Sobrecast 32 – A natureza não tem piedade!

Será que podemos contar com justiça, piedade e sorte quando estamos no meio da natureza? Hoje neste Sobrecast vamos discutir as diferentes visões possíveis e a polêmica é garantida!

Qual a postura que você acredita ser a mais saudável quando pensamos em cenários de perigo no meio da natureza? Você concorda com os nossos posicionamentos? Adoraríamos saber a sua opinião nos comentários!

Até.

Anúncios

32 Comentários

  • Pedro surviver

    Julio, hoje teve um pronunciamento do ministro Da defesa dos EUA falando sobre o fim do acordo com a Rússia e o. Início de ataque militar contra a mesma, dentre desertar, sofre radiação, fome e etc em qual instância você acha que o brasileiro pode sofrer caso se torne de fato a 3warworld? Desde já obrigado mas sempre senti falta de assuntos como radiação, inverno nuclear e essas coisas.

    • Olá, você tem o link para essa notícia?

    • igor silveira

      Pedro bem interessante essa notícia que você citou, porem se focarmos em assuntos como radiação e invernos nucleares, na minha humilde opinião, seria um mal investimento de tempo e energia. Pois esses eventos são bem menos prováveis de que um apagão, escassez de recursos na sua região entende.

  • Em épocas de politicamente correto, veganismo, “consciência ecológica” e outros movimentos que julgo de bem estar tendemos a achar que podemos nos integrar à natureza. Que ela nos acolherá, protegerá, que é nossa “mãe”. Bem, ela não é. Ela não chega a ser uma psicopata, mas é uma mãe indiferente. Ela não dá a mínima para você. Ela tem a mesma consideração por nós que tem por uma ninhada de ratos. É tudo muito grande, muito vasto. Somos um acidente por aqui. A espécie momentaneamente dominante. E, como todas as outras, cairemos um dia. Ou evoluiremos.

  • igor silveira

    Júlio, Ebano e Moni ótimo sobrecast esse. E saindo um pouco da questão de se a natureza é Deus de alguma forma, gostaria de relatar a materialização da vontade da natureza ( ou Deus se preferirem) essa semana.
    Tenho muitos cães q tirei da rua, não por que sou apaixonado por eles mas por que é a coisa certa a fazer, mas 2 apenas que peguei por que quis realmente, e dentre todos eles a natureza escolheu talvez o mais querido por mim e por meio de uma doença chamada cinomose a natureza, durante uma semana de dor, agonia e sofrimento, resolveu tira- lo desse contesto que nos encontramos.
    Ai eu refleti sobre isso, sera que o sobrevivencialismo não serve somente para nos proteger da sociedade de hoje e alguma coisa mais? Porque ao meu ver oque a natureza demonstrou a mim foi que não importa o quão preparado estejamos ela pode vir e jogar merda na nossa cara e o máximo que vamos poder fazer é mastigar. Como exemplo posso citar o câncer ou se preferir viajar na maionese ( que o pessoal gosta disso) se for da vontade da natureza um super vulcão entrar em erupção e destruir a terra ou parte dela.

  • Faaala Collector Moni e Julio!! Curto demais acompanhá-los. Também tenho minha fé, e é algo bem pessoal, individual, fica dificil discutir essas coisas. Inclusive não via necessariamente esta “polêmica” entre “natureza incontrolável X Fé”… Se vocês me permitem vou colocar uma visão cristã em cima da temática prepper… em pontos: 1.Deus criou tudo e deu aos homens para “administrar”, o homem tem liberdade para isto, e colhe as consequências também… 2.Deus ama sua criação, e em Apocalipse 11:18, é dito que está chegando o tempo de Deus destruir “os que destroem a terra”. 3.Em diversas passagens bíblicas Jesus falou sobre os “sinais do fim dos tempos” e Ele sempre alertou seus seguidores a “estarem preparados” (qualquer semelhança é mera coincidência hein Julio kkk) e alerta que Ele estava avisando sobre essas coisas ruins para que quando esse tempo ruim chegar não nos pegue desprevenidos.

