Sobrevivendo a um atentado ou tiroteio

Mesmo que ainda sejam raras as situações onde há um atirador tentando matar todos (especialmente no Brasil), é um fenômeno que parece estar aumentando com regularidade. Do mais recente tiroteio no cinema até terroristas atacando em todos lugares do mundo, esses eventos acontecem e são situações para as quais devemos nos preparar e responder.

Tiroteio no cinema em Colorado

Se preparando para tiroteios e terrorismo

Consciência situacional

Para ser capaz de se proteger em caso de tiroteio requere que você tenha capacidade de entender o que está acontecendo ao seu redor. Como sugerido em um artigo antigo aqui do blog, conhecer o ambiente é uma das mais importantes precauções de segurança que você pode tomar em qualquer situação.

Antes de entrar em qualquer lugar público, você deve analisar o local de maneira mais ampla. Se qualquer coisa parece estar fora de lugar ou se sua garganta sente que algo está errado, ouça seus instintos e saia.

Encontre suas rotas de fuga

Parte de estar atento ao ambiente é saber como sair dele quando e se as coisas ficarem ruins. Quando você entrar em uma nova área, a primeira coisa que deve fazer é procurar por possíveis rotas de fuga e saídas. Esse simples procedimento pode significar a diferença entre morrer e viver, e é algo que não deve ser esquecido nunca.

Sempre dê a você uma vantagem tática

Chame de paranóia, eu chamo de estar preparado. Quando você se coloca em um ambiente de alto risco – como um teatro, concentração de pessoas ou semelhantes –  existem algumas coisas que você deve fazer para maximizar a sua habilidade para sobreviver uma situação mortal.

Primeiro, tente evitar situações que podem se tornar violentas. Enquanto prever estes eventos é algo impossível, existem alguns procedimentos que você pode fazer e deixar as apostas à seu favor.

Evite eventos muito grandes

Os loucos que cometem esses crimes estão procurando por atenção. Atiradores solitários e organizações terroristas sempre procuram por atenção da mídia e um bom número de vítimas. A maior probabilidade de isso acontecer são em grandes eventos, então quando possível:

  • Evite eventos grandes de estréias ou inaugurações;
  • Evite eventos muito populares de música ou concertos;
  • Evite eventos de política que estejam em destaque.

Não se torne um alvo fácil!

Se você vai ter que ir em um evento grande como um filme, um concerto, ou algum tipo de evento esportivo; escolha assentos que estejam situados pertos da saída. O último lugar onde você quer estar durante um atentado é preso no meio de uma multidão ou no meio de uma fileira de assentos. Localização é um fator enormemente importante em sua segurança.

  • Escolha assentos perto das saídas;
  • Nunca escolha assentos no meio da multidão;
  • Não se destaque no meio da multidão de forma alguma;
  • Tenha certeza de que não há obstáculos no seu caminho para uma fuga rápida.

Confie nos seus instintos!

Nós temos instintos por uma razão. Várias pessoas que estiveram no atentado de Colorado tiveram um “sentimento ruim” quando viram o atirador entrar no prédio. Ainda assim a maioria delas negou seus instintos e pensaram que era algum tipo de publicidade para o filme. Mesmo depois que o tiroteio começou, um número de pessoas disse que “ainda pensava que era parte do show”.

Se uma situação parece estranha, se algo parece estar fora do lugar, se sua garganta diz que algo não está certo; ouça seus instintos e não espere para ver o que vai acontecer.

Sobrevivendo ao tiroteio

Se o impensável acontecer e você se encontrar no meio de um tiroteio, existem algumas opções que podem maximizar suas chances de sobreviver.

FUGA – Sua primeira linha de defesa

Na minha opinião, a primeira e a prioritária na lista de opções. Em um tiroteio, a primeira coisa que você deverá tentar é escapar. Não é um video game, quando as balas começam a voar’, o último lugar que você quer estar é perto do atirador.

Esperamos que você tenha tirado um tempo para olhar as saídas do local. Se você pode fazer sua fuga com segurança até a saída, faça sem hesitar e sem chamar atenção do atirador. Assim que você sair, continue. Distância é uma das chaves para sobreviver a esta situação.

BARRICADA – Conseguindo cobertura

Tomar cobertura significa se mover para longe de qualquer possível perigo. Se você não pode sair da situação, a melhor opção é tentar achar uma cobertura. Quando eu digo achar cobertura, eu não digo para você fechar seus olhos e se esconder atrás de algum objeto pequeníssimo.

Nos filmes, você geralmente vê o herói da história retornar fogo por trás de algum objeto ridículo como uma mesa ou móvel. Na vida real, esses objetos não dão quase nenhuma proteção contra o fogo inimigo. Existe uma grande diferença entre conseguir cobertura atrás de uma barreira sólida (como uma parede de concreto) e se esconder atrás de uma mesa ou cadeira.

