Pistolas ou Revólveres?

Sempre que me perguntam sobre armas de fogo vem a velha competição…“qual você prefere, revolver ou pistola?”. Quando fazia faculdade um professor me ensinou a resposta para tudo, então lá vai: DEPENDE. Assim posso argumentar melhor. O revolver para quem não sabe (acho difícil) é alimentado pelo “tambor” e a pistola é alimentada pelo “carregador” (pente é de passar no cabelo).

revolver_vs_pistol

O mecanismo da revolver funciona da seguinte forma: o  momento em que o “cão” recua, por ação simples ou ação dupla, o tambor gira uma alocação a qual será disparada, caso haja falha no disparo,  somente puxa o cão novamente que ela (a arma) estará pronta para disparo. No geral os revolveres são de cinco, seis, e sete tiros (existem outros de até 12 tiros).  É uma arma de fácil manutenção, não existe desmontagem em primeiro escalão, ou seja, desmontar sem o uso de ferramenta especifica. Costumam ser armas robustas, brutas e em raras exceções existe trava de gatilho, portanto é “só arrastar que cospe fogo”. A desvantagem é o carregamento e a pouca quantidade de disparos.

As pistolas possuem um ferrolho, que é o mecanismo que “carrega” a arma para o disparo. A maioria das PT’s (pistolas) são semi-automáticas, ou seja, basta manobrar o ferrolho para carregar a arma para o primeiro disparo e a partir daí a ação dos gazes provenientes da combustão da pólvora agem sobre o ferrolho fazendo assim o carregamento automático. Outro item interessante é a trava de segurança, trava do gatilho, trava do ferrolho e, em algumas PT’s a trava da empunhadura. A quantidade de munições em uma pistola costuma ser bastante superior e a cadência de tiro bem mais rápida que a do revólver, devido a ação do ferrolho ser automática e o revolver trabalhar de forma mecânica. Porém as PT’s apresentam algumas falhas como o duplo engatilhamento e chaminé.

Concluindo, a melhor arma de fogo é a que você esta mais acostumado a usar. Para quem deseja comprar uma arma de fogo leia aqui os requisitos legais. Cumprindo os requisitos legais, escolha uma que vá atender suas necessidades e te trazer segurança. Lembro a todos que no Brasil todos podem possuir uma arma de fogo, o mais burocrático é o porte, ou seja, carregar a arma.

Opinião particular agora! Trabalho com um PT .40 modelo MD5 Imbel e possuo um revolver Tauros cano 2” e cinco tiros. Comparando as duas a PT ganha de longe, a única vantagem do revolver é o tamanho reduzido e mais fácil de portar.

Qualquer dúvida comentem abaixo, respeitando as questões legais do tema, é claro.

Anúncios

79 comentários

  • Com tudo que li aqui vou optar pelo revolver ,agora a duvida o RT627 4polegadas e portavel ?

  • Bom dia, sempre tive muito apreço pela pistola 938 da taurus, mas para defesa acho melhor o revólver devido à probabilidade de pane ser menor. Gostaria de saber se as dimensões da 938 são iguais às dos revólveres de 2″ ou de 3″ pois por fotos e vídeos não dá para fazer essa comparação.
    Se alguém souber e puder me ajudar agradeceria muito.

  • Eu voto pelo RT 817, pelo seguinte motivo:
    1º Mecanismo simples, com a mínima possibilidade de dar defeito.
    2º Se você é casado, pode ensinar seu cônjuge usar e ficar despreocupado, pois na hora que mais precisar, as chances de uma falha é extremamente ínfima.
    3º Com os jet loaders disponíveis, é fácil treinar o rápido remuniciamento.
    4º A tecnologia de armas de repetição melhorou muito, agora temos revólveres de 7 e 8 tiros!
    5º O calibre 38 tem maior stop power que a 380.
    6º Numa situação extrema, o revólver só precisa de uma limpeza rápida, feita com a escova e óleo para lubrificação, o que você pode levar em seu kit de sobrevivência, já a pistola, se der problema, requer desmonte, lubrificação etc.
    7º Governos tiranos tendem a tirar a arma da mão do trabalhador para dar um golpe comunista, então, o RT 817 é ótimo para porte velado – também para o manuseio dentro de casa.
    Eu, ainda penso haver mais vantagens, mas acho que já é o suficiente.
    Um grande abraço a todos! Votem somente em candidatos que defendem o porte de arma para o cidadão e a cidadã trabalhadora!

  • Eduardo Nalin

    Muito bom o nível dos comentários o que ajuda muito. Adquiri um rt 817 e estou satisfeito, objetivo apenas defesa.

  • Cidadão de bem

    Boas explicações, para defesa e para ficar armazenado por longos períodos, sem dúvida o revólver é a arma ideal, pistolas são complexas e demandam manutenção constante, numa situação real de defesa é provável que não precise efetuar muitos disparos, TODO BANDIDO É COVARDE! é só ouvir o primeiro tiro vai sair correndo feito um raio! Eu também recomendaria a RT410 calibre 36, usa cartuchos que no caso legal, pode comprar uma quantidade maior por ano, mas se puder com certeza o bom e velho 38.

