Matéria no SBT Repórter: Nossas considerações

Em um dia qualquer da semana estávamos discutindo sobre qual seria o novo post que publicaríamos quando recebemos um e-mail que vinha da produtora do SBT Repórter, onde ela perguntava um pouco mais sobre o sobrevivencialismo. Prontamente respondemos a pergunta da mesma, que nos fez então uma proposta bastante diferente: Fazer parte de uma matéria no SBT Repórter!

A princípio confesso que ficamos desconfiados da veracidade dessa “produtora”. As coisas foram se desenrolando…e após recebermos a ligação por telefone dela e conversarmos durante certo tempo, percebemos que era para valer. Após quase dois meses depois dessa ligação conseguimos finalmente marcar uma data para que eles viessem até a minha residência com uma equipe de filmagem para fazer a entrevista (imagine a cara de surpresa e curiosidade dos vizinhos)!

O pessoal foi muito bacana, vieram sem preconceitos e querendo realmente conhecer o que é essa “coisa” chamada sobrevivencialismo. Depois de filmarmos em casa, no outro dia estávamos  no meio do mato para mostrar um pouco do que fazemos para treinar nossas técnicas de sobrevivência.

Imagine o rapaz carregando microfones, o outro carregando uma câmera de 12kg e uma repórter toda produzida usando uma bota de couro daquelas de cidade no meio do mato todo cheio de barro (havia chovido a noite inteira)…. foi uma cena bem…. estranha. Mas todos sobreviveram e filmamos a entrevista juntos com o Alexandre e o Bruno! Aí estão algumas fotos:

Ainda bem que temos visto um interesse crescente por essa prática tão importante. Não há como descrever a satisfação de fazer algo que gostamos e ver o trabalho render frutos tão positivos, afinal, mais do que conhecimentos gerais, podemos salvar a vida de alguém indiretamente. Quando o programa foi ao ar estávamos receosos pois nunca sabemos como uma entrevista fica depois da edição, mas creio que tudo correu muito bem… convenhamos que perto dos outros entrevistados até conseguimos nos passar por “normais”…rsrsrs.

Para aqueles que não viram o programa, cliquem aqui para assisti-lo na íntegra!

Gostaria de agradecer a toda equipe do SBT pela oportunidade e especialmente a todos os autores aqui do blog que estão sempre atualizando nossa página com conteúdos muito pertinentes ao tema, saibam que sem vocês esse blog simplesmente não aconteceria… Sabemos o quão difícil é estudar, trabalhar, ficar com a família e ainda encontrar tempo para redigir matérias!

Leitores, seria legal ouvir um pouco sobre o que vocês acharam, temos muitos leitores que nos acompanham desde o começo e seria bacana entender o que vocês pensam desse crescimento, é bom ver se estamos indo na direção correta!

Até.

Anúncios

50 Comentários

  • victor hugo

    cara nao to conseguindo ve, clico nolink mais nao tem o video.

  • Só tenho a dizer que já tinha minhas “neuroses” em relação a sobrevivência, mas depois de ter assistido essa matéria fiquei muito feliz em saber que existem pessoas que se preocupam com esse bem tão precioso que é a vida!

  • Pô fiquei sabendo dessa matéria e falaram que tinha sido na record. Só agora eu achei e vi que era de você, ficou muito doido. Parabéns! Estou catalogando algumas das minhas experiências pra jogar na rede e contribuir também.

  • deniswolpert

    E ai, galera!
    Primeiramente quero parabenizá-los pelos trabalhos. Vocês realmente se tornaram referência no assunto.
    Agora, fazendo uma análise crítica (sempre tem um chato, né!?):
    Foi um pouco triste constatar que colocaram vocês no meio de um monte de lunáticos. Ainda que vocês parececem normais no meio deles, o efeito da mistura deve ter afetado muita gente cética que assistiu ao programa. E nesse ponto eu achei um ‘probleminha’, a ênfase na preparação para o SHTF deveria ter sido mais clara. Várias vezes vocês disserem que se preparavam para ‘qualquer coisa’ ou ‘para o pior’ e ficou parecendo que vocês se preparavam para ‘qualquer coisa’ daquelas que os doidos estavam falando, ou ‘para o pior’, seja o calendário maia ou o jesus cristo portorriquenho. Ficou um pouco dúbio, dependente da boa vontade de quem estava assistindo.
    Antes de me crucificarem, eu imagino que vocês não sabiam do resto do programa (detalhadamente) e isso dificulta bastante. Mas fica um ponto importante quando formos esclarecer sobre o que é o sobrevivencialismo. Serve de exemplo o próprio programa, nos momentos no qual você falou de enchentes ou da crescente dificuldade no dia a dia, exemplos concretos que deixam as coisas menos dúbias e que nos afastam dos malucos… rsrs
    Enfim, parabéns, no geral ficou bom, além disso, foi o espaço que obtiveram para divulgar o sobrevivencialismo, e fizeram-no muito bem. Vocês foram a única coisa útil do programa (bem útil)… rsrs…
    Abração e continuem!

