Entrevista com um líder de esquadrão da SWAT – Momento Crítico Ep.17

Hoje vamos conversar com Troy Fullbright, policial americano com mais de 20 anos de experiência em diversas unidades táticas e entender como ele vê a importância de treinos e aprimoramentos na defesa pessoal para cidadãos comuns.

Vale lembrar que esta entrevista só foi possível por conta do apoio do Clube 38. Vamos para a matéria:

Você concorda com a visão dele de que temos a obrigação moral de saber defender aqueles que amamos? Adoraria que você comentasse um pouco sobre esse tema tão óbvio mas igualmente esquecido no Brasil.

Até.

Anúncios

5 Comentários

  • Caro Lobo, trupe e leitores,
    Creio que tudo o que o Troy disse só se aplica em situação laboratorial, in vitro, em uma sociedade, em situação de caos não serve.
    Vamos aos fatos:
    O maniqueísmo é causa e efeito da enfermidade social, é a base “filosófica” das religiões, logo não presta, pois religiões não prestam, só enxergam em preto e branco!
    O que é o bad guy, o infeliz que foi violentado pela sociedade desde centenas de anos, como é o caso das populações oprimidas como índios e o negro nas sociedades em todas as américas (observando que na África, quem entregava os negros nas patas dos traficantes eram negros que capturavam outras etnias negras em combates, negros sobretudo traidores que aceitavam as armas dos traficantes de escravos e de armas para fazerem o trabalho sujo), ou o subserviente de uma organização venal religiosa e psicopata, o estado que de laico só tem a crença?
    Em minha opinião, o mais bad guy são os agentes do estado que corruptamente aceitam ser investidos de poder só para ficar com as migalhas das elites instituidas e constituidas! O maniqueísmo é arrogância típica das síndromes “dannadas krugermente”!
    Ele afirma que é no tatame, na competição que se ve quem é quem, só que esquece que em tatames e competições existem regras e hierarquias, em situação descontrolada só EXISTE POTÊNCIA e mais nada, vence o mais potente, o mais eficaz. Um exemplo disso é Bruce Lee, ele estudou diversas lutas, mas para se impor se fez forte e criou seu próprio método de combate!
    Em situação de caos, só a inteligência tem alguma serventia, pois não existe a turma do deixa disso, do “matê”, “ragimê”, “ipôn” ou “vasari”, ou seja, o combate é até a morte de um dos contendores ou de ambos!
    Já dizia um grande mestre de Karatê: em combate o segundo lugar está morto!
    Só essa brilhante frase diz tudo!
    Já a preparação perfumaria (o que ele faz e ensina), no tatame ou campeonato fica de bonita na selfie!
    Isso é lógica de quem é escudado pelo estado, é lógica de guerreiros de mortal combate, MMA, e todos esses jogos de Xbox e computador, é possível interromper o pesadelo em uma simples teclada! Na vida real, sem o suporte do criminoso estado, a coisa se configura diferente! Isso é lógica de guerra do golfo, onde os EUA e curriola covardemente atacaram um país só com armas muito mais genocidas e escalares!
    Já a guerra do Vietnã mostrou a realidade da preparação perfumaria, e essa cambada covarde e genocida do “american way of life” tomou na tarraqueta, não sem antes mostrar a que vieram matando milhões de crianças, mulheres e cidadãos pacíficos com bombas de napalm, agente laranja, gas lacrimogênio, cianeto de hidrogênio e toda sorte de bestialidade sádica e covarde nas quais são os mestres cheios de saber!
    Mas os guerreiros Vietnamitas descalços, quase pelados mostraram o que é guerra de verdade, com armas limitadas a até kalashnikovs, fizeram valer a qualidade individual!
