SHTF School: Sobre o terror

Eu sempre achei que faz sentido ser um preparador, mas nós estamos vendo eventos complicados acontecerem que vão fazer muitos sobrevivencialistas levarem suas preparações para o “próximo nível”, e aqueles que haviam desistido de se preparar vão voltar a tentar. A minha avaliação é que o mundo está esquentando cada vez mais e em velocidade acelerada.

Eu sempre fui defensor do bom senso e do “pensamento em círculos pequenos”, pois você não deve ser um milionário, chefe de estado ou outro poderoso que molda o mundo das políticas. Você provavelmente é um homem mediano com preocupações medianas e um emprego. Você também é aquela pessoa que não pensa muito sobre os grandes eventos se desenrolando ao nosso redor, mas ainda assim você pode fazer o suficiente para ficar preparado quando as coisas desandarem. 

Para entender isso melhor eu sempre menciono como piada sobre o soldado que foi ensinado e convencido por semanas sobre as razões e lógicas da guerra que ele vai lutar, mas durante todo o tempo ele ainda assim não entendeu nada de verdade, não entendeu os aspectos que estão por trás da ideologia como as políticas mundiais e financeiras para aquela guerra. Quando ele de repente vai para sua primeira luta e os tiros voam bem próximos da sua cabeça ele percebe a lógica de tudo e grita “Meu DEUS, eles estão tentando me MATAR!”.

Isso pode parecer uma super simplificação, mas no final é assim. Pura sobrevivência e segurança – Você não pode manipular as grandes situações de outra forma.

A grande pergunta é: Os terroristas estão ganhando?

Definição da palavra “terrorismo”:

  1. O uso da violência e ameaça para intimidar ou coagir, especialmente para propósitos políticos;
  2. O estado de medo e submissão produzido por terror;
  3. Um método de implantação de terror para resistir à um governo.

Eu não sei sobre você e o local onde você mora, mas aqui para mim eu poderia pegar as três definições e dizer “é, é isso, eu estou vivendo isso”. Ainda existe alguma paz, não estamos em guerra, as pessoas trabalham e estudam, mas tudo mudou. O medo se estabeleceu, todos estão com medo de todos.

Medo, terror, terrorismo.

Chacinas em Paris, na Africa e nos EUA mostrando (novamente) a verdadeira face do terrorismo – que é matar pessoas civis, crianças e mulheres.

Mas principalmente, trata-se de matar o estilo de vida normal. Shows, cinemas, cafés, restaurantes. Você instala o medo de que as pessoas serão mortas ou feridas quando estão curtindo suas vidas, então isso começa a mudar o mundo. Este é um dos objetivos dos terroristas, mudar a maneira que escolhemos viver. A liberdade é uma daquelas coisas importantes, mas frágil.

A liberdade pode ser tomada pelos terroristas, mas também pode ser tomada pelos governos que dirão estar lutando contra estes mesmos terroristas. Se você está vivendo em uma sociedade ocidental pergunte-se a si mesmo: Você tem a mesma liberdade que tinha há 20, 30 anos atrás? Está ficando pior? Será que você, por ser um sobrevivencialista, não poderá ser investigado e até mesmo marcado como possível terrorista?

Dois sapos

Existe uma história sobre dois sapos, um que pulou fora de uma panela cheia de água fervendo (pois foi jogado lá dentro de repente) e o outro que foi colocado na água em temperatura normal e morreu sem perceber que a água estava lentamente esquentando.

Nós estamos dentro de uma panela cheia de água muito quente, que foi esquentando de maneira gradual por anos e nós estamos “acostumados” com essa nova realidade e aceitamos que isso é normal, sendo que não há nada de normal nisso.

Terrorismos e ódio

Minha experiência no tópico sobre raiva é muito grande e profundo. É como tudo o que eu escrevo aqui, real e nem sempre o que você esperava ou queria ler. A raiva é uma emoção poderosa, eu senti ela, odiei pessoas, grupos de pessoas ou até mesmo países inteiros. Existia um período onde o ódio me guiava, era a única coisa me mantendo vivo.

