Tiroteio, como escapar com vida?

Constantemente ouvimos notícias de algum assalto que acabou em tiroteio, ou de um atirador que entrou em algum lugar e matou várias pessoas. Com a violência aumentando num ritmo muito acelerado, cada dia que passa temos que andar mais espertos aonde vamos pois não sabemos o que pode acontecer ou qual são as intenções daquele mau elemento te olhando no caixa do banco. Fica aquela dúvida (tomara que isso não aconteça) mas…  como nós devemos proceder na hora que ouvirmos o primeiro bang!?!

Conflito entre policiais e traficantes no estado do RJ, o que devemos fazer numa troca de tiros como essa?

Pensando nisso, temos algumas dicas que esperamos nunca utilizarmos, (não vamos falar aquele clichê de mantermos a calma, pois acho praticamente impossível, isso vai da cabeça e o preparo de cada um), que podem ser decisivas na hora dos tiros.

  • Primeiramente, ouviu o barulho do tiro, se abaixe ou deite no chão, diminuir a silhueta do corpo reduz as chances de você ser atingido. Porém você não está totalmente seguro.
  • Procure um obstáculo resistente, pode ser um poste, um carro,uma árvore, uma mureta. Identifique de onde vem os disparos e não seja curioso colocando a cabeça para ver o que acontece. O obstáculo te protege da vista e do fogo inimigo.
  • Não tente argumentar ou negociar com alguém armado. A última coisa que ele vai fazer é ouvir você, existem pessoas preparadas para esse tipo de situações e o seu objetivo é sair vivo, não com um tiro no meio do peito.
  • Não tente recuperar objetos pessoais que ficaram para trás.
  • Espere os estampidos terminarem totalmente para poder sair.
  • Você é responsável pela sua própria segurança, não banque o herói reagindo.
  • A prática de alguma arte marcial como o Krav Magá pode ajudar você a desarmar o atirador, mas outras pessoas estão correndo o mesmo risco e podem ser alvejadas.
  • Se precisar escapar através de uma janela e estiver no piso superior, procure algo como um cano ou uma borda onde você pode descer ou escorregar, isto amortece a queda. Ao cair, se conseguir tente rolar.
  • Se estiver ao ar livre, corra na direção oposta dos tiros. Se o atirador abrir fogo na sua direção, de preferência corra em ziguezague. A 6m você está no alcance letal, a 12m a chances de acerto é mais difícil.
  • Se estiver em uma sala ou qualquer cômodo que não tenha saída, tranque a porta, apague a luz e se esconda em silêncio em um local que esteja fora da visão do atirador. Se houver outras pessoas no local, diga a elas para ficarem quietas e escondidas.
  • Uma das  características de um sobrevivencialista é estar sempre alerta no que pode vir a acontecer. Se perceber algo de errado, informe urgente as autoridades.
  • Não encare o atirador nos olhos, fique sempre de cabeça baixa se for rendido, mas tentando observar tudo o que acontece.
  • A polícia é treinada para essa situação, não se assuste se eles estiverem parados e não entrarem correndo. Qualquer erro pode ser fatal.

Agora o caos passou, mas a sensação de terror e pânico ainda toma conta de nós, o que fazer agora?

Imagem após um tiroteio, várias vítimas fatais.

  •  Lembre-se de ajudar as pessoas.
  • Reúna dados que ajudem na identificação, como a placa do carro, o modelo e etc.
  • A descrição das características físicas são muito importantes para as autoridades, tente lembrar-se de tudo o que pode ter visto.
  • A identificação das armas que os autores utilizaram também ajuda, como pistola, metralhadoras e etc.
  • Chame a polícia antes de entrar em contato com amigos ou família. A notícia demora um pouco para se propagar e é importante as autoridades entrarem em ação o mais rápido possível.
  • Não deixe a situação te abalar para o resto da vida, esse tipo de situação na maioria das vezes não temos como prever, se for o caso, procure uma terapia.

Lembre-se dos C:

  • C alma – entrar em pânico e gritar não vai lhe ajudar.
  • C obertura – reduza suas chances de ser alvejado.
  • C oerência e instintos – mova-se para longe do atirador, janelas e portas.
  • C riatividade – é decisiva na hora de manter-se vivo
  • C oragem – não vai ser fácil.
  • C elulares ou telefones fixos – chame a polícia e a emergência.

São dicas simples mas que podem nos ajudar nessa situação, espero que isso não aconteça com ninguém, mas já termos em mente que atitudes devemos tomar pode ser um fator decisivo na hora de sobreviver.

Anúncios

4 Comentários

  • yogueimortal

    Sempre aprendendo!

  • Pingback: Sobrevivendo a um atentado ou tiroteio |

  • José Nilton

    Parabéns, este é um dos melhores sites sobre sobrevivencialismo em português que eu conheço, sem dúvida é um ótimo site.

    • Olá José, seja bem vindo ao sobrevivencialismo, ficamos muitos satisfeitos por receber elogios como o seu, são esses tipos de comentários que nos animam para trazer sempre posts com qualidade!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s