Semana Zumbi: Por quê Zumbis fazem tanto sucesso?

Vocês já repararam no “Boom Zumbi” que anda acontecendo nas mídias como cinema, séries de televisão e internet? Hoje temos diversos fóruns e locais de discussão que abordam essa temática de maneira séria e até mesmo como uma real possibilidade de apocalipse. Já tentaram entender por quê?

Zombie Walk: Evento para amantes de zumbis

Convido vocês a pensarem um pouco neste ponto, vamos tentar entender qual é o fator que causa tanto fascínio em todas as idades quando falamos de Zumbis e também grande repulsa em outros indivíduos, que depreciam e ridicularizam este tema.

Primeiramente, ao falarmos sobre Zumbis o conceito que nos vêm à cabeça logo em seguida é o de morte, de morrer. Nós seres humanos naturalmente temos uma aversão intensa à nossa própria finitude, por isso lutamos com todas as forças para buscar formas de prolongar nossa vida o quanto for possível.

Em nível inconsciente não somos capazes de reconhecer a possibilidade de “pararmos de existir” e a idéia de um “morto-vivo” nos remete diretamente a essa idéia. Logo, ao fantasiarmos com a possibilidade de uma “epidemia zumbi” nos deparamos com a idéia explícita do morrer, bem à nossa frente.

Creio que seja esse um dos motivos pelo qual muitos temem a idéia de sermos atacados por zumbis, de possuir um ser morto (que trás a morte) literalmente consumindo nossa vida, arrancando pedaços do nosso ser e do nosso existir para que nos tornemos como ele.

Claro que um dos elementos que entram como coadjuvantes na intensificação desse medo é também nosso instinto de evitar a dor, e, ao imaginarmos um indivíduo mordendo nosso corpo e rasgando nossos tecidos, não lembramos apenas do fato de morrer, mas também de sentir dor intensa e irremediável.

Este lado ligado ao medo e necessidade de evitar (e também negar) a possibilidade de uma epidemia Zumbi é evidente em todos nós, porém existem indivíduos que não apenas se interessam pela idéia de um mundo apocalíptico zumbi como também almejam o acontecimento real desse e podemos ver isso constantemente por meio de depoimentos e relatos encontrados na internet. Ao investigarmos o porquê desta espera ansiosa por tal acontecimento chegamos ao componente mais evidente do comportamento humano, a agressividade.

O Zumbi é basicamente (em suas variações de acordo com as fontes) um indivíduo que foi contaminado com um determinado vírus, morreu e voltou à levantar-se, porém não como um ser humano e sim como um monstro em decomposição.  Ele não possui pensamentos, direitos e nem mesmo vida, logo é um ser que pode ser eliminado sem sentimento algum de culpa por parte do “assassino”.

Todos os que se interessam pelo assunto já imaginaram o quão gratificante seria poder matar um Zumbi das mais variadas formas, fazendo chacinas intermináveis e “salvando o planeta” desta ameaça mortal, porém quando fazemos uma análise mais profunda, compreendemos que em nossa sociedade atual há uma constante repressão da agressividade, seja nos momentos de raiva no trabalho, em casa ou em qualquer outro ambiente.

Vivemos sobre a constante pressão para que possamos atingir o “resultado esperado” e em nenhum momento aprendemos a lidar com nossas frustrações de não conseguir chegar a essas expectativas. Tal tensão e ameaça de “falhar” aumenta progressivamente nossa agressividade, no entanto liberar tal energia em nosso contexto social nos traria conseqüências terríveis (para nós e para outros) e por isso, as reprimimos.

A fantasia de viver em um mundo dominado pro zumbis, sem leis ou formas de nos reprimir é muito atraente, visto que todos seus atos não teriam conseqüências sociais negativas e todas suas ações seriam embasadas pela ideologia de “manter-se vivo”. Não haveria problema em armar-se e matar qualquer Zumbi errante que esteja em sua visão, você poderia saquear lojas, viver em casas luxuosas e utilizar-se de todos os bens do planeta, visto que são todos seus agora. Não parece ser uma fantasia mais do que interessante?

Creio que o fator que leva os Zumbis a serem tão reconhecidos é o quanto eles nos remetem a questões internas tão profundas quanto à morte, a agressividade e a sede por poder. Possuímos elementos narcísicos muito fortes em nossa personalidade e por isso sonhamos com a idéia de ter um mundo só nosso, com regras só nossas e fazermos aquilo que bem entendermos.

De forma ambivalente, dentro desse mundo apocalíptico temos medo de sermos vítimas do nosso maior temor, a morte, a dor, e a “não existência”. Este fato justifica então, a eliminação desses monstros das formas mais agressivas possíveis, sem despertar um pingo de culpa sequer.

Quando paro para escrever um texto dessa natureza sempre temo que este esteja compreensível, visto que como pensamos de formas diferentes a minha opinião e análise pode parecer desconexa para outra pessoa. Espero que tenha provocado algumas reflexões e peço que fiquem à vontade para criticar, acrescentar ou simplesmente dizer algo sobre o tema, tão controverso e interessante.

Até.

Anúncios

6 comentários

  • Deyvid Barbosa

    Fantástico! Seu texto foi ótimo, sem mais comentários, nota 10, quando fizer outro texto com o mesmo tema, me manda um email, obrigado e suceso, meu amigo.

  • seu texto explica exatamente como é….
    sei disso pq espero muito ansioso um apocalipse zumbi

    • Olá Wanderson,

      Apesar da idéia ser bastante instigante, realmente seria improvável que tal evento realmente viesse ocorrer… porém o importante é se preparar para todos cenários possíveis!

      Abraços!

  • Um excelente texto. Muito claro, e concordo com sua linha de raciocínio. Descarrego minha violência chacinando inimigos no Delta Force. Muito mais agradável que ficar coberto de visceras de zumbis em decomposição….

    • hahah, com certeza Lourenço, porém creio que o fato de não haver “culpa” em matar um zumbi é o que torna este muito atrativo para fantasias apocalípticas.

  • zumbis…… esse assunto pra mim, não passa do tema de filme de ficçao cientifica, nao consigo imaginar um mundo sendo dominado por zumbis, e torço para q isso nao aconteça rs mas se caso acontecer q acho muito dificil quero estar preparado pq o bom da vida é vc ser dotado de emoçoes, prazeres e por ae vai ja pensou um zumbi, ta doido, cruzes kkk

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s