Tragédia em Santa Maria – RS

boate1

Caros senhores,com a infeliz tragédia acontecida na cidade de de Santa Maria – RS na boate Kiss, me vejo no dever de informar algumas dicas úteis para que assim possamos evitar mais mortes em situações como essa.

De forma bastante breve aqui seguem:

  1. Não se devem fazer shows pirotécnicos em locais fechados e nem utilizar artefatos da mesma classe, pois o risco de incêndio e muito alto ate mesmo em locais abertos;
  2. Tente saber se o estabelecimento em que você está tem além dos seguranças pelo menos dois bombeiros de plantão, pois são pessoas treinadas e numa situação de pânico sabem como agir para evacuar as pessoas que se encontrem no interior;
  3. Verifique se o estabelecimento tem extintores e verificar se os mesmos estão no prazo ou se no mínimo, estão com o ponteiro no verde e ainda lacrados, para assim em caso de emergência poderem ser utilizados.
  4. Verifique se o estabelecimento tem porta com barra anti pânico (saída de emergência) e se a mesma não está fechada com corrente ou cadeado ou ate mesmo obstruída .É muito comum vermos essas portas fechadas por cadeado em alguns estabelecimentos da categoria.
  5. Evite frequentar estabelecimentos no qual o pagamento seja só na saída, devido a que numa situação de emergência podem não lhe deixar sair com o pretexto de ter que pagar o consumo obrigatório .

Estas são as cinco dicas mais importantes para evitar que lhes aconteçam o infortúnio que aconteceu com os jovens que faleceram na boate Kiss em Santa Maria RS.

A equipe do Blog sente pelo acontecido e manda suas condolências a todos familiares e amigos que estão de luto neste momento.

SOBREVIVAM

Anúncios

24 Comentários

  • Exatamente PROF CARLOS DEMETRIUS , concordo com vc, por isso sempre tenho duas lâminas à disposição (junto ao corpo).
    O problema é que tem lugares que eu não posso entrar (bancos) com elas. Mas já entrei em outros lugares com elas sem problemas, pois não são ostensivas nem aparecem em revistas superficiais.

    • OI PREPARADOR, NÃO PRECISA SÓ SER LAMINAS OSTENCIVAS NÃO, EXISTEM MINI FERRAMENTAS QUE SÃO ROMPEDORES DE ARAMES E LACRES , PESQUISE NA INTERNET E VC VAI ENCONTRAR DISPOSITIVOS COMO ESS MULTIUSO PARA LEVAR NO SEU CHAVEIRO JUNTO AS SUAS CHAVES. SE NAÕ ENCONTRAR FAÇA UM COM SOBRAS DE METAL EM CASA OK ! É MUITO FACIL.
      SE COMUNIQUE COMIGO VIA E-MAIL E TE ENCAMINHO FOTOS DESSE MATERIAL OK ! O MEU E O : CARLOSDEMETRIUS70@GMAIL.COM , SERA UM PRAZER ORIENTA-LO.

    • OI PREPARADOR AQUI VAI UM LINK PARA VC RESOLVER O PROBLEMA DE ENTRAR EM QUALQUER AMBIENTE COM A SUA FERRAMENTA TATICA DE SOBREVIVEMCIA E DEFESA ACESSE ESTE LINK E ASSISTA A ULTIMA NOVIDADE PARA OS SOBREVIVENCIALISTAS URBANOS OK !
      ACESSE : http://igg.me/p/280289
      DEPOIS VC COMENTA COMIGO OK !
      UM ABRAÇO !

      • Muito obrigado.

  • Uma pergunta aos que tem alguma experiência ou treinamento de combate a incêndios: como romper o lacre do pino do extintor? sempre achei que ele deveria ser retirado no momento da instalação do extintor, para permitir a retirada do pino. Eu inclusive já tentei romper só para ver se conseguia, simplesmente puxando o pino (imagino que na hora do desespero é isso que as pessoas tentam fazer, simplesmente puxar o pino) mas não rompeu. Nunca vi um extintor sem o lacre e me pergunto se eu conseguiria usá-los quando neessário.
    Obrigado.