  • Num cenário de caos, onde as instituições estão inoperantes ou desmanteladas, portar armas grandes ou volumosas pode ser algo negativo.
    Uma pessoa armada, no caos, pode-se entender como hostilidade. Então uma arma pequena e leve seria a melhor escolha. Ex. Revolver 5 tiros 2″ .38 SPL ou TCP 738 6 tiros 380ACP seriam ótimas escolhas. A PT638 380 ACP 15Tiros, PT938 380 ACP 15 tiros tambem seriam outras opções.
    Uma faca, um canivete tático, um vitorinox, uma lanterna, entre outras coisas poderiam ajudar.

    • Concordo plenamente! Outra pistola que eu acho que vale a pena conferir antes de comprar uma arma é a PT58 HC PLUS 380AUTO 19+1. Ela é pequena, não é tão robusta quanto a PT938 e tem um diferencial na capacidade de munição.

  • Embora a lei diga que qualquer um que preencha as exigências da PF pode obter uma licença, na prática isso não acontece. A PF embora aceite o seu pedido de licença, só o concede se Vc. for um profissional que possa comprovar a necessidade da arma para o exercício de sua função. O que a PF está fazendo é ESTELIONATO, ou seja, obrigando-o a pagar taxas, fazer exames, etc., quando NÃO PRETENDE fornecer-lhe o serviço pelo qual Vc. está pagando.

  • Tenho um Taurus 85S à mais de 20 anos. Sempre comprei munição CBC e nunca falhou um único tiro nesse tempo todo… Até estranhei o comentário que alguém fez aí pra cima dizendo que já presenciou falha de 3 unidades numa cartela de 10. Devo ter dado sorte com minha munição.
    Antes, quando o porte era permitido para civis, eu andava com ele, mas agora, deixo em casa. Ele livrou minha cara algumas vezes naquela época. O problema dele é baixa capacidade de tiro (apenas 5) e a baixa precisão (tem apenas 2″ de cano) . Quando precisei usá-lo, somente uma vez foi preciso disparar mais de uma vez, e quando disparei o quarto tiro tive receio de usar o último e ser surpreendido. Assim como contamos os disparos, quem está do outro lado, se tiver experiência, também vai contar e vai conseguir saber se você está com um revolver ou pistola pela cadência de tiros. Sempre carreguei um speed loader, e costumo manter relativa calma nessas situações (costumava, porque, felizmente, faz muito tempo que não passo por isso), mas tive medo de ejetar a última munição não usada e não conseguir carregar as cinco novas.
    Atualmente estou pensando em comprar um pistola porque acho que ter maior quantidade de munição *daria* mais tranquilidade. Mas lendo os relatos aqui, fiquei em dúvida.

    Com que frequência falha a munição numa semi-automática? Não é questão de manter a arma em bom estado e as munições estocadas ao abrigo de umidade?

  • Olá!

    Sou militar e possuo uma IMBEL .40SC MD2 (“XODÓ”, Calibre .40S&W, Capacidade 12+1/16+1) e uma TAURUS PT 138 PRO (“MILLENNIUM”, Calibre .380ACP, Capacidade 12+1/15+1). Estou comprando mais uma arma e estou em dúvida se vou pelo Calibre diferente e mais potente do Revólver .38SPL (o modelo seria o “Snub” RT 817, com Capacidade para 7 tiros e uso indicado das munições +P+ pela TAURUS) ou pela maior Capacidade e, no caso de falha/quebra, a Intercambiabilidade da munição de outra Pistola .380ACP (no caso, o modelo PT 938, co Capacidade de 15+1/17+1), ambos das Forjas Taurus.

    Alguém poderia me ajudar com sua opinião?!

    Desde já agradeço a atenção.

    Att,
    George Luiz.

    • George,
      como vc tem acesso a armas de calibre restrito, vai de revolver Taurus RT 627 (calibre .357 e capacidade para 7 tiros).
      Muito confiável com boa capacidade de tiro e calça munição .38
      Um abraço.

      • Ola amigo tenho um RT 627, e venho treinando bastante, dessa forma tenho gastado muita munição, a arma é um show a parte o disparo é extremamente técnico e violento, agora a grande dificuldade que estou tenho é o acesso as munições pois stnds e clubes de tiro não possuem esta munição … O motivo disto eu desconfio que seja pq nestes locais as munições são. Recarregadas e as 357 levam muito mais pólvora oque as tornam economicamente inviáveis para os donos destes locais, mais é o seguinte ja li em vários lugares que a 357 calça e dispara o .38 , vc poderia me afirmar que esta operação não traz prejuízo algum a arma ??
        Obrigado e Sucesso…

      • Bom dia amigo.
        Pode utilizar munição .38 Spl sem problemas … inclusive munições mais quentes como a +P+.
        Abs.

    • Um ideia seria o Taurus RT410: energia similar ao .38 e cada tiro manda 4 projeteis similares no tamanho (cartucho SG4): 20 esferas por tambor descarregado. O peço do cartucho 36 é menor que o 380, e todo mundo adora a arma. Apesar do tamanho, tem coldre para uso dissimulado.

