Desafio da casa sobrevivencialista #07 – Preparado Ep.17

Este é com certeza um dos melhores e mais completos projetos que já recebemos, fazendo com que o verdadeiro desafio seja encontrar falhas nesta casa!

É muito recompensador ver que a cada episódio o nível das propostas está melhorando e, por isso, estamos tendo a oportunidade de acompanhar ideias diferentes que podem somar cada vez mais aos nossos projetos pessoais.

Como o projeto é altamente complexo, vamos logo conhecê-lo:

Se você quiser baixar este projeto para acompanhar ou até mesmo para aprimorá-lo, aqui está o link: https://goo.gl/Bd8CoR

No mais, adoraria saber se você foi capaz de encontrar pontos que nós não trouxemos na análise, pois de fato o Rafael parece ter pensado em tudo!

Até.

Anúncios

um comentário

  • Caros, observo que as vigas de concreto armado do jardim dianteiro é extremamente frágil, pois são travessões longitudinais sem travões entre eles!
    Basta um macaco hidráulico ou mecânico entre os travões e eles se arreganham de forma fácil! O próprio travão ao lado garante a alavanca detonante!
    Ou seja, tem que ser feito esse teto como um pergulado, de forma que não haja fragilidade longitudinal!

    A dinâmica térmica é simples e segue a regra básica, tudo o que é mais eleve que o ar sobe e ar quente é mais leve que ar frio. Esse entendimento é entrópico, ou seja, a diferença de “potencial” determina a migração térmica.

    A lampada de Moser usa da REFRAÇÃO da água, a luz capitada em cima é refratada pela água sempre em ângulo vertical, ou seja, o facho entra e em vez de refratar para os lados é refratada para baixo, e como a parte de baixo é maior, acaba que temos a ilusão de que a luz que entra é menor que a luz que sai em baixo.

    Percebi que agora a divulgação do fantástico motor stirling será anabolizada com o Lobo!
    Meu apoio é total!
    Lembro que o gerador perendev é igualmente sublime.
    Nesse caso é fundamental as posições dos imas, pois é a angulaçõa deles que garante a cambalhota, e se fizermos de forma ótima não necessita de quase nenhuma blindagem magnética.
    A vantagem é que o perendev é um “moto continuo” (ou moto perpetuo) e não consome NADA, somente imas que apesar de permanentes nao suportarao uma grande aumento de temperatura, ou seja, se fizermos o rotor com muito atrito perdemos a eficacia conforme a temperatura sobe pelo atrito do eixo a alta velocidade.
    Mas com imas de terras raras e possivel fazer zilhares de outros modelos moto continuos.
    Sempre lembrando que invento [e a maior arma de todas, e armas sao SEMPRE SEGREDO!
    Agradeço a atenção
    Obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s