Tudo o que eu posso dizer sobre o ódio generalizado é que ele é errado por muitas razões. Como sobrevivencialista você provavelmente está acostumado a checar as notícias na mídia, então sempre que alguém “empurra” você ou te motiva a odiar um grupo específico de pessoas você deve se perguntar: Por que você quer que eu os odeie?

Não existe lógica em generalizar o ódio, sempre haverá alguma história sinistra por trás, algo mais profundo e motivos bem diferentes do que os que estão aparentes. Mas deixo claro que eu entendo a lógica e a necessidade para “eliminar” as pessoas que são uma ameaça ao nosso modo de vida, para a nossa civilização e todo o resto. Eu concordo com isso.

Mas eu também entendo a lógica por trás da vontade de pessoas poderosas para usar o ódio “motivado” para tomar as minhas liberdades de mim, dizendo que eles estão fazendo isso para me proteger. E eu não quero isso. Eu estive nessa situação E VI as consequências. Não deixe alguém nublar o seu julgamento com medo e ódio para que eles possam te controlar e tirar sua liberdade. O Terror funciona de várias formas e em diferentes posições.

Algumas vezes é um lunático que se explode em nome de um Deus, matando um monte de pessoas inocentes. Outras vezes é ver o seu país vagarosamente entrar em algo que há não muito tempo atrás parecia um cenário de uma ficção estranha.

Se eu estou sendo forçado a odiar alguém, eu o farei porque eu decidi, não porque um monte de pessoas que querem conseguir mais poder me disseram. Medo e ódio são emoções contagiosas, cuide de sua família e de você mesmo, use seu cérebro e o bom senso. Se você está vivendo com medo e ódio eles já ganharam.

Lembre-se que guerras podem ser ganhadas apenas quebrando a motivação do inimigo, por meio do puro terror e medo – e não da força bruta.

Futuro?

Infelizmente eu não estou nem um pouco otimista. Tudo está acontecendo rápido e ficando cada vez mais quente.

Eu não sei quais as razões de isso estar acontecendo em praticamente todo lugar agora, mas eu não consigo acreditar que um bando de caras tem o desejo de viver suas vidas como na época da idade da pedra e querem levar esse “ideal” para todo mundo. Nós não poderemos ser bombardeados de volta para a idade da pedra, ou ao menos precisamos lidar com isso enquanto eles ainda estão em números pequenos.

Como eu disse, somos todos sapos na água quente, sem perceber o que está acontecendo. Alguém percebeu que estamos vivendo em um mundo onde pode ser perigoso ir em grandes eventos pois algum idiota pode se explodir e matar você? Ou que ter uma arma para se defender é ilegal? Que repente estamos vivendo em tempos onde estamos calculando o quão longe estamos de possíveis alvos de ataques nucleares?

Você ainda acha isso normal?

Eu acho que estamos muito perto de uma crise e a última coisa que você precisa é ter sua visão “embaçada” por medo, terror e ódio. Por enquanto, fique alerta e use o bom senso.

Sobrevivencialistas não são pessoas bizarras como as pessoas nos imaginam. Somos apenas pessoas tentando ser mais alertas e espertas aos eventos que se aproximam enquanto mantemos a mente limpa e um coração frio.

Algum evento recente mudou ou afetou os seus planos de preparação? Você sente ou observa que as pessoas ao seu redor estão cada vez com mais medo? Comente abaixo e compartilhe suas opiniões e pensamentos conosco.

Traduzido e adaptado do blog SHTF School.