    • Olá Denis!

      Obrigado pelos elogios e críticas, sabemos que o programa não foi ideal para mostrar a prática, mas estamos com o sentimento de “missão cumprida” ao menos. O único que soubemos foi a temática do programa, mas não sabíamos sob qual ótica isto seria abordado.

      Abração!

      • Boa noite Denis e Julio meu irmão espero realmente que ja esteja recuperado do trauma…
        Agora “filosofando” um pouco, em algum fórum deve ter uma porrada de postagem… Companheiro lunáticos ótima matéria conseguimos focar muito bem sobre nosso ponto de vista sobre a volta do messias e a reencarnação do Jesus de porto rico, pena que teve aquela molecada do MS, que alem de não saberem de nada ainda atrapalharam os bons fluidos da nossa entrevista… mas fazer o que quando o disco voador aterrizar eles serão pulverizados com nosso super laser..KKKK (esse KKKK é aqueles de vilão de filme).

      • kkkkkkkk, fiquei rindo como um bobo aqui.

  • E viva ao MS!

  • Fiquei muito feliz ao saber que o Julio também é do MS.
    E eu pensando que eu era o único do estado a se interessar por esse tema.

    • Opa!

      Estamos por aqui sim! Precisando de algo, cá estamos.

      Abração.

  • bruno simmer

    chuuuuuuupa globo! parabens cara,fico muito feliz que você tenha ajudado a mostrar o que é o sobrevivencialismo as pessoas comuns,sucesso e felicidade sempre.

  • Luã Martins

    Parabéns, é assim que o sobrevivencialismo deve ser mostrado. Espero que possamos ver mais matérias assim daqui pra frente.
    p.s.: realmente, vcs foram os únicos que não pareceram loucos rsrs

    • Bom, aquela professora que também armazena alimentos, também não me pareceu louca! rsrsrs!

      • Fora o fato de ela ter 2 anos de tora no quintal, nada de mais. Mas tipo tem que ver que ela tem um fogão a lenha. sei lá.

  • Parabéns pela entrevista..Fico feliz também de pertencer a essa grande família como mencionou o DOC ….Percebo que o movimento sobrevivencialista está cada vez mais crescendo e tantoo site quanto o Fórum, são ferramentas fantásticas que direcionam os buscadores que estão preocupados com as incertezas do futuro.

    Vocês são os responsáveis para deixar o meu dia a dia muito melhor , pelas curiosidades e postagens e ao querer saber as novidades que surgem dia após dia…e pelas saudáveis discussões com os meus “grandes irmãos” espalhados por este país e até fora dele ( não é def4..rss)

    Um Fraterno abraço a Você Bruno e Alexandre e a todos nós ..”sobrevivencialistas”…
    Sucesso Sempre

    Viny

    • Viny,

      Obrigado pelo apoio, você não tem idéia do quão recompensador é para nós autores vermos comentários assim!

      Abração!

  • Me ensina a montar esse kit de sobrevivência?

    • Olá amigo!

      Dê uma buscada aqui no blog que temos posts onde falamos como montar um kit bacana, o ideal é você pegar um como base e ir testando o que serve e o que não serve para você… isso toma tempo e experimentação. Se caso não achar nada no blog temos nosso fórum também, para acessá-lo olhe nosso menu ali em cima!

  • Ainda não vi o programa todo, mas até onde vi, estou gostando. Vcs falaram muito bem!

    Júlio, achei que vc fosse baixinho, mas é altinho! rsrs!

    Bom, eu gostaria de saber onde o rapaz (acho que é Bruno) comprou aquele livrinho de sobrevivência que ele mostrou no programa. Ou se tem como fazer download.

  • Cara, ficou muuuito legal, e vc é o único que não parece um doido paranoico em toda a entrevista. Vc mostrou que sobrevivencialismo não é uma paranoia para o fim do mundo pelo o calendário maia, e sim estar preparado para situações desde problemas de abastecimento e greves, ate Catastrofes naturais, muito bom cara!!!!

  • Parabéns pela matéria, gostei como expõe o assunto do sobrevivencialismo

  • Na real no programa pareceu que o único motivo para ser sobrevivêncialista era o fato do mundo acabar e tal.