  • Na minha opinião por ser um blog sobrivencialista eu indicaria o bom e velho 38! 1 facilidade de manuseio por todos os membros da família, 2 baixa manutenção, 3 confiabilidade e 4 por ser a arma mais possuída no Brasil teria uma possibilidade muito maior de adquirir municao.
    Indempendente da arma escolhida não esqueçam nunca que uma arma sem municao não passa de um pedaço de aço sem serventia alguma! Então estoquem municao! Com nossas leis um cidadão comum pode comprar apenas 50 por ano! Então armazenar é importante! Outro fato é como se armazena! Vou passar a forma que eu faço. Compro a municao e passo esmalte de unha na espoleta e não junção do estojo com o projétil, após isso coloco em um saco de preferência fechado a vácuo com saquinhos de sílica gel! Existem relatos de municao guardadas dessa forma que mantiveram funcionais por 20 anos! Outro cuidado municao e óleo não se misturam! Cuidado na hora de lubrificar sua arma!
    Espero ter contribuído com o grupo!
    Grande abraço a todos

  • Rogerio Nunes Da Silva

    Sera que possu adaptar um carregador com maior quantidade de balas para uma 9mm

  • Sou Empresario e trabalho na rua com dinheiro, estou indeciso se compro uma pistola ou um revolver e qual seria o mais adequado. Pois tenho meu escritório e 3 dias da semana faço serviço na rua como pagamentos , etc. precisaria uma que me atendesse quando eu menos esperaria.
    Quil o melhor modelo e qual o mais indicado?
    Grato.

    • Vc não pode portar arma, ou seja, o registro da arma dá o direito de mantê-la em sua residência.

    • É extremamente difícil conseguir o porte civil aqui no Brasil, mas se vc tiver como, iria de RT 617 como alguém aí citou, no qual vc possui 7 disparos, e pode usar 2 tipos de calibre, o .38 +P+ e os poderosos .357 MAG.
      Revólver é revolver, não te deixa na mão. E se precisar recarregar durante um confronto, existem diversas opções de recarregadores rápidos para revolveres de várias capacidades. SpeedLoaders e afins.
      Abço

    • Pistola usar munição sempre nova renove elas a cada 6 meses.mas tenha cuidado se VC não é militar só poderá compra 380 ou 765. Ambas são fraca. Não derruba um meliante com um único tiro a menos que acerte a cabeça ou coração!.isso significa se o marginal estiver com a arma em punho é bem provável que ele acerte também tiro na vitima. e isso ninguém quer.por esse motivo é preciso ter sabedoria antes de sacar armas para marginais..e o pior é que marginal não gosta de 380 nem 38.e sim 357 .40. 45.e nos cidadãos temos que usar essa merda que o governo permite nem eles mesmo querem usar. Obs. Um 38 ,com 4 polegada de cano ou mais com munição +p+ é bem mais poderoso que uma 380.

    • Pistola ou revólver não dão garantia de segurança, pois quando os bandidos souberem que está com essa arma, vão procurar meio de rouba-lá. Se atirar em um bandido que queria te assaltar, vai responder processo e poderá ser preso como executor, pra justiça ele não queria te matar e apenas roubar, isso se o outro amigo do bandido não te matar. E se for em uma cidade do interior de qualquer cidade do Nordeste, ainda tem a família do mala que vai querer se vingar. Tá difícil viver e trabalhar no Brasil.

      • Discordo amigo, bandido quer facilidade…é Melhor uma arma na Cintura do que na nuca, e melhor ser julgando por 7 do que carregado por 6….abrass!

  • Só tenho o (CORAÇÃO GELADO) um TA 86 já esta bom!

  • Amigo vcs acham de Um Revolver Taurus 6 Tiros Cal .32 Para Defesa Pessoal e residencial ?

    • O calibre .32 tem baixo poder de parada. Vai de .38

    • Se for pra atirar de .32 vá de pistola, pelo menos tem mais capacidade que o revólver.
      Use o 32 se não tiver mais condições de adquirir outro melhor.
      Eu trataria de arrumar um Taurus de 4″ de cano, com capacidade de no mínimo 7 tiros, no calibre .38 que suporte munições de carregamento forte de pólvora como as +P+. Gosto muito do RT 838, são 8 disparos, usando speedloaders são mais 8, rapidinho. 16 disparos muito mais potentes que uma pistola 380, sem falhas, sem receio, é só puxar o gatilho. E vc pode ter vários speedloaders carregados e prontos pra entrar em serviço. É a melhor defessa pra uma família. Isso e uma calibre 12, já desmotiva qualquer um .

  • eu adoraria comprar um 357, não pra matar alguem ou algo assim, mas simplesmente porque eu sou apaixonado por essa arma, acho lindo o revolver, então:
    1° como faço pra comprar?
    2° quanto custa mais ou menos?
    3° ja que eu quero comprar pelo design da arma, vc acha que seria mais viável comprar uma arma de airsoft, ou compro logo uma de verdade caso seja preciso um dia me proteger?
    4° que armas posso possuir tendo 19 anos?

    • cara você compra com direito a poste de armas e o preço e uns 2.500 reais.
      Sim, compre logo uma de verdade mas use com moderaçõa
      se você é acima de 18 anos pode comprar qualquer arma liberada para civis se vocÊ tiver poste de armas

      • .357 é arma de calibre restrito … vc tem que ser um CAC para comprá-la e, em teoria, pode ser utilizada apenas para tiro esportivo (autorização do exército).
        Para defesa pessoal deve-se ter autorização da PF (SINARM). O revólver de maior calibre permitido é o .38 (que tem o mesmo design do .357). Aliás, o calibre é o mesmo do .357, o que muda é o comprimento (projétil .357 não calça no revólver .38, mas o oposto sim).

