Pergunte ao Lobo 09: Placa de 100k, Bear Grylls e resiliência!

Depois de dois meses de espera, a nossa placa comemorativa por ter atingido 100 mil inscritos chegou! Hoje vou mostrar para vocês como ela é e também abordar uma série de temas complicados que vão desde as consequências de ter vícios em cenários de crise até discutir qual é o conceito de resiliência.

Aí vai:

E então, gostou das respostas? Concorda com todas elas? Adoraria saber sua opinião nos comentários abaixo!

Até.

Anúncios

18 Comentários

  • Julio, quais livros você indica para os sobrevivencialistas?
    Seus vídeos são ótimos, mas em um cenário de crise, ficaria meio complicado acessar o YT, quais livros/guias que ensinem tecnicas de sobrevivencia você indica?
    (De preferencia algum que ensine a criar armas, fazer fogo, levantar cabanas com recursos naturais e etc…).

  • Oi Júlio, acompanho os teus textos aqui de Portugal / Lisboa.Será que envias a placa para cá? Parabéns fazes um trabalho Excelente…Abraço

  • Olá Júlio. Parabéns pelo 100k.
    Júlio nunca acampei e minha família acha que investir em coisas do tipo, como barraca, por exemplo, pra ficar no mato sem conforto algum é loucura. Mesmo assim pretendo tentar… Será que para pisar no mato (por 1 dia pernoitando) uma barraca de loja (que seria um dos itens mais caros) é mesmo necessário? Ou eu poderia construir uma simplesmente com lona como mostrado em alguns vídeos no Youtube?

    • Em minha Opinião: fassa um abrigo com lona, você terá baixo custo…. quando começar a gostar de acampar aí vc parte para a compra de uma barraca

  • Hola julio, pensaste en realizar un video sobre primeros auxilios para heridas que pueden ocurrir en un ataque terroristas?

  • Júlio, o site poderia ter mais referências históricas, por exemplo, técnicas usadas pelos bandeirantes e tropeiros que se arriscavam pelo interior do Brasil em tempos passados. O que eles levavam, o que comiam, como se abrigavam, etc… E também poderia comentar as vantagens de se ter a disposição muares e equinos numa situação de crise.
    Vamos fazer uma abordagem mais retrô do sobrevivencialismo rs…

  • Oi, vai chegar com facilidade nos 300K, 400K, 500K e assim adiante.

    O canal é show fera!!!

    Aguardo novos sorteios!

    • Obrigado pelo apoio Miguel!

  • Julio,parabéns! cara seu trabalho e ótimo!

    • Valeu Felipe!

  • Bom Dia Julio! Queria parabenizar pelos 100.000 escritos e desejar sempre muito sucesso com o canal! Também queria perguntar sobre sua opinião em questão às Facas de Campanha Imbel, especialmente sobre o modelo IA2. Dito que na internet não se encontra muito sobre elas gostaria de perguntar, a sua opinião de vista sobre ela (Será que desempenha um bom papel para sobrevivência? Resistente para casos extremos? Em cenários urbanos e no meio selvagem?)!
    PS: Por favor, mande um salve ai, pro pessoal do canal e do portal Sobrevivencialismo!
    Um Abraço!

  • Artur Gomes

    Bom vídeo! Parabéns pelos 100k. Sucesso seu e da sua equipe! (Essa placa deveria ir até os próximos encontros hein?!)
    Mas fugindo do foco… De que grupo escoteiro é esse lenço amarelo em cima do case aí no fundo??
    Um abraço, siga o trabalho e “esteja preparado!” 😂

  • Ricardo MESQUITA

    Julio voce e sua equipe estao de parabens por mais esta conquista, eu gostaria de saber se é possivel fazer um video ensinando sobre as plantas comestiveis da nossa regiao sul e de como caminhar no mato com cuidado em relaçao aos animais peçonhentos.
    Abraço guerreiro ” FORÇA e HONRA “

    • Artur Gomes

      Ricardo, eu obviamente não sou o Julio, mas te indico que, se você quiser ter um pouco (muito) de trabalho pra responder essa sua questão sobre as plantas comestíveis da sua região, aconselho que você visite algumas bibliotecas. As bibliotecas públicas de algumas cidades geralmente têm títulos sobre o tema abrangendo espécies da região (mas dá trabalho encontrar os títulos e, mais ainda, encontrar as informações…)
      E também uma coisa que me ajudou pra obter algumas informações sobre isso foi pesquisar as teses de mestrado, doutorado e trabalho de conclusão de curso nas bibliotecas das universidades da minha região. Mais uma vez: dificilmente você vai encontrar essa informação específica nos títulos, mas com um entendimento melhor da flora específica da sua região, você já tem um bom leque de opções e uma base muito boa sobre o tema!
      Espero ter ajudado. Um abraço!

    • Olá Ricardo!

      Conforme o Artur disse, recorrer à literatura regional é sempre uma boa saída, até porque esse é o típico assunto difícil de ser encontrado na internet. Ainda assim, futuramente pensamos em criar séries sobre plantas comestíveis em diferentes regiões do país para tentar resgatar este conhecimento.

      Abraços!

      • Ricardo MESQUITA

        Julio obrigado por responder ao comentario e ao Arthur tambem , FORÇA e HONRA.

  • Julio, você acha que tatuagem pode atrapalhar um grey man? digo isso pq talvez a tatuagem pode chamar atenção e tals (sei que pode ser uma pergunta besta, e antes que algum hater apareça eu tenho e pretendo fazer mais haha)

    • Ótima pergunta Leonardo! Eu também tenho várias mas é uma questão muito válida, fique atento ao próximo episódio do “Pergunte ao Lobo” 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s