O melhor equipamento

Por Eremita urbano

Sempre se vêem perguntas do tipo: Qual a melhor faca? Qual a melhor lanterna? Qual a melhor barraca? Qual o melhor isso? Qual o melhor aquilo?

Já guardem a seguinte afirmação: Não existe o “melhor equipamento” definitivo que atende a tudo e a todos.

Eu poderia simplesmente responder que o melhor equipamento é aquele que lhe atende! E assim terminar o post, afinal essa resposta está perfeita… Mas, vamos conversar um pouco mais, amigo leitor.

A definição de melhor é algo muito relativo e subjetivo.

Em um dos meus empregos eu vendia computadores em uma loja de equipamentos de informática e eu era um péssimo vendedor, sério! Péssimo mesmo, quase nunca batia as metas de venda, mas eu era o melhor consultor de vendas, aquele que muitos clientes confiavam para comprar itens ou pedir opiniões.

Vou explicar melhor o porque de ser um péssimo vendedor e ótimo consultor. Os vendedores eram instruídos a venderem o “melhor” – leia-se: mais caro. Eu gostava de atuar como consultor, oferecendo o melhor para o meu cliente.

O cliente chegava e pedia:

– Eu quero um orçamento do “melhor” computador que você tiver.

O vendedor comum já montava logo um top de linha e dizia que aquele era o bom por X e Y motivos e pronto, empurrava o mais caro no camarada, afinal, tem a meta, tem a comissão mais gorda. Eu sempre perguntava: “para que o computador vai ser usado?”

-Ah eu só vou acessar a internet e redes sociais.

-Bom, então o senhor não precisa de um computador muito caro, o senhor precisa dessa configuração aqui, fica quatro vezes mais barata que o top e lhe atende perfeitamente.

-Mas é bom? – Ele perguntava

-Vou fazer uma analogia. Digamos que o senhor tem uma família de quatro pessoas e decidem comprar um veículo, qual o “melhor”(lê-se mais caro)? Um ônibus com certeza, afinal, tem um tamanho grande, motor bem forte e muitas outras vantagens. Mas aí eu te pergunto: A sua família precisa de um ônibus para se deslocar? O senhor não acha que vai ficar muito potencial sem uso e assim desperdiçado?

-É tem razão.

-Então creio que um Corolla ou um Honda Civic é mais interessante que o ônibus não é mesmo?

-Concordo, com certeza é melhor que um ônibus para o caso!

-Então, o que eu estou montando é um computador em conta mas que vai lhe atender perfeitamente, se o senhor comprar um mais caro, ele vai ficar ocioso entende? Se o senhor não vai lidar com jogos pesados, computação gráfica ou edição de filmes, não precisa de uma configuração muito forte.

-Perfeito amigo, gostei, pode mandar montar.

E assim saia mais um cliente feliz e sem ser “roubado”.

Entenderam amigos? Nos equipamentos de mato e sobrevivência é a mesma coisa, o bom equipamento não é necessariamente o mais caro. O melhor é o que lhe atende!

-Eu quero uma barraca top!

Se pergunte: Para que? Você vai escalar o Everest? Vai pra um lugar que chove e venta muito?

-Não só vou num camping em um clube perto da cidade, assar uma carne e não estamos nem em época de chuva.

-Assim sendo você não precisa de uma barraca especial que aquenta 4500mm de chuva, uma barraca simples e barata seria a escolha mais inteligente.

-Eu quero a melhor lanterna!

Se pergunte: Para que? Você vai mergulhar com ela? Vai enfrentar frio cortante e calor escaldante? Vai fazer incursões em terreno hostil e talvez seja necessário uma luz muito forte para ofuscar um inimigo?

-Não, só quero uma lanterna pra quando acabar a energia em casa.

-Assim sendo você não precisa de uma lanterna tática de 600,00 mcd, uma lanterna de led que você encontra em lojas de 1,99 vai lhe atender bem.

O que é melhor para um, não é necessariamente o melhor para o outro. A escolha do melhor equipamento deve ser pautada no tipo de uso que você especificamente vai dar para ele. É um critério pessoal.

Reflita, pense sobre isso!

Anúncios

21 Comentários

  • eduardo fideles

    Muito boa sua matéria !
    Mais o melhor equipamento e aquele que você tem em uma situação de emergência, se você tiver uma faca de mesa ,uma lata vazia de achocolatado ; uma garrafa pet , fósforos e um saco de lixo para montar um abrigo e se te isso te atendeu no exato momento em que precisou e o manteve vivo então este e o melhor.