    Os vietnamitas plotavam estadunidense sobretudo pelo FEDOR deles, comedores de imundícies defecavam imundo e usavam desodorantes, e os vietnamitas limpos sem odores e com alimentação de arroz cru triturado não tinham o fedor e tinham olfatos limpos, detectavam os alienígenas só na fedentina e conhecedores do terreno faziam a limpa nos filhos dos otários que achavam que fazer filhote é entregar ele como escravo bucha de canhão em guerras arquitetadas pelos senhores do mundo. Afinal comunismo ou capitalismo são ambos algumas das faces da velha e maldita agenda de guerra divide et impera!
    Os estados são apenas organizações criminosas garantidoras do divide et impera e NADA MAIS DO QUE ISSO!
    O Troy pode ter boas intensões, mas não tem muito a ensinar salvo na esfera covarde das agendas psicopatas governamentais!
    Com os 108 kg dele não é páreo para nenhum combatente sobrevivencialista, pois em caos, o combate só acaba com morte e se ele não tiver armas ou munição (e essas só serão abundantes para os dominantes) é alvo, pois é grande e gordo, barrigudo não consegue se deslocar rapidamente, ou seja, não está equipado na arte da fuga estratégica (culpa dele achar que comida brasileira é legal), arrogante (síndrome de yankee) sequer busca fazer como os brasileiros no brasil e não sabe nada de português o que é uma falta de respeito e arrogância patológica (sindrome dunning Kruger), pois é sabido desde a antiguidade: em roma haja como os romanos!
    Ademais, colocarei alguns detalhes a respeito da psicopata, arrogante, prepotente e presunçosa sociedade estadunidense (que é tão presunçosa que se acha a america e ele os americanos, só isso já mostra a patologia visceral), nessa sociedade é normal o genocídio feminino se a mulherada se recusa a se deitar com um lixo, vide as “bruxas” não só de Salem, que foram mortas até o início do sec. vinte para serem submetidas pelos viagreiros! Lá existe propaganda de viagra e colocam os viagreiros como os machões, sem observar o obvio, se toma viagra não é macho (de onde vcs acham que nasce pederastas?), pois se uma mulher não é o suficiente para gerar ereção ad infinitum é sinal que macho não é! E não por acaso é lá o berço da fecalopatia, da pornografia, é uma sociedade pederasta na raiz! Pederasta e estupradora!
    Fêmeas só podem ser tocadas por macho alfa, e se isso não acontecer a espécie DEGENERA, e nossa sociedade no todo é degeneração pura, tanto é que os estados (criminosos) entendem buraco de fezes órgão sexual e pederastia gênero sexual, e como sempre coloco, se sexo é reprodução e É, fica patente que gente e excremento são a mesma coisa, todos nascidos de “órgão sexual”!
    Aquilatar uma Vagina a um ânus de um abjeto doente é crime de misoginia, ódio e sabotagem contra mulheres, estupro, lesa pátria, crime de lesa humanidade! E os EUA são os mentores dessa lixeira!
    Assim, concluo que, se a meta é sobrevivencialismo, temos que em primeiro lugar proteger as mulheres e isso os EUA só fazem no cinismo, fazendo-as lascivas desseletivas via hollywood e suas agendas e via hollywood também fingem proteger gerando uma fobia jogando os estupradores no lixo depois que já estão velhos para estuprar, estuprador tem que ser aniquilado desde o berço!
    Finalizo lembrando que quando a questão é a defesa de nossa família, de nosso sítio, nós temos a vantagem total, pois conhecemos o terreno, assim basta um estilingue ou um canivete para fazermos frente ao bandido com arma de fogo!
    Se conhecemos o terreno somos invencíveis desde que o adversário não conheça o terreno! Por isso os arquitetos de antanho quando faziam seus castelos matavam os obreiros, pois assim só eles sabiam qual terreno era o campo de batalha!
    Vide o que os Vietnamitas fizeram com o “poderoso exército estadunidense”!
    Agradeço a atenção
    Muito obrigado.

