Eleições 2018: Marina Silva fala sobre armas e liberdade – No fio da navalha Ep.38

Hoje vamos conversar com Marina Silva, pré-candidata à Presidência para conhecer suas visões sobre como melhorar a segurança do Brasil e oferecer maior liberdade para os cidadãos.

Espero que você compreenda o objetivo desta entrevista e adoraria saber o que você pensa sobre o discurso da Marina, lembrando, respeito e educação são exigências mínimas e devem predominar nos comentários.

Até.

Anúncios

7 Comentários

  • Excelente a entrevista. Provavelmente votarei nela, embora discorde no ponto relativo à legítima defesa por meio de armas. Não dá para votar em Bolsonaro só por causa disso.

  • Caros Lobo, trupe e leitores, creio ser interessante esse viés analítico de além mar:
    Nada como uma análise diferente para aumentar nosso poder decisório:

    https://24.sapo.pt/opiniao/artigos/o-absurdo-brasileiro

    Observo que não é minha opinião, mas tem lógica em parte em minha opinião, embora eu admita que a demonização de Trump se mostra factual e criminosa como em toda a mídia fake news, a mídia oficial ocidental!
    E eu concordo em grande parte com o Trump.
    Realmente ele me surpreendeu positivamente!
    Agradeço a atenção
    Obrigado

  • Caro Lobo, trupe e elitores,
    O peixe não é livre para viver fora da água, nem o celacanto (peixe pré histórico ainda vivente dotado de barbatanas fortalecidas emulando quase pés)! Nem sistemas locomotores de terrestres. Esse argumento é completamente sem sentido!
    O que entendi é que a Marina toma as medidas dela como medidas totais, engano praticado pela maioria. A dependência econômica só existe porque existe o sequestro da autonomia individual sobretudo atravéz do sequestro da Terra, sempre em mãos de latifundiários e das leis, sempre feitas por uns em benefício próprio!
    A violência sistêmica não é oriunda das armas, se eu for seguir essa “lógica” terei que acreditar que a culpa do desmatamento é da serra, e não do madeireiro ou até o seringueiro, que também é um invasor na floresta amazônica!
    A violência é gerada sempre pelo estado, pois é o desvio de verba, a desregulamentação das mídias, o sequestro da condição feminina como a fundamentadora da educação dos filhos, a blindagem de pessoas psicopatas como legisladores, julgadores e policiadores, a prova cabal é que há estudos seguros de que o psicopata sempre escolhe profissões como político, juiz, polícia, médico, advogado, pois todas elas permite a ele fazer o que gosta blindado pela lei!
    As leis são feitas por personagens notoriamente entendidos corruptos, psicopatas, porque maldita razão acreditariamos que esses seres fazem leis que prestem!
    A Marina se sustenta em fakes news, acredita inclusive em seriais killers que evidentemente são forjados pelo status quo para garantir o sequestro das armas. Ela tem o argumento completamente formatado pelos agentes alienígenas que tem como meta única o sequestro de todos os recursos brasileiros.
    Olha esse “argumento”: “quem tem o monopólio da violência é o estado”, só essa frase mostra o desentendimento epistemológico! Quer dizer que o estado pode oprimir e agredir o cidadão! Esse é o pressuposto dela!
    O estado já nos sequestra em tudo, nos rouba sob a pecha de “IMPOSTO” e ela é SUSTENTADA por esse estado ao passo que nós somos os roubados, sequestrados, manietados, e sobretudo violentados! Fica patente que ela tem o ponto de vista viciado, manipulado e sectário!
    Enquanto os parlamentares na Dinamarca recebem apenas ajuda de custo, e são VOLUNTÁRIOS! Aqui eles são sustentados por nós e ela se locupleta junto com toda a turma juntamente com os “juizes” da lava jato que recebem inclusive subsidio moradia mesmo tendo moradia na própria comarca, ganham até prémios nos EUA, notoriamente colonialista e agente do desmonte de nossa nação!
    A maioria dos assassinados o são por conta do tráfico de armas, o Brizola “liberou” no RJ o uso de drogas, quem queria usa-las tanto podia ir ao supermercado, botacos e farmácias como também podiam subir o morro para usar as proibidas! E essas são proibidas (leis feitas pelos tais psicopatas, condição clínica de desempatia total e egoismo) por que só beneficiam os agentes do estado enquanto proibidas, seja pelo pagamento de resgate, vulga “fiança”, e sobretudo pela venda proibida livre de tributações ou regulamentações! Se livres, todos plantariam e não dariam recursos ao estado, já proibidas garante inclusive helicóptero com meia tonelada de cocaina “sem dono” perdido no pasto!
    Com a “liberação” das drogas (AS PROIBIDAS), o Brizola garantiu o desajustado pobre nos morros dedicado a fazer os sacolés (pacotes de cocaina) e trouxinhas (pacote de fumo) em vez de atacando o povo, no momento que a polícia começou a atacar os traficantes no morro na gestão do moreira franco, o crime se exponenciou pois os traficantes com grana e conluio com a polícia começaram a comprar armas (que só é possível com apoio de todas as polícias, sobretudo a federal, pois entra através de estradas e portos) e partir para a guerra, uma clara engenharia social orquestrada para garantir o caos e sequestro da LIBERDADE INDIVIDUAL!
    Mas a droga mais perniciosa que existe, o álcool sempre foi blindada E LIVRE para garantir o esquema de caos na raiz da PRÓPRIA FAMÍLIA!
    Drogas são remédio em qualquer instância, tal como o café, café não é bebida, é remédio e sempre que preciso dirigir mais de oito horas o uso (e só em situação extrema) e com menos de meia xícara fico acordado mais de 15 horas, pois nunca ingiro ele sem precisar, é REMÉDIO, é dopping!
    Assim, dizer que alguém é obrigado a usar drogas de farmáfias mas não pode usar as que pode plantar mostra de forma clara uma agenda criminosa de sequestro individual!
    E ela prova isso, junto com o Bolsonaro!
    Droga assim como arma e até afeto fecalopata é esfera de decisão pessoal, só NUNCA podem adentrar a esfera legal, da mesma forma que o suicídio, se alguem quer se matar é direito desse alguém e ninguém mais pode se manifestar (prova cabal de que somos entendidos pelo estado como patrimônio e fonte de renda), o mesmo se aplica ao aborto, é assunto exclusivo da esfere feminina INDIVIDUAL (mais outra prova de que o estado entende o cidadão como patrimônio, ativo, e sem direito próprio ou opinião).
    Como mostro de forma epistemológica, não importa a intensão, a idéia ou filosofia, SEMPRE as propostas dos agentes do estado são CONTRA o direito individual!
    MEU DIREITO ACABA NO MOMENTO QUE INVADO O DIREITO ALHEIO, MAS ENQUANTO O QUE FAÇO FICA EM MINHA PRIVACIDADE, É DIREITO MEU!
    Tanto é que não discuto a fecalopatia enquanto decisão unitária, mas no momento que eles se dizem gênero, isso quer dizer que estão divulgando o ódio contra mulheres, aquilatando a vagina, a porta da vida, ao esgoto corporal e isso é não sõ cirme de ódio contra mulheres, mas sobretudo de ódio contra a humanidade, pois sexo é reprodução e se ânus é “órgão sexual” fica patente que para eles, nós todos humanos somos excremento, afinal ânus é “órgão sexual” para eles.
    O doente tem o direito de ser doente desde que não contamine o povo. Entretanto qaundo o doente ataca as matrizes, as depositárias do destino da espécie humana, isso quer dizer guerra, pois busca de forma ABSOLUTA a destruição da humanidade para emplacar algo que entende buraco de fezes algo salutar para se brincar! Assim é e sempre será um atentado a pessoa humana, da mesma forma que o estado, o legitimador dessas “generalidades sexuais”. SEXO é REPRODUÇÃO E SE FEITO DESSELETIVAMENTE DEGENERA, e é exatamente isso que acontece com a humanidade, vide as argumentações dos presidenciáveis! Não digo que são degenerados, digo que defendem a degeneração pois não entendem a degeneração como degeneração!
    Dar educação sem ter é impossível, dar inteligência sem ter é impossível, dar coerência sem ter é impossível!
    Dessa forma fica claro que a única opção atual é a RECUPERAÇÃO DE TODAS ESSAS QUALIDADES EXTINTAS!
    E em minha opinião essas não tem como ser alcançadas usando os mesmos modelos que as destruíram!
    A maior violência é a violência ao intelecto, com essa violência se garante TODAS AS OUTRAS!
    Assim, fica patente que não haverá luz no fim do túnel enquanto as pessoas não tiverem saúde, essa senhora se não me engano teve malária na infância, teve uma infância sobremaneira frágil e desnutrida, inclusive há diversos textos narrando essa questão, e dessa forma só tenho como conclusão: MENS SANA IN CORPORE SANO.
    O candidato correto seria o que consegue manter a batida cardíaca em menos de 30 na basal, o resto é falácia SEM SENTIDO!
    Agradeço a atenção
    Muito obrigado

