Guardar sementes é uma boa idéia?

A verdade é que mesmo que você armazene 5 anos de suprimentos um dia esses vão se esgotar. Claro, é necessário um desastre de proporções cataclísmicas para fazer com que você fique 5 anos isolado e escondido, porém considerando tal situação, temos que planejar também uma forma de renovar o estoque produzindo comida e nada melhor do que armazenar sementes para garantir sua sobrevivência.

Nós acreditamos que armazenar sementes é um processo essencial para garantir a sobrevivência de longo termo, mas existem alguns pontos que você deve analisar antes de iniciar tal processo.

1. Nem todas as sementes são criadas de maneira igual. Você deve tomar muito cuidado quando estiver escolhendo que tipos de sementes comprar. Além de se certificar que até suas últimas sementes sejam orgânicas (evite manipulações em laboratório, os “transgênicos”), você também tem que se certificar que está comprando de um vendedor com boa reputação. Um bom número de produtores estão brincando com a idéia das chamadas “sementes suicidas” ou “tecnologia de término”. Essa tecnologia faz com que qualquer semente que você plantar produza uma segunda geração de sementes que são estéreis.

2. Conheça seu clima. Quando você for comprar sementes é melhor manter-se afastado daqueles pacotes de coletâneas de sementes. Dizemos isso porque você realmente quer individualizar seu banco de sementes comprando aquelas que funcionam no seu clima. O que cresce bem na região Sul pode não ser funcionar para a região Norte.

Vá até o viveiro ou loja perto da sua casa e procure por sementes que são mais adequadas para o seu clima e solo.

3. Você vai comer? Da mesma forma que você monta seu estoque de comida você deve pensar em quais comidas você e sua família vão realmente comer. Fazer um campo inteiro de milho crescer é ótimo, mas se todos na sua família odeiam milho isso pode não ser uma boa idéia.

4. Pratique antes de algum desastre.  Fazer plantas crescerem e darem frutos é um processo extremamente difícil e toma anos de prática para que você torne-se bom nisso. Não espere até as coisas ficarem feias,  inicie um pequeno jardim e aprenda como cultivar os tipos de comida que você planeja ter após o desastre.

5. Esteja certo que você tem outra opção. Como dito acima, cultivar comida é difícil! Muitas pessoas compram esses pacotes com centenas sementes e acham que já estão preparadas de alguma forma para sobreviver. Isso não pode estar mais longe da verdade. Mesmo que você seja um jardineiro experiente existem muitas variáveis para se garantir somente no seu banco de sementes.

Primeiro, é necessário tempo para que a comida cresça, logo, você deve ter um estoque de comida que te sustente até o seu jardim começar a produzir (mínimo de três meses). Segundo, não há como dizer o que o futuro guarda para nós, inundações, fogo e secas podem colocar o seu jardim em sério risco. Você deve ter um plano secundário para aqueles tempos onde crescer comida pode ser impossível. Tenha certeza de que você possui um suprimento de comida de emergência, uma forma de caçar e aprisionar animais, conhecimento de onde estão as plantas comestíveis de sua região e como você as prepara para comê-las.

Hoje afirmamos que não temos tempo para iniciar tal tarefa, porém pense que se você dedicar de 20 a 30 minutos diários você pode manter uma hora de tamanho necessário para lhe dar alguns alimentos e até mesmo economizar um pouco mais no mercado.

Nós particularmente recomendamos que você inicie sua produção replantando mudas, como já estão germinadas você tem maior probabilidade de fazer a planta vingar. Iniciamos cultivando plantas simples como Hortelã, Cebolinha, Salsinha, Erva Cidreira e Pimenteira. Todas essas são plantas vingam facilmente e podem lhe fornecer o conhecimento básico necessário para iniciar o cultivo de plantas que requerem maior habilidade ( e é claro lhe fornecer condimentos livres de agrotóxicos e gratuitos para você e sua família).

Elaboraremos alguns tutoriais sobre como plantar alguns tipos específicos de plantas para estimular você a iniciar essa prática prazerosa e essencial nas próximas semanas.

 Fonte: Off Grid Survival

Até.