  • Bruno Sergio

    Gostei do assunto galera, estou pensando em comprar uma arma de fogo para minha própria segurança, recém casado, tenho que dar uma tranquilidade para minha família, no momento estou optando por um revólver, por inúmeros motivos, facilidade de manuseio, baixa manutenção e custo beneficio…
    Mas contudo ainda tenho algumas duvidas, então vamos la:
    1- Qual a idade minima para a aquisição de uma arma de fogo?
    2- Seria viável eu ensinar minha esposa a manusear, atirar e tal? (mesma hora q penso que sim eu penso que não, gostaria de uma ajuda de quem já está na área, e conhece do assunto)
    3- Quais os passos para tirar a licença de Colecionador?

    Parabens pelo Debate, um assunto muito importante

    Grato!
    Bruno

    • Bruno, a idade minima é 25 anos, para retirada do CR e guia de trafego.
      No caso de ensinar sua esposa acho certo, ate mesmo para ela desencanar com a arma, pois as mulheres por falta de conhecimento não gostão muito.
      Na questão do 38 ideal para defesa residencial, creio que ensinar a esposa pode ser de serventia, caso vc não esteje em casa e alguem tente entrar na sua residencia, sua esposa sabendo atirar e com treinamento em dia, ela tem a calma para agir de forma segura, e na hora que o vagabundo escultar o primeiro disparo la fora ele vai virar o gasparzinho vai atravesar a parede no susto rsrs.
      Tire as documentações vá a um stand vcs vão gostar.
      Abraço
      Junior

      • Ótima explicação “Jr”, não há o que acrescentar. Parabéns!

        Martins
        Em busca do tiro perfeito!

  • Wilson Machado

    Boa noite! Gostei muito dos comentários, ajudam muito para tirar as dúvidas de um leigo como eu que quer realizar uma escolha. Minha conclusão: Quero uma arma apenas para manter a segurança do lar. Penso que a mesma deve ser de uso simples, mas de eficácia boa, no caso vcs chamam de poder de parada, é isso aí. então na minha opinião o revólver é melhor. Quero deixar meus agradecimentos. Abraços

    • Wilson, 38 para residencia é uma boa escolha, lembrando tambem que vai do treinamento com ambas de calibre permitido.
      O 38 tem o melhor poder de parada que uma 380, sendo assim caso for comprar veja uma com maior capacidade de munição.

  • prefiro mil vezes revolver do que pistola tambem, acho um revolver muito mais confiavel, e entre os calibres permitidos para civis no brasil, o .38 spl é o mais potente de todos,por isso tambem eu escolheria o revolver, e de preferencia o rt 838 que é o modelo com maior capacidade de muniçoes.

  • olá amigos,meu tio vai me dar uma pistola beretta que cabe bala de 38 nela.sabe dizer alguma coisa sobre ela?é boa arma?obrigado

    • Atente para o fato que pistolas 9mm de qualquer tipo são extremamente restritas apenas às FA ( Forças Armadas ) graças à esse estatuto babaca do desarmamaneto.
      Essas armas realmente aceitam munição 380, mas continuam sendo restritas e tanto seu porte, transporte ou posse, constituem crime, o que é uma tremenda palhaçada. A não ser que vc tenha registro de colecionador ou atirador esportivo ou caçador ( CAC ).
      Foda essa merda de país né ? To puto com isso também…

  • Perdoe-me aqui os “experts” em armamento. A pistola no meu ver é a que mais atende a necessidade de quem está esperando pelo “inesperado”, ou seja, pronto para um longo confronto. O revolver, em especial, os de 2″ são bem eficazes quando utilizam munição de boa qualidade (pólvora de queima rápida e projétil de boa massa). Para defesa pessoal e patrimonial, não vejo outra arma que não seja o velho revolver de 2″. Muitos agentes da CIA e FBI usam ainda o velho de 2″. Em certas situações, a descrição é o fator preponderante para extirpar o problema. Já vi situações sendo totalmente dominadas com o bom e velho 2″.
    Gosto muito do TAURUS 85 TITANIUM – PRATA – CAL 38 – 5 TIROS – 2″.
    É uma excelente arma, muito eficaz (com boa minução) e extremamente discreta.
    Abraços aos amigos da PAZ.

    • A única pistola mais confiável e simples que temos é a Glock G25 e G28 nos calibres 380, permitidos aqui. Elas possuem trava de gatilho muito eficiente para um disparo de surpresa, é só apertar o gatilho, como um revólver. Mas…
      Mesmo elas tem muito mais partes móveis envolvidas que um revólver de qualquer marca.
      Mesmo que ela esteja totalmente em ordem com a manutenção, você ainda terá o problema de confiança da munição, que no mercado brasileiro, a perda é de ao menos 10% dos disparos ( nega-fogo ). Já vi cartelas de .38 com 10 unidades, e 3 negando fogo… um absurdo se estivessem dentro de um carregador de pistola numa situação de confronto.
      No tambor do revólver é só puxar de novo o gatilho e efetuar novo disparo. Usando speedloaders vc tem uma capacidade próxima da pistola, com mais confiabilidade e com tiros mais potentes.

