Forças de segurança em cenários de catástrofe

Durante um caso de catástrofe ou até mesmo apocalíptico é muito pouco provável que a lei será mantida pelo exército ou polícia e até mesmo os serviços de emergência vão se tornar inexistentes. Quando as coisas irem de mal a pior (mercados vazios, sem rede elétrica e água, saques e outros) as chances são de que você terá de lutar sozinho.

Quando falamos de segurança durante um cenário catastrófico existem algumas coisas que você pode considerar.

Você deve saber se defender

Durante uma situação extrema os loucos do mundo estarão perambulando pelas ruas procurando por vítimas fáceis. Se você leva sobrevivência a sério, deve treinar para se defender contra um ataque violento (em posts anteriores já falei um pouco sobre isso). Isso significa que você deve se preparar não só com armas mas também com conhecimento e habilidades de auto defesa.

Suas preparações serão alvo

Se os eventos que sucederam as catástrofes ao longo da história nos ensinaram algo é que até mesmo a polícia pode sair procurando equipamentos e suprimentos (como os seus). Durante o caos após o furacão Katrina por exemplo, o exército e a polícia local confiscou armas, forçou pessoas a evacuarem com ou sem seus suprimentos e até se certificaram que as pessoas fechassem seus comércios.

Você deve estar atento contra farsas

Mesmo que para alguns isso seja intuitivo, até as coisas se acalmarem você tem de evitar qualquer contato com terceiros, incluindo as forças de segurança. Em um cenário de caos você deve estar atento a tudo, inclusive pessoas se passando por militares ou policiais. Se as coisas ficarem realmente ruins, você provavelmente irá ver criminosos caçando os inocentes se passando por oficiais da polícia ou exército.

Antes que alguém entenda errado, eu acho que nossa polícia e militares são heróis e acredito que a maioria deles faria o possível para ajudar as pessoas no começo. Mas quando falamos de um cenário apocalíptico e caótico a natureza humana vai tomar conta da grande maioria e esses irão desertar para cuidar de suas próprias família. E quem poderia culpá-los? Não existem muitas pessoas que continuariam atuando até o fim.

No final das contas você deve ser responsável pela sua própria defesa. Você e só você é responsável pela sua segurança. 

Fonte: Off Grid Survival

Anúncios

7 Comentários

  • matutoselvagem

    Apenas para complementar o raciocínio, em um cenário de grava crise, as forças de segurança estarão mais preocupadas com a manutenção do Estado, do que com a segurança de um indivíduo o grupo de indivíduos. Portanto, é essencial saber se defender.

  • Mas o que acontece com quem é das forças de segurança? Até que ponto alguém de dentro da polícia, exército ou outras forças vai receber a proteção da corporação? Eu sei que na guerra, os militares tem suprimentos e apoios enviados pela logística, mas e numa situação de caos que não for uma guerra e o caos é instaurado, até que ponto a corporação[sendo o exército, polícia ou outros] vai continuar dando esse apoio ou abandonar a todos? Poderia ser feito um artigo sobre o assunto, pois há muito o que analisar a respeito, e minhas dúvidas sobre o assunto simplesmente aumentam, principalmente quando eu penso em fazer um concurso pra alguma dessas forças.

  • Lucas Satler

    Ótimo post, e só lembrando que o ser humano quando acuado, quando se sente em perigo e capaz de fazer coisas inexplicáveis, imagina entao vc vendo sua esposa e filhos morrendo a míngua, com fome, sede, frio, enfim…. qualquer um de nos faria o que fosse preciso para salva-las….partindo desse pensamento vejo a importância de estar sempre preparado fisicamente e psicologicamente !

  • Mais uma vez, concordo com você dois, Júlio e Arcaico.

    Quando se trata de defesa, é quase impossível estar preparado. Pois pela natureza do assunto, o fator surpresa é sumariamente decisivo. Todos os sobrevivencialistas deveríamos ao menos:

    Ter ótima saúde emocional
    Ótima saúde mental
    E ótima saúde física
    Saber (e praticar) defesa pessoal com as mãos livres;
    Defesa pessoal com faca;
    Atirar bem;
    Conhecer métodos alternativos de defesa;
    Possuir equipamentos confiáveis, ao menos minimamente:
    Possuir armas de fogo;

    Gostaria de ter um bunker, mas isso ainda é muito impossível, no momento preciso resolver outras prioridades. Mas cada um deve se empenhar para se aprimorar, em tudo o que puder ser útil, o melhor possível.

  • Concordo com os temas levantados, particularmente sempre gostei de diversas formas de auto defesa, e aprendi muita coisa com meu pai que também foi aprendendo com conhecidos, com isso aprendi pelo menos o básico de habilidades com facas, tchaco, bastão, e alguns outros, mas isso foi o basicão pretendo melhorar, não existe a perfeição quando se trata desse assunto, pra quem se acha “o cara” já cometeu um grave erro.
    O ideal é se prevenir ao máximo de fatores que podem se complicar, fique sempre com um pé atrás com pessoas que vc desconhece, principalmente em cenários críticos, mas também fique sempre um passo a frente, para se defender se necessário.

  • Pingback: Relembrando conteúdos |

  • Pingback: Relembrando alguns posts |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s