Tubo de sobrevivência: Oque é e como fazer

Apesar de sempre recomendarmos que os preparadores optem por ficarem em suas casas em caso de urgências, temos de considerar que em alguns momentos isso não é possível. Sendo assim, trazemos um conceito novo e diferente para vocês, o tubo de sobrevivência.

Lembre-se da regra básica: Não guarde seus recursos em apenas um local

Se caso você for forçado a deixar sua casa e planejou com antecedência seu abrigo secundário, você deve pensar nas suas rotas de fuga, ou seja, locais pelos quais você provavelmente vai passar quando estiver se dirigindo ao seu abrigo.

Considerando o pior cenário possível, não podemos confiar que teremos capacidade de equipar uma mochila, sair da cidade e ainda evitar confrontos com terceiros. Andar com uma mochila cheia de itens com certeza atrairá atenção e você correrá risco real de perdê-la.

Se você sair de sua casa e perder sua BoB (Mochila de fuga), o que acontece? Você vai passar por maus bocados. E é exatamente aí onde o tubo de sobrevivência cumpre sua utilidade. Segue o vídeo:

A construção deste tubo é tão simples que não vejo sentido em não providenciar um backup como esse para ser colocado em sua rota de passagem. Nele você poderá acondicionar tudo o que couber em seu interior e convenhamos, se por qualquer razão você ficar de mãos vazias em um cenário de crise, ter um tubo cheio de enlatados e equipamentos vai salvar sua vida.

Como dito no vídeo, o segredo está em marcar o local enterrado. Pode parecer fácil, porém eu mesmo já tive problemas em encontrar uma unidade pois a enterrei perto de uma árvore de tamanho médio que após um ano morreu e me fez perder o ponto de referência… resultado? Tive de cavar cinco buracos para achar o tubo. Pode parecer fácil, mas saiba que não é. Use pedras grandes, árvores grossas e peculiaridades de terreno para marcar a referência.

Enfim, o tubo de sobrevivência, assim como as garrafas PET enterradas, serão uma alternativa extra para que você tenha maiores chances de sucesso.

Até.