ATAQUE

Os críticos desta opção provavelmente vão argumentar dizendo que você nunca deve atacar o atirador. Mas se você está em uma situação onde não há para onde correr nem ter cobertura, que outra opção você tem? A maioria dos críticos ficam em silêncio quando perguntamos esta questão.

O fato é que no meio do tiroteio, você geralmente tem pouquíssimas opções. Ficar congelado de medo não adiciona nada as suas chances de sair de lá vivo. Se você não tem outra opção, você precisa agir rapidamente e de maneira decisiva para tentar eliminar o atirador.

Se você tem uma arma, então esperamos que você treinou para este tipo de situação. Eu não vou entrar nos detalhes táticos ou de resposta técnica pois nada que eu escrever vai te preparar para esta situação. Apenas treinamento adequado, físico e mental, pode lhe ajudar neste tipo de encontro. Por favor, não subestime a necessidade de treinar suas maneiras de defesa adequadamente.

Depois do ataque, vá para segurança.

Assim que você sair do prédio, ou se retirou da situação, não abaixe a guarda. E se o atirador voltar? Se existem outros atiradores esperando na saída?

Eu fiquei pasmo ao ver filmagens de celular das pessoas fugindo da cena no último atentado. Porque alguém ficaria e filmaria esta tragédia? Não é apenas nojento, é algo que pode matar você. Ficar bobeando na cena do incidente nunca é uma boa idéia… tentar filmar ela com o seu celular é simplesmente estúpido.

Enquanto estes incidentes são extremamente raros, eles acontecem e merecem nossa atenção. Nós vivemos em uma sociedade doente que está constantemente procurando por fama e infelizmente há um número crescente de lunáticos que farão qualquer coisa para receber fama e notoriedade. Este é um problema que provavelmente só piorará com o tempo.

Fonte: Off Grid Survival

Anúncios

9 comentários

  • Muito bom, só discordo de ficar muito próximo a saída. Me coloco no lugar do atirador para explicar! Se eu entrasse em algum lugar armado com intenção de fuzilar todo mundo, os mais próximos seriam os melhores alvos, além de eliminar alguém que possa se jogar em cima de mim, por estar próximo demais, se é que me entendem. Normalmente as saídas e entradas são a mesmas portas. Salvo quando são portas diferentes ou quanto as saídas de emergência. E não se esqueçam de conferir se as saídas de emergência estão destrancadas, Brasil é Brasil.
    Mas ao mesmo tempo é válido, se ele está no meio da multidão, a tese de estar próximo da saída é totalmente valida.
    Até me perdi de tão confuso que ficou meu comentário, mas a conclusão é que varia da situação, o lugar ideal para um caso pode ser o pior em outro.

  • Anderson Mendes

    Gostaria de lembrar que a situações mais comumente fatais no dia a dia são situações mais prosaicas como tumultos em locais super lotados. Ocorrem devido a brigas entre os espetadores ou incêndios e causam muitas mortes por pisoteamento. Para evitar que isto ocorra, é fundamental manter-se calmo, tanto quanto o possível, e evitar agir impusionado pelo espírito de bando.
    Permanecer encostado junto as paredes dos corredores enquanto se dirige para a saída é a maneira mais segura para não ser tolhido pela multidão desenfreada. Outra, é seguir o caminho menos congestionado para a saída!
    Assim que estiver em segurança chamar as autoridades competentes informando o que esta acontecendo, o local da ocorrência, o número de vítimas, etc… Se vc conseguir fazer isso, salvará muitas vidas. Não pense que isso é fácil! Ao chamar a polícia, anos atrás, após a queda da janela do segundo andar, de uma paciente no hospital onde eu trabalhava, há muito tempo, simplesmente não conseguia lembrar o endereço onde estava, o que inviabilizava a vinda da viatura ao hospital.
    Permanecer o mais calmo possível ajuda a salvar vidas, principalmente a sua!

    • Anderson,

      Suas dicas são ótimas, obrigado pela contribuição.

      Abraços.

  • Cara muito bom me orientou muito se é bom e seus posts são maravilhos meu virei fã parabens pelo seu blog e que continue assim

    • Obrigado pelo apoio!

  • Gostaria de pedir para vcs colocarem um post semelhante a este, porém com o título “Sobrevivendo a um tiroteio em escolas”. Para os pais poderem orientarem seus filhos…..

  • Excelente artigo!
    Apesar de ser o tipo de evento que ninguém quer vivenciar, tiroteios são comuns e jamais deve-se subestimar o perigo de morte em casos como estes. Conhecimento, instintos e sangue frio podem ser a diferença entre viver e ser mais um nas estatísticas.
    Tenho apenas uma ressalva: se a intenção era falar sobre lugares mais seguros pra se sentar, então a palavra correta é “assento” e não “acento”, como está no texto.

    • Olá John!

      Obrigado pela correção, algumas vezes durante o processo de tradução cometo algumas falhas… como esta que foi grotesca…rsrsrss!

      Abraços!

  • Ótimo post Júlio Cheda! Recomendo a todos assistirem também (já recomendei no fórum) “Guia de sobrevivência – tiroteio no shopping”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s