Cidadão armado e treinado ou ato de preconceito? – No fio da Navalha Ep.18

Uma reação preventiva pode ser confundida com um ataque a integridade humana e seus direitos? Eu acho que não, mas muitos pensam que sim. Hora de discutir isso mais a fundo no nosso novo episódio do “No fio da navalha”.

Um vídeo simples, mas que pode ser visto de maneira muito mais ampla quando entramos em discussões sobre porte de armas, atenção situacional e mais. O que você pensa sobre tudo isso? Coloque nos comentários!

Até.

Anúncios

18 Comentários

  • https://actualidad.rt.com/videoclub/248550-ladrones-duermen-robo-cajero-matar
    Essa foi uma atitude arriscada, mas acabou dando certo.

  • A continuação do vídeo mostra que o cidadão armado, mesmo sabendo que o suspeito não estava armado continuou com a arma apontada e demonstrando atitude agressiva. Não posso dizer se foi por preconceito ou não, mas posso dizer que a partir de um momento a ação foi exagerada.

  • Preto também é cidadão

    É claro que o vídeo é montado. O problema é o que ele defende, eu por exemplo se estivesse na situação do cara de branco procuraria uma ação evasiva primeiro e só agiria em último caso. Agora se fosse o contrário o tal cidadão de bem preventivo iria sofrer um belíssimo processo sem a menor dor na consciência, por que ele teria que vender o carro, arma e até a alma pra pagar minha humilhação.

  • O vídeo mostra que estar alerta é a ação mais dissuasória possível! Vagabundo sempre vai preferir o fator surpresa!
    O problema será quando eu, um civil, poder portar minha arma e no trânsito, em algum estabelecimento ou outro ambiente for “abordado” por outro civil armado que me teve por suspeito (aparência, confundir com outra pessoa, etc)! Se for um policial identificado, ok! Mas qdo um estranho vem em sua direção armado, a tentação de reação será imediata!
    Portanto, ações preventivas apenas de agentes de segurança ou ante evidências incontestáveis como perceber que o elemento realmente porta alguma arma.

  • Ali ele arriscou a vida da família, ele armado já é uma vítima se fosse rendido, independente de cor, poderia estar bem arrumado ou não, a maioria não assalta sozinho e o risco de aparecer alguém atirando de fora é muito grande na direção do cara por estar afastado do marginal, não aconselho andar armado se não tiver certeza do que está fazendo pois vc se torna vilão se matar ou errar o tiro no ladrão ou terceiros, ele pode responder processo por uma lei corrupta pela forma como ele abordou não sendo policial, geralmente as leis não permitem circulação de pessoas de bem armadas sem ser em sua residência ou estande de tiro, no RJ e SP nenhum marginal aborda dessa maneira, loja vazia ele já saca a arma em punho e não tem como reagir pois ele sempre olha de fora da loja e não de dentro da loja são “N situações de assalto cada uma de uma maneira diferente” , não tem essa de ficar escondendo o rosto a maioria rouba hoje de cara limpa e não ligam pro sistema de câmera pois a maioria já foi condenado e sabe o que faz quando assalta, ineficaz o tipo de técnica para abordagem pois não seria a maneira correta dele com um filho pequeno no colo e andando armado essa não é uma atitude correta de segurança, melhor perder algum do que colocar a vida em risco de sua família e ser preso injustamente, enquanto existir leis e um governo contra o povo viveremos assim em desvantagens adversas, temos que ter escolhas e técnicas diferentes contra isso, a vida humilde é mais importante que um herói valente que acha ter sorte sempre o tempo todo…

  • E mais Julio, sei que meu comentario vai desagradar muitos, pois brasileiro tem dificuldade em entender o que lê, deve ser a educação nacional de pessima qualidade, mas isso não vem ao caso, para exemplificar o que eu disse pesquise no youtube o programa do Roberto Cabrini sobre jovens infratores e voce vera o que eu disse, quando eles estão cometendo crime eles mesmos dizem que não tem nada a perder, que se matarem eles tanto faz, e qualquer reação eles matam por nada, veja as reportagens e vera como funcionaria a liberação de armas a rodo, seria mais armas pra bandidos roubarem dos civis despreparados, e bandidos são mais preparados que civis e preparar civis leva tempo, seria uma anarquia liberar armas no Brasil, ja comentei aqui no seu site, o povo se mata por fechada no transito, porque alguem olhou torto, porque o vizinho esta com o som alto, e como ja comentei aqui onde moro se matam por pinga, então imagina todo esse povo que é comum e civil armado, lembrando que existe muito LOBO em pele de CORDEIRO.