    • Olá Luan,

      O tema do programa era esse, então toda a entrevista foi baseada nisso. Mas como você pode ver o sobrevivencialismo abrange diversas práticas que podem lhe ajudar em caso de alguma crise. Como crise posso te dizer qualquer coisa, desde uma enchente até falta de comida devido à desemprego de alguém na sua casa… no final das contas somos apenas um “bando de prevenidos”.

      Abraços.

  • Olha, Chimbinha ficando famoso.

  • Ralmente como voce disse, voces foram os que pareceram mais normais kkkkkk o resto pra mim foi conversa, fim do mundo e bla bla bla Tirando isso fico legal. Parabens.

    • Concordo contigo. Muito blá blá blá, conversa fiada de um e de outro. Sobrevivencialismo deu uma visão de responsabilidade, segurança e objetividade diante de eventuais catastrofes.

  • Julio parabéns,

    Sempre sombra de dúvidas voce esta sendo um NORTE para os curioso e havidos pelo sobrevivencialismo. A cada dia o sobrevivencialismo.com agrega uma maior e melhor qualidade de informações.
    O “nosso” fórum (desculpe pelo nosso mas é que realmente me sindo da família) tem me ajudado e responder as inúmeras perguntas que naturalmente vão aparecendo quando se pensa;
    Eu quero sobreviver. Como eu faço isso?

  • Além de viverem com mais segurança, sabendo os recursos e preparações que vocês têm, acho muito legal é que poderiam fazer suas preparações e não falar nada, mas ao contrário, vocês fazem questão de divulgar os conhecimentos e conceitos para todos que tiverem interesse.
    Sucesso pra vocês, e parabéns pelo reconhecimento!
    Abração

    • Olá Eduardo,

      Com certeza, acho que se todos ficarem no anonimato ninguém ensinaria nada, e temos sim que passar essa informação à frente. Obrigado pelo apoio.

      Abração.

  • Tá ficando importante em Júlio. Eu morava aí em Campo Grande, pena que quando descobri este site, no final do ano passado, eu já estava de mudança para São Paulo. Acompanho sempre o site, só falta praticar. Parabéns pela reportagem. Gostaria de vocês dessem mais dicas de alimentos que possam ser estocados.

  • 1 – A reporter é bem gatinha, espero que ela corra aí para seu nucleo se SHTF.
    2- Como falamos antes, Foi ótimo, realmente gostei do desempenho de vcs no geral e já peço autorização para publicar o video no blog!

    Parabéns irmãos!

  • Felipe Ribeiro

    Oi vi sua entrevista ontem e achei muito loca essa historia de sobrevivencialismo, mais realmente, muitos dos pontos que foram abordador por vcs na materia podem acontecer a qualquer um a qualquer momento, eu morro em Teesópolis Rj, nossa cidade já foi castigada diversas vezes por forças da natureza, por esse motivo, eu fico recioso em relação a estas coisas que estão acontecendo vai que uma catastrofe realmente aconteça, quero estar preparado tambem né, n consigo ter esse grau de comprometimento que vcs tem com isso mais gostaria de saber o que devo ter a mão caso aconteça algo como isso, e onde comprar esses equipamentos né, parabéns pelo trabalho de vcs muito interessante mesmo, desde já agradeço…..

    • Olá Felipe!

      Dê uma buscada aqui no blog, temos muitas postagens que ensinam de tudo um pouquinho. Vale a pena estar minimamente preparado para algumas situações e armazenar comida é a mais básica de todas. Lembre-se que não precisamos ficar fóbicos com isso, mas é como eu sempre digo… “não dê sorte ao azar”.

      Abraços.

    • Felipe, visite o nosso fórum, com toda certeza responderemos suas perguntas, da melhor forma possível.

      • É porque nós temos CCI STINGER na conta kkkkk

      • kkk viciado

  • Pessoal,
    Depois de um longo e tenebroso outono, estou de volta!!!!! Estou devendo várias postagens, inclusive sobre a FIDAE, que visitei. Estou sobrecarregado de trabalho e de problemas atmosféricos (chuva demais), o que causou problemas, que acabei perdendo mais tempo para resolver.

    E na volta sou surpreendido por esse post e com a notícia da matéria! muito legal, pessoal….parabéns!

    Para essa semana devo postar sobre a visita que fiz à FIDAE 2012, no Chile.

    Abraços

  • Julio, parabéns pela reportagem. Sua segurança e objetividade ao passar seus conhecimentos (acho que posso dizer por todos aqui) nos deixou mais seguros e convictos. Muito obrigado!