  • O melhor equipamento é que cada um tem, pois já presenciei cenas em que a pessoa tem uma faca normal de trinta reais e depois compra uma de trezentos reais nem sabe usa- la, ou não usa para não estragar.
    Eu uso uma faca normal “nem boa nem ruim”, e se eu ganhar uma de trezentos reais (porque não tenho recursos e muito menos necessidade de comprar, não que eu esteja julgando quem tem ou quer comprar um equipamento de primeira linha), eu a usarei do mesmo jeito que uso a normal.
    Lembre-se que se voçê não tem necessidade de ter um equipamento de primeira linha é porque está alucinado pelas propagandas.

    • Concordo plenamente, o melhor equipamento eh aquele que vc pode ter. E que atende suas necessidades.

      http://sobreviventebrasil.blogspot.com.br/
      https://www.youtube.com/channel/UCqIybq9X4xs3taXQB6nik3Q (Canal Sobrevivente Urbano).

  • Bom dia galera, trabalho numa loja online de equipamentos para camping trekking e utilidades para casa, são muitos itens e com preço bem acessível, peço a gentileza de conferirem, obrigado
    http://www.polihouse.com.br/

  • Custo x beneficio. Penso que isso é o que se deve levar em conta sempre, pesquisar e ver a opinião de pessoas que já possuem tal item é sempre importante, reviews, etc. No mais é preferível ter algo de boa qualidade, mesmo que caro e saber que não vai ficar na mão, isso se tratando de itens de muita utilidade, como facas, barracas, cordas é sempre bom ter algo extremamente confiável, e mais importante é saber utilizar tais equipamentos.

  • Excelente matéria. Nem tudo que é bom para as outras pessoas é bom para mim. Por isso é importante tomar bastante cuidado com propagandas e tutoriais que prometem milagres ou transformar as pessoas em personagens como o Rambo, Magaiver, Bear Grylls entre outros.

  • Yoseph Makabi

    Preparadores! Preparem-se! A emergência que se aproxima é uma GUERRA CIVIL aqui no Brasil. Acreditem ou não teremos uma linda guerra civil em nosso país. Estejam preparados. Não vai demorar muito.
    SELVA!!!

    • Yoseph, muito se fala que nossas FAs estão defasadas, porém se levarmos em consideração as centenas de caças modelo tucano, a entrada de serviço do blindado Guarani com previsão de mais de 2 mil unidades, aquisição e construção nacional de dezenas de helicópteros de combate entre outros aparelhamentos, percebe-se que nossas FAs já estão preparadas para uma guerra anti-insurgência.
      Síria, Líbia e Ucrânia são exemplos do modelo atual de guerras, bastando os interesses estrangeiros insuflarem revoltas populares.
      Por aqui, basta a mídia querer uma insurreição…

      • Penso o mesmo. É verdade que estamos sempre “atrasados” quanto à preparação militar, mas nos últimos meses vemos um cuidado maior da parte do exército com as forças armadas.
        Pode ser alguma coisa a ver com o comunismo aqui no Brasil, ou com alguma doutrina de tolerância… Quem sabe?

  • Murilo Almeida

    Parabéns… Falou e disse o que precisava ser dito, principalmente para os iniciantes… Concordo em muito com o que foi dito, mas, também, discordo em algumas partes, principalmente para os mais experimentados… Antes de postar meus comentários costumo a pensar muito sobre o assunto para não ser leviano, sem agregar nada no post… Então, posso utilizar dois pontos de vista… Primeiramente, para os iniciantes, o melhor equipamento é o que lhe serve bem, ou seja, aquele que esta acessível a você, bem como, aquele que você está apto a usar plenamente… Aqui abro um parêntese para dizer que fuja dos XINGLINGs ou similares… E, voltando, para os experimentados, o melhor equipamento é mais caro (não o mais caro), pois ele é o que tem de melhor tanto em confiabilidade, tecnologia e durabilidade, servindo-lhe plenamente… Mas lembrem-se que toda regra tem excessão… E eu sempre me coloco no primeiro grupo, pois ainda tenho muito a aprender… E, no bom cearencês, citado pelo colega de outro post, “se num prestar, rebola no mato”…
    Forte abraço,
    VQV em QAP e QRV

    • Murilo, permita-me discordar do que vc disse sobre xinglings. Existem equipamentos chineses de boa qualidade e preços acessíveis. Há poucos dias recebi 2 lanternas da marca Fenix, fabricadas na China. Muito boa qualidade e super funcionais. Uma usa pilhas AA e a outra bateria 18650. E por um preço bom. Em comparação com as Maglites americanas que tenho, muito melhores…

      • Eu tbm descordo Murilo.Tem gente que paga caro em equipamentos pq quer, pois muitas marcas famosas importam produtos da china e colocam suas marcas estampadas e vendem pelo triplo do preço. Ja vi uma mesma faca com 3 marcas diferentes.

        http://sobreviventebrasil.blogspot.com.br/

        https://www.youtube.com/channel/UCqIybq9X4xs3taXQB6nik3Q (Canal Sobrevivente Urbano).

