O fim do Brasil – Estamos beirando o colapso econômico?

Eu não sou especialista em economia. Na verdade, sou assustadoramente leigo no assunto… Não conheço os termos gerais e nem mesmo os básicos da bolsa de valores, mas se há algo que sei fazer é analisar argumentos e observar gráficos.

Sou bastante cético quando vejo pessoas prevendo possíveis “catástrofes”, mas hoje lhes trago um vídeo que me preocupou muito por apresentar argumentos demasiadamente sólidos.

Apesar do vídeo ser longo e usar muitos termos técnicos, vale a pena investir seu tempo para se tornar consciente da situação em que estamos. Sem muitas delongas, clique na imagem para ser redirecionado ao site onde você pode ver o vídeo:

Sem título

Caso você prefira ler a versão em texto, clique aqui para acessá-la.

Apesar de no vídeo/texto já haverem recomendações de como lidar com a situação, gostaria de conhecer a ótica sobrevivencialista que você possui perante os fatos apresentados. Mesmo que eu não tenha respondido os comentários recentemente (falha minha), leio todos, sem excessão.

Talvez este seja o momento onde precisamos pensar nas melhores formas de reagir ao cenário que possívelmente pode se abater sobre nossa pátria.

Até.

Anúncios

53 Comentários

  • Não apenas esse video afirma,mas também varias matérias como o megainvestidos Jim Rogers na entrevista ao Exame.
    http://exame.abril.com.br/mercados/noticias/brasil-to-fora-jim-rogers-da-conselhos-e-teme-colapso

  • Gostei muito das ponderações do Eduardo Fontanta, as falas dele me lembrou a tal obsolescência programada e o pacto das multinacionais em estimular o consumo para a economia andar e obviamente os recursos naturais não suportam mais esse tipo de consumo. O video mostrou que os caras são feras em Marketing, e é uma tradução livre do End Of America (existe uma parte societária entre as empresas) . Eu fiquei muito curiosa de ler os tais relatórios. R$ 120,00 por 6 relatórios iniciais, isso é mais barato do que comprar revistas especializadas do ramo ou livro de educação financeira. Para quem não tem educação financeira pode ser um bom ponto de partida, mas sugiro antes ter noções de matemática financeira e contabilidade básica. Eu não preciso ler esses relatórios de títulos enfeitiçantes, resolver problemas demanda trabalho, inclusive com dinheiro. O fato é o seguinte, estamos em crise com a inflação elevando e o poder de compra diminuindo. Proteger o dinheiro e o patrimônio é assegurar a sobrevivência tb. O video me despertou para essa necessidade de pensar mais sobre os investimentos. Para mim valeu a paciência em assistir os mais de 60 minutos da carta sobre o Fim do Brasil como conhecemos e depois procurar informações sobre a empresa que está vendendo tais relatórios e obre tipos de investimentos pra tempos de crise. Mais uma coisa é certa comprar ouro pensando em fazer troca, isso é coisa do sistema financeiro americano, as nossa realidade é outra, não vale isso aqui, vale mais a pena estocar feijão e sabonete.Eu não compraria ouro para proteger meu patrimonio.

    • Sou empresário no ramo de serviços, tenho 27 anos, me preocupo com o futuro e da minha família que irei ter um dia.

      Nos últimos 6 anos o mercado encolheu e as oportunidades diminuíram e nada fez o governo para mudar esse senário e isso não irá mudar sendo a Dilma, Marina ou Aécio a ganhar as eleições para presidente.
      Sou jovem mais quero mudança e um futuro melhor para todos nós brasileiros e estrangeiros que vivem aqui e que amam esse país como nós.

      Vou ser sincero, se eu fosse capaz de mudar a realidade deste país eu o faria. O grande problema não esta na minoria e sim na maioria. Não quero jugar! mais as coisas estão assim por causa da influencia da mídia que não mostra a realidade e mostrar apenas violência, sexo e novela. Com isso pessoas se esquecem do mundo a sua volta e depois que o problema bate na porta joga a culpa no governo, empregador, vizinhas e nunca nelas mesmas “sempre no lugar de vitima”.

