Bracelete de sobrevivência: O que é e como fazer

Um item muito interessante a se ter em seu conjunto de equipamentos é o chamado bracelete de sobrevivência. Este é uma “pulseira” feita de uma amarra chamada Snake Weave ou como dizem aqui no Brasil, ponto Macramê.  Esta amarra  tem a vantagem de ser bastante compacta, fazendo com que seja muito útil para armazenar longos pedaços de cordame em pouco espaço.


Para que isso irá nos servir? Imagine que você esteja passando por uma situação de sobrevivência e está usando seu bracelete. Nele você vai possuir cerca de três metros de cordame, o suficiente para fazer ao menos duas amarras para construir um abrigo, fazer uma armadilha para conseguir comida ou ter muitas outras utilidades que acabamos por descobrir quando estamos em apuros.  O ideal é fazer o bracelete com paracord 550, que é o cordame mais resistente que há no mercado, conseguindo aguentar até 150kg em um único fio. Falamos bastante sobre ela em um post anterior (clique aqui para vê-lo).

Não conseguirei fazer a versão de tutorial por imagens pois a explicação ficará prejudicada, visto que amarras que precisam do dinamismo do vídeo para serem melhor compreendidas. Sem mais delongas, segue o vídeo explicativo:

Espero que tenham gostado do tutorial, este item é simples para ser feito e pode salvar sua vida em situações de emergência. Se tiver dúvidas ou sugestões de aprimoramento basta deixar um comentário abaixo!

Até.

Anúncios

21 Comentários

  • Itamar Pavan

    Bem legal. Obrigado por compartilhar!

  • Muito bom, vc é legal, merece tudo debo

  • joão pedro trolão

    não é mais facil colo car no bolso?

  • excelente vídeo cara. Muito bom mesmo…. Valeu…….

  • gostei muito de seu video

  • Júlio queria saber quantos metros você usou, e queria pedir que você fizesse mais vídeos de arqueirismo!!!

  • valeu a dica gostei.

  • Pingback: Kit de Sobrevivência Para 72 Horas | Blog Anti Nova Ordem Mundial

  • Ah! Doeu muito ver ele cortando aquele lindo pedaço de paracord restante! De qualquer maneira, vamos à pergunta que interessa, e pra desfazer isso aí tudo? pois numa situação de emergência é necessário que o sobrevivente possa desamarrar rápido e sem dificuldade. Quanto tempo demora pra desfazer a pulseira toda e utilizar toda a extensão do cordame?

  • Muito bom mesmo!!!
    O grande barato da sobrevivência está na simplicidade das técnicas e praticidade dos recursos!!! Vcs conseguem ser os melhores nisso!!!

    Abrçs…

  • Pedro Henrique

    Servi ao exercito, tenho facinaçao pela sobrevivencia, muitos manuais….
    sempre quis um cordame desses mas nao sabia onde comprar…
    fiz o meu e espero que seja util… vlw

  • tá, mas como desmontar isso para poder usar?

    • Olá Eduardo,

      Basta soltar o nó, desfazendo o processo todo de trás para frente. Se caso o nó esteja muito apertado, basta fazer um pequeno corte no começo dele que ele se desmancha com facilidade.

      Abraços.

  • Leandro Alves da Silva

    Muito bom, eu faço e uso várias delas. Pra mim vale mais que uma joia pela sua estética e funcionalidade que tem. Sobrevivêncialismo na Veia.

  • Julio ..muito legal..o seu video , achei ele muito didático..até meu sobrinho se interessou e está fazendo a sua.Parabéns !

    Fraterno Abraço

  • Aôôô Julio, ficou muito massa o vídeo. Você faz ficar mais fácil de fazer as coisas!

    Vlw!

  • Eu aprendi a fazer macrame no ensino médio, na época que as menininhas achavam bacana ter aquelas pulseiras de Hippie…

    Era uma questão de sobrevivência… há de convir.

  • Vi esse vídeo com o Giuliano Toniolo. Muito bom…

  • Bem legal esta tecnica, mas pessoalmente prefiro a do Giuliano Toniolo, depois que você faz a primeira fica facil

  • Eu não vou a lugar algum sem meu bracelete. Instrução sempre útil. Agradeço.

  • Se alguém continuar em dúvida é só procurar sobre “macrame” no Youtube.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s