainda é a forma de aprender tecnologia sem filtragens googlerianas!
    Agradeço a atenção]
    Obrigado

  • Gostei do artigo, mais como uma brincadeira – hehe – mas eu tenho um canivete suíço e um com alicate, tenho mais preferência por este último, pois tem tudo igual (ou quase) ao outro mais a alicate – hehe. Falando no Magaiver, a nova série tinha que ser com o modelo mais parrudo de multi-tool, do jeito que tá ficou muito fraquinho.

    • Tem brincadeira e tem verdade. O fato é que vai muito da preferencia pessoal mesmo. Já cheguei a portar um Leatherman Surge no cinto como EDC por muito tempo, mas no final cheguei a conclusão de que as ferramentas que eu mais usava estavam num Victorinox, e terminei optando pela comodidade. Mas cada um tem uma realidade diferente e o importante é, como sobrevivencialistas, sabermos tirar o máximo proveito de nossos equipamentos de EDC. E de fato, esse Magaiver novo tá muito fraquinho….

  • Realmente, ando sempre com um huntsman no bolso…uso-o para tudo, e ainda assim, há boas ideias citadas aqui que desconhecia…. O Brasileiro tem que perder o medo de peças como estas, que são ferramentas, não acessórios para provocar injúrias. Em países europeus, é muito comum pessoas terem um acessório como este.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s