Sobrecast 27 – Terrorismo: O Brasil está preparado para um ataque?

Com as Olimpíadas cada vez mais perto e a instabilidade nos conflitos globais só aumentando, uma série de dúvidas começam surgir. Será que algo pode acontecer durante os eventos? O que é o terrorismo? Será que sabemos como lidar com ele? O que você pode fazer para se proteger? Descubra tudo isso neste nosso episódio 27 do Sobrecast!

Quer mandar a sua opinião sobre o que comentamos? Acha que demos alguma “canelada”? Coloque nos comentários abaixo!

Até.

Anúncios

17 comentários

  • EDSON APARECIDO DA SILVA

    Na minha opinião o Brasil não está totalmente preparado. Para esse tipo de situação, porque nunca passamos por isso e portanto não temos experiência nestas condições de horror não temos um emocional forte o bastante para isso.

  • agno inocencio

    BOA TARDE!
    GOSTARIA DE PARABENIZAR PELO SEU TRABALHO… VICIEI NOS VIDEOS, UM MELHOR QUE OUTRO…
    SÓ GOSTARIA DE ESCLARECER UMA DUVIDA.
    QUAL É A SUA BASE DE FORMAÇÃO E/OU ESPECIALIZAÇÃO NOS ASSUNTOS?

  • Marcos Santiago Delacoletta

    Eu moro em Curitiba, e trabalho do lado do estádio do Atlético onde ocorreu alguns jogos da copa. Tive que fazer uma volta gigante pra chegar no trabalho por causa dos bloqueios da copa. Só quem era morador da região ou quem ia aos jogos podiam entrar. Inclusive até os comércios fecharam no dia…

  • Pois é, Geronimo, criou-se uma lei, mas não sabemos que órgão é o responsável pela execução e fiscalização do que a lei considera “atos de terrorismo”. Estamos de certa forma à mercê do que vier. Torçamos para que o mega evento transcorra sem maiores incidentes. Grata pelo seu comentário! Inté!

  • Terrorismo já vivo todos os dias: se saio de casa, me preocupo com minha casa sozinha; se estaciono o carro, não sei se o encontrarei intacto na volta; se vou sacar no caixa eletrônico, olho para todos os lados; se vou acampar ou dar uma caminhada ao entardecer, ah disso já desisti…

    • Vivemos mesmo um terror social generalizado e diário, Max. Só que esses atos não tem objetivos amplos, apenas anseios individuais e no mais das vezes, dispersos. O terrorismo tem objetivo coletivo num ataque e um ‘ponto de vista’ a defender, geralmente baseado num fundamentalismo étnico ou religioso. O Brasil não tem cultura terrorista por conta isso. Temos apenas focos de terror social. Grata plea sua observação. E… salve-se! 😉

      • Olá, obrigado pela observação. Meu post foi meio sem propósito e não passou de um desabafo, além da mania de se preocupar com os perigos mais “eminentes”. Por conta disso, não me preocupo muito com atentados, seja promovido por grupos terroristas organizados ou por “iniciativa pessoal”. Porém, embora um ataque no Brasil seja possível, principalmente no período das olimpíadas, acho que o risco maior será para as delegações e\ou turistas de determinados países: Israel, EUA, França e Inglaterra. O Brasil não participou da coalisão contra o Iraque, Afeganistão, Líbia ou Síria, inclusive houveram críticas do governo ante ações militares contra esses países. O mesmo se dá (ou se dava) na causa Palestina. Claro que nada impede o efeito colateral, vindo a atingir muitos brasileiros em caso de atentado.
        Também acho que pouco se pode fazer em caso de atentado a não ser contar com a sorte de não estar no local e hora errados.

      • Bem por ai, Max. Tb não acredito que somos/seremos alvos diretos. Pode ser até que apareçam alguns engraçadinhos se passando por terroristas, mas como vc observou: não estejamos em meio a tumultos e evitaremos estar no “local e hora errados”! No mais, Já tens um Plano B? Esteja preparado! kkk (roubei do Julio!) Grata pela sua tréplica! Inté!

  • Não posso fazer protesto contra a vinda dos ISIS, mas eu posso ferrar o Brasil todo

  • Quando vai ser a passeata sobrevivencialista e quando? Tbm to dentro HAhahaha

  • Aproveitando a temática do seu post, seria interessante talvez uns vídeos mostrando como se defender a ataques de granadas, explosões etc.

    • É algo que pode salvar vidas se aplicado corretamente.

  • Heheheh, o pior disso tudo, é que esses caras ainda acham que vão ter 72 virgens no paíso pra eles, caso se explodam como um homem bomba.

    Segue minha referência:
    http://veja.abril.com.br/blog/duvidas-universais/se-o-paraiso-islamico-tem-72-virgens-que-interesse-teria-nele-uma-mulher-bomba/

    • Triste reconhecer que o fundamentalismo religioso apoia-se integralmente no emocionalismo barato e pior, CONQUISTA adeptos…. Ainda bem que o Brasil não tem cultura terrorista, apesar dos pequenos fundamentalismos esparsos. Grata pelo seu comentário, Miguel. E… salve-se!

      • Obrigado pelo feedback!

  • Ola pessoal. Acho que o Brasil não esta tão preparado como outras nações que já estão acostumados a lidar com esse tipo de Terrorismo. Porem eu imaginava também que a copa seria a mesma coisa e aos trancos e barrancos o Brasil conseguiu realizar a copa com poucos incidentes. Lembro até que na época da copa tínhamos muitas manifestações contra a corrupção ocorrendo junto com a copa. Claro incidentes aconteceram. O ruim disso tudo é que mesmo EUA, França, que lidam mais com Terrorismo ou o Brasil que nunca lidou com esse tipo de situação eles podem prevenir. Porem basta um maluco e um descuido da segurança para que possa gerar uma grande catástrofe.

    • Pois é, Geronimo, criou-se uma lei, mas não sabemos que órgão é o responsável pela execução e fiscalização do que a lei considera “atos de terrorismo”. Estamos de certa forma à mercê do que vier. Torçamos para que o mega evento transcorra sem maiores incidentes. Grata pelo seu comentário! Inté!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s