Comunicação Tática: O que é e como funciona?

A comunicação é um dos pontos de maior importância em um grupo. Uma equipe eficaz é aquela que consegue entender o que cada membro está fazendo e qual o objetivo de cada atitude tomada, mas… Como se comunicar quando você está em um cenário onde sons podem colocar você em risco? Como dizer o que precisa ser feito em completo silêncio?

É exatamente este o propósito da comunicação tática. Veja o vídeo:

Além dos sinais demonstrados em vídeo, aqui vão mais alguns para complementar o seu repertório:

Untitled

Você conhece outros sinais? O que acha da viabilidade deste tipo de comunicação? Coloque nos comentários!

Até.

Anúncios

11 Comentários

  • https://fbcdn-sphotos-h-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xfp1/v/t34.0-12/12987052_1538386723131784_7353613301225640975_n.jpg?oh=9647cebac45fc1ee6575d46335625fc9&oe=570E0234&__gda__=1460539761_28e29a154eb703a9f004c4246beebaa7

  • José Edson Correia

    Muito útil, gostei!

  • Júlio e Collector,
    Além do conteúdo muito bom e suficiente para situações de sobrevivência,
    gostei demais do cenário.
    Dá até pena de uma casa linda dessas estar em ruínas.
    cada dia mais profissionais, vocês me fizeram entrar no clima !!!

    obrigado
    FORÇA e HONRA !
    CAVEIRA !!

  • Sim gostei muito mas pode e com certeza vai melhorar, e quanto as críticas do Igor, ele está coberto de razão, tem que ser mais abrangente esta conversa. Mas estão de parabéns pois existe muitos canais por ai falando das mesmas coisas sempre e temos que superar isto, temos que ter alguem nos instruindo e sempre na frente dos demais, não que eles tbm não possam estar tendo este direcionamento, pois até agora, de muitos outros canais o que mais me ensina verdadeiramente é o de vocês. Abraços ao Diego e ao Julio.

  • Para uma situação de “patrulha”, numa progressão em grupo, estes sinais são interessantes. Só não vejo aplicação prática fora do exercício tático-militar.

    Existem diversos cenários de crise onde o silêncio seria imprescindível. Para uma comunicação ampla e efetiva, o ideal para um grupo sobrevivencialista seria aprender libras. Mais abrangente e funcional em cenários de crise ou não.

    • Olá Jean,

      Concordo com a idéia de Libras, contudo o esforço para dominar a linguagem de sinais é muito maior. Em uma tarde você consegue preparar um grupo minimamente na linguagem tática!

      Abração!

  • Muito show! Parabéns Júlio e Diego!

    • Obrigado!

  • Como sempre, superproduções é bem didático

  • Vocês também deveriam ter ensinado o sistema numérico: como contar até dez com uma mão livre (e como apontar um inimigo com uma mão livre também), segundos, minutos e horas; e aproveitando que vocês mostraram como é “inimigo”, também poderiam ter mostrado “refém”, “conversa”, “gritos”, “corpo”; diferenciar homem e mulher, criança e adulto; como colocar um ponto de interrogação; como dizer que não estou ouvindo (já que as pessoas vão pensar que eu estou se não conhecerem o sinal); vocês também mostraram como chamar mas não como voltar caso algo force a isso; a diferença entre “procure” e “olhe” (que muitas pessoas confundem); “claro/acenda as luzes” e “escuro/apague as luzes”; “abra” e “feche”. Cabe uma parte dois, né? Bom trabalho!

    • Fala Igor!

      Ótimas sugestões! Focamos em realizar algo mais simples para que o vídeo não ficasse longo demais, mas é uma ideia muito boa. Vamos anotar aqui na lista!

      Abração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s