Quando foi a última vez que você checou suas preparações?

Então você pensa que está preparado? Então deixe-me perguntá-lo: Quando foi a última vez que você fez um inventário de todos seus suprimentos? Quando foi a última vez que você verificou seus planos de preparação? Você têm testado seus equipamentos em campo ultimamente?

Quando se trata de preparação contra emergências, goste ou não, você precisa periodicamente checar seus suprimentos e fazer um inventário de tudo o que você possui e/ou precisa possuir. Uma situação de emergência não é o momento certo para descobrir se tudo o que você planejou está em condições funcionais.

Verificação de comida: Rotacione, rotacione e rotacione

Na minha opinião, a comida que você armazena para emergências têm de ser a mesma que você geralmente come em sua casa. Isso facilita muito o ato de manter seus suprimentos novos – sem mencionar que ainda há o ganho de conhecer as comidas que você terá de enfrentar durante uma crise.

  • Monte um sistema de rotação. Você deve rotacionar sempre seus suprimentos de comida, especialmente as que você come diariamente.
  • Faça um teste. Durante uma situação de emergência, onde você pode perder a energia elétrica e o gás, cozinhar será um desafio. Agora é o momento certo para testar seus métodos alternativos para preparar a comida. Se você pretende acender sua churrasqueira ou usar uma chapa em cima de um fogareiro, você precisa estar extramente confortável com esse meio alternativo, assim durante um desastre o esforço requerido será menor.

Cheque suas mochilas de fuga, Go Bags e equipamentos de emergência

O simples fato de você ter estas coisas em casa já te colocam bem à frente da massa despreparada – que sempre parecem lutar pela sobrevivência em simples situações como tempestades ou desastres leves, como apagões. Mas só por você estar preparado não caia no erro de ficar confortável e esquecer de checar o estado de suas coisas.

  • Supervisões bimestrais. A cada três meses ou período semelhante você deverá esvaziar suas mochilas, kits de sobrevivência e caixas de preparação. Sim, ESVAZIE-OS! Isso permite que você refaça o estoque de sua mochila com roupas adequadas à estação do ano e também troque equipamentos que podem estar danificados.
  • Verifique seus eletrônicos. Quaisquer coisas que precisem de baterias precisam ser testadas. Isso só lhe tomará apenas alguns segundos! A última coisa que você precisa é ter uma lanterna com a bateria morta quando você mais precisar dela.

Verificação da preparação pessoal e testagem de campo

Aquele seu armário cheio de equipamentos pode parecer legal, mas você vai se sentir bastante estúpido se não souber como usá-lo quando for preciso. É bem simples, você comprou o equipamento por uma razão: Lhe proteger durante um desastre. Para que isso seja possível, você precisa testá-lo em campo.

  • Teste para valer. Agora é realmente o momento de ver do que seu equipamento é feito. Testá-lo em um cenário realista irá expor as possíveis falhas que ele possui – limitando assim os problemas que você poderá encontrar durante um desastre verdadeiro.
  • Treinar é a chave para a sobrevivência. O fato de você ter equipamentos não significa nada. Não confunda ter equipamentos com estar preparado para sobreviver. A cada dois meses você precisa avaliar onde você está preparado em termos físicos e mentais. Existe alguma fraqueza que precisa de reforço? Seus planos ainda são efetivos?

E então, você está efetivamente preparado ou apenas está colecionando equipamentos?

Traduzido e adaptado do blog OffGridSurvival