  • A Julio, ta ficando importante quero autografo, kkkk brincadeira, muito bem feito, falou bonito, e demonstrou bem o teu conhecimento, continue assim, e que mais matérias como estas venham para o pessoal aqui do blog

  • Bom, acabei de ver o vídeo e sinto pena por uma matéria séria sobre sobrevivencialismo ter sido misturada com a conversa daquele velhinho lunático dos Ets, mas faz parte a mídia quer isso mesmo, uma coisa que você disse Julio “se alguém entrar aqui pra saquear as coisas”….

    O Brasileiro hoje, na grande maioria é um povo desarmado, destreinado e domesticado, diria até bunda moles e calmos de mais e na pior da hipóteses muitos tem que fugir como ratos pois não tem armas em casa muito menos treinamento pra lidar com situações e com as próprias armas, como a que você colocou nessa hipótese de uma invasão, diferente de americanos por exemplo que alguns estados chegam no índice de 2 armas por habitantes, esse é um ponto critico aqui pra todos que se dizem praticantes de sobrevivêncialismo, mesmo legalmente é difícil conseguir a liberação para mais de uma ou duas armas de grosso calibre (não estou falando dessas porcarias .22 que o pessoal aparece mostrando) esta ai mais um motivo para a aprovação da PL 3722/12 que estamos discutindo lá no fórum http://www.bushcraftbr.com.br/forum/showthread.php?tid=525 a qual propõem novas regras para aquisição de armas de fogo no Brasil e facilitaria o acesso, se tudo normal a bandidagem comanda aqui, imagina em meio a um caus ? Acho que essa PL é de interesse de todos, Julio caso achem conveniente, seria legal uma divulgação da mesma aqui no vosso portal já que sobreviver sem se defender é muito difícil, só achei importante mencionar isso aqui pois deve ser de interesse de todos, mais uma vez parabéns pela reportagem, T

    • Olá Fry,

      Olhe cerca de dois posts anteriores, acabamos de comentar sobre o assunto!

      Abraço.

      • O blz não tinha visto antes, flw.

    • Rafael,
      A discussão de calibres no sobrevivencialismo é grande, unânime só o 22! … mentira, tem uns 2% que preferem o 17 HMR kkkk como calibre essencial por um monte de motivos.

      Como fui um dos sobrevivencialistas (pessoal) que mostrou a “porcaria” do 22… pelo menos em terras brasilis, Te convido a participar do fórum e no tópico de armas entender porque TAMBÈM temos o calibre 22, mas o consenso em defesa, creio que seja a 12 e outros calibres mais apropriados, concordo com sua postagem neste aspecto. Também acho 2 espingardas “12”, 2 longas raiadas e 2 armas de mão por cidadão um absurdo, faço o que com 2 glock g25? Nada!!! Esta lei inconstitucional tem de mudar, o povo não é a favor do desarmamento.

      Abraços!

      • Prefiro a G28 mas você e o Doc.R. ficam me cruxificando.

  • Quando soube que a matéria seria exibida pela TV contei os minutos para poder conferi-la… Fui dormir as 1:00h dá madruga só para acompanhar o programa!
    O Júlio falou muito bem e os demais também não ficaram para trás,,, O Bruno tremeu igual vara verde na hora que ele foi mostrar alguns dos itens do seu kit para a repórter! Rsrsrsrsrs (brincadeira amigo), mas ele dominou a situação e soube dar o seu recado…
    O programa foi curto, sei que vocês tinham muito mais coisa para mostrar, mas mesmo com pouco tempo vocês passaram uma ótima imagem do que realmente é o sobrevivêncialismo e estão de parabéns.
    Faltou foi fazer uma divulgaçãozinha do blog para os leigos que estavam assistindo o programa e ainda não sabem da existência deste espaço.
    Um abração para todos vocês responsáveis pelo blog e meu muito obrigado por disponibilizar esse espaço prá gente!

  • Valeu caras, primeiro por uma postura profissional sobre o Sobrevivencialismo e em segundo por poder trazer o tema para as grandes maças de uma maneira extremamente positiva.

  • Parabéns desde o começo coloquei fé em você , continue como você estão…

    • Obrigado Bruno!

  • Parabéns caras, não vi a reportagem ainda mas vou acompanhar aqui e no Brasil tanto as Técnicas de sobrevivência, como o Bushcraft e também o sobrevivêncialismo é meio apagado e com isso creio que trará novos adeptos e também curiosos para o meio, consequentemente mais pessoas estarão se preparando daqui pra frente, t+

    • Valeu Fry,

      Esperamos que as pessoas se informem cada vez mais sobre esse assunto tão importante!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s