      Não tem comparação, pra realidade brasileira, tendo essa restrição de calibres em pistolas e revólveres, e a munição e qualidade das armas em geral deixando muito a desejar, acho que o bom e velho revólver é o melhor custoXbenefício por essas bandas… Mas como seria bom uma SigSauer 357 Mag… Ou uma boa Colt 1911 em 9mm … só sonhando mesmo… um saco essa politicagem dos diabos

  • os comentarios ajudam muito quem tem duvidas como eu, adoro revolver,, ja trabalhei com um 82s, acho que me apeguei à arma, problema…., pouca munição, vantagem…., confiabilidade, é, não pode dar zica na hora, são seis que vc tem certeza que vai sair.

    • Exatamente, é o que eu penso, ter confiança é melhor que ter um carregador lotado e uma câmara emperrada com munição podre.
      Precisa de mais munição ? SPEEDLOADERS. Com pouquíssimo treino dá pra recarregar o revólver bem rápido.
      Aquelas manobras e desmontes da pistola pra resolver os vários problemas requerem MUITO treinamento, e isso no Brasil custa caro, falta lugares, falta tudo.
      Revólver ganha fácil essa disputa, pensando na nossa realidade.

  • Boa Noite!
    Eu tenho um comércio e quero comprar uma arma pra qdo eu precisar, é melhor eu comprar uma pistola ou um revolver? de qual calibre?

    • RT 838 e um Speddloader pra esse tambor de 8 tiros. Um bom revólver no calibre .38, utilize munições +P que são mais potentes, é confiável, fácil de manter, fácil de operar, não trava, se a munição falahar é só continuar puxando o gatilho. Não se arrependerá.

  • Muitos falam mal da PT638, contudo, tenho uma e, nunca falhou, já até caiu no chão e continua excelente, lógico, que uma .40 e outros calibres são muito melhor. porém aqui no Brasil é de difícil acesso mesmo eu sendo Policial, até para comprar munição. Arma importa muito a munição e visada, não adinata ter uma .40 e errar os tiros. tenho a 638 e só uso munição cbc gold+p, EXEMPLO: dei um tiro em um porco do mato com a ogival ele saiu correndo e quase me atropelou, logo fiz mais 05 disparos acertando-o e ele abriu fulga. Esperei mais uma vez e atirei com a gold, amigo foi só uma na paleta e chão na hora, não morreu, mas paralisou, logo, dei um na cabeça e abati…

    • Pelo que sei é ilegal caçar no Brasil.

    • É uma arma bm eficiente…rsrs deu 10 tiros num animal d 40kg…. Quando na verdade não deveria ter atorado, mas…. Se fosse um de 38 seria o suficiente.

  • amigos, nada como a boa e velha dois canos calibre 16…se tiver dez a dez metros derruba os dez e…assunto encerrado.

  • ola martins estou querendo comprar uma pistola.40 sera que eu consigo?

    • Wanderson!
      Desculpe a demora mas com tantas operações acontecendo por causa da copa (manifestações e outros) não tinha visto teu post.
      Tua pergunta estou querendo comprar uma pistola.40 sera que eu consigo? Resposta se você for Policial, sim, senão só se vc fizer o CR (certificado de registro) expedido pelo Exercito Brasileiro, as estas armas não podem ser portadas, elas não tem o direito de solicitar o porte, para você leva-las a um estande de tiro por exemplo (para treinar) vc precisa solicitar um documento chamado de guia de trafego, e tem de transporta-la separada da munição, além de ter de fazer apostilamento das munições que vc usar para treinar etc…
      espero ter ajudado.
      att
      Martins
      Na busca do tiro perfeito

  • sou inspetor penitenciário, e conforme a legislação vigente, só podemos tirar o porte como pessoa física, estou prestes a comprar minha arma, mas gerou dúvida : revólver taurus 838 4 ” ou pt 58 hc plus.

    • Olá Azevedo!
      desculpe a demora, primeiro me responda, vc que a arma para tirar serviço ou para a tua segurança pessoal, quando vc esta de folga?

      Martins
      Na Busca do Tiro Perfeito

  • Estou decidido a adquirir um RT 838 6 polegadas e meia, ele assusta só de olhar, e ainda são 8 projétil no tambor, o problema ainda é o valor…

  • Diego estou para comprar uma arma curta, fiz treinamento num curso de tiro já, porém ainda tenho umas dúvidas:

    – Qual das duas é mais potente, o Revólver 38 ou a Pistola 380? Porque senti que o recuo do revólver parece mais forte, até quis empurrar meu braço para cima uma vez.
    – Há revólveres com mira laser de fábrica? Dá para comprar e adaptar uma em qualquer um?
    – Você diz que a única vantagem do revólver é o tamanho reduzido. Bom o seu tem cinco tiros e cano 2 polegadas, mas tem os de sete ou até oito tiros. E me disseram que o projétil vai com mais precisão em um revólver de cano mais longo do que em pistolas. Estou de olho em um com 4 polegadas marca Rossi e 6 tiros.
    – Achei uma desvantagem nos revólveres: gatilho duro enquanto que nas pistolas é mais fácil de puxar. Demora mais nele para eu dar um tiro atrás de outro. É assim mesmo em todos?
    – A pistola argentina marca Bersa é boa? Me disseram que dá muito problema. Vc me indicaria?