    • Vapera,

      Podemos falar de filosofia, questões estruturantes da sociedade e tudo que é mais belo quando se trata do discurso, mas na hora que o “bicho pega” toda essa teoria vai pro buraco.

      O Troy é referência mundial em combate com pistolas, um veterano de longa data em operações policiais e um instrutor diferenciado. Por mais que de fato ele tenha sido “moldado” nos padrões de um Estado que apenas por existir já é criminoso (concordo nisso), a intenção dele está clara: Quer demonstrar as pessoas que defender-se é necessário e que, para tal, treino e preparação são necessárias.

      Desconstruir a imagem de um cara que doa sua vida para treinar seres humanos a serem mais independentes e utilizá-lo como exemplificação de atrocidades e pensamentos patológicos é extremamente ofensivo. Ele está todos os dias tentando ajudar, e você? Só podemos criticar o outro quando nossa cama está arrumada. Cuidado.

      Sobrevivencialismo é saber tomar conta de si mesmo. O Troy é alguém que nos ajuda com essa missão, logo, tem nosso respeito. Não adianta “sociologizar” em uma sociedade onde você morre porque o bandido decidiu puxar o gatilho por diversão.

      Abraço.

      • Caro Lobo, de forma alguma tentei desconstruir o Troy, o que mostro, e é fato, é que o conceito abarcado por ele é “in vitro”, em SOCIEDADE, e não se aplica em situação de caos! Se aplica em sociedades degeneradas, tanto é que ele entende o “bad guy” como o vendedor ou comprador de narcóticos, mas desconsidera que, sobretudo nos EUA, é sabido que quimio mata mais que câncer! Desconsidera que a monsanto é uma organização criminosa que inclusive nessa nossa terrinha degenerada vende roundup (glifosato), que é proibido na grande maioria do mundo, e agora inclusive as leis agrotóxicas estão absolutamente abjetas, ao ponto do brasil ter virado campo de placa de petri para essa escumalha! E ele não diz que esses degenerados assassinos sabotadores da monsanto são bad guys!
        O que ele faz é nobre, mas apenas sob a ótica de uma sociedade sequestrada e violenta, mas os violentadores não são os usuários de drogas, esses são VITIMAS, os traficantes só conseguem a droga porque os laboratórios vendem! Oxicodona só é possivel ser feita com infra que só é garantida pelo status quo! E droga por droga a mais nefasta de todas é o alcóol, e esse é livre, porque garante o caos e não mata rápido, garantindo que o caos vai perdurar.
        As drogas, se livres, matariam os desgraçados rápido e com isso se minimizaria o caos, mas proibidas garante inclusive SEQUESTRO (prisão) feita por um estado criminal (e isso vc percebe), e seus resgates (fiança) que, inclusive nos EUA, alavanca uma industria criminal que é a das cadeias, que garante inclusive gente de bem escravizada por essas industrias! E como já coloquei no texto que fiz no tema cão, como é fácil corrigir e socializar alguém só com labuta na terra e com justiça digna.
        Só para ter uma noção do que são judiciários, leia o artigo abaixo, que depois eu comento a criminalidade inclusive dos “nobres juizes” suecos!

        http://www.claudiawallin.com.br/2015/06/13/o-que-juizes-suecos-acham-das-mordomias-que-seus-colegas-no-brasil-se-autoconcedem/

        Defender uma sociedade injusta e criminosa não é justo e isso ele fez e se orgulha disso, como digo o entendimento dele passa longe de uma análise epistemológica, e em minha opinião, que entendo ter um entendimento supinamente mais abrangente que ele, é falho!
        A respeito de armas, ele é mestre, mas não entende que combate não acontece em tatames ou dojôs, acontece em situação singular e nessa situação só um sai vivo, pois o combate não tem tempo de acabar, pode durar uma vida, e nem é in vitro (octogono, tatame, dojô), é em campo aberto e nem tem backup dos policias e suprimentos!
        Nossa sociedade é exatamente como disse, mas os bad guys não são os bandidos da periferia, são os do topo da cadeia alimentar!

        Entendo que o queira bem, e é legitimo, mas eu, apesar de conhecer polícias, não os entendo amigos nem busco manter contato, e tampouco faço algo ilegal, e sei bem o que são e, se fossem bons, estupradores, pedófilos e corruptos (corrupto é assassino sistêmico, pois não mata um ou dois, mata uma sociedade inteira, um país inteiro!) estariam todos com a boca cheia de formiga na vala e não estão!
        Logo não defendo o entendimento dele. Mas respeito e entendo ele buscar ensinar e proteger os seus.
        Se eu pudesse faria todos como ele entenderem uma realidade bem mais marrom do que preto e branca e, de certa forma, é isso que faço em seu site, pois, como fã de produtos de aventura, sobrevivência, sei que os maiores clientes seus muito provavelmente são agentes da lei, pois frequento esses ambientes, e assim busco, de forma clara e objetiva, mostrar que os bad guys são sempre os governantes, pois o governo vem antes do cidadão, e forja os cidadãos, e se há cidadão periculoso e criminoso é porque o ESTADO é periculoso e criminoso!
        Vide uma frase atribuida a Akenathon: só existe miséria onde o governo é incompetente!
        E finalizo com a frase de Krishnamurt que sempre lembro: em uma sociedade enferma, não é sinal de saúde ser ajustado a ela!

        Só te faço uma pergunta: crê mesmo que meus comentários aqui em seu site não são uma contribuição para a melhora de nossa sociedade?
        Sinceramente, em minha opinião, são tão agregadores como são as aulas que o Troy garante, só que sem o glamour da SWAT!
        Pediria que você me respondesse isso, porque uso meu tempo aqui em busca da agregação, e se você não entende isso agregativo, eu, de forma nenhuma, pretendo prejudicar alguém que acredito produz um bom material para agregar, e nesse caso eu me retirarei.
        Agradeço a atenção.
        Obrigado.

      • Caro Lobo, em tempo, os agentes do estado atiram só por diversão em favelas, os juizes assinam leis, e legisladores legislam em benefício próprio só por diversão, os agentes do estado fazem até piadas enquanto fazem leis abjetas!
        E para cada bandido favelado existem muito mais investidos de poder e esses são vistos como “legais”, se eu for listar a criminalidade das mídias eu não paro hoje. E sempre cheias de cabotinismo, piadas e toda sorte de “diversão”!
        Bandido não entra em casa dos outros de graça, ele estuda o ambiente, e só entra onde só mora barão.
        Em arrastão em praias eles são identificáveis e mesmo assim ficam livres, eles via de regra não estão armados, se impõe pela quantidade e organização.
        Os cenários que pinta são mais fobias sociais do que realidade, embora aconteçam realmente. Assim fica patente que mais valeria o RESPEITO aos desafortunados do que a ideia de eliminá-los!

        Os alijados são aleijados sociais, mas os governantes são aleijados morais e alijadores da dignidade!

        Obrigado

        Abraço

  • As entrevistas estão excelentes. Continuem assim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s