Introdução ao calibre 12

Continuando com a série introdutória sobre armas hoje lhes trago o calibre 12. Muito popular em jogos, filmes e nos campos de tiro, o calibre 12 tem se mostrado bastante versátil e pode ser uma ótima ferramenta para o sobrevivencialista.

1010506_597478003620468_1815450009_n

Sua história é regada de casos interessantes e bastante curiosos, desde seu uso contra piratas até trucidando inimigos nas trincheiras de guerra. Hoje é um item bastante requisitado pelos preparadores americanos e configura-se como uma das melhores ferramentas para defesa à curta distância devido a seu poder de parada imenso.

Fiz um vídeo bastante simples e rápido para começar a falar de leve sobre o assunto, espero que gostem:

Com certeza abordaremos este calibre de forma mais completa em um futuro próximo.

Até.

Anúncios

21 comentários

  • Caro colega, dizer que essa arma e semi-automatica creio que seja um equívoco!
    Até existem várias marcas e modelos semi e auto, más essa não.

  • Gostaria ue vc tirasse uma dúvida minha. A cal.12 de um cano só, se eu cerrar o cano até o limite, pra que fique parecendo um garruchão; perderia muito da eficiencia , mesmo a curta distancia ou é apenas proibição do Exercito para a mobilidade? muito grato pela atenção e um abraço.

    • Caro colega, a questão do cano e a seguinte: Cano até 19 polegadas uso policial.
      Cano de 20 a 24 polegadas uso civil!

  • Amilton de Oliveira

    AMILTON

    Olá pessoal!
    Sou militar do Exército, atirador e sou da idéia que todo cidadão de bem tenha uma arma e mais importante saber usa-la.
    Qual a arma ideal? Sou de parecer que depende da situação, um revolver é tecnicamente uma arma de defesa e uma pistola é uma arma de combate assim como uma pump é considerada uma arma de caça 12 semi automática é uma espetacular arma de combate, mas lembro que ambas tem uma dependencia logistica em termos de peças ao passo que uma boito defender de dois canos é bem mais simples,adianto pra vocês que o Exército mandou recolher todas as suas Boito por causa de um acidente acontecido com um militar na Amazônia, tenho uma CBC 586 com aparelho de pontaria,atiro de 50 a 100 tiros no mês só pra manter as habilidades e faço minha própria munição,mas sempre preciso de uma maquina derecarga pra calibrar os cartuchos, algo que não preciso se minha arma for de 2 canos por exemplo.
    As armas curtas realmente são melhores pra dissimular e um 38 Spl quebra o galho, mas sempre prefiram munições HP ponta oca, não acredite que uma munição ponta oca não perfura uma lataria de carro perfura sim. Graças a legislação militar, possuo uma imbel .40 e acho as imbel as meljores pistola, basta vocês irem clube de tiro e perguntar, as Taurus estão com muitos problemas principalmente a série 24/7.sinceramente pra um sobrevivêncialista eu indicaria um RT 410 da taurus, calibre 36gauge ou seja um revolver que usar cartucho de caça e vc faz a munição em casa e sem máquina, mas cuidade estude sobre a carga de polvora indicada pro calibre, e claro é sempre bom munição original.
    Bom isso é um assunto que da uma graduação e uma pós graduação, mas vou parar por aqui.(risos).

    SELVAAA!

  • omde vocês arruma as armas são suas

  • Olá a todos.

    Tenho pensado seriamente na possibilidade de adquirir uma arma para defesa residencial, em breve estarei frequentando um clube de tiro.

    Como exposto no vídeo, a questão do comprimento do cano é um fator a se pensar, principalmente no meu caso, onde moro em uma casa com cômodos pequenos, uma arma com um cano desse seria grande demais.

    Me parece que essa limitação de nossa legislação é relativa ao calibre 12, e não aos outros calibres de espingardas, a Taurus tem um revolver no calibre .410 por exemplo.

    Diante disso peço a ajuda dos colegas entendidos sobre a possibilidade de emprego de outros calibres para defesa residencial, como por exemplo os calibres 16 ou 20. Esses calibres me dão a impressão de serem opções bem efetivas também para defesa, e o calibre 20 possui inclusive espingardas semi auto no mercado.

    Esses calibres então poderiam ser usados em espingardas com canos mais curtos e seriam adequados a defesa residencial?

    Muito obrigado a todos.

  • Major COSTA TELLES

    Com respeito à nomenclatura: é GAUGE 12, não Gáugio, como um colega comentou. Um desocupado (de sobrenome Gauge), em priscas eras do desenvolvimento das Armas de Fogo inventou uma forma de medir e padronizar os canos de armas de alma lisa (espingardas).
    Fazia esferas de chumbo que entravam justas no cano a ser medido; pesava todas as esferas necessárias até completar uma libra; contava as esferas e tinha- se a medida padrão do cano. Por isso, quanto maior o número. menor a medida do cano da espingarda.
    Quanto à escolha CBC x BOITO, podem entrar fundo na última. Apesar de ter alumínio em sua construção, ela tem projeto muito mais tático, é mais robusta em acabamento (a CBC arranha facilmente) e suas peças internas São mais resistentes (a CBC costuma quebrar o extrator e o percussor).
    A limitação de cano é, realmente para dificultar a ocultação da arma. Também nos países de 1º mundo existem tais limitações.
    O Revólver .38Spl é a escolha lógica para primeira arma de defesa, mas trem aplicação tática limitada e, dependendo da situação, excessivo alcance. Enquanto uma “bala perdida” de um .38 pode matar um inocente até 1.000m, um disparo de Gau12 dificilmente provocará danos em alguém situado a cerca de 150m.

