Questões e respostas típicas sobre mochilas de fuga (BoB) – Típica discussão de fórum

Navegando no canal survivalistsboards do You Tube encontrei uma sátira feita por ele que achei digna de ser traduzida e postada para que todos vocês possam ver também.

Esta relata uma conversa típica com um novato que não quer usar o mecanismo de busca e fazer sua pesquisa antes de vir com dúvidas até os mais experientes, apresentando então várias idéias errôneas e fantasiosas sobre a prática sobrevivencialista.

Todos os mais “experientes” na prática já tiveram que enfrentar um desses e provavelmente também já foram um, porém o do vídeo é um pouco “arrogante” demais…rs.

Além de uma sátira também pode ser vista como uma aviso para que nunca nos tornemos tão inconvenientes quanto o “novato” do vídeo. Vamos pesquisar, ler e sempre que houver uma dúvida, vamos perguntar de maneira humilde e com foco na aprendizagem.

Segue o vídeo:

Deixem seus comentários abaixo!

Anúncios

14 Comentários

  • Olá onde á que vende paracord em CampoGrande?

    • Olá Igor!

      Se você está se referindo à Campo Grande – MS infelizmente não temos locais de venda de paracord. Eu geralmente compro pelo Ebay, mas você pode encontrar no Mercado Livre!

      • E Campo Grande MS sim. Muito obrigado

  • marcelo mamone

    Olá.
    Não tem muito a ver com o assunto, mas assistí outro dia no programa “cassadores de mitos” aqueles dois malucos construírem nada mais nada menos do que mochilas, barracas, cantís, armas, cordas, remos e um pequeno barco entre outras coisas com…silver tape! Achei incrível. Só pra compartilhar.
    Abraços a todos.

  • gostaria de fazer uma pergunta, no meu kit EDC carrego uma lanterna um multiuso e minha carteira com remédios, e outras cosias.. mais é proibido andar com multiuso em nossos bolsos??? o que a lei diz disso?
    gostaria que vocês fizessem um post sobre o que podemos carregar e o que não podemos!!
    mais me respondam essa pergunta!

    • Ulysses da Matta

      andei pesquisando sobre isso, ja faz algum tempo, n me lembro se as fontes q utilizei são seguras mais tenho conhecidos que estudaram direto e atuam na área criminal, uma (ferramenta) só é uma arma branca quando a usamos para ferir ou ameaçar alguém, (uma ferramenta), quando digo ferramenta quero dizer facão Tramontina e não uma espada larga, bem imagine se fosse proibido carregar armas brancas (ferramentas possivelmente letais), nesse caso teríamos que tirar porte para tacos de golfe em torneios, porte de machados para lenhadores, portes de faca para açougueiros, porte de chave de roda para mecânicos… bem amigo isso é oque a lei diz, agora na pratica é bem diferente, se vc tem menos de 30 anos e for pego com um canivete de descascar laranja nos bolsos da calças depois das 10 em uma rua qualquer da cidade vai toma muito tapa na cara, e vai ocorrer o mesmo se o mesmo canivete estiver no seu bolsos dentro de uma instituição estudantil, um banco, ou qualquer outro órgão do governo, vc n vai entrar com um facão Tramontina em uma escola do primário… outro ponto importante de informar, mesmo uma arma branca (quando digo arma banca n quero dizer ferramenta potencialmente letal) quando digo arma branca quero dizer, armas: bestas, arpões, arcos, carabinas de presão…. vei ai é arma branca, dai eu ja n sei como funciona toda via ande com ela desmontada e tenha em mente uma justificativa plausível para estar com ela no carro ou mixila

      resumindo… vc pode andar com uma ferramenta multiuso, mais cuidado onde pisa com ela… a lei no brasil é muito confusa

      • Olá Ulysses,

        Realmente tudo depende do contexto. Eu geralmente vou ao banco e levo meu canivete, coloco-o no porta objetos da porta giratória e entro sem problemas…no máximo o segurança me dá uma olhada “feia”. Infelizmente a forma que você se veste e como se apresenta aos outros é determinante para que estes o considerem como ameaça ou mal elemento, há um exemplo que sempre uso:

        Você andar com sua carabina de pressão no porta malas do carro, dentro da bolsa dela, descarregada e com chumbos guardados em outro local é uma coisa… andar com ela carregada no banco do passageiro de madrugada no meio da cidade é outra.

        Como você mesmo disse, nossa lei é confusa e até nossos policiais não conhecem todos os nuances de cada legislação, então cabe a nós cidadãos de bem mostramos que nada temos a dever perante a lei. É aquela velha frase “quem deve, teme”.

        Abração.

  • DrSobrevivencia

    Tem muita gente no fórum Sobrevivencialismo que pensa assim… P.Ex.: o carinha não estava totalmente perdido, concordo com ele sobre 1000 munições. Realmente é pouco… Tem outros que pensam que arco e flecha é equipamento de sobrevivência e combate e outros penso o mesmo de espingardinha de pressão.

    • É uma questão de adequar seus planos à sua realidade. Obviamente não podemos negar que armas de fogo são necessárias em caso de um colapso social, mas existem diversos fatores a serem calculados… por isso grande parte do sobrevivencialismo é estudar, estudar e estudar. Só assim podemos tentar chegar mais perto da “preparação ideal” para cada um de nós.

  • kkkk… o carinha não estava totalmente perdido, concordo com ele sobre 1000 munições. Realmente é pouco…kkkkk

  • Anderson Mendes

    Como dizem por aí:” – Na prática, a teoria é outra.”
    É como fazer um curso de MBA em “Gestão em Saúde Pública” e ir trabalhar num P. S. de periferia de uma grande cidade. Simplesmente, é certeza de decepção!

  • Ahahahah….it´s me!!
    ( não…sou tapadinha, mas nem tanto)

  • Cara tem muita gente que pensa dessa maneira.

  • Rí alto aqui ! Mt bom!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s