  • horacio poltronieri

    com todo respeito, Dona Marina,esse mundo que a senhora quer,nunca existiu,e nunca vai existir,pode melhorar,politicamente falando,mas o direito a legitima defesa é biblico,ÊXODO 22:2-3
    PROVÉRBIOS 25:26

  • Carlsbad Pereira

    Obrigado, Julio.
    Um pequeno paralelo: um cliente só reclama de um estabelecimento quando se importa, então realmente não havia motivo para argumentar e convencê-la do contrário, já que suas idéias são terríveis (estou sendo respeitoso e honesto).
    Ela assume que o Estado é incapaz, mas ainda sim insiste que o indivíduo não tem direito de cuidar de si mesmo. Por exemplo, o pobre que precisa pegar o ônibus e está a mercê do perigo (ela falou no final), vai rezando pra não ser o cordeiro da vez a ser abatido.
    Para um filho, que é incapaz de prover qualquer coisa a si mesmo, o pai o capacita e protege, mas na concepção dela, basta a “proteção” do Estado.. Kkkkkkk.
    Esse tipo de político de viés esquerdista, sempre achará que o Estado deve ocupar o lugar de Deus, querendo ser onipotente, onisciente e onipresente, mas o pior de tudo é que sabe que não é possível. Isso é o quê, desejo de poder?
    Bolsonaro é o único que tem pés no chão e afirma que o governo deve AJUDAR o povo a ser grande. Ele não tem obsessão de poder.

  • Essa Sra vive em um mundo cor de rosa com azul, ela simplesmente não ve a realidade hoje, jamais votaria nela!

  • Eu assisti a entrevista e o ponto de vista da candidata me deixou entristecido, pois já votei nela em eleições passadas, todavia a posição que mais me agradaria não é achar que liberar a posse e eventualmente o porte para indivíduos capacitados seja transferir a responsabilidade da segurança pública, pois acredito que quem luta por isso não pensa dessa forma. Seria somente uma das medidas conjuntas necessárias que precisam ser tomadas. Precisamos da reestruturação da policia que está no mais completo sucateamento, porém também precisamos de medidas que garanta nosso direito de defesa. A entrevista é esclarecedora e ajuda muito na hora de escolher um candidato. Valeu, ótimo trabalho!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s