Sobrecast 56: Até onde eu consigo ir? Hora de falar sobre pontos fracos

Conhecer suas vulnerabilidades é parte importantíssima do processo de se fortalecer emocionalmente. Hoje vamos conversar sobre o que é o tal “ponto de quebra” como também discutir sobre trauma, depressão, ansiedade e semelhantes.

 

Você reconhece seus pontos mais frágeis? Quais os métodos que acredita serem mais eficientes para lidar com eles?

Anúncios

3 Comentários

  • Caro Lobo e leitores gostaria de fazer umas considerações que via de regra são desconhecidas sobretudo pela agenda de degeneração, afinal degenerados são faceis de serem submetidos. O medo é aguçado, o ódio e a fúria também e sobretudo a IRRACIONALIDADE é alavancada a patamares insanos! Assim se busca ocultar o óbvio!
    Nossa alimentação é fonte da maioria das psicopatologias. O açucar junto à farinha branca são geradores de ESQUIZOFRENIA, mas é claro que a cambada médica não comenta, pois as farmáfias são os dosnos deles.
    É sabido que a supressão radical do açucar elimina os sintomas da esquizofrenia e de surtos psicóticos.
    O alcool é catalizador de TODAS as psicopatologias, enquanto enteógenos emdemoniados pelas mídias e estado são ferramentas salutares para a redução dessas.
    O alcool é tão supinamente nefasto, que detona devagar, de forma que seu estrago possa ser alastrado de forma absoluta.
    Mas meu foco será o açucar e a farinha refinada. farinha gera muco, e muco não só dificulta a respiração gerando apneias catalizadoras de irracionalidade, como também descalcifica o corpo da mesma forma que o açucar, um dos maiores desmineralizante que existe para o corpo! Na idade média, o açucar era droga com efeito similar à cocaina, mas com o consumo continuado, se tornou normal a “ligação” do açucar!
    E como cocaina gera alucinações e psicoses.
    A batata inglesa, tão gostosa, foi a arma usada pelos povos precolombianos para vingar as maldades europeias, ela é como farinha refinada, não tem de bom NADA!
    Povos sadios comem farinha de centeio, milho (que já não presta, pois nesse brasil governado por psicopatas os transgênicos deram o tom desde a sexualidade até a alimentação, afinal é destruindo que se submete um povo e garante ele sustentado escravamente os parasitas), aveia, mas de forma alguma farinha de trigo, a batata é igualmente nefasta e existem mais de duzentos tipos de batatas saudáveis, mas curiosamente só a mais desgraçada delas é divulgada mundialmente! Só isso deveria ser sinal de alarme para qualuer pessoa, mas já embrutecida pelo entupimento tóxico dessas desgraças não percebem e acham até que isso é papo brabo!
    A alimentação que ingerimos é aproveitada em 65% pelo cérebro e a oxigenação nada mais que 90% vai para o cérebro, é açucar com oxigênio, o dito glicogênio, e só isso já diz que se ingerirmos tranqueiras, antes de ficarmos doentes fisicamente FICAMOS LOUCOS! E o pior, o louco tem certeza de que é lúcido e loucos são os outros! Se entendemos que somos loucos, não quer dizer que somos menos loucos que os outros, quer dizer que pelo menos já nos diagnosticamos mais próximo da realidade!
    Assim, é consequencia natural a sua afirmativa que todos quebram em um determinado momento, mas não porque somos quebráveis, mas sim porque somos loucos e loucos surtam cedo ou tarde!
    Em um comentário que fiz com uma frase de Voltaire sobre a loucura humana oriunda da alimentação cadavérica e alcoolica, recebi a maior quantidade de hate this e isso é talvez prova cabal do que afirmo, só loucos defenderiam a alimentação violenta e assassina como o cadavorismo e alcoolica, até porque Confucio já dizia, “somos o que comemos” (na verdade queria dizer somos o que ingerimos), e é óbvio que quem come morte, dor e sofrimento, sofre, sente dor e morre, pois até Leonardo da Vinci afirmava isso, se come morte morre, se come vida vive! Isso é axiomático! E olha que o tal Leonardo além de dar vinte é considerado o mais inteligente humano que já existiu! Aos qu8e acham que einstien era gênio sugiro que estudem a cronologia no instituto patentário de berna (onde ele trabalhava) e a entrada da patente da equação relativista de Henry Poincaré, o cara era LADRÃO de ideia alheia e até César Lattes, o maior físico brasiliero indicado para receber o nobel mopstrou que o infeliz não sabia a diferença de medida de grandeza e grandeza f´sica, o que é o mesmo que confundir quilo (medida de grandeza) com litro (grandeza física), só isso já mostra o grau de insanidade que acomete a humanidade moderna! Em quase cento e cinquenta anos, o automóvel não mudou nada em sua concepção original, só foram feitas relapidações da proposta, e o pior, nem 5% de toda a população mundial é capaz de fazer um automóvel (aliás, não fazem nem bicicleta!), não são capazes de esculpir nada decente, nem desenhar, embora em cavernas as pinturas rupestres abundem! E na antiguidade qualquer pessoa sabia fazer fogo, hoje só meia duiza faz partindo do zero! E isso é o FUNDAMENTO DO SOBREVIVENCIALISMO, saber fazer as ferramentas que usa! Só isso mostra o grau de insanidade de todos nós!
    Por conta dessas questões que coloquei acho interessante que pensemos bem sonbre essa questão de quebra do indivíduo! Em minha opinião, existe uma agenda macabra de envenenamento e degeneração do ser humano, uma castração sistêmica de tudo e uma exponenciação de patologias de ordem sexual! Essas chamadas cinicamente de parafilias, quando na verdade o sexo é a origem de todos e deveria ser tratado com o maior respeito e SELEÇÃO e não de forma abjeta, doentia e criminosa como é tratado, onde hoje se coloca um traveca com musculatura de macho para espancar mulheres de forma sádica em jogo de volei, pois mesmo arrancado os documentos, os genes de macho são de macho, mas a lei criminosa feita por salafros degenerados são entendidas como normaliddade de gênero, e se as pessoas tivessem um mínimo de saúde mental perceberiam que se um ânus de um pederasta é órgão sexual, gente e fezes são a mesma coisa, todos oriundos de órgão sexual! A sociedade chegou a tal grau de degeneração que afirma cheia de ódio que o …u de um v…do vale o mesmo que a vagina de nossas mães, mulheres, namoradas, filhas, amigas, e o pior tem alguns tão doentes que se acham homens dizendo que gostam de sexuar com o ânus de uma mulher! Escolher um buraco de fezes e seus odores já diz para todos nós em que pé chegamos!
    Como dizia Krishnamurti: em uma sociedade enferma, ser ajustado não é sinal de saúde!
    Comamos saudável e daremos a melhor resposta aos degenerados que buscam a destruição da ordem biológica!
    Pode parecer lição de moral, mas é SOBREVIVENCIALISMO PURO!
    Agradeço a atenção
    Obrigado

  • Catatonismo – termo técnico para latência técnica corporal.

  • Podcast excelente! Me fez refletir sobre muitas coisas.
    Parabéns a todos do Sobrevivencialismo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s