Apresentação de novo autor: Hwidger Lourenço

Olá. Meu nome é Hwidger Lourenço. Alguns já viram comentários meus em diversas postagens do Blog Sobrevivencialismo. Tenho 41 anos, muitos deles vividos nas serras e trilhas do Paraná. Radioamador, ex-escoteiro, ex-chefe escoteiro, ex-pioneiro e ex-montanhista, advogado e analista de temas de defesa e segurança. Os anos e os quilos extras e os joelhos estourados, frutos dos abusos da juventude, encarregaram-se de me afastar um pouco dessas atividades ao ar livre que tanto apreciamos. Entretanto, esses mesmo anos não afastam a paixão e a experiência pelas atividades mateiras. Com isso, tempos atrás “passeando” pela internet encontrei acidentalmente, pesquisando sobre a faca Police da Guepardo, o blog criado por esses três jovens tão capazes, Júlio, Bruno e Ale.

Esse encontro me motivou a pensar em reequipamento, treinamento e capacitação. Estar preparado não custa muito, e pode fazer toda a diferença. Preparo, conhecimento e informação poder significar a diferença entre sobreviver ou não em uma situação de emergência.

Falei muito sobre idade. Talvez seja a crise dos 40 anos. Mas a idade traz novas perspectivas e responsabilidades. Muitos leitores do blog apreciam o bushcraft. Desenvolver tal capacidade é de grande valia. Mas a vida por vezes exige mais. No momento em que escrevo essas poucas linhas, minha filha de 2 anos brinca ao meu lado, montando “comidinhas” de brinquedo para que eu as coma. Assim, quando penso em sobreviver a eventos extremos, tenho que considerá-la no planejamento, sob todos os aspectos.

Assim, depois do convite do Júlio para que eu escrevesse para o blog, pensei em que eu poderia colaborar diante de três jovens tão talentosos. Assim, pensei em focar, valendo-se de minha experiência anterior, e do meu conhecimento atual, em analisar aspectos do sobrevivencialismo não apenas sob a prisma do curto prazo, mas também imaginando questões de mais longo prazo, como obtenção de abrigo, alimentos, informação e consciência situacional, defesa e proteção. Pensar e planejar faz toda a diferença.

O Bear Grylls em seu programa de TV faz tudo com rapidez e urgência. Parece fácil. Mas o Bear tem uma equipe e faz um planejamento detalhado de cada episódio. Ou alguém acredita que ele se mete em uma caverna buscando uma passagem para o outro lado de uma montanha sem saber que tal passagem existe? Considere ainda que o cara é um membro reformado do SAS – Special Air Service – uma das unidades de combate mais preparadas do mundo, e você verá que seu show de TV mantém grande distância do mundo real e suas condições, que nós, pobres mortais, enfrentaremos.

Apesar da visão romântica de muitos, sobreviver na natureza não é fácil. Ela não é sua mãe, nem sua amiga. Dá a você a mesma importância que dá a uma minhoca, e se você vacilar ela vai pegar você. Por isso é fundamental saber usar seus recursos, conhecer seus perigos e estar preparado, sempre.

É de fundamental importância destacar que os temas que discutirei aqui partem da premissa hipotética de situações críticas que exijam medidas pouco usuais para garantir a sobrevivência pessoal e de seus familiares. Não quer dizer que você deva colocá-las em prática, em especial quando a obtenção de alimentos implique no abate de animais. Tenha o conhecimento sim, mas o bom senso é fundamental. Para o próximo post trataremos da obtenção de informações em situações de emergência.

Conhecimento é vida.

Anúncios

15 Comentários

  • SAPS Chefe!
    Lembre-se que uma vez escoteiro sempre escoteiro, não há ex no nosso ramo.
    Estou no sobrevivencialismo há 10 anos, contando até com medidas drásticas de mudanças no cartel, eu corri para as montanhas a 6 anos. Me identifiquei demais com o senhor, pois alterei todas minhas estratégias a 1 ano e 9 meses atrás com a chegada do filho, antes disso, viveria bem e longamente em um buraco nas montanhas, hoje me foco em sobrevivencialismo em ambientes urbanos, na verdade urbano/rural, porque se o mundo acabar, minha cidadinha aqui só vai saber 10 anos depois hehe
    Já era fã do canal, me liguei mais ainda!