    Sinceramente, ser cristão ajuda e muito a compreender de modo mais geral/global/temporal tudo aquilo que tem se descortinado em frente dos nossos olhos. A correta visão de um cristão é saber que Deus é Deus, Ele mesmo diz que faz cair a chuva sobre bons e maus, ou seja, não é porque sou cristão que estarei isento/ileso de uma crise monetária (via substituição do dollar pelos DSEs do FMI e via bolha imobiliária/financeira/bancária chinesa) só para dar um exemplo “mais realista e potencial” de acontecer nos próximos meses/anos. Inclusive a Igreja Adventista, tem como prática o ensino de técnicas mateiras/preppers para suas crianças e jovens justamente por corretamente compreender o mundo em que vivemos e levar a sério o que Cristo já falou a respeito.

    Vejam só como Cristo deseja que seus seguidores “estejam preparados”: Mateus 24.44: “Assim, também vocês precisam estar preparados, porque o Filho do homem virá numa hora em que vocês menos esperam.
    “Quem é, pois, o servo fiel e sensato, a quem seu senhor encarrega dos de sua casa para lhes dar alimento no tempo devido?
    Feliz o servo a quem seu senhor encontrar fazendo assim quando voltar.
    Garanto-lhes que ele o encarregará de todos os seus bens. (Mateus 24:44-47) Ou seja, Ele deseja que estejamos preparados, alertas e não ignorantes a respeito daquilo que está a nossa volta. Inclusive Cristo nos diz que “feliz o servo que Ele encontrar fazendo isso, sendo vigilante, preparado, quando Ele voltar”..

    E tem mais coisa interessante por ai, sobre “1/3 da luz da lua e sol escurecer” etc etc… Ou seja, quase um “inverno nuclear” que pode acontecer por cometa/asteroide etc.. Bom, ai entramos em muita especulação. eheh

    Desculpa ter me alongado, mas só quis mostrar como a temática prepper está em linha e em acordo com o que Jesus Cristo pediu a cada seguidor seu.

    Abraço!

    • Ops. Ato falho: quis dizer Ébano!!! rsrs sorry….

    • William Soares

      Disse tudo irmão. Estudando a Bíblia, aprendemos que Deus quer que nós façamos a nossa parte. Nunca foi dito que devemos ficar somente orando e esperando cair do céu, mas sim “se alguém não quer trabalhar, também não coma” 2 Tessalonicenses 3:10.

      Hoje muitos usam a fé das pessoas apenas para ganhar dinheiro, fazendo promessas que não existem na Bíblia.

  • Como o Ébano comentou, tudo o que você procurar na internet, você vai encontrar … por exemplo … as afirmações do Dr. Ricardo Augusto Felício – Professor de Climatologia da USP que diz com todas as letras que Aquecimento Global é balela, que não existe, em entrevistas com Jô Soares, ou Palestras de grandes dimensões.

    É fácil encontrar informações que de nada valem.

    Sobrecast ficou muito bom!!

    # Preparados – Brasil .. espere pelo melhor! #

  • Acredito que a ideia de que a natureza existe apenas para servir o ser humano, muito comum entre religiosos, é um grande erro, somos apenas parte dela e vivemos em grande parte a merce dela.

  • Eu vi este vídeo com babuíno!!!!

  • Salve eu sou um preparador cristão e a maneira como você dá fé passa uma ideia muito negativa pois como preparador sei o quanto a fé pode ser importante em um cenário de crise pois a fé na providência divina faz com que o ser humano possa sair um pouco mais além do que ele iria com suas próprias forças não é somente esperar que Deus faça, mais acreditar pela fé que vai dar certo mesmo que pareça que não vai dar a fé nos faz mais fortes, preparadores ou não.