    • preparador e sobrevivencialista

      EU já usei extintores e foi basicamente o que vc disse, puxei o pino e ele saiu. Vc pode treinar o uso de extintores com extintores vencidos – vc é obrigado a trocar e eles funcionam, então antes de trocar gaste a carga e aprenda a usá-lo.
      aproveitando o assunto, te pergunto duas coisas: 1. vc tem um extintor extra no seu carro, ou só confia naquele que o governo obriga as montadora a colocar? (conheci uma família que perdeu o pai pq aquele extintorzinho foi ineficiente); 2. vc tem extintores em sua casa?
      São coisas que devemos pensar…
      Temos um protocolo de incêndio para nossos ambientes (casa, carro, trabalho?
      Eu tenho, e aconselho vc fazer o mesmo (ao seu modo).
      abs.

      • Eu nunca testei um extintor, só tentei retirar o pino como falei no post anterior e não consegui. Agora, achei interessante os lacres dos extintores no video postado abaixo estarem bem apertados, desse jeito é possível girar o pino e rompê-los, porém, os extintores dos locais que frequento têm os lacres mais frouxos, não sei se romperiam ou se romperiam com tanta facilidade só girando o pino.
        No carro só tenho o extintor de fábrica. Já fiz uma simulação para ver se demoraria muito para retirá-lo debaixo do banco em caso de emergência e até que fui rápido, só chei que o carpete que recobre o extintor é inútil e nos faz perder tempo. Ele já fica escondido embaixo do banco, pra que cobri-lo com um carpete? as montadoras não dão a devida importância à isso.
        Também não tenho um protocolo de incêndio. Tenho noções básicas como rastejar para manter a cabeça abaixada, cobrir a cabeça com pano úmido, não entrar em pânico.
        Por causa da violência dou mais atenção ao que fazer e principalmente não fazer durante um assalto ou agressão.
        Vou dar mais atenção à prevenção de incêndios e tentar me preparar para agir da melhor forma possível nessas situações, por exemplo, definindo rotas de fuga quando entrar em qualquer lugar e verificando a existência de extintores, saídas de emergência.

      • É ISSO AI VICTOR, UM HOME PREVINIDO E PREPARADO VIVE MAIS E MELHOR !!! NÃO BASTA SÓ UM EQUIPAMENTOS EM CONDIÇÕES O TREINO É MUITO IMPORTANTE TAMBEM, VALA A PENA ESTAR PREPARADO PARA O INESPERADO !

      • Olá Victor.
        Testa um extintor não é complicado, logo vc vai ter que trocar o do seu carro, então gaste a carga dele.
        O lacre que vc falou funciona como uma daquelas alças plásticas de contenção (eu conheço por engasga gato), se vc puxar a ponta ela aperta, aí vc repete o procedimento.
        Leve em consideração comprar um extinto extra e com mais carga, e coloque ou nos pés do passageiro, ou atrás do seu banco se seu carro for 4 portas.
        No caso do carpete que vc falou, eu resolvi meu problema cortando o carpete.
        Quanto a incêndios – uma regra de ouro é evitar multidões – se for inevitável, vá ao local antes (quando estiver vazio) pois cheio vc perde a noção do espaço.
        E se começar a lotar, saia imediatamente – sei de casos em que um palhaço gritou “BOMBA” no meio de uma multidão e teve gente que morreu pisoteado.

    • Exemplo:

      • OLA PREPARADOR, É POISSO QUE NOS PREPARADORES E SOBREVIVENCIALISTAS DEVEMOS SEMPRE TER A MÃO EM NOSSO E.D.C OU MESMO NO CHAVEIRO OU BOLSO UM PEQUENO CANIVETE OU MULTI FERRAMENTA PARA ROMPRE-MOS ESSAS PORCARIAS QUE ATRASA NOSSAS VIDAS.
        ” E MELHOR TERMOS ALGO GUARDADO EM NOSSAS VIDAS E NUNCA UITLIZARMOS, DO QUE PRECISAR DELAS E NÃO TE-LAS A MÃO NA NECESSIDADE !”

      • Aqui onde moro existem dezenas de boates nos mesmos padrões desta de SM, quando vc entra a sensação é claustrofóbica. As vezes que eu fui meio que obrigado a ir (tipo aniversário de amigos) fiquei poucos minutos e fui embora, quem me conhece sabe que eu não vou, e sabem o motivo, NÃO É UM LUGAR SEGURO.
        A maioria das pessoas se acostumou a delegar ao governo decisões vitais, e abriram mão de certos cuidados, as normas de segurança impostas pelas autoridades é mínima, as pessoas devem ter seu protocolo de autopreservação.
        Nestes casos em especial, é ideal que a pessoa não entre num local como estes, se tiver que entrar são inúmeras as medidas a serem tomadas.
        A regra de ouro é evitar aglomerações, isso porque a multidão gera o efeito manada, assim, qualquer situação de pânico (mesmo falsa) vai gerar vítimas fatais.
        Porém, se tiver que ir num lugar como estes, tem algumas dicas que eu sigo:
        1. Conheça o lugar (vazio) – quando chega muita gente vc perde a noção das dimensões e saídas do lugar.
        2. Tenha consciência do que acontece ao seu redor;
        3. Fique a uma distância segura das possíveis saídas;
        4. Se percebeu que o lugar lotou – saia imediatamente.

