Veículo de fuga: Como transformar seu carro em uma máquina de sobrevivência!

Se você já fez os seus planos para sair da cidade caso um desastre natural aconteça ou uma crise social se estabeleça, então você já está com uma vantagem enorme em relação a grande parte da população brasileira. Como sobrevivencialista, somado ao seu plano de evacuação imagino que você também já tenha um abrigo secundário escolhido, preparado e estocado com os recursos básicos para garantir a segurança e sobrevivência de sua família, certo? Se sim, ótimo! Mas… Como você vai chegar até ele?

Em outras palavras, você tem um veículo que está pronto para levar você até este local seguro? Ele está com a manutenção em dia e está preparado com os recursos para manter todos seguros enquanto você se desloca da forma mais rápida possível?

Fugir de uma região de risco não é simples! Existem muitas variáveis que geram riscos durante o trajeto e ter um veículo adequado já facilita grande parte do trabalho.

Escolhendo um veículo

Nem todo mundo possui o luxo de ter um carro especificamente dedicado para ser usado em uma evasão. A maioria de nós conta os centavos para economizar na gasolina e sabe que o veículo que teremos disponível é o que está parado na garagem de casa neste momento. Exatamente por isso, a maioria deste artigo vai focar em como você pode preparar qualquer carro para ser uma boa ferramenta de evasão! Não vamos ficar sugerindo veículos caríssimos e inalcançáveis.

Mas antes disso, vamos conhecer os diferentes modos de transportes e suas vantagens/desvantagens em um cenário de evasão:

8_ms400_sw4_1

SUV: Estes veículos utilitários/familiares geralmente possuem tração nas quatro rodas e são uma boa escolha para efetuar uma evasão pois conseguem atravessar terrenos mais complicados, além de transportarem várias pessoas e ter espaço para carregar equipamentos. O lado negativo é que vários modelos tem autonomia baixa e em alguns carros específicos o espaço interno é limitado (Ex.: Troller, Wrangler, Jimmy).

velociraptor-600-530px

Caminhonete: De maneira semelhante aos SUV’s, as caminhonetes geralmente também são 4×4 e são uma ótima escolha para evasão. Possuem muito espaço para carregar o que você precisar porém tenha certeza de que o modelo escolhido possui uma cabine capaz de carregar todos membros da sua família.

dethleffs-motorhomesolar

Motorhome: A escolha deste veículo é bem interessante. Apesar de não conseguir avançar em terrenos muito ruins, é ideal para carregar várias pessoas e já possui basicamente tudo o que você precisa em uma casa dentro do próprio veículo. Em última instância, ele pode ser o seu próprio abrigo móvel.

1-triumph-tiger-explorer-1200-1

Moto: Se você está sozinho ou viajando com somente mais uma pessoa, talvez este veículo seja uma escolha excelente. Você não pode carregar quase nada, mas se o seu abrigo já possuir toda a estrutura necessária essa necessidade não é tão grande. Além disso, motos são altamente manobráveis e conseguem escapar de engarrafamentos que inevitavelmente irão acontecer quando todos quiserem fugir da cidade ao mesmo tempo.

03

Barco: Se você vive perto de um rio ou oceano talvez o barco seja a melhor opção. Se o barco for grande o suficiente ele pode inclusive ser o seu próprio abrigo, como no caso do Motorhome. O ponto principal aqui é ter um plano para o que fazer após sair desse barco.

maxresdefault

Bicicleta: Se você não pode sair da cidade usando um veículo motorizado, a bicicleta é extremamente eficiente. Você pode levar ela em lugares que a maioria dos carros não entram e pode colocar alforges nela para carregar uma boa quantidade de equipamento. Se todos os membros da sua família e grupo possuem bicicletas, há uma chance de evadirem juntos e ficarem abaixo do radar.

content_052216_0007_main_lg

Seus pés: Se todo o resto falhar, você pode ir andando. Não, você não vai poder carregar tantos equipamentos e irá progredir de forma muito mais lenta, mas por outro lado poderá andar em caminhos mais ocultos e ficar fora da linha de visão de possíveis agressores. A vantagem é que descansando e comendo, você pode chegar onde for necessário sem se preocupar com combustível.

