Armadilhas de guerra – Buraco Apache

Em cenários de guerra, tudo vale – infelizmente. Foi pensando assim que muitos exércitos utilizaram armadilhas letais para abalar as tropas inimigas física e psicologicamente. Hoje você conhecerá uma dessas armadilhas, o Buraco Apache. 

O nome da armadilha vem dos Índios Apache, que utilizavam esta técnica para pegar animais de grande porte – como ursos e alces – e também durante batalhas territoriais contra os colonizadores ingleses no começo da história dos EUA.

Devido ao seu poder devastador de incapacitar uma pessoa ou animal e também a facilidade de construção, ela foi usada em vários outros conflitos humanos ao longo da história, como por exemplo, a Guerra do Vietnã.

Nós decidimos trazer este conteúdo para você para ampliar o seu conhecimento histórico e de sobrevivência.  Afinal, conhecimento não pesa e nunca sabemos quando ele pode ser útil, não é verdade? Mas, antes de começarmos eu deixo claro aqui que não incentivamos o uso dessa técnica – seja para caça ou defesa – visto que as consequências podem lhe trazer problemas sérios com a justiça. Se você ainda assim decidir praticar essa instrução, você está por sua conta e risco.

Com estes pontos esclarecidos, vamos ao vídeo:

Se você gostou de conhecer esta armadilha ou conhece técnicas semelhantes, nos conte nos comentários abaixo! Temos a intenção de trazer muitos outros vídeos como esses mas precisamos saber se vocês acham que o conteúdo vale a pena.

Até.

Anúncios

7 Comentários

  • Entendo que essas armadilhas não causam morte direta, mas ferimentos graves e transtornos, pois um combatente ferido praticamente imobiliza outros dois. A idéia dessas armadilhas de guerra é apenas solapar o moral e retardar avanço de tropas.

  • Sem dúvida que vale muito a pena esses artigos, gostei muito e apoio para que vocês continuem
    fazendo estas grandes obras primas.

  • Parabéns pelo artigo e pela vídeo aula! Massa!!! Deus Abençoa…

  • Parabéns pelo artigo e pela vídeo aula! Massa!!! Deus Abençoa

  • Já vi documentários sobre esta armadilha. Um deles no vietnã mostrava com pontas voltadas para baixo e para cima, em funil. O soldado pisando em falso furava a perna(ou pernas) e ao tentar sair ou ser puxado pelos colegar urrando de dor, a pontas voltadas para baixo aumentavam o estrago, imobilizando totalmente o combatente e chocando muito seus companheiros. O vietinamitas também usavam muito o bambu em pontas, inclusive queimando estas pontas para garantir dureza e farpas.

  • “Se você gostou de conhecer esta armadilha ou conhece técnicas semelhantes, nos conte nos comentários abaixo! Temos a intenção de trazer muitos outros vídeos como esses mas precisamos saber se vocês acham que o conteúdo vale a pena.”
    Sempre vale a pena.
    Esse tipo de armadilha é velha conhecida de muitos povos, desde a África subsaariana, passando pelo mediterrâneo, oriente médio até a Ásia Central, e aparentemente há citações dela já na Grécia antiga. Nada como a prova do tempo pra demonstrar a eficiência de uma técnica.

  • Muito bom. Vale lembrar que a necessidade de se usar esse tipo de expediente pode surgir em ambiente urbano, como sobreviver a distúrbios provocados por uma guerra civil, por exemplo. Pesquisando sites estrangeiros, encontrei criativos exemplos de armadilhas vietcongs, que podem ser construídas utilizando peças de madeira, metal e até PVC.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s