Armazenando comida: Dicas sobre o que estocar

Saber como guardar comida para sobrevivência de longo termo é uma habilidade essencial que poucos têm. Como dito no post anterior, nossos ancestrais tinham esta necessidade, porém como as cidades cresceram e mercados tornaram-se presentes em todos locais, essa prática foi abandonada. Agora, em tempos incertos e com grande potencial para crises, falta de alimentos e conflitos políticos, muitos estão aprendendo como guardar comida e outras necessidades novamente para tempos de emergência. Aqui vão algumas dicas de como guardar comida para sobreviver.

Então vamos às pequenas dicas:

1-

Crie uma lista de estoque detalhando que alimentos você deve incluir, o que você já tem e o que mais você precisa. Consulte os passos abaixo para recomendações básicas, apesar de que mais leitura é recomendada.

2 –

Faça uma lista de compras detalhando o que você precisa comprar (consultando o passo anterior). Depois de pesquisar preços e disponibilidade, liste  as melhores fontes perto de cada item. Quando você aprender a estocar comida, esta função será mais fácil e feita naturalmente.

3 –

Compre e prepare locais para armazenar sua comida. Para guardar grãos e afins use potes de 3 ou 4 litros, que podem ser encontrados em lojas online ou em lojas de utensílios domésticos. Potes menores são úteis para açúcar, sal, farinha e outros. Alguns alimentos já virão devidamente armazenados, como os enlatados. Lembre-se de sempre utilizar recipientes feitos para armazenar comida, que não soltem substâncias no alimento.

4 –

Compare os preços e fontes enquanto você compra, anotando todas as mudanças na sua lista de compras para futuramente saber onde comprar itens mais baratos.

5 –

Compre uma variedade de itens enquanto você constrói seu estoque de comida para emergências. Por exemplo, se você destina 50 reais por mês à isso, separe este valor em diferentes categorias em vez de comprar sal em um mês e açúcar no outro. Se você precisar destes suprimentos antes do que esperava, você terá ao menos um pouco de cada.

6 –

Guarde água, pelo menos o bastante pra duas semanas (4 litros diários). Rotacione este estoque de água, visto que armazenada ela tem validade de 6 à 12 meses. Se você possui um posso com bomba manual, você não precisa guardar água, mas se não tiver este é um requisito crítico para alguém dependente do sistema de distribuição de água da cidade. Em todos os casos, certifique-se de ter um bom filtro de água com filtros extras guardados.

7 –

Escolha grãos, farinha e feijões para o seu estoque doméstico. A boa coisa dos grãos é que quando bem armazenados em recipientes selados eles podem durar até por uma década.

8 –

Adicione cereais, calculando o seu consumo diário.

9 –

Adquira os suprimentos necessários para usar seus itens armazenados. Se você comprou grãos de café, você tem que comprar e aprender a usar um moedor. Para preparação de emergência, eu recomendo um moedor manual em caso de falta de energia. Um filtro de água, um iniciador de fogo, kit médico, lanternas e cobertores quentes também são essenciais.
10 –
Compre feijões na variedade que você mais gostar, armazenando da mesma forma que os outros grãos.
11 –

Se você possui um freezer, adicione bifes, galinhas e peixes congelados. Carnes desidratadas (como charque) e carne enlatada também são recomendadas.

12 –

Lembre-se de adicionar leite em pó, manteiga e queijo desidratados ao seu estoque.

13 –

Armazene um litro de adoçantes (mel, melaços, cana de açúcar, açúcar bruto) por pessoa na casa.

14 –

Não se esqueça de adicionar ao estoque óleos e gorduras vegetais, que são catalisadores no processo de cozinhar.

15 –

Inclua pequenos luxos como frutas secas, nozes, chocolate, café, chá e outros itens em quantidade para sua família aproveitar. Se as coisas estiverem tão duras que você está baseando sua alimentação somente no seu estoque, uma barra de chocolate ou um copo de chá pode trazer conforto.

Você deve lembrar que cada um possui gostos diferentes e come quantidades diferentes, este é só um guia primário para você saber por onde começar. No próximo post, falarei sobre os erros comuns cometidos por iniciantes em estocagem de alimentos.

Conteúdo traduzido e modificado do site eHow.

Até.