    • Sou Agnóstico Teísta, também acredito que a fé seja importante, pois costuma funcionar para as pessoas como um tipo de ‘muleta’, algo em que a pessoa se apoia para conseguir fazer as coisas em uma hora de crise ou desespero ou que não tentaria numa hora comum. Mas pelo que entendi no Sobrecast o “problema” é aqueles que simplesmente deixa sua vida à merce de um deus, ou não se preparam, ou não agem.. acreditam que ficar ali orando seja a resposta certa para e que deus simplesmente irá fazer um milagre para que de tudo certo.

  • oi pessoal td bem? muito boa a discusão, como sempre estamos os acompanhando. me responde ai, onde foi parar a entrevista com o sobrevivente urbano? abraços

  • Boa tarde a todos. Na verdade todos estão certos nos comentários a respeito do aquecimento global.
    O problema é a escala temporal. Sim, o planeta já fui muito mais quente, já teve muito mais gás carbônico, mas eram em eras onde o homem não estava presente. Sim, se pegarmos uma fatia de tempo desde o surgimento do homem, o planeta esta esquentando (e rápido) mas em escala planetária a Terra esta esfriando.

    Sinceramente eu como biólogo, fico FELIZ (calma explico) com aquecimento global.

    Se vc parar para pensar, o aumento da temperatura (excetuando em áreas desérticas) vc tem aumento da biodiversidade em tropicais, a diferença é que essas áreas estão subindo. O que eu tenho medo realmente é de um período glacial. Não é claro no nosso registro como eles começaram (hora por atividade vulcânica, hora por asteroides, e ????). Não se planta no gelo, se planta em estufas. Temos tecnologia para plantar no deserto, vide Israel.

    Muitos iriam morrer? Sim, mas o planeta não foi feito para humanos…

    Outro ponto o termo Tufão, fico confuso. É relacionado a “pé de vento” ou “Vendaval”? O termo tufão é usado para
    ciclones tropicais nos mares orientais e no oceano Índico.

    • Hehehe muito bom, Godoi! Só queríamos saber se vc estava ´prestando atenção! Eu deveria ter falado tornado, e não tufão. Desculpaê! kkk Sim, acho que nos safaremos da próxima era glacial graças ao estrago que estamos promovendo. Mas já tá bom, né? kkkk Não quero que o mundo todo seja um deserto israelense só pq “dá pra plantar” lá. 😉 Grata pelo seu comentário! Inté

  • Fala galeria do bem…. Salve Moni seja novamente bem vinda…Vou cobrar aquele café depois kkk
    Moni ve se vc consegue convencer esses ai a virem aqui no Rio ok! kkkk
    Vlw galera por comentar grande abraço

    • Powwww, Marcelo, cê viu, né? Eu mesma to quase indo pro sul do país. Hehehe
      E se arranjarmos uns sofás pros caras virem ao Rio, será que os convenceria?
      E o nosso café tá de pé! Inté!

  • carlossilvapb

    A Natureza não tem piedade… Nem qualquer outro sentimento. Deus, se existir, está se lixando para o que acontece aqui, ou então não tem senso de justiça.
    O que me causa preocupação em relação à Natureza não são os eventos repentinos. Porque estes são realmente difíceis de prever, ainda mais com o clima se tornando tão instável como nesses últimos anos. O que me preocupa é o efeito “sapo na panela de água fervente”. Algum cientista muito sádico fez experiências com sapos e chegou à conclusão de que se você colocar um sapo numa panela de água fria e depois deixá-la aquecer lentamente até o ponto de fervura, o sapo entra numa espécie de letargia e só vai perceber que está em risco quando for tarde demais.
    Existem fenômenos naturais periódicos, como as secas, que, aliados à fatores como o aumento populacional, vão ficando mais intensos, sem que as pessoas se deem conta. A cada período seco, as fontes de água são levadas cada vez mais próximas de seu limite. Mas, numa espécie de negação, que mistura fatores psicológicos, econômicos, políticos e religiosos, quase ninguém percebe, ou finge não perceber, o perigo. Principalmente depois que chove. Só que, um dia, pela letra fria da lógica da oferta e da demanda, a água vai acabar e a região seca entrará em colapso.

