Post do leitor: Aircooled BOV – 10 motivos para você ter um!

Quem tem o pensamento sobrevivencialista sempre procura de uma forma ou de outra se precaver e estudar saídas para eventos diversos, de tempestades tropicais a crises econômicas e sociais.

Sabemos que o nosso mundo não anda lá essas coisas e a instabilidade nos ronda a cada esquina, vide os últimos acontecimentos climáticos, por exemplo. Pensando em como poderíamos nos deslocar diante de uma situação difícil, onde ainda seja possível pegar uma estrada e ir pra longe, qual seria a primeira coisa que uma pessoa pensaria para veículo de fuga? Muitos vão dizer: uma caminhonete de última geração, tração nas quatro rodas, freios ABS, injeção eletrônica, etc…

Então, eu gostaria de lhe dizer o seguinte: há momentos em que o menos é mais e toda a tecnologia pode não ser suficiente para nos ajudar. Eu por exemplo, escolheria um Fusca. É isso mesmo que você ouviu, um carro de tecnologia antiga como um Fusca ou veículo de mecânica similar!

O Fusca, por exemplo, foi adaptado para a guerra em um tempo em que as coisas eram feitas para durar, ele está aí firme e forte até os dias de hoje! Nós vamos morrer e os Fuscas bem cuidados permanecerão. Muitos o criticam e muitos o amam!

A facilidade de manutenção também se faz presente, pois é um carro minimalista. O funcionamento dos carros mais antigos foi usado como base para o desenvolvimento das centrais automotivas mais modernas. Então, entender o funcionamento de um Fusca ou similar é estar no controle dos principais problemas que o mesmo possa apresentar. Acredite, nas piores horas, controle é tudo o que precisamos.

Ele vai aonde qualquer carro vai. Se você acha que velocidade é tudo, pense melhor. Com uma média de 80 a 100 km/h, limite das principais rodovias do país, você chega bem e chega seguro.

Por ser um carro forte, no caminho você pode até dar uma força para aquele motorista que se aventurou off Road com a sua 4×4 e ficou num atoleiro ou caiu num buraco.

Se você apresentasse a um general alemão da segunda guerra um Fusca e um utilitário moderno 4×4, certamente ele escolheria o Fusca. Eis as dez boas razões:military_kommandeurwagen

Motor resfriado a ar (aircooled). No mais tenebroso dos desertos ou em situação de seca extrema isso faz toda a diferença, além do que, sobra água pra nós bebermos.

Propulsão traseira e força – não é um 4×4, mas o motor alocado na traseira faz com que o carro seja valente e tenha força suficiente para vencer obstáculos e subir morros.

Em altas altitudes, onde o ar é rarefeito, ele também não deixa feio. Além de não ter a preocupação com o congelamento da água em seu sistema, lá ele é um dos poucos que pode trafegar.

Em alagamentos, onde muitos carros modernos com centrais eletrônicas e última geração não são páreos, lá está o Fusca como um tanque, com a sua aerodinâmica cortando a água, empurrado por seu motor na traseira.

Um Fusca pode ser tão eficiente quanto um carro moderno, se respeitadas as devidas manutenções. Ainda com a vantagem de que esse custo de manutenção, comparado ao de carros mais modernos, é extremamente reduzido.

Em uma situação extrema, seria um dos carros mais confiáveis para se ter a mão devido a sua robustez e simplicidade de funcionamento. Dizem que com um alicate e um arame você conserta um Fusca e eu digo o seguinte: um alicate, um arame, peças acessórias, mais algumas ferramentas básicas e conhecimento sobre o que você está fazendo.

As peças de reposição são fáceis de serem encontradas em qualquer auto peças a um bom preço, já que se tratam de tecnologia antiga.

Numa tempestade eletromagnética de grandes proporções serão atingidos os principais circuitos de transmissão elétrica, rádio e satélites. Imagine um carro moderno funcionando a base de chips e circuitos eletrônicos? A objetividade do Fusca te surpreenderá nesse momento, pois ele não tem nenhum chip, nem circuito eletrônico que deixará de funcionar para deixá-lo inoperante. Enquanto isso, um carro moderno com toda a sua tecnologia não servirá pra nada…

Um carro acima de qualquer suspeita. Um Fusca, por ser um carro popular e por isso, com menor apelo comercial, não será motivo de cobiça de ninguém. Você passa despercebido. Isso, claro, até o momento que as pessoas perceberem a sua versatilidade.

10ª – Por seu valor de mercado em média ser bem mais baixo do que um carro novo é possível você ter mais de um Fusca bem preparado e guardado te esperando em um ponto estratégico, caso seja necessário uma viajem longa ou uma rota de fuga alternativa.

Conclusão

O Fusca foi um dos responsáveis pela eficiência do avanço alemão em solo inimigo devido a essas principais características. Mas voltando aos tempos atuais, é um carro que tanto quanto outros, merece a devida manutenção mecânica para que desenvolva todo o seu potencial. Com sua força e resistência, aliada aos conhecimentos básicos do usuário, ele pode se tornar um grande aliado no momento que mais podemos precisar.

Então, você sobrevivencialista, lembre-se que em um momento emergencial ser objetivo e simples é tudo o que se precisa. Deixe seus preconceitos de lado e perceba que um carro com mecânicas simples, como a do Fusca e similares, pode lhe trazer muitas vantagens!

Texto de Arnaldo Fafiães, Cientista Social e Fuscólogo do Ateliê do Fusca