    • Cara um projétil de .38 a 1000 metros??
      Achei que fosse 65 metros efetivo e 700 alcance em parabula!

  • Yoseph Makabi

    Olá rapaziada… realmente é GÁUGIO e não CALIBRE, quando se refere a ESPINGARDAS de ALMA LISA. Mas a denominação pouco importa, principalmente para quem leva um tiro. A marca nacional menos problemática é a BOITO, no caso de espingarda, o resto é problema. Quanto ao funcionamento eu prefiro espingardas de UM CANO e CÃO EXTERNO. As “pump action” são pesadas e podem apresentar problemas sérios em um confronto, são bonitas em cenas de filme americano. Mas pra confronto em ambientes urbanos principalmente fechados, prefiro um REVÓLVER .38. Se for combate urbano ou rural, em ruas ou mato, ou ambientes espaçosos, uma carabina de repetiçao .22LR resolve… é só ter boa mira e nervos de aço. O governo e suas leis obrigam o cidadão a se marginalizar. Não dá pra ter arma documentada… Clandestinidade, mercado negro e pirataria… Já pagamos impostos demais…
    SELVA!!!

  • eddygunslinger

    Julio, sobre a outra arma que vc fez o vídio, o Racing Bull .44, é fácil achar munição para ela? e custa muito caro? Obrigado pela ajuda.

    • eddygunslinger

      *Vídeo

  • Acredito que todo tipo de arma tem sua utilidade. Eu mesmo não abriria mão de um bom .38 ou pistola 380, devido a sua discrição – nem sempre poderemos ostentar uma arma, mesmo numa situação caótica. Portanto, quanto mais armamento puder dispor, melhor. Mas a rígida legislação e o alto custo para comprar e cobrir as exigências legais de registro acabam reduzindo nossas opções.
    Mas também quero aproveitar o comentário para sugerir um artigo sobre o tufão que atingiu o povo filipino. Por aí percebemos que qualquer um pode se ver numa situação limite de uma hora para outra: sem água, comida, energia, vias transitáveis e abrigo. O socorro, dado a proporção do cataclisma, vai demorar a chegar suficientemente a todas as vítimas. Com certeza saques, seja de delinquentes ou de pessoas desesperadas, devem se tornar rotina nesse período.
    Acho que, para situações como essas, se mantivéssemos enterrados em nossa casa (pátio ou mesmo dentro dela), estoque de água e enlatados e em embalagens herméticas, alnguns cereais, medicamentos, nossos documentos mais importantes (sejam pessoais ou de bens), fora lanternas, armas, etc. , seria uma prevenção mínima. Poderiam ser armazenados em “caixas” de concreto ou plásticas com capacidade mínima de uns 500 litros(quanto maior a família, maior capacidade).
    O comentário não tem muito a ver com o artigo, mas a tragédia felipina me impressionou muito. abraços

  • Gáugio 12, de caça à auto-defesa… Concordo que todo sobrevivencialista deve possuir pelo menos uma arma que conte com esse calibre.
    Mais um ótimo vídeo, Júlio!

  • Sem dúvida uma das que acho mais interessantes. Acho que posso dar uma dica quanto à proibição do uso da cano curto Julio, fiquei sabendo por um amigo que em alguns locais a cano curto da 12 rojão é proibida em função da pontualidade de mira, elas fazem um estrago tão grande que não querem correr o risco de atirar pro lado errado. Não sei bem se é só isso, mas faz sentido pra mim que ela seja controlada por oferecee um poder bélico significativo. A cano longo acaba gerando um impulso de coice muito maior, mas a rota dos estilhaços acaba sendo bem mais restrita. Infelizmente nunca tive a oportunidade de atirar com uma, acho que pra um magricelo de 60kg não daria certo mesmo… eu sairia voando, hehehe.

    • Caro colega, a questão do cano e a seguinte: Cano até 19 polegadas uso policial.
      Cano de 20 a 24 polegadas uso civil!

  • Hassebrawbier

    “Gáugio 12” e não “calibre 12”.

  • essa 12 da um coice entanto em ? acho que uma 12 e um sonho de consumo para mim; mas infelizmente nosso pais faz uma campanha muito forte contra o desarmamento de um jeito em que desanima qualquer sobrevivencialista alem de tudo ainda tem de quebra a familia(imagina se souberem que tem uma arma em casa ).o jeito e achar um clube de tiro desses ai…. parabens pelo post

  • Muito top, meu sonho e ter uma 12 !!!!

  • Só completando meu comentário, tenho uma Boito e uma CBC, a vantagem da CBC em relação a Boito é que a primeira dispara cartuchos de 3″, que no Brasil são vendidos agora com a classificação “M” de Magnum, que são mais fortes que os cartuchos 2 3/4. Outra vantagem é em relação a Boite é a robustez, pois a estrutura da CBC é em aço e da Boito é em duralumínio, mas mesmo assim tanto uma quanto a outra são excelentes armas seja para defesa, seja para prática de tiro ou diversão.

  • Júlio, o motivo para que o exército não permita que se tenha armas calibre 12 com cano menores é por causa da mobilidade, assim dificulta a movimentação da arma.

  • É uma bela peça essa arma em e pelo que deu para ver no vídeo muito poderosa!

    Como sempre excelente vídeo brother, parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s