Podemos nos alimentar só com enlatados?

Os enlatados são alvo de discussões na prática sobrevivencialista. Muitos defendem seu prazo de validade longo como ponto positivo enquanto outros afirmam que alimentar-se apenas disso poderá causar sérios danos à saúde em longo prazo.

Como sempre acompanho essas discussões e nunca chego à uma opinião que me satisfaça, resolvi testar esse processo na prática! Aproveitei o feriado e saí para acampar, com a proposta de me alimentar apenas com alimentos enlatados durante dois dias.

Segue o vídeo de meu relato:

Dentro da análise que fiz durante minha experiência, posso definir pontos positivos e negativos:

Positivos

  • É uma ótima forma de armazenar comida em sua casa, em um estoque estático;
  • O prazo de validade faz com que você não se preocupe com rotacionar os produtos tão cedo;
  • O preço da maioria dos enlatados é muito inferior ao das rações de emergência e liofilizados;
  • É de fácil preparação, basta aquecer e está pronto para consumo;
  • É um ótimo complemento para a alimentação;

Negativos

  • Não é um bom item para ser transportado em mochilas devido ao seu tamanho e formato circular;
  • Não pode ser utilizado como única forma de alimentação devido ao seu gosto artificial;
  • Seu nível elevado de sódio apresenta riscos à saúde quando falamos de consumo durante longos períodos;
  • Por ser salgada dá mais sede, o que não é muito propício em um cenário de crise onde a água é escassa.

E você, o que acha de investir em enlatados para sua preparação?

Até.