  • Luiz Rodrigo

    Eu estou considerando seriamente em comprar uma arma para defesa. Obviamente, quero obtê-la da maneira legal. E os comentários aqui ajudaram muito, parabéns! Estou cada vez mais interessado num revólver. Tenho pesquisado alguns modelos. Durante essa pesquisa eu percebi que há modelos de revólver cujo “cão” está oculto, ao contrário da maioria que é exposto. Pelo que li, a vantagem desse tipo “oculto” seria que assim o “cão” não ficaria preso em roupas, por exemplo. O que podem me dizer sobre isso? Agradeço desde já por qualquer resposta e peço desculpas se não usei os termos corretos, tenho pouquíssimo conhecimento sobre o assunto.

    • Luiz Rodrigo!
      Alem de escoteiro e sobrevivencialista, sou policial militar e instrutor de tiro.
      Quero colaborar com sua pergunta informando que nos meus 15 anos de instrução (e operações) só vi armas ficarem presas nas roupas quando o coldre é inapropriados ou inexistente.
      Se vc comprar uma arma em duas polegadas ela realmente será discreta e dissimulada não necessitando, que não possua o cão, isso foi criado para que a arma tenha um diferencial e possa custar mais.
      Eu tenho um revolver modelo 85, marca Taurus, 5 tiros, 2″ de cano (leia-se duas polegadas) que uso no dia a dia como backup e nunca prendeu na roupa fica bem dissimulado e já tirou-me de várias enrascadas.
      Acredite no que digo:
      -“A MELHOR ARMA É A QUE VOCÊ TREINA!”

      Att

      Martins
      Na busca do tiro perfeito

      • Martin boa tarde,
        Sou Ana e preciso esclarecer uma dúvida estou dando entrada no meu porte civil mas ainda não sei qual arma comprar. Quero uma pistola para uso de defesa pois trabalho num presídio masculino e no horário de serviço uso 38 da unidade e quando saio estou desarmada, sou mulher e minha mão é pequena (normal para 1.58). Pensei numa PT 59s . 380, 938.380, PT58 Hc plus .380, PT 638 . 380. Todas são da Taurus. Preciso me familiarizar com a minha futura pistola tanto para treinar os disparos em stand e portar no dia a dia. Quero uma confiável e com um manuseio bom (tamanho da minha mão) estas armas que citei são as que foram recomendadas por colegas de trabalho. Qual sua opinião? Gostei da PT59 pela quantidade de munição. Mas escutei que não é boa arma.
        Obrigada!!

      • Boa noite, Ana!
        Como citei antes, ”A MELHOR ARMA É A QUE VOCÊ TREINA!”, mas se vc quer pistola por que não a .40? Lembre-se que o stop power (poder de parada) da pistola .380 é baixo fazendo com que vc precise executar mais disparos para cessar a agressão. Outra coisa importante é saber para que vc quer arma, para defesa? para tirar seviço? para operações especiais? para que possa apenas fazer a defesa do lar? ou vc a quer 24h 7 dias na semana?
        Falando da pistola que vc descreveu da Taurus:
        As pistola 59, 938 e 58, mal comparando, e resguardadas as devidas proporções, são cópias da PISTOLA BERETTA 92FS e a 638 da .40 24/7 Eu uso em serviço uma pistola funcional modelo 24/7 , e um revolver modelo 85, marca Taurus, 5 tiros, 2″ de cano (leia-se duas polegadas) como backup e que já me tirou de várias enrascadas.
        “Quando resolvo variar uso meu revolver modelo 82, Taurus, 6 tiros de 4” (polegadas).
        Das armas que vc citou só usaria a PT 638 como backup (mas em último recurso), pois prefiro o poder de parada de um .38 a .380.

        Quanto a tua pergunta da 59, ela é uma excelente arma, ela depende e da manutenção que vc faz nela, como vc cuida dela. Mas como disse antes só usaria a PT 638 e como ultimo recurso.

        Espero ter ajudado se tiver alguma duvida pergunte, se eu souber responderei e se não souber pesquisarei, mas estou aki a disposição.
        att

        Martins

  • Prefiro sem sombra de duvidas, numa situação de sobrevivência/risco onde todos da minha família possam operar a arma, um REVOLVER!!!A meu ver, pistola necessita de um conhecimento mais técnico, e ao sacar do coldre, já tem que saber sacar destravando e ciclar para efetuar o disparo. Principalmente para mulheres que não tem o conhecimento e nem pratica muito, um revolver seria a melhor opção.

    • Marck!
      Apenas uma pequena observação;
      As pistolas não necessitam estar travadas, pois a melhor e mais segura trava de qualquer arma, revolver, pistola, fuzil carabina, espingarda é a trava universal:

      “O DEDO FORA DO GATILHO!”

      Uso minhas duas pistolas, a 11 anos, sempre carregadas, alimentadas e destravadas, prontas para o emprego.

