Armazenando comida: Uma introdução

No tempo de nossos antepassados, havia a cultura de ter em casa um bom estoque de comida (pelo menos dois meses), visto que o acesso a mercados não era tão fácil como hoje. Atualmente possuímos a cultura de ter em casa o bastante para um dia de alimentação, pois quando este acaba podemos ir ao restaurante ou mercado mais próximo e adquirir comida para o próximo dia.

Dentro do sobrevivencialismo praticamos o armazenamento de comida para sobrevivência de longo termo (cerca de três meses no mínimo), a  razão disso é que sabemos que  o sistema de reabastecimento dos suprimentos que precisamos no cotidiano é muito  frágil. Para compreender melhor esta colocação, segue o exemplo:

Sentado em sua sala depois do horário de trabalho você vê no jornal que há uma greve de caminhoneiros que paralisou boa parte do sistema de distribuição alimentícia, porém  como não te interessa você logo muda para outro canal.

Uma semana se passa e ao acordar de manhã você percebe que está sem arroz e o feijão está no final. Para poder alimentar a todos, você decide fazer macarrão, porém só resta um pacote do mesmo e você decide que está na hora de fazer compras. Chegando ao mercado se depara com prateleiras escassas e uma grande movimentação de pessoas pegando o restante dos produtos. Ao perguntar para um dos funcionários sobre a situação este lhe informa que a greve se prolongou demais e no momento o suprimento de alimentos foi completamente interrompido e a loja não consegue reabastecer seu estoque e por isso a compra foi limitada a duas unidades por pessoa e os preços estão assustadoramente altos.

Você chega em casa com 1kg de arroz e 1kg de feijão, sabendo que isso alimentará você e sua família por no máximo 3 ou 4 dias e neste momento você começa a se preocupar seriamente com a situação. Os dias passam, a comida acaba e o exército entra em cena para distribuição forçada de alimentos, o que gera tumultos e uma onda de saques em lojas e caos urbano. Toda a possibilidade de arranjar comida agora parece bem distante e você e sua família agora estão famintos e desesperados por ajuda.

Apesar de parecer uma situação irreal, já aconteceu várias e várias vezes ao longo da história. Apenas veja os jornais e você notará que isso acontece diariamente ao redor do mundo.

Então como podemos nos prevenir?

Comece a armazenar alimentos para maior tempo de duração, para iniciar você pode começar a comprar apenas um saco de arroz a mais por mês e aplicar o sistema de rotação. Para aqueles que não conhecem, é a forma de evitar que seus alimentos estraguem. Ao comprar um novo pacote de arroz você consome o mais velho do estoque, e assim conseqüentemente com todos os alimentos que você possui.

Nós tendemos a acreditar que isso irá acrescentar em um maior gasto com a alimentação, porém se observarmos bem, este gasto não existe, visto que aproveitamos o produto de igual maneira.

Nos próximos posts explicarei de maneira mais detalhada os assuntos relacionados ao armazenamento de alimentos. Se você possui alguma dúvida até o momento, sinta-se livre para escrevê-la nos comentários abaixo. 

Fonte: Off Grid Survival 

Até.

Anúncios

3 Comentários

  • idéias bem simples e bem eficientes!

  • Mas que ótima qualidade encontrei nos posts muito bem redigidos desse blog. Estava procurando sobre esse assunto por milênios e você me apontou a luz no fim do túnel. Continuarei seguindo seu blog enquanto continuar com o ótimo trabalho. Meus parabéns!

    • Muito obrigado! Espero que continuemos atingindo as suas expectativas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s