      O meu conselho para todos. Não podemos ser manipulados pela mídia ou governo. Temos que tocar a nossa vida e acreditar que tudo dará certo porque faremos dar certo.

      Há momentos na vida que nós deparamos com situações onde as pessoas que nos falam! Não dará certo! Você é louco! Mostre a elas que você é diferente e que a derrota não é uma opção.

      Lute pelos seus ideais, a vida é única e devemos aproveita-la sem medo da detora e se tropeçar no caminho se levante e siga em frente.

      Att
      Pedro Santos

  • A SIM!!! DESCULPE..ESQUECI DE COMENTAR…O PROBLEMA É QUE UM PESQUISADOR DESSE NÍVEL CITA SÃO PEDRO !!! E QUANDO DIGO DESTE NÍVEL…REALMENTE CONSIDERO UM NÍVEL SUPERIOR!

  • Com Muito respeito a todas opiniões faço o seguinte comentário!
    “Meus parabéns ao blog pelo excelente debate, parabéns ao pessoal do vídeo. Sou pesquisador, Geólogo e professor, estou no final de minha tese, acredito que é muito difícil de fazer alguém entender o que vou dizer mas…lá vai!! O que todos estão sentindo de diferentes formas é nada mais nada menos do que um sentimento de insustentabilidade provocado pela nossa cultura e pela sensação eminente do colapso! O que os economistas estão vendo cientificamente através das Ciências Econômicas é a previsão desse colapso! Em escala para o Brasil…no próximo ano…para as Américas os próximos 4 ..e assim vai.
    Ando pesquisando entre as 4 maiores fontes de publicação científica no mundo na área de GEOCIÊNCIAS e todas as grandes agências de pesquisa…tanto como os grupos menores…universidades e laboratórios…todos estão muito preocupados…para não mencionar a palavra APAVORADOS… com a situação verificada para os próximos 20 anos…veja bem !! 1994…2014…2034. Eu mesmo fui contactado pela Agencia Internacional de Energia Atômica…a qual possuo vinculo em minha tese…para participar de um projeto emergencial de calibração de ferramentas químicas para a compreensão do clima nos últimos 200 anos para entender melhor os próximos 20!!! É SERÍSSIMO estamos forçando o planeta a entrar abruptamente em um período de greenhouse e o gatilho já foi ativado. PREPAREN-SE!…Procurem por (ártico, metano, greenhouse efect, permafrost, carbon dioxide…etc” BOM FINAL DE SEMANA

  • A Justiça Eleitoral retirou a campanha da Empiricus da rede a pedido do PT: http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/3480488/justica-retira-propaganda-empiricus-pedido-analista-responde

  • Acompanho os relatorios deles, comparo com outras fontes respeitadas da economia (blog do mansueto, arminio fraga), e vejo muita coerencia no que dizem. Claro que o titulo é apelativo, claro que querem vender o trabalho deles, mas olhando os fatos e as decisões anteriores deste governo, assim como sinalizações deste governo que manterá a politica economica atual, temos mais que nos proteger mesmo. Além disso ja alertaram que não depende de quem vai ganhar eleição, mas depende de como será conduzida a economia daqui pra frente pelo governo eleito, pois o cenario lá fora está prestes a mudar, como o banco americano vem avisando desde fim de 2013 (aumento dos juros lá gerando fuga de capital aqui).

  • Pura política , vendas de assinaturas da Empiricus e oposição trabalhando, especulação de todo lado, é uma máfia que atua de todos os lados, ganhe quem for Dilua ou Aécio, não vai fazer diferença, temos todos é que trabalhar para fazer deste país de ladrões um pais de gente honesta!