        Se a aglomeração ocorre ao ar livre (como em festivais) fique nas margens e não no meio da multidão. Procure um obstáculo ao seu redor para buscar proteção (como uma árvore, ou muro) – pq se vc não der conta de fugir a multidão te pisoteia.

        Veja pq eu evito aglomerações, especialmente em lugares fechados:

  • Diego Parreira de Queiroz

    Prof Carlos, já comentei sobre isto no facebook agora vou comentar aqui, como preparadores nao estamos preocupados com que os outras vão fazer para agente, e sim o que nos mesmos faremos para salvar nossas vida

    • OK CONCORDO CONTIGO DIEGÃO MAS PODEMOS AMENIZAR COM UMA FISCALIZAÇÃO SERIA E A LIBERAÇAO DE HABITS E ALVARAS COM AS DEVIDAS EXIGENCIAS CUMPRIDAS VC NÃO ACHA ???? AFINAL MESMO SENDO HOMICIDIO CULPOSO AINDA É CRIME CONTRA A VIDA HUMANA, QUANDO TRANCAMOS AS PESSOAS DENTRO DE UM AMBIENTE CONFINADO PEGANDO FOGO E COM UMA SO SAIDA TRANCADA POR IRRESPONSAVEIS MALUCOS, NEM PREPRADORES PREPARADOS COMO NÓS CONSEGUEM SAIR DESSA VIVOS !!!!

  • O que um evento trágico tem a nos ensinar!

    Realmente é muito desagradável abordarmos eventos trágicos, referido tema se tratado com seriedade não é um assunto dos mais populares, no entanto nos dá a oportunidade de aprender muito.
    Por alguma razão as pessoas baseiam sua vida na crença de que nada de mal pode lhes acontecer, há uma espécie de senso comum que faz com que os indivíduos tenham praticamente a certeza de que têm o controle das situações quotidianas.
    Quando acontece algo ruim, principalmente envolvendo uma realidade que faz parte da maioria das pessoas, há uma sensação geral de medo e desconforto, afinal aquelas vítimas não estavam em um beco escuro na madrugada, mas em suas casas (Realengo), ou em seu trabalho (desabamento do prédio no RJ), ou se divertindo com seus amigos (Santa Maria).
    Por isso, com exceção da mídia sensacionalista em sua programação grotesca e inútil, a maioria das pessoas evita este assunto. São estes choques de realidade que nos fazem pensar que estar vivo é muito mais que ir ao shoping, estar vivo é sobreviver.
    Os meios de comunicação que vendem a tragédia como um produto, ridicularizam as pessoas que se preocupam em se preparar para agir, perguntas jocosas como: “você acredita que o mundo vai acabar?” são lugar comum nestes meios de comunicação. Acontece que, não importa o motivo: o mundo acaba para quem não sobreviver ao dia de hoje!
    Preparação e a sobrevivência não tem nada a ver com infames teorias de invasão alienígena ou de zumbis, ou calendários maias e seus assemelhados. Trata sim de uma série de cuidados prévios que tem como foco principal manter-se vivo!
    Esta consciência deve ser fomentada, pois incute no indivíduo uma série de hábitos de preservação inerentes aos que sabem que não são intocáveis, nem vivem em um mundo de fantasia.
    Faz parte da natureza do sobrevivencialista tomar (quase que instintivamente) uma série de cuidados que aumentarão suas chances de se manter vivo, e não estou falando do fim do mundo, mas de riscos reais e iminentes que a maioria das pessoas prefere ignorar.
    Portanto, se você é um preparador tenha em mentes estes eventos sempre que desdenharem do seus hábitos de não frequentar aglomerações, checar as saídas de emergência, ou estocar recursos.
    E caso você não esteja habituado a este tipo de pensamento, seria saudável parar de pensar nas românticas teorias da TV sobre o fim do mundo, e se dar conta que o mundo realmente acaba para quem não está preparado.
    Assim, quando encontrar alguém – por exemplo, que more no 7° andar e tomou o cuidado de treinar técnicas de rapel para uma eventual saída de emergência – não pergunte a ele se acha que o mundo vai acabar, mas aproveite para tentar entender quais os riscos dos lugares que você costuma frequentar, pois certamente este sujeito sabe os riscos dos lugares que ele frequenta.