  • Julio otima analise situacional do ocorrido, mas de fato esse caso se passou fora do pais e de fato o cara era policial, e muito bem preparado esse policial, mas lembremos que se tratando de Brasil, pode-se ter arma pra defender os seus e sua residencia, lembrando que se fosse no Brasil e um cidadão por mais autorização pra se ter arma, somente autoridades podem portar armas, logo se algum brasileiro mesmo com autorização pra ter armas executar tal façanha como a do videos seria preso e processado perante lei , é assim que funciona e voce sabe camarada, então pessoal arma pode ter (no Brasil), pra defender residencia e os mesmo dentro dela, não pra levar na lanchonete, e o que voce Julio não analisou é, se fosse no Brasil, durante um arrastão, ou se tres ou mais bandidos tivessem entrado na lanchonete, valeria a pena ele arriscar a vida da criança, da mulher dele, a vida dele ou de terceiros, ele teria a preparação (se fosse no Brasil e fosse um civil comum armado e considerando a situação que falei acima) pra realizar tal façanha, então lembremos a situação acima do video foi muito bem analisada pelo Julio, mas se tratando de Brasil isso é irreal, visto que todos, eu disse todos os assaltos no Brasil são praticados por mais de tres ou quatro bandidos juntos, tornando a reação do rapaz no video não só irresponssabilidade mas tambem loucura(se fosse aqui no Brasil).

  • Atitude preparada, o casal está de parabéns pela açao.,Se fosse um assalto real, teriam agido preventivamente e evitado, nao se tratava de assalto e ninguem saiu ferido, no fim deu tudo certo, um pouco ruim para o individuo, mas ele teve a culpa de entrar encapuzado no ambiente, e ter atitude suspeita. Não foi nada de preconceito, isso é uma bobagem, esse pais esta alucinado com esse negócio de preconceito visto que estamos dominados pela esquerda que fomenta esse tipo de coisa, luta de classes, racismo, etc a todo instante. Pior é ter que ser assaltado ou assassinado, em um país onde o cidadão não pode se defender e o bandido é tido como vitima.

  • LUIZ ANTONIO

    acho que foi um pouco precipitado, mas que o cara de azul iria dar o migué e assaltar com o dedo fazendo como se fosse uma arma ah isso ele iria fazer!

  • Nando Moura

    Na minha opinião o que esse cara fez é ridículo. Você já se imaginou entrar num lugar comprar um lanche e após meterem uma arma na sua cara, te revistarem, ficarem te “escoltando e vigiando” enquanto vc faz sua compra? Pra mim isso não é segurança própria, é constrangimento e desrespeito ao próximo. Minha opinião não se trata da cor do indivíduo, não estou nem discutindo o racismo.
    Imagina se todo mundo puder estar armado? Aí todo mundo pode a qualquer hora que se sentir ameaçado sacar a arma, meter na cara da suposta ameaça e revistar a pessoa?
    Nossas visões não devem ser unilaterais… Magina que maravilhoso poder andar com uma arma na cintura e estar pronto sempre, muito bom. Imagina que legal entrar num estabelecimento para comprar um lanche e ser revistado sob a mira de uma arma? Não tão bom.
    O cara está com uma arma na cintura, está ciente da situação, se ele queria se sentir mais seguro pq não deixou o rapaz passar na frente dele e ficou atrás cuidado? Vejo várias alternativas pra sair da situação em que ele se encontrava, mas jamais faria o que ele fez. Para mim, foi um ato de total desrespeito e constrangimento.
    Um mundo onde todos tem direito de defesa é bem diferente de um mundo onde um pode por uma arma na cara do outro quando bem entender, e esse é um argumento para que justamente
    se proiba o porte de arma para o cidadão comum, pq vai ter muito imbecíl se achando herói e sacando a arma quando não deveria.
    Cabe uma pergunta final: O que vc acharia se o rapaz após entrar sacasse a arma e apontasse para o casal para revistá-los e ver se não oferecem risco? Ou o rapaz não teria o direiro de sentir-se ameaçado também?

    Um grande abraço a todos.

    • Nando Moura

      Maravilhosa a atitude do cara, aponta a arma, revista, faz o celular do cara sair voando, abaixa a toca, empurra.
      Eu DÚVIDO que qualquer um de vocês que estão apoiando a atitude desse cara sairiam numa boa e aplaudiriam se fossem vocês que tivessem sido submetidos a isso. Esse cara é um verme e se fosse comigo ou um filho meu eu ia até o inferno pra fazer esse cara se foder, ser preso, processado e perder o cargo se for agente público.
      Cada vez que vejo o vídeo me dá mais raiva desse merda.

