Cartucho de gás para fogareiro: Teste de autonomia

Um dos objetivos deste portal é dar respostas claras para as dúvidas que sempre surgem quando estamos comprando equipamentos para nossos acampamentos e preparações. Então, pensando nisso, hoje vamos responder uma delas: Quantas refeições eu consigo preparar com um cartucho de gás?

Para isso, preparamos um teste bastante simples e direto onde vamos acender um cartucho de gás completamente cheio e calcular quanto tempo ele dura, fervendo canecos de água de 450ml durante o processo para estimarmos quantas refeições liofilizadas poderíamos fazer.

Equipamentos do teste:

Aí vai:

O que achou do teste? Acredita que agora conseguirá estimar melhor quanto combustível precisará para suas jornadas? Deixe seus pensamentos nos comentários abaixo!

Todos os produtos apresentados no vídeo podem ser comprados em nossa loja oficial, a Viadefuga.com. Basta clicar aqui para conferir!

Até.

Anúncios

5 Comentários

  • Paulo Roberto dos Santos

    Muito bom o vídeo, eu pretendo utilizar no lugar do butjao de gas menor em minha barraca de cachorro quente, ja é um peso a menos para eu q sou ambulante e só precisa esquentar coisas, como o caso da salsicha.

  • Ainda prefiro os fogareiros a querosene antigos.
    Os de benzina pressurizada também são bons.
    Apenas é bom lembrar que esses de propano sob pressão deixam muito a desejar em situações de montanha e altititude

  • Tenho vontade de comprar um desses para tentar preparar algo para comer em uma propriedade “rural” que minha família possui. Atualmente moro em área urbana aí fica complicado.

    Abraços

  • Excelente teste, espero ver o review do fogareiro. Na pior das hipóteses, ao fazer um estoque só contar a “metade” da duração e assim não fica desprevenido.

  • Pergunta que não quer calar!

    Julio, o que você faz nesses testes que tem de ficar esperando “””sem fazer nada”””, lê um livro, tira uma soneca ou o que?
    kkk.

    òtimo vídeo, só para variar!

    Por gentileza, Julio, faça vídeos com plantas que podem ser comestíveis, levando em conta os diferentes tipos de mata que temos no país, assim como plantas medicionais para uma gripe ou mesmo uma emergência.

    Forte abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s