    • Meus parabéns pelas colocações, concordo com seu ponto de vista e fico feliz que a ideologia da preparação está bastante clara para outras pessoas.

      Abraços.

      • OI JULIO TODO BEM ( SINTO FALTA DE NOSSOS PAPOS NO SKYPE ) REALMENTE O MAL E ACHARAMSO QUE NUNCA VAI ACONTECER CONOSCO E AONDE ESTAMOS, NÃO EXISTE ZONTA DE CONFORTO PARA QUEM ESTA VIVO. PARA MORER BASTA FAZER NADA. OU SIMPLESMENTE DESCUIDAR-SE.

  • infelizmente o conjunto de erros somaram num erro fatal, parece comum que bandas facam shows irregulares e que casas noturnas tbm funcionem assim, porem acredito q se as pessoas fizessem uma avaliaçao de 2 minutos no lugar que vai frequentar, muito menos pessoas teriam morrido la. Aonde ja se viu confundir banheiro com saida de emergencia!!! no minimo a pessoa, nao sabia onde o banheiro ficava. saber onde é esses lugares, as saidas, se ha janelas, se esta super lotado, se da pra sair sem problemas, sao coisas rapidas e faceis de fazer, mas a maioria das pessoas simplesmente não fazem!!

  • Segundo a nr 23 do MTE:
    23.3.3 Todas as portas de batente, tanto as de saída como as de comunicações internas, devem:
    a) abrir no sentido da saída;
    b) situar-se de tal modo que, ao se abrirem, não impeçam as vias de passagem.
    23.3.6 Nenhuma porta de entrada, ou saída, ou de emergência de um estabelecimento ou local de trabalho, deverá ser
    fechada a chave, aferrolhada ou presa durante as horas de trabalho.
    23.3.7 Durante as horas de trabalho, poderão ser fechadas com dispositivos de segurança, que permitam a qualquer
    pessoa abri-las facilmente do interior do estabelecimento ou do local de trabalho.
    23.3.7.1 Em hipótese alguma, as portas de emergência deverão ser fechadas pelo lado externo, mesmo fora do horário de
    trabalho.

    • QUERO VER OS EMPRESARIOS CUPRIREM ESTA NORMAS DE SEGURANÇA E ACESSO !!!! SEM FISCALIZAÇÃO NÃO VAI FUNCIONAR !!!!! EM MANAUS ALGUMAS CASA NOTURNAS JA FORAM FECHADAS PELA PROPRIA FISCALIZAÇÃO DE LÁ POIS A CIDADE VIVE DA NOITE. QUEM SABE JA NÃO SEJA OS PRIMEIROS PASSOS PARA MELHORIA DAS DESGRAÇAS DESSE SETOR !

  • Portas de emergência PRECISAM abrir para o lado de fora. Na hora do tumulto as pessoas vão se prensando e o instinto tenta empurrar ao invés de puxar.

    Aqui no RS está todo mundo muito triste.

    • LAMENTO MUITO O OCORRIDO ISMAEL, SOU PROF DE TECNICAS DE SOBREVIVENCIA URBANA E GERAL. FIQUEI MUITO TRISTE QUE TENHA TERMINADOS DESSA FORMA, MEUS SENTIMENTOS A TODOS DAI . AQUI NO RIO DE JANEIRO ESTAMOS CHOCADOS !!!

      • Obrigado Professor.

  • REALMENTE AVALIANDO TU QUE ACONTECEU ATE AGORA E UM GRANDE ABSURDO QUE AS AUTORIDADES, EMPRESARIOS E GOVERNO NÃO TENHA AINDA TOMADO AS DECISÕES CORRETAS EM TERMOS DE FISCALIZAÇÃO, AUTUAÇÕES , MULTAS PESADAS EMQUANTO VIDAS HUMANAS SÃO CEIFADAS DESSA FORA EM UM TIPO DE EVENTO QUE PODERIA TER SIDO EVITADO. ATE QUANDO VAI CONTINUAR ASSIM ???? QUE BAGUNÇA E ESSA ????

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s