    • Muito bem dito Nando, se todo mundo tivesse arma no Brasil e cada um no seu mundo de razão achar que é heroi ou pode fazer tudo porque tem uma arma na mão, imagina a anarquia que seria o Brasil ( se proibido ta ruim livre acesso a todos seria pior), e vai ter alguem falando que é porque o cidadão de bem esta desarmado que esta ruim, mas ninguem pensa que se todos estivessem armados, agindo por conta propria seria impossivel viver no Brasil.

  • carlossilvapb

    A reação do casal mostra extremo preparo para lidar com situações potencialmente perigosas. E, sou sincero: Eu acho o preconceito uma atitude realmente deplorável. Mas, neste caso, o suspeito deu todas as indicações de que estava tramando algo. A minha surpresa foi perceber que ele não estava armado!
    Quando qualquer pessoa é levada a tomar uma atitude defensiva por causa de um comportamento suspeito, já é algo tão automático que, se pedirmos ao sujeito armado para descrever a fisionomia do suspeito, provavelmente ele não iria conseguir.
    E, se quando analisamos que certos jeitos de se vestir e agir podem causar suspeita vemos que existe uma grande dose de preconceito, por outro lado, vivemos em um país no qual não se pode relaxar um só segundo e que, infelizmente, certos modos de se vestir e agir devem ser evitados.
    Mas, ainda dentro da discussão: E se o suspeito fosse branco? Mais uma vez digo que, diante de sua atitude (na verdade dava para ver muito pouco de sua pele, por causa do capuz, óculos, etc), a suspeita seria a mesma…
    Defendo veementemente que as pessoas andem armadas. Mas elas devem ter extremo preparo para isso.

  • A atitude do casal foi de profissionais no assunto.

  • VALDECIR kreuch

    Boa tarde
    Júlio super concordo com a atitude do rapaz que sacou a arma . Pois eu como pai quando saio de casa com minha FAMÍLIA sempre fico prestando ATENÇÃO em tudo e todos a nossa volta não para reagir mas para a algo acontecer tentar ficar a frente e todos e dando cobertura para que nada aconteça com quem mais amo.

  • Julio, boa tarde, repare no vídeo que antes da mulher pegar a criança no colo, ela leva a mão a cintura, não sei se estou vendo coisas para mim, quando assisto a imagem em Câmera lenta, ela esta soltando uma trava em um coldre.
    Não vejo isso como agressão de forma alguma, mas sim como PREVENÇÃO.
    Já estive do outro lado de uma situação quando entrei correndo em uma loja de conveniência de capacete para usar o banheiro e fui rendido por um segurança, depois de explicada a situação tudo se resolveu.
    Parabéns ao casal.

  • Minha pergunta é, se o rapaz fosse branco, eu já fui seguido por seguranças de shoppings estando “bem vestido” já tomei uma dura super violenta no meu trote de faculdade ouvindo a seguinte frase ” você se pintou para roubar os transeuntes” dentro de um pais racista sempre fica essa duvida, no entanto com disse estamos a flor da pele com a violência que vivemos nesse pais, e não cidadão armado não é cidadão protegido esse caso é muito subjetivo, a homem em questão tem um certo treinamento para ações desse tipo.

  • Francino Neto

    Antecipação sempre! Agir antes para não ser enterrado depois! A reação sempre vai ser mais lenta que a ação! as pessoas tem que entender, a fundada suspeita prevista no código de processo penal, ela visa as ATITUDES e não as pessoas! atitude sempre e não preconceito! O direito a vida o nosso bem maior deve ser resguardado, além do fato que o cidadão fez o que um bom pai e marido faz: proteger sua prole. Devemos saber a nos proteger e ensinar aos seus entes queridos a se protegerem. Quem porta arma deve saber manejar, empunhar, sacar além de saber resolver varias panes que podem acontecer. O portador de uma arma deve ensinar ou ter alguma código secreto com as pessoas que ele sai (ex: abaixei minhas mãos próximo a minha arma, uma palavra tipo “Disneylândia” é o sinal para que a pessoa se afaste pois ele viu uma ameaça…, entre outras). O mundo não é um conto de fadas ainda mais nesta época do politicamente correto. Tenha uma mente combativa sempre! Minha vida primeiro os sentimentos depois!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s