Post do leitor: Conselhos sobre cutelaria para iniciantes

Fiz esse texto no intuito de dividir um pouco da minha experiência aos futuros sobrevivencialistas que buscam comprar suas primeiras lâminas. Seguem abaixo as minhas dicas:

1. Saiba o que você está comprando.
Não compre uma faca ou canivete só pela estética. Faca boa é faca fácil de afiar e difícil de quebrar. É verdade que uma faca “de marca” pode ser uma decepção e o inverso também é verdadeiro. Também não se iluda, é muito fácil o primeiro caso e muito difícil o segundo.

Um conselho: Procure pelo reviews e comentários sobre o modelo que você deseja comprar no youtube e nos websites e fóruns sobre sobrevivencialismo e bushcraft.

Eu mesmo já me decepcionei com o Hunter Pro da Victorinox. Só de segurar o plástico do cabo cortou a minha mão e pra abrir mesmo com óleo é uma dificuldade… Também tive uma Ka-Bar BK2. É o “tanque de guerra” das facas. Uns a amam e outros a odeiam. Acabei vendendo-a por causa do peso. Só de segurá-la já me cansava (rs).

2. Para o que você está se preparando? 
Todos os “caras” do sobrevivencialismo dão esse conselho. Mas a maioria só percebe que deve se fazer essa pergunta após ter comprado um monte de equipamento de baixa qualidade ou inútil para si. Para “o quê” você está se preparando vai determinar o tipo de lâmina que você deve adquirir.

Se você é um sobrevivencialista urbano, compre um bom canivete inox de abertura rápida. Se você quer ser um bushcrafter, no futuro quando você for um, com certeza será um apaixonado pelos facões de cabo de madeira de 15 reais que você compra em qualquer lojinha de materias de construção. São baratos e fáceis de afiar. Isso é um fato: Você não vai levar chaira e pedra de amolar de 6 polegadas para o mato para afiar suas làminas. Pelo mesmos uma vez você vai afiar o seu facão numa pedra qualquer!

3. Faca de aço carbono ou inox?
Depende do item 1. Há facas de aço inox (stainless steel) tão boas quanto as de aço carbono, mas em geral são caras. Se você quer colecionar ou pratica um esporte náutico eu sugiro as de aço inox. Facas de aço carbono são feitas para comprar e usar! Caso ela for ficar parada, passe um óleo anticorrosão e a envolva em plástico PVC. Repita isso a cada seis meses ou menos.

4. Você quer realmente ser um colecionador? 
Não saia comprando feito louco. Já vi muitos comprarem um monte de facas e canivetes do tipo réplica ou assumidamente “xing-ling” em websites como o Ebay e Aliexpress e se arrependerem amargamente. Há marcas e cuteleiros bons e ruins e até os bons erram em certos modelos. Todo colecionador sabe que o que você adquire deve ser de possível troca ou revenda.

5. Quinto é último conselho: Faca usada é faca ralada! 
Se você tão está apaixado pela faca que acabou de adquirir que tem pena de usá-la, lhe dou um conselho: Não a use! Sua faca vai ficar toda ralada cedo ou tarde e isso é um fato! A pintura da lâmina vai sair até o terceiro uso. Você também vai errar enquanto estiver aprendendo a afiar a sua faca e o resultado disso é sempre uma lâmina ralada. Também evite usar a sua faca para rachar madeira. É pra isso serve um machado! 

Bom, se alguém tiver o sexto ou mais conselhos, falem a respeito nos comentários.

Abraços,
Diego Silva.
GSE-PE/17a