A manutenção deve ser constante!

man-with-broken-car-calling-for-help_bmxee4z50_thumbnail-full01

O primeiro passo para garantir que o seu veículo vai te levar até onde você precisa é manter a manutenção em dia para reduzir o risco de que ele te deixará na mão na hora que você mais precisar. Uma manutenção regular inclui:

  • Não deixe seu tanque de combustível abaixar da metade. Nunca.
  • Sempre faça a checagem diária do seu carro, garantindo que os pneus estão bons e que não estão ocorrendo vazamentos ou barulhos estranhos.
  • Mantenha um calendário rígido das manutenções. Garanta a troca de óleo, filtros, fluídos, pneus e todo o resto. NÃO atrase.
  • Tenha certeza de rotacionar as comidas e suprimentos que você deixa no carro da mesma forma que você faria nos estoques de casa.

Kit Veicular de Emergência

Você deve sempre carregar alguns recursos no seu carro não importando a ocasião, mas quando falamos de uma preparação mais complexa para evasão vale expandir essa lista:

  • Uma boa mochila para carregar equipamentos
  • Selador de pneus
  • Cabos de transferência de carga
  • Extintor de incêndio
  • Compressor portátil para encher pneus
  • Sinalizadores de emergência
  • Maleta de ferramentas
  • Estepe e ferramentas de troca de pneus
  • Pranchas de desatolamento
  • Fluído de limpeza de parabrisas
  • Óleo de motor
  • Mangueiras reservas
  • Fusíveis reservas
  • Combustível extra
  • Sifão para transferência de combustível
  • Fitas e cabos para reboque
  • Cortador de cinto de seguranças
  • Quebra vidros
  • Guincho

Você não precisa se tornar um mecânico certificado, mas quanto mais habilidades e conhecimentos você adquirir na área de reparos rápidos no seu veículo, mais seguro você ficará.

Recentemente fiz um vídeo do kit veicular que carrego comigo, se quiser conferir, aqui vai:

 

Apesar de ser uma construção simples, esse kit já me tirou de vários contra tempos que poderiam se tornar problemas complicados! Enfim, vamos continuar.

Os pneus merecem menção especial pois eles são os mais prováveis de garantir o sucesso ou provocar a falha de sua evasão, pois são os itens mais vulneráveis de todo o veículo. Por isso, tudo começa certificando que seus pneus estão em bom estado. Eles precisam ter os sulcos adequados a região e tipo de terreno que você vai andar e não apresentarem pontos lisos. Além disso, lembre-se do seguinte:

  • Os pneus precisam ser de boa qualidade;
  • Eles não podem ser mais do que 10% maiores em relação aos pneus originais a não ser que você mude sua suspensão e faça alterações mecânicas;
  • Garanta que você está colocando a pressão de ar correta para o seu tipo de pneu;

Estocando seu veículo de fuga

Agora que o essencial já foi coberto, é hora de considerar quais as próximas prioridades da lista. Antes de qualquer coisa, você deve sempre manter sua Go Bag no carro! Se não sabe do que se trata clique aqui. Além disso, precisamos de mais alguns itens:

  • Corda
  • Carregadores reservas para celulares e aparelhos
  • Um inversor elétrico
  • Mapas (locais e regionais) e bússola
  • Toda sua documentação importante
  • Dinheiro
  • Chaves reservas

Apenas lembre-se que você possui uma quantidade limitada de espaço no seu veículo, então é importante priorizar. Pegue os itens de melhor qualidade e mais compactos que você puder comprar.

Os extras

zjbannerdenm.jpg

Agora que cobrimos os básicos para lhe garantir um veículo de fuga muito bem estruturado, podemos continuar melhorando! Existem diversos tipos de aprimoramentos que você pode fazer no seu carro para fazê-lo mais capaz e potente. Depois que o básico já foi feito, vamos agora para os extras que você pode considerar:

  • Rack de teto: Isso vai permitir que você carregue mais comida, água e suprimentos sem precisar carregar um trailer com você;
  • Luzes extras: Elas podem ser úteis em inúmeras situações, que vão desde o deslocamento em regiões escuras até ajudar a montar seu acampamento;
  • Galão de gasolina extra: Bom, aqui o motivo é bem óbvio. Quanto maior sua autonomia, melhor;
  • Para-choques fortificados: Ajudam a proteger as partes mais sensíveis que estão na frente do seu veículo;
  • Rádio amador: Apesar de exigir algumas autorizações, informações privilegiadas lhe darão condutas preventivas bem sucedidas. Vale o investimento!
  • Película anti vandalismo: É uma forma muito inteligente de evitar vandalismos e furtos no seu veículo. Apesar de não ser uma blindagem, dificulta o trabalho daqueles que queiram quebrar suas janelas sem possuir uma arma de fogo.