      Att

      Martins
      Na busca do TIRO PERFEITO

  • excelente a comparação entre arma para defesa e arma para ataque.Creio ser o melhor dado para a escolha de uma pistola ou revolver para uso.
    Na verdade a pistola é arma de guerra.. Na guerra, no combate, voce não esta sozinho. Se a arma falhar naquela hora, tem mais gente também atirando a teu favor…
    Mas quando voce está sozinho e nada possa dar errado a não ser a situação que já te foi criada…certamente o revolver não falhará.

  • Numa situação de sobrevivencialismo, de ‘fim do mundo como o conhecemos’, acho que o revólver calibre 38 com 4 polegas de cano, seria sem dúvida a melhor opção…. Porque? Vejam as razões:
    1 – o funcionamento do revólver é bem mais simples que o da pistola, menos partes móveis, menos manutenção, mais segurança!!!
    2- numa situação ‘real’ se você não pode treinar toda semana ( com o preço da munição no Brasil isto é para poucos!) o revólver é mais simples, basta mirar e atirar… as pistolas têm que engatilhar, destravar, operações que numa emergência você pode se esquecer ou se atrapalhar….
    3- os carregadores das pistolas têm uma mola que com o tempo acabam por ‘relaxar’ podendo causar ‘engasgos’ ou ‘pane’ de alimentação. No revólver você pode deixar a munição guardada no tambor por anos, sem este probrema !!!
    4 – Munição… em qualquer lugar do Brasil você encontra munição .38, ela é praticamente ‘padronizada’… existem muitas pessoas que fazerm a recarga desta munição também, que é relativamente fácil… Já munições de pistolas é bem mais difícil, munição de pistola .40, por exemplo, somente lojas que vendem para policiais têm !!!! Alem disto a variedade de munições para o calibre .38 é muito maior que para qualquer outra munição de pistola. Numa situaçaõ de sobrevivência eu prefiro um .38 com muita munição que uma 380 com poucas munições…..
    5- Finalmente preço…. Uma pistola é muito mais cara que um revólver…. pelo preço de uma 380 você compra um .38 ‘top de linha’, muita munição e ainda sobra para comprar uma espingarda para caça ou para manter em casa!!!!!
    Espero ter ajudado….

  • Gostei muito de sua opinião sobre o assunto e realmente penso que um revolver de 6 tiros cal 38 com vários jet loaders e munição pesada de chumbo e ponta oca e +P seria melhor para defesa do que uma pistola seja ela do calibre que for.
    Por outro lado penso que quando é para serviço policial/militar, e só se tem como opção as armas curtas, a pistola de grande capacidade seria a melhor opção pois caso a mesma apresente falhas e já vi pistolas travarem fechadas e o ferrolho ficar impossível de abrir a solução seria sacar a backup e seguir em frente.
    Bom minha pergunta é:
    E se a pessoa precisa se defender, confiar 100% na arma e não pode se dar ao luxo de ter uma arma travada e inoperante, seria o revólver que obviamente possui menor volume de fogo a melhor opção?

    • Olá…
      Sim, sem dúvida o revolver é a melhor opção para defesa de uma residência pelo cidadão comum !!!
      Volume de fogo é algo muito relativo. se voçe pensa em defender sua casa trocando tiros com uns 10 ou 12 bandidos armados, estilo Jonh Wayne, aí meu amigo nem uma metralhadora .50 com uns 500 tiros vai ser suficiente, rssss !
      Numa situação REAL de defesa voçe atira para monstrar que está armado e em condições de reagir, não vai morrer como uma ovelha e ganha tempo para fugir, salvar sua vida e viver mais um dia de novo !!!
      Trocar tiros na rua contra bandidos armados ? o fator surpresa do bandido está a favor dele, até policiais vão ter dificuldade !! arma é para defesa do seu lar, da sua família !!! naõ para ficar trocando tiros como num faroeste!!

      • Cara vc está de parabéns falou pouco e bonito, tenho o mesmo pensamento, me obriguei a deitar na risada pela forma que falaste.

  • Diego Parreira de Queiroz

    Comentários incentivando a compra ilegal de armas de fogo não serão aceitos. Não há motivo para descumprir a legislação brasileira. Os autores do blog não são a favor da comprar ilegal de armas de fogo.

    • Arnaud Gribel

      Bom dia a todos.

      A meu ver, o maior problema das pistolas no Brasil é o calibre 380.
      Acho que prefiro um 38 bacana, um 889 de 4 ou 6 polegadas, com uns 3, 4 jets e munição ++.
      Lembrando que estamos falando de sobrevivência , né?
      Então, penso em ultilizar as vantagens de cada opção no talo.
      Um RT tem manutenção muito mais simplificada numa situação emergencial mais longa, mais precisão de tiro, e maior comfiabilidade. Acho que se não parar alguém com 6 tiros, já era. Ao menos ferido, vou ficar. E o 380 tem stop power menor.
      Mas curto bastante as MD da Imbel. Fossem outros calibres liberados, eu teria um md6tc.40 com certeza.
      E armamento importado aqui….eu não teria. Infelizmente, não haveria a agilidade de manutenção e reposição, numa situação fora do normal.

      Grande abraço.

      Arnaud.

    • QUEM USA ARMA ILEGAL É BANDIDO TAMBÉM !

      Martins
      na busca do TIRO PERFEITO

  • Então se entendi para uma mulher o melhor seria uma pistola? o que acham do do modelo V950 8mm?