Anúncios

18 comentários

  • Com franqueza, quando meus alunos notam em sala um tom não levemente amargo em meus comentários sobre a situação do país sob o ponto de vista legal e político, alguns me perguntam o que espero do futuro. A minha esperança no futuro é que, nós próximos 20 anos pelos menos, a gente consiga adiar o canibalismo. Quer perder a esperança no futuro? Entre no site do Globo.com e leia sobre o teste da Bomba H norte-coreana. Não a notícia, mas os comentários. Você verá que estamos em um nível tal de imbecilização que dificilmente será revertido. Vários aplaudindo os libertários norte-coreanos, que agora enfrentam os malvados americanos. Ou entre na fila de um banco, e veja jovens de 20 anos com dificuldades para digitarem 4 dígitos em um teclado. Nossa educação foi arrasada. Nossa cultura foi arrasada. Sem falar na economia. Veja por exemplo a condução do Estado do Rio de Janeiro. Enquanto a população padece por falta de serviços básicos, o governador e seus asseclas preocupam-se unicamente com política rasteira e gastos bilionários com as olimpíadas. Mas quem os elegeu? Os marcianos? Não, o próprio povo que agora padece por sua escolha. ódio, medo, fome, desesperança, são fontes poderosas do mal. A sociedade caminha para uma ruptura. Gostaria de ter esperanças….mas não tenho mais. Pode demorar 1 ou 20 anos, mas as coisas acabarão mal.

    • Para não me deixar mentir: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2016/01/homem-morre-quatro-dias-apos-ser-liberado-do-hospital-albert-schweitzer.html

    • Excelente comentário. Em poucas palavras você resumiu perfeitamente o que está acontecendo. O mundo está inquieto.

  • Muito se fala nos sites militares na “guerra assimétrica”. Vamos esquecer as guerras convencionais(abertas) entre nações, com suas forças armadas em franco combate. As guerras serão no modelo sírio, onde um ou mais mais países inflam determinado grupo dissidente dentro do país alvo: os aglutinam, financiam, treinam, fornecem armamentos e apoio militar e logístico. Dessa forma, as potências envolvidas poupam seus soldados, evitando a negatividade da opinião pública e ainda mascaram suas influência no conflito, graças a complacência da imprensa. Também deve ser bem mais barato que um confronto aberto.
    Eis a guerra mais próxima que podemos esperar por aqui! Sem esquecer que a força do narcotráfico nas regiões urbanas é fator preocupante, pois podem apoiar qualquer organização política que venha a se formar no Brasil. Digo de ideologia política, pois de cerne religioso ou étnico acho improvável aqui.

  • Concordo plenamente com o texto é como funciona mesmo, a cerca já está pronta agora estão puxando os palanques para próximo sem que nos passe percebido. Quanto a ataques terroristas acho que não demora para acontecer, as leis já estão redigidas só falta o fato acontecer para ser postas em práticas. Arrisco a dizer o local de tal fato. A fronteira brasileira com o Paraguai, é puro estrangeiros lá do oriente médio, e o pior é que sionistas já possuem bases militares no país. mas digo logo é um palpite baseado em minhas conclusões. Não viram a poucos dias uma noticia veiculada na Globo sobre terroristas estarem comprando urânio no Brasil para fazer bomba atômica. Isso dá indícios sobre oque estou falando. Engana-se que acha que ficaremos de fora, é só uma questão de tempo.
    Abraço.

  • O que eu acho que vai ser afetado pelo terrorismo é a economia pois não há risco de atentados onde eu moro (Rio de Janeiro que se cuide) não serei afetado caso falte água (vantagens de se morar no meio da floresta amazônica em frente ao maior rio do mundo sem falar nas chuvas e umidade do ar) comida não será problemas ( tenho vários coelhos em casa que se reproduzem facilmente, plantações ainda em fase de testes, comecei a plantar tomates já estão dando flores, bom meus alfaces tiveram alguns problemas pelo sol intenso que faz aqui em manaus(pior que RJ em sensação térmica por causa da umidade alta ) acho que não serei afetado de grande forma por uma crise econômica ou atos terrorista nos países ocidentais

    • Verdade, também sou de Manaus cara.

