SHTF School: Sobrevivendo à volta da seleção natural

Nós vivemos em uma sociedade que mantém as pessoas vivas. Corporações e governos exploram o capital humano e o mantém vivo “o suficiente”. Apenas nos alimentam com comida porcaria e nos entretém para que nós vivamos em um mundo dos sonhos e de bons sentimentos, assim podemos trabalhar e fazer o que os poderosos querem.

Eu não consigo parar de pensar sobre o fato de que tudo está andando em círculos e que os eventos na história estão se repetindo o tempo todo. Outra coisa que têm se repetido e mantido constância é: A maioria das pessoas são idiotas sem cérebros.

Você acha que o sistema, governo, infraestrutura e tudo ao redor de você está em ordem para fazer sua vida se tornar melhor? Você acha que o político, partido, presidente que você escolhe/vota está ali para representar sua vontade e a vontade de outras pessoas que o escolhem? Se a resposta é sim, então você está vivendo em um conto de fadas e não em um mundo real.

Se você acha que eu estou sendo muito duro, pense novamente sobre o fato de que uma vez eu vivi neste mundo irreal também. Eu vivia minha vida com a certeza de que “eles” (governo, sistema, leis…) tomavam conta de todos meus grandes problemas e que a minha única preocupação era de viver uma vida decente, ter um trabalho, filhos, pagar impostos e acreditar no sistema…

Eu não precisava pensar sobre aquele sentimento estranho de que o governo estava perdendo habilidade de controlar tudo e que algo terrível estava por acontecer.

Eu tive este sentimento vinte anos antes da crise, mas eu me forcei a pensar que “Ah, eles vão resolver isso…”. Eles não resolveram. A crise estourou e eu estava sozinho sem mercados, bombeiros, trabalho, tomar banho, comendo grama no café da manhã e levando tiros.

Os caras do governo fogem ou se tornam senhores da guerra.

Eu acreditei naquele sistema, na lei e na força policial. Eu tive o sentimento de que talvez, somente talvez, eu tivesse que me armar naquele tempo. Mas como eu disse, era um sistema lindo, o governo e a TV anunciavam isso, que eles “iam cuidar de tudo”.

De repente eu me encontrei no meio de uma guerra civil vendo as pessoas morrerem, algumas vezes somente por diversão.

Agora, mais de vinte anos depois desses momentos, quando eu tenho este sentimento estranho de que algo ruim pode acontecer de novo eu vejo como as pessoas voltaram a ser idiotas, confiando completamente que alguém “vai tomar conta de tudo e tudo ficará bem”.

Eu estou feliz de que muitos não precisam passar por uma guerra civil como eu passei mas isso não é desculpa para não aprender com as experiências de quem passou por isso. Quando alguém continua repetindo o mesmo erro, é estupidez. Parece que a maioria das pessoas prefere ser estúpida em vez de ouvir e aprender.

A ideia de sobreviver é quase que extraterrestre para pessoas normais atualmente. A morte é um conceito que é empurrado bem longe da vida cotidiana e a maioria das pessoas confia no sistema para tudo.

Se você crescer como uma pessoa doente no hospital e está conectada aos equipamentos de suporte de vida, você faria esforços para tentar sobreviver sozinho? A maioria das pessoas não faz e continua conectada ao sistema. É mais confortável, mesmo que as condições deste hospital vagarosamente se transformem em um inferno. Eles não querem que você desista desse conforto.

Pensar que um dia o sistema não estará ali e só serve para deixar as pessoas sobre controle é muito inconfortável. Para evitar este pensamento as pessoas transformam o sistema em algo como um deus, algo que eles defendem pois são dependentes dele.

Os governos e o sistema moderno matou a seleção natural

Alguns dizem que humanos estão mais estúpidos agora do que há dois mil anos atrás pois todos sobrevivem e a parte menos esperta dos humanos se reproduz rapidamente. Todos precisam ter uma chance, mas isso não é natural.

O progresso médico é bom, compartilhar este progresso é uma boa coisa. Eu dou e faço o melhor que posso pelas MINHAS pessoas. Minha tribo, minha família. Pessoas que eu acredito que devam ser beneficiadas pelo meu trabalho, meu conhecimento e o que eu quiser compartilhar.

Algumas vezes o governo vêm e força todos a compartilhar. Isso pode ter benefícios para todos e eu não digo que isso é errado ou certo, mas acredito que as pessoas devam entender que isso é diferente da real motivação e liberdade de você escolher com quem quer compartilhar o que sabe ou têm.