    • Tammy, não vejo diferença entre armas para homens e armas para mulheres. Tenho colegas (mulheres) de serviços que atiram de fuzil por exemplo, quanto ao modelo de armas de fogo prefiro não comentar por dois motivos, um por não conhecer todos eles e segundo não fazer propaganda de armas de fogo. O posto fala sobre funcionamento.
      Obrigado!

    • Prefiro sem sombra de duvidas, numa situação de sobrevivência/risco onde todos da minha família possam operar a arma, um REVOLVER!!!A meu ver, pistola necessita de um conhecimento mais técnico, e ao sacar do coldre, já tem que saber sacar destravando e ciclar para efetuar o disparo. Principalmente para mulheres que não tem o conhecimento e nem pratica muito, um revolver seria a melhor opção.

  • Vieira , PT também e conhecida como pistola tauros, só que como Militar tem mania de colocar sigla em tudo, chamamos toda pistola de PT, é uma questão de costume, legal seu comentário veio pra somar, espero que tenha esclarecido.

  • Muito bom o texto, bastante detalhado a forma de funcionamento dois dois tipos de arma. A desmontagem de primeiro escalão do revolver pode ser feita sem auxilio de ferramenta especifica, assim como nas pistolas.

  • olá! só para deixar claro, PT não significa pistola, e sim “Pistola Taurus” (PT). para quem ainda esta com dúvidas aí vai uma ideia. a PT 58 e a PT 59 são pistolas excelentes de calibre permitido (.380) com o carregador de 19 munições. a diferença da PT 58 para a PT 59 é só o tamanho, a PT59 é um pouco maior que a PT 58, mas, para melhorar a potência do tiro (impacto) é só utilizar munição Silver ou Gold. valeu!

    • vieira, concordo com vc, a taurus nomeia as pistolas como PT e o revolve como RT como revolver taurus. tem um modelo novo de revolver da taurus que é o RT 838 que é o 38 de 8 tiros.
      obrigado…

  • Diego Parreira de Queiroz

    Cara,eu deveria ficar calado pois os comentários estão excelentes, Luciano, na me envolvi em embates com os dois tipos de armas, de revolver e me senti mais seguro mesmo,mas de PT me senti mais confiante. Hassegawa, estamos falando de pistolas, as metralharoas tinham o nome de “pente” pois os carregadores não eram “fechados” e os projeteis de fuzil pareciam os “dentes” do pente de cabelo mesmo. Quanto ao seu esclarecimento os gases atuam sobre o ferrolho das pistolas, no caso dos fuzis atuam sobre o embolo, que por sua vez faz o recuo do ferrolho.

    Obrigado pela colaboração ai.

  • LuciloPCJr.

    Legal esse tema Diego, gera muita discussão. Eu penso o seguinte: na dúvida, tenha os dois, (revolver e pistola), se a pistola falhar o revolver dificilmente irá. (só não pode entrar no esgoto) 😉
    Quando a pistola surgiu, foi uma “revolução”, mesmo que as primeiras eram nada confiáveis.
    Hoje temos essas vantagens: alta cadencia de tiro e grande quantidade de munição em alguns modelos. E também o remuniciamento, em que, tendo outro “magazine” carregado claro, você alimenta a arma rapidamente, nem precisa de muito treino.
    Porém ainda hoje, o item que deixa a pistola atrás do revolver é a confiabilidade.
    É como se a pistola fosse uma “máquina” e o revolver uma “ferramenta”.
    A máquina precisa de manutensão, ter mais cuidado com seu uso, uma pancada forte pode estragar tudo, um dano ao carregador, amassou, sei lá, seja qual for o motivo, você vai ficar na mão. Uma munição com avarias, vai “atolar” a arma.
    A ferramenta é mais bruta, requer pouquíssima manutenção, cai no chão, carro passa por cima, muitas vezes tá tão feia, e pueirenta que você pensa: vish isso nem funciona, mais quando você aperta, o caroço da azeitona sai vuando.

    Se você quer algo para o ataque, vá de pistola, pois se você vai atacar, você vai se preparar, vai dar a manutenção nela e conferir se está tudo ok, isso sana o problema da pistola, que é a confiabilidade.
    Quer algo para sua defesa? Fique com o revolver, ele não vai tomar muito do seu tempo para se manter operante, pois você nunca sabe quando vai precisar se defender, é bom ter algo que está sempre pronto, mesmo quando você esquece que ele está ali.
    E defesa é defesa, você não vai precisar de muitos tiros, é PÁ e POW! e ai você já sai corrento. auihaUIAhaUI

    • Parabéns LuciloPCJr., muito bem explicado.

      Martins
      Na busca do tiro perfeito.

  • ótima comparação Diego, gosto bastante dos seus textos.

  • Só para ficar claro, “pente” também é um sistema de alimentação de metralhadoras antigas. Outro erro comum é chamar “munição” de “bala”. Bala é o projétil para armas de alma lisa (ou balote, se for menor).

    Mais um esclarecimento: todas as armas semi-automáticas disponíveis agem por ação dos gases. Porém esse termo pode se confundir por se referir especificamente àqueles que tem um sistema de pistão para captar a energia da expansão dos gases (como o fuzil M16).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s