Dicas para enquanto você dirige

Aqui vão algumas dicas finais:

  • Tenha seu veículo SEMPRE preparado para uma evasão;
  • Faça testes de consumo de combustível em diferentes condições e com diferentes cargas para garantir que você saiba sua autonomia;
  • Nunca subestime o terreno, especialmente se você estiver fora do asfalto;
  • Sempre mantenha vigilância sobre a previsão do clima;
  • Em evasão, mantenha distância de ruas urbanas e rodovias, conheça as estradas vicinais da sua região;
  • Treine técnicas específicas de pilotagem como em alta velocidade, lidando com obstáculos, perdas de tração e muito mais. Existem cursos voltados para isso, basta pesquisá-los;
  • Fique no seu carro a não ser que você realmente precise deixá-lo. Se isso for necessário, estacione-o fora das vistas de terceiros;
  • Mesmo que você tenha muita comida, água e suprimentos no veículo, tenha sua mochila montada e pronta para ser utilizada. Você talvez tenha que abandonar seu veículo de maneira emergencial e é importante ter recursos fáceis de serem recuperados;
  • Não importa o quão bem estocado esteja seu veículo, tenha certeza de que você sabe para onde está indo e quais rotas vai utilizar.

Conclusão

No final, a única coisa entre você e o seu abrigo secundário pode ser a qualidade do seu veículo de fuga. Tenha certeza de que você investiu o tempo necessário no seu meio de transporte para que ele não deixe você na mão durante os piores momentos possíveis.

Você tem outras dicas e sugestões para contribuir? Coloque nos comentários abaixo!

Texto traduzido e modificado do site Ready to go Survival.

 

Anúncios

6 Comentários

  • J. C. de Oliveira

    Além de tudo o mencionado, vale acrescentar instrução. Um bom curso de direção offroad ajudará muito em um adequado uso da viatura em diferentes tipos de terreno…

  • Caros Lobo, trupe e leitores, o que entendo fundamental entender é que não importa o equipamento de fuga, até porque não sabemos como o caos se dará, importa o poder pessoal.
    O poder pessoal é o poder que nos dá o setup de INTUIR O CAOS ANTES QUE ELE ESTEJA EM NOSSO PESCOÇO!
    É o poder que nos disponibiliza um corolário de ações que nos posicionam em vantagem, é a arte de saber cravar o cavalo na sexta casa!
    Em um caos programado, onde cidades são submetidas a leis marciais, de nada adianta tudo o que foi colocado, salvo o barco em algumas circunstâncias, pois a primeira coisa que os lixos governantes farão será FECHAR as vias de fuga (sem trocadilho ou anátemas) das cidades!
    Os caos quando não naturais são SEMPRE PROGRAMADOS, CUNHADOS E EXECUTADOS PELOS GOVERNOS!
    Assim, fica patente que os governos NUNCA permitirão que os cidadãos escapem, pois livres SEMPRE SERÃO AMEAÇA AOS DOMINANTES, OS VERDADEIROS DONOS DA FOSSA BRASILIS!

    Em desastre natural, hecatombe natural, de novo temos que ter o entendimento de que essas não estão dentro de nosso escopo cognitivo, visto que nunca passamos por real catástrofe, como é e foi o caso da Indonésia, onde maremotos, terremotos e vulcões estabelecem as nuances de abordagem do caos!
    Em tsunami não adianta NADA do que foi colocado salvo se temos a POTENCIA para manter nosso setup de alarme de perigo afinado com bons dias de antecedencia.
    Em vulcanismos, a coisa é mais escatológica ainda, pois uma nuvem piroclastica pode se deslocar a mais de 400 km/h e “só” tem uns 600 graus celcius!
    Terremoto é aquele lance, não sabemos onde a terra irá abrir!
    Mas pelo menos em terremoto é salutar se afastar de qualquer edificação, pois há risco real de escombros fazendo a festa!

    Em caos gerado por engenharia social só permite uma manobra nossa de esquiva se for generalizado, no caso um conflito nuclear de grandes proporções e sempre tem que acontecer pelo menos uns dois dias antes nossa esquiva.

    Uma bomba atômica gera ventos verticais e horizontais de mais de 600km/h, gera pulso magnético (assim como vulcão, terremoto e tempestade solar e sabe-se lá mais que caca gera pulso eletromagnético) e pulso magnético para tudo que tem eletricidade.
    Gera calor suficiente para liquidificar rocha, e esse calor se irradia naturalmente de forma entrópica, ou seja, em um raio considerável não haverá formas de sobreviver!