E se o governo se intromete e me força a compartilhar a minha parte para deixar todos vivos, apenas para que eles se mantenham no poder? Eu tenho de ajudar todos a serem boas pessoas?

Se eu sou forçado a compartilhar, por que não posso decidir quem eu ajudo? Ou será que nós somos forçados para fazer o necessário para manter a ovelha humana tão pacífica que as corporações e governo mantenham o controle sobre ela?

Os governos estão aí por muitas razões. Deixo claro que eu não acredito em anarquia pois sempre algum sistema deverá existir, mas por favor, isso não significa que devemos confiar nestes sistemas cegamente. Eles não estão ali para mim ou para você, estão ali para manter as pessoas vivas o suficiente para funcionar e servir a eles.

Hoje, toda vez que ouço que “o governo está fazendo isso, está fazendo aquilo” para deixar nossa vida melhor, trazer mais trabalhos ou coisa do gênero meus primeiros pensamentos são:

“!#$!@, eu preciso armazenar mais munição/combustível/água…”

Com grandes manchetes eles fazem um novo desenho para você. É quase como um reality show sem final feliz à vista e o ganhador é sempre o que está no poder.

Não me entenda de forma errada, eu não estou dizendo que você precisa colocar seu capacete e se esconder no abrigo. O ponto não é se esconder, é entender as coisas ao nosso redor e nos preparamos enquanto tempos tempo.

Fale com sua família, escolha seus amigos de forma sábia e se prepare. Grupos são mais importantes do que ferramentas chiques. No melhor caso você terá as pessoas certas, habilidades certas e ferramentas certas.

Não importa de qual lado você fica quando o governo entra em crise, o fato é que o governo não é confiável e mesmo as ovelhas podem ter chance de ver a luz se você explicar a eles que devem se tornar independentes e começarem a se preparar.

Eu não posso dizer exatamente porquê as coisas estão ficando piores e piores em diferentes áreas da vida. Eu só posso fazer um palpite educado e fingir entender todos os “ótimos” detalhes sobre a política, partidos, governos e afins.

Eu não quero saber tudo pois não há importância nisso. Em um mundo de governos em decadência temos de manter algumas coisas básicas em nossa mente:

  • Não importa quem está no comando, porquê e onde. A verdade é que não estão ali para te ajudar, eles tem os próprios planos;
  • É sim semelhante ao local onde você vive, então esqueça as “diferenças” ou o pensamento de que isso aconteceu em um país distante e que você está seguro. Nós ainda somos os mesmos animais e a ganância por poder é uma parte universal das pessoas;
  • Tudo irá entrar em colapso mais cedo ou mais tarde, nós temos de estar preparados para isso, é a única coisa que importa;
  • Esqueça sobre aprender quais são as razões de coisas como “o fim da classe média” ou “colapso econômico”, em vez disso aprenda a enlatar comida, construir abrigos, reparar coisas, tratar pessoas doentes e etc. Faça dinheiro para comprar sua pequena casinha em um local afastado do centro da cidade.

Essa lista pode continuar durante um bom tempo.

O ponto principal é que você tem de entender que não pode mudar nada nesta “grande figura”, o sistema continuará correndo em alta velocidade em direção ao abismo, sem nem pensar em reduzir. Mas ainda assim é muito importante perceber que você pode mudar muito em seu “pequeno círculo”. Sua família, grupo, BoL, etc. Não se distraia olhando “muito de perto” pois você poderá ficar cego e esquecer das reais prioridades.

Algumas pessoas dizem que eu falo de forma muito obscura sobre o futuro. Me desculpem, este não é o lugar que ensina as últimas 15 dicas garantidas para sobrevivência. A missão aqui é tentar afastar o maior número de pessoas possível do perigo e fazê-las prontas para lidar com a vida mais dura e natural, assim, quando tudo tiver terminado as pessoas restantes poderão construir uma sociedade melhor e mais livre.

Muitos preparadores vão morrer, eu vi muitos lutadores espertos caírem mortos. Não existem garantias. Então na próxima vez que você checar as notícias sobre a última “grande manchete” faça isso por menos tempo e depois vá praticar suas habilidades ou pegar aquele livro sobre primeiros socorros que você queria ler fazia muito tempo.

Nota do tradutor: Eu vejo que as posturas do Selco são bastante extremistas e algumas vezes bastante polêmicas. Peço que observem que este posicionamento deriva de uma experiência muito pesada em tempos de guerra civil. Por outro lado, mesmo que nos incomodando profundamente, é fácil perceber que ele possui razão em seus argumentos. Sempre há lições a serem aprendidas de pessoas como ele.

Fonte: SHTF School