Como identificar sinais vitais em alguém inconsciente? – Vida Ep.02

Seu amigo de repente desmaia durante uma trilha… Como saber se ele está bem? Será que você precisa pedir pelo resgate? Descubra todos os passos para avaliar a seriedade da situação hoje!

Com o crescimento das atividades ao ar livre e a popularização do Trekking e atividades semelhantes, mais pessoas estão se aventurando em locais de difícil acesso onde qualquer emergência pode se tornar mais séria do que imaginamos. Por isso, conhecer o mínimo de atendimento pré hospitalar é essencial!

Para ajudar você a despertar esse interesse, criamos o nosso quadro Vida, que hoje vai para o seu segundo episódio e vai te ensinar como identificar os sinais vitais de uma pessoa inconsciente. Aí vai:

Então lembre-se, ao observar uma pessoa caída e sem sinais de consciência, os passos são os seguintes:

  1. Aproxime-se com cautela do local, verificando se não há nenhum risco iminente (serpentes, risco de desabamento ou semelhante);
  2.  Ajoelhe-se do lado da vítima e tente obter resposta chamando-a pelo nome e realizando estímulos de movimento ou dolorosos;
  3. Caso não haja resposta, sinta o pulso carotídeo da vítima e observe sua respiração;

Se a vítima estiver inconsciente porém possui pulso e respiração estáveis, peça pelo resgate e monitore o estado da vítima a cada dois minutos, porém se estiver sem pulso ou sem respiração é imprescindível começar a manobra de ressuscitação cardiopulmonar o mais rápido possível e pedir resgate com urgência.

Se a vítima estiver em local de risco imediato é importante retirá-la desta zona vermelha, para isso você pode usar a técnica de mochilamento que ensinamos no primeiro episódio da série (clique aqui).

Para concluir…

Se aventurar em locais inóspitos é algo arriscado, independente do seu nível de conhecimento. Um escorregão, uma picada de serpente… E tudo pode ficar complicado. Por isso, conheça as pessoas que estão com você (histórico médico, principalmente) e tenha consigo um kit de primeiros socorros mínimo para estabilizar uma possível vítima até a chegada do resgate especializado.

Gostou deste episódio? Tem dúvidas? Deixe nos comentários que com certeza poderemos ajudá-lo.

Até.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s