    • Moro em Rio Grande, sul do RS e a uns 40-50 quilômetro da Lagoa Mirin considerado um dos maiores reservatórios de água doce do Brasil e está próximo ao oceano e Uruguai, seja por estrada ou barco.Estou pensando em adquirir uma propriedade por lá, que por sinal é um belo lugar.
      Quanto a sua plantação, você não acha melhor investir em produção de grãos tipo feijão, ervilhas, milho….? Pois podem ser armazenados por meses e fornecem bem mais nutrientes, mas depende se sua região é viável para qualquer dessas culturas.
      Quanto ao sol, terá que usar aquelas espécies de malhas para sombrear as alfaces senão queimam direto.

  • Com o medo grandes corporações podem obter aprovação da maioria para executar ações antes impensadas. Imagine que com o medo que controla as massas, alguém pode aprovar uma monção autorizando o extermínio de determinado grupo de credo ou raça. Estar preparado e alerta SEMPRE. Viver e promover o medo NUNCA! Força e Honra.

  • De tempos para cá pude observar em nosso país, uma forma de terrorismo, chamada censura, atualmente ninguém pode opinar sobre um tema sem ser taxado de X ou Y, bem como se expressar sobre os abusos do nosso Governo, hoje qualquer funcionario público sofre alguma sanção (até demissão) se falar a verdade sobre salario, corrupção por parte de superiores, falta de materiais, etc,isso é governar pelo medo. Outra coisa que me perturba é o desarmamento tanto a nível nacional ou mundial, aqui no ES varias lojas de armas sofrem com as operações conjuntas do Exército e do NUROC, ambos apreendem armas registradas e acessorios, bandido não compra arma em loja, quem é contra a Lei vai dar um jeito fora da lei, agora o Exército está fiscalizando os CAC’s, os que possuem munição além da cota tem estas apreendidas, os que possuem armas e tem algum estoque de munição “não depositem todos os ovos na mesma cesta” tem muitos americanos que fazem “tubos de sobrevivencia” ou “ammo cash”, depois das ameaças de fuzilamento em rede nacional se armar do jeito que der parece algo bem racional.

    • Quais ameaças de fuzilamento você se refere?

      • O Lula disse que os “golpistas” iam ver quando o MST colocasse o exército deles na rua, o presidente do PCB disse que daria um “bom paredão para os “bons direitistas” (ou seja, na cabeça dele, todos que discordam em algo deles) e o chefão da CUT disse que eles pegariam em armas para lutar contra o impeachment. Acredito que são essas ameaças e semelhantes.