    • Oi, Carlos! Acho que se houver um deus, ele tem um estranho senso de humor! kkkk Estamos todos tipo “sapo na panela”! Ainda bem que somos sobrevivencialistas e estamos nos preparando! Grata pelo comentário! Inté!

      • carlossilvapb

        Oi Moni! Vc me fez lembrar uma música do Depeche Mode, cuja tradução é mais ou menos essa: Eu não quero iniciar nenhuma blasfêmia, mas eu acho que Deus tem um senso de humor doentio e, quando eu morrer, eu espero encontrá-lo rindo… kkkkk
        O que me preocupa nos “sapos paneleiros” é o poder do desespero.Pessoas desesperadas se esquecem de toda e qualquer ética, moral, etc. Nós, por estarmos mais preparados e menos desesperados em caso de crise, talvez tenhamos muita dificuldade em nos defender. Geralmente imaginamos que as pessoas que porventura tentem invadir nossos refúgios, esconderijos, casas, etc vão ser pessoas que saberão o que estão fazendo. Mas, como reagiríamos se o ataque fosse feito por, por exemplo, crianças desesperadas??
        Já li relatos de ataques de crianças e adolescentes aos comboios de ajuda humanitária da ONU em zonas de calamidade no continente africano, ataques esses extremamente brutais. O desespero causado pela falta de água e comida as levou à isso.
        Talvez este fosse um tópico interessante para um futuro Sobrecast. Pensar nessas possibilidades. Algo como O Poder Do Desespero…

        Inté e obrigado pela resposta!

  • Mt bom cara, vo ate deixar uma pergunta q n tem nd haver cm esse sobrecast, mas quem sabe ela não é respondida no pergunte ao lobo ne!
    La vai: Julio o quanto pode ser perigoso para os sobrevivencialistas terem dividas, sejam elas financeiras ( pessoalmente msm, sem ter nada envolvendo bancos) ou dividas de favores, na hr do perrengue, isso pode se tornar um grande problema? tenho minhas convicções mas queria saber de vc!! tmj

    • Oi, Ithalo! Sobre este tema eu escrevi um artigo sobre a Crise de 29, que está aqui no Sobrevivencialismo e tb lá no meu blog e, um outro texto chamado “Vacas magras: sacadas sobrevivencialistas”: https://asobrevivencialista.wordpress.com/2016/09/04/vacas-magras-sacadas-sobrevivencialistas/ Inté!

    • Primeiro, Moni, li seu texto sobre a Crise de 29 e UoUUU muito legal mesmo, ficou muito bom.
      Ithalo, não sou o Julio para te responder e nem um ESPECIALISTA neste assunto, apesar de formado em economia. Por itens: 1.Se tem dívida pessoal, com um indivíduo uma pessoa, realmente podes estar beeem lascado. Esse é o pior cenário por óbvio. 2.Agora digamos que tenhas dívida em banco por exemplo: a inflação corroe o poder de compra, o que significa que o que você compra hoje com 10 reais, ano que vem vais precisar de mais do que 10 reais.. Se tu tem uma dívida, veja se ela é pós fixado (reajustado conforme inflação) ou se é a taxa de juros fixa (como a grande maioria dos empréstimos são, vide financiamento imobiliário, crédito pessoal etc). Aí, nesse caso, em teoria você sai ganhando, pq tua renda hoje em termos nominais é maior do que no passado (p.ex. o salário mínimo alguns anos atrás era de 500 reais, hoje é de 880 reais) e a renda tende a acompanhar a inflação.. por isso, se tu tem um empréstimo com juro de 6% e a inflação é de 10%, em teoria e nominalmente, você está pagando barato, pois abaixo da inflação.