    Em uma tempsetade solar só nos resta relembrar os tempos pré interneticos onde não havia tanta dependencia de eletricidade. E claro, todos os caos geram consequencias duradouras.
    No caso de guerra é a brutalidade distópica e insalubridade a sequela, em caso de fenômeno natural os resultados são em longuíssimos prasos, ou seja, uma glaciação gerada por interrupção de luz solar gerará a escassez total, e nem água ahverá sem contaminação, só existe uma fuga, BUNKERS sobterrãneos, exatamente daqueles que os tatuzões (tuneladoras) fazem diuturnamente debaixo de nossos pés, para as elites, e que recebem todo tipo de explicação para justificar sons e tremores desconhecidos.
    Nesse caso lembro que fracking para extrair petróleo sempre tem a ver com essas construções subterrâneas.

    Observo mais, o mais seguro ambiente em caso de hecatombe é SOB a Terra, e isso é de forma subliminar desestimulado desde sempre inclisive com imbecilidades de infornos que invariavelmente são embaixo da Terra, e mais que tudo, as proprias “ciências” e “estudos científicos” teimam em convencer a todos que embaixo de nosso pés existe milhares de quilômetros de lava bruta com a ignóbil proposta geológica da terra sólida com núcleo de nife! Como mostro, se temos como base a ciencia comum, não temos base nenhuma pois acreditar em terra sólida é uma clara prova de desfuncionalidade ou INSEGURANÇA intelectual! Acreditamos em “calculos” de boçais com objetivos expúrios e damos por encerradas nossas possibilidades de entendimento e pior, nossas POSSIBILIDADES DE FUGA!
    EM CASO DE CAOS TERMINAL GERADO POR HUMANOS OU POR QUALQUER OUTRO EVENTO NATURAL, SÓ A FUGA PARA O INTERIOR TERRESTRE É PERTINENTE!
    Mas para ter esse entendimento temos que ser POTENTES, pois só potentes temos as ferramentas para entender inclusive que TUDO O QUE NOS É ENSINADO PELO STATUS QUO É MENTIRA!

    Assim, sugiro a todos que antes de pensarem em suas vias de fuga é fundamental adquirir INTUIÇÃO, e essa só é permitida aos saudáveis, aos que não vibram a estupidez coletiva e a única forma de praticarmos e até entendermos o que digo é através do fortalecimento e isolamento, pois TUDO NO UNIVERSO É RESSONANCIA, e sempre ressonamos o nosso meio!
    Ou seja, se estamos no meio de uma cidade em nosso comensalismos cretinos não temos sequer as “notas musicais” para acordar o diapasão da intuição! E vice versa!

    Ter todos os apetrechos citados e descritos é válido não como opções reais e em tempo real mas sobretudo como um placebo amansador de nossas ansiedades!

    Melhor que equipamento de fuga é fortalecimento do espírito!
    Respirar profundo, meditar, comer apenas o frugal, não se permitir envolvido em meios de baixa vibração como restaurantes, botecos, jogos de futebol com os amigos, ou qualquer ação que envolve grupo, pois em uma sociedade enfrema ser ajustado a ela não é sinal de saude! E se permitir em meio aos enfermos é permitir o diapasão da enfermidade dando o tom de nossa música.
    É isso, agradeçoa a atenção
    Obrigado

    • Caros, esqueci de comentar que entendida a questão do poder pessoal, aí, toda e qualquer ferramenta de fuga/sobrevivencia é sempre fundamental!
      Agradeço a atenção
      Obrigado

  • Eli Moreira

    Acho que você deveria comprar logo o jeep Julião aproveita a oportunidade e deixa ele com a cara do sobrevivêncialismo !!

  • Luciano Candido

    Salve!
    Essa postagem realmente é de fazer rever aqueles conceitos preestabelecidos!
    Excelente!
    Parabéns!

  • Vlamir Bueno

    Creio que faltaram 2 opções que acho bastante interessante, sendo que faço uso do primeiro por acampar regularmente com a família:

    – Veículo médio com bom espaço interno, motor adequado, preparado com suspensão reforçada pra uso fora de estrada, hack de teto com itens essenciais à sobrevivência, e carreta para transporte de itens mais volumosos, que podem ser deixados fixos (barraca, colchões, utensílios de cozinha, itens de lazer etc.), ou abandonados em casos de fuga e evasão.

    – Veículo com bom espaço interno, motor adequado, preparado com suspensão reforçada pra uso fora de estrada, hack de teto com itens essenciais à sobrevivência, e trailer rebocado que atenda minimamente as necessidades básicas durante o deslocamento, ou trailer maior pra atender a permanência, se esse for o objetivo.

    Bom, creio que deu pra entender o conceito. Abç. a todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s