  • Boa tarde! Feliz e Próspero 2016 a todos!
    Sim, além da crise econômica, política, social, de saúde e segurança, agora temos que lidar com mais essa ameaça que, por uma questão de morosidade das Autoridades, e o tradicional perfil reativo do Povo Brasileiro a cenários de crise e ameaças (nós não nos preparamos devidamente para os eventos ou SHTFs da vida, apenas reagimos mal e desordenadamente depois que acontece o sinistro). E fica o jogo de empurra empurra para caçar os culpados e responsáveis.
    Com a devida permissão, vou fazer um comentário sobre aspectos Penais e Criminais do terrorismo;
    O terrorismo sempre existiu desde os primórdios da sociedade, sempre tem matizes políticas, quando um grupo ou organização é contrária ideologicamente ou não e usa de artifícios e crimes para confrontar e/ou derrubar o grupo que está no poder e controle da região, estado, país, etc..
    Nem todo crime praticado por um indivíduo pertencente a uma organização terrorista pode ser considerado como prática de terrorismo (desculpem a redundância). Ex. Um cidadão pertencente ao “Movimento dos Sem Vergonha” pode cometer um homicídio, um furto, uma lesão corporal, um roubo por sua vontade. Mesmo que seja um crime hediondo e bárbaro. O que deve ser levado em conta é a motivação. Se for feito por sua livre vontade e sem o conhecimento da organização terrorista não será considerado “Terrorismo”.
    Mas, a partir do momento que uma prática criminosa é cometida pelo indivíduo ou grupo, cause danos físicos, sociais e materiais, com intuito político, religioso, ou outro para afetar o grupo que está no poder, É considerado Terrorismo. Estamos às vésperas de um evento esportivo mundial no Brasil e nem sequer temos uma legislação específica que trate do assunto.(Certas ligações diplomáticas com governos que se aliaram a narcotraficantes e hoje tornaram-se narcoguerrilheiros ou narcoterroristas não devem ser vistas com olhos ingênuos).
    Para encerrar, pois já deve estar cansativo o texto, vou compartilhar um link da PF sobre um ato praticado por por um funcionário público que declarou ter feito com intuito meramente político.
    Vejam as fotos, o texto, o local e pensem se tivessem algumas bombonas de gasolina ou substância explosiva na caçamba da pick up.
    Tirem suas próprias conclusões.
    É pessoal, a tempestade começa com uma leve brisa.
    Um abraço a Todos!
    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2016/01/04/interna_cidadesdf,512672/motorista-invade-ministerio-da-fazenda-com-carro-por-motivacoes-politi.shtml

  • Murilo Almeida

    Muito bom este texto…

    O medo é uma forma de controle muito eficaz… Não que isso seja bom, mas é efetivo… Mas o medo também não é “o lobo mau”, pois pode ser trabalhado para nos permitir aprender superar as nossas próprias fraquezas… “Eu aprendi que a coragem não é a ausência de medo, mas o triunfo sobre ele.”(Nelson Mandela)… Acho que esta é a mensagem que deve ficar ao sobrevivencialista…

    • Murilo Almeida

      Desde 2013, durante as manifestações populares, que eu sinceramente acho que foram forjadas (porem que saíram do controle dos seus mentores), mudei alguns planos da minha preparação:
      – Melhorei a segurança patrimonial;
      – Passando a incluir “PLANO B” e “PLANO C” para a fuga;
      – Incrementei a segurança pessoal;

      As pessoas, em sua grande maioria, NÃO estão com medo… Muitas nem enxergam a realidade estampada nas suas fuças… Outras vivem uma síndrome do avestruz, rezando um mantra “de que nada vai acontecer comigo”, mesmo já tendo a manada estourado… Entretanto algumas pessoas, geralmente empresários, já se deram de conta do caos que vem se instalando, porem estes não tem o pensamento nem de preparação e muito menos de sobrevivencialismo…

      Então, o que esperar do futuro ??? Tempos difíceis, porem estaremos preparados…

    • Sim, tem até um vídeo no youtube falando de como a cultura do medo formou a cultura americana: começaram com ingleses fugindo da perseguição religiosa, depois medo dos indígenas, medo dos escravos, medo dos comunistas, medo dos terroristas, etc). O medo é uma forma eficiente de domínio.

  • carlossilvapb

    O mundo está esquentando, literal e metaforicamente…
    Eu, sinceramente, estou com medo. O mercado financeiro mundial parece estar à beira de um colapso, por causa da China. E colapso mundial num país já em crise financeira não seria a melhor coisa. Aqui na Paraíba estamos passando por uma situação que nunca havíamos presenciado, que é a falta de combustível nos postos. Aqui, há casos em que a gasolina que sobrou está sendo vendida a 10 reais o litro!!! Sem falar na crise hídrica, cada vez mais severa…
    Já intensifiquei nossas preparações desde o ano passado. 2016 vai ser um ano difícil…

  • Até parece que esse cara veio ao Brasil, onde principalmente no meio político há uma grande indústria de ódio, com venda de camisetas e adesivos, doações… devem ter copiado das religiões.
    Mas não se perguntam por que disso?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s