  • Com certeza não procuro e nem posso comprar os itens mais caros, também não compro itens que sei que não vão durar muito, procuro equipamentos que são conhecidos e sei que não vão me deixar na mão.
    Os equipamentos maiores e que não vão ser possível ficar carregando itens sobressalentes, prefiro pagar um pouco mais, mas não pelo preço mas buscando melhor qualidade.

  • Concordo e discordo ao mesmo tempo.
    Nem sempre o equipamento mais top eh o melhor para você ou sua aplicação, as vezes um equipamento um pouco mais barato tem características que se adequam melhor a aplicação que vc precisa.
    Mas temos que tomar cuidado com este tema, não posso ser irresponsável a ponto de incentivar uma pessoa a ir pro meio do mato com equipamento vagabundo e sem backup, sua vida pode depender disso. Então muito cuidado, custo x benefício eh uma coisa, equipamento barato, frágil e sem qualidade eh outra totalmente diferente. E as vezes eh melhor gastar R$100 agora do que gastar R$40 e depois ter que comprar o outro de R$100 por que o irem quebrou.

  • Nilson Tchess Ich Dien

    Cara gostei de suas comparações, mas acho que faltou uma coisa muito importante! Acho que o melhor equipamento seria um bom conhecimento em técnicas tanto de bushcraft quanto em sobrevivência para melhor se adaptar as condições impostas pelas eventualidades que poderiam acontecer em suas aventuras, portanto a melhor ferramenta é uma mente bem preparada.

  • “O bem de um é o mal de outrem” Aleister Crowley.
    Curti demais a postagem, por que tipo, além de ser contra o consumismo desenfreado e inconsequente, de nada adianta uma faca de 400 reais se você nem sabe usar, ou ficara com dó de usar, ou uma besta de 4 mil se você não consegue acertar um alvo a uns 15 metros, ou não tem força suficiente para armar.
    Melhor equipamento é o que lhe serve bem =)
    Ótimo post =)

  • Leonardo Neves Ruiz

    Muito boa comparação!

  • Sandro M. Domanski

    Gostei da analogia, realmente se aplica à maioria dos casos, o meu mesmo, na maioria das veses. Mas porque compramos o melhor? Porque é sempre melhor sobrar do que faltar, se você só usa um farolete em casa quando acaba a energia, ok você comprar um baratinho e econômico, mas e se a coisa ficar feia e você precisar de um que tenha uma maior luminosidade porque algum meliante cortou a sua energia e você precisa ir pra fora da casa pra saber o que houve e vai precisar de um grande raio de ação de luminosidade pra detectar movimentos? E se a coisa for mais duradoura que um apagão, algo do tipo apagão total permanente? Só estou usando o farolete pra exemplificar os outros tipos de equipamento também.
    Eu tenho em meu equipamento, facas caríssimas, mas na enorme maioria das vezes uma pexerinha de 25/30 reais ou até um canivete pica fumo poderia ter muito bem dado conta do recado, mas a pergunta é… E se não desse? pra esses momentos a gente se prepara e compra o melhor.
    Agora, o que não pode é o cara não sair de casa pra ir ao campo acampar, pescar ou praticar alguma outra atividade porque ele não tem o melhor equipamento, ai sim é um erro pois se ele praticar com o inferior, vai saber as suas fraquesas e saber escolher melhor quando buscar algo mais top.
    De qualquer forma, a analogia veio bem a calhar pois pra um bom entendedor, pingo é letra.

  • Muito lúcido, parabéns. Com lanternas, por exemplo, comecei com as poderosas, recarregáveis”. Hoje não deixo passar as de R$ 5,00 que encontro, e já compro umas 3, 4, já que não vou usar para iluminar um B-17 inimigo nos céus. Claro, tenho as potentes, mas não caras e recarregáveis. Já as baratas usam pilhas comuns, e servem muito bem, inclusive para quando tenho que distribuir lanternas para quem me ajuda na defesa civil.

  • Acertou na mosca Eremita. Meus parabéns. Morreu maria
    preá como diz aqui no Ceará. Abraço.

  • Falou falou falou, não disse p… nenhuma. Só tomou o meu tempo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s