      No fim das contas, em tempos de crise ou fora de crise, o ideal é: NÃO TENHA DÍVIDA. NÃO USE CARTÃO DE CRÉDITO, NÃO USE O LIMITE DO CHEQUE ESPECIAL DE SUA CONTA. Mas se por ventura tiveres que usá-los, use o mínimo possível, mude seu modo de vida, compre produtos similares mas mais baratos etc etc.

      Um último ponto: em uma verdadeira grande crise, de colapso, não podemos esquecer que o papel-moeda, nossas notas de reais, às quais temos fé que valem algo além de papel, nada mais valerão.. Então, ter produtos de troca é fundamental.. e, Ouro físico, prata etc sempre é bom ter, pois em uma crise mundial, em especial econômica, o preço do mineral vai subir lá pra cima, se hoje está em U$$ 1.300/onça, pode ir a U$$5.000 – 10.000 (e ai sim estamos na SHFT porque o galão de petróleo pode ir a U$$400 o que hoje está em U$$46,61 e por efeito dominó tudo o mais ficará várias vezes mais caro (ou seja, a inflação não vai ser de 10% como ano passado, mas de 100% ou mais).
      Abraço.

  • Cayo Vinícius

    Fala galera, gostei dos pontos de vista. Eu tenho minha fe, mas não fico esperando que a resolução de todos os meus problemas caiam do céu, prefiro me mexer e estar preparado. Tenho observado como as condições climáticas tem se alterado, um exemplo é a propriedade do avô da minha esposa, q tem diversas nascentes q não secavam, mas de uns três anos pra cá estão secando no período mais seco do ano. Também acredito q a ciência tem ajudado muito a entender diversos fenômenos e como vc disse Júlio, a ciência está aí pra explicar e não complicar. Ébano quando eu moravao numa casa e tinha um pit bull q eu mesmo adestrei, sempre q batiam no meu portão pra conversar, eu mandava o o cachorro sentar e ficar quieto, abria o portão com ele solto atrás de mim e a conversa não passava de um bom dia (q fique claro q não sou contra nem uma religião e eu acredito em Deus). Do mais continuem com a abordagem q vcs acharem melhor, até porque mesmo q vcs mudem vão continuar a não agradar a todos. Um grande abraço

    • Grata pelo seu posicionamento, Cayo! A gente tem a preocupação de não ser ofensivo, mas ainda assim, preferimos mesmo ser autênticos. Sobre a propriedade do avô de sua esposa, indico urgentemente o replantio das árvores derrubadas para o retorno da normalidade do fluxo das águas, mesmo que a mudança só seja percebida depois do terceiro ou quarto ano. Vai por mim! Valeu! Inté!

      • Cayo Vinícius

        Mini, infelizmente a coisa é diferente, pois a área é preservada com uma vegetação exuberante e é proibido queimadas próximo as nascentes, mesmo assim a água some. Obrigado por responder

  • Já nem gosto de polêmica, sabe!? :v

    • kkk Ahhhh, aqui ngm gosta dessas coisas de fazer polêmicas nãoooo! #mentiraDETECTED
      Valeuuu! Inté!

  • Muito bom msm cara,aproveitando vou deixar uma pergunta, quem sabe ela não é respondida ne!!
    Julio, o quanto prejudicial pode ser pra um sobrevivencialista ter dividas, cm pessoas que não são de total confiança, seja ela financeira, ou ate msm de favores, eu penso em algumas coisas, mas vc tem mais experiencia e queria ouvir o seu ponto de vista!!
    agradeço desde ja!

  • Sergio Franco

    Moni Abreu!!!!
    Só vale a pena sobreviver se for com o seu café!!!!

    • Kkk Olha aí o jabá de novo gentemmmmmm! Com certeza, para sobreviver, TEM QUE TER café, mas só se for café especial, pq o tradicional é uma bomba relógio kkkk Gratíssima por sua percepção clara do que é de fato sobreviver! 😉 Inté!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s