    • Incrível como vejo muitos escoteiros reformados (para não dizer ex-escoteiros) interessados na prática sobrevivencialista… realmente os ensinamentos do velho Powell são muito próximos do que acreditamos ser conhecimentos imprescindíveis para garantir o sucesso em um momento de crise.

      Fico feliz de ver o quão fundo vão os preceitos que aprendemos na adolescencia quando somos escoteiros.

    • Olá, Andrade! Verdade…acho que o escotismo nunca sai do sangue…

      Acho que temos o mesmo enfoque…esse enfoque rural/urbano acho muito adequado.

      Julio, Baden deixou um legado que subsistirá para sempre. Que obra fantástica….

  • Ricardo de Albuquerque

    seja bem vindo,companheiro!
    belas palavras!
    um grande abraço e selva!

  • Ola Lourenço, seja bem vindo ao blog, fiquei muito satisfeito por sua participação aqui no blog e saiba que temos algumas coisas em comum, tambem sou advogado e sou chefe escoteiro. Boa sorte parceiro.

    • Pô, bacana….Achava que era o único advogado que gostasse dessas coisas, mesmo como higiêne mental…..

      Muito legal. E obrigado!

  • Olá, _Bruno_

    Bom já andei muito pelos lados da Serra do Mar / Anhangava / Marumbi e a lendária Trilha do Itupava, essa maravilhosa. Nos divertiamos muito. Ultimamente, tenho visto notícias preocupantes de assaltos e até assassinatos nessas trilhas. Triste. Mas o pessoal continua a tentar se divertir. Abraços

    • Então sou do interior do Paraná, ano que vem ou quem sabe esse ano ainda, quero faze Anhangava, marumbi e se tudo ocorre bem o PP no mês de junho ou julho.
      Acho que farei a trilha do Itupava inicialmente para conhece mais a região. Qualquer dica sera muito bem vinda. Abraços.

      • _Bruno_, já há bastante tempo não percorro o Caminho do Itupava, sei que ele sofreu algumas melhorias. Na nossa época, era tudo meio “escondido”. Para começar, tinhamos que atravessar um sítio cheio de gansos, que nos atacavam, e cujo dono não era muito amistoso. Depois, chegava a parte dos trilhos, e o risco de ter problemas com os vigias da ferrovia.
        Isso pode, e deve, ter mudado muito, então aconselho a entrar em contato com o pessoal ligado ao montanhismo em Curitiba, e principalmente não fazer a trilha sozinho. Igualmente no Anhangava, cuja subida é bem tranquila, convém ir acompanhado.

  • Lourenço Parabéns, fiquei feliz em ler que você é do Parana ou conhece bem as trilhas desse estado. Sempre que posso esto acompanhando o Blog da galera ai que manda muito bem.

  • Grato pela opotunidade, pela recepção e pelos elogios, imensamente imerecidos. Eu é que agradeço por este blog e seus autores terem me motivado a algo que aprecio tanto, mas que andava adormecido….

  • Gustavo Marcolin

    Seja bem-vindo! Fico muito contente em saber que uma pessoa tão experiente e inteligente como o Sr. vai estar completando essa equipe que já faz um bom trabalho. Parabéns ao Ale, ao Bruno e ao Julio pelo convite.
    Um grande abraço!
    Selva!

  • Lucas Macedo

    Ótimo! Mais um com uns bons anos de experiência pra compartilhar conosco!

  • Seja bem vindo ao blog Lourenço, tenho certeza que seus conhecimentos e experiências vão ser úteis tanto para as pessoas que acompanham o blog como para nós que somos colaboradores, te desejo sorte e meus parabéns por compartilhar seu conhecimento e dedicar um pouco de seu tempo conosco.

    #selva!

  • Denis Wolpert

    Ótima notícia! Seja bem-vindo e estamos ansiosos pela sua colaboração. A expansão da colaboração na formação e compilação de informação nessa área é parte fundamenta para estarmos preparados.
    E desde já agradecemos por colaborar com sua experiência e doar seu tempo para o blog, e para nós que o acompanhamos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s