  • Bem pessoal. Vejo que muitos aqui simplesmente ignoraram um simples fato que nos torna preparadores. Muitos preferiam dizer que tudo que foi dito é por questões políticas, mas se esquecem de algo: Um preparador deve estar preparado para as mais diversas situações possiveis, e isso implica em trabalhar com as mais incontaveis propabilidades. Deixando de lado a questão política (que não me interessa neste momento), o documento expõem um dos diversos cenários possiveis (sim, pode muito bem acontecer como não) e ignora-lo, simplesmente demonstra que muitos que se dizem preparadores na verdade, são modistas mais preocupados em mostrar que tem equipamentos do que realmente se preparam para algum evento, venha ele acontecer ou não. Se algum orgão, mesmo desacreditado, fizer um relatório mostrando que algo muito ruim vai acontecer com você (assalto, assassinato,..) só por que você acredita que é tendencioso, você vai desqualifica-lo e Ignora-lo? Ou vai analisa-lo como uma das diversas situações que pode acontecer, e vai se preparar para ele?

    Reflitam um pouco sobre isso, antes de começar a jogar as pedras. A história humana mostra que mesmo as situações mais improvaveis podem acontecer, mesmo que não haja indicios visiveis de vão ocorrer.

    Para ser um preparador, devemos abdicar as questões político-ideológicas, pois simplesmente analisar documentos como este através desta forma, é uma maneira de fugir (se negar que ela é uma possibilidade que pode se tornar real) e mostra o quanto não estamos preparados para sobreviver sem um sistema publico salvador de uma crise.

  • Bom dia a todos!
    Se me permitem gostaria de postar o tipo de profissional que esta por trás deste vídeo! Os senhores tirem suas próprias conclusões!

    http://economia.ig.com.br/financas/investimentos/2014-02-19/desafio-ig-o-pequeno-investidor-esta-preparado-para-entrar-na-bolsa.html

    http://flyinggaruda.blogspot.com.br/2011/01/worlds-most-valuable-asset-in-time-of.html

    Grande abraço a todos!

  • jonas gadelha

    Vejam este vídeo Análise do Relatório da Empiricus: http://youtu.be/MyhoAxGEdCs

  • Julio, já estudei micro e macro economia, estou me formando em administração e o que eu posso lhe dizer é que crises econômicas ao contrário do que muitos pensam é um mar de possibilidades, onde os mais preparados economicamente falando se darão bem, e os que estão despreparados podem passar fome. A respeito do link o que eu te digo é: O-P-O-R-T-U-N-I-S-M-O.Título apelativo, retórica apelativa, fundamentos econômicos completamente distorcidos. Através da própria Equipe Seals, blog-site que criei falava sobre sobrevivêncialismo financeiro e oferecia cursos, mas nunca apelando para catástrofes de maneira dissimulada, e sim fazendo o indivíduo entender melhor a economia e se precaver, além de garantir uma vida mais estável. Abraços

  • Quando ainda estudava o Eric Hobsbawm me deparei com um dos seus ensaios, “Sobre História”, no qual ele abordava os Ciclos econômicos. Acredito que estamos marchando para um grande período de escassez, seguido de um período inflacionário, deflação e posterior recessão e DEPRESSÃO. Troquem o sistema político, o regime, mudem de presidência… isso não vai mudar, e é para isto que me preparo.

    Não entram na minha casa, políticos e ratos. Pelos mesmos motivos, higiene!

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Nikolai_Kondratiev

    “http://www.academia.edu/1579222/Notas_Comparativas_Sobre_as_Ondas_Longas_em_Kondratiev_Braudel_e_Arrighi1”

  • Ora francamente…o site entrou com tudo na campanha política?
    Artigo tendencioso anti-Dilma e pró Aécio.
    Algumas pérolas:
    *Lista negra de jornalistas a serem perseguidos pelo governo, como se fosse possível isso no Brasil, onde a grande mídia, nas mãos de meia dúzia de famílias comandam tudo. Qualquer governo é refém da mídia.
    *Os rasgados elogios ao Plano Real deitam suspeitas, pois se por um lado estabilizou a moeda, por outro manteve os salários baixos agravados por 12% de desemprego (me lembro bem disso), visitas de pires na mão ao FMI…
    *Até apagão total ele previu para ano que vem por falta de chuvas!!! Aqui no RS estamos quase nos afogando de tanta chuva e faz pouco tempo que sofríamos com a estiagem!
    Parei aí!
    Período eleitoral é assim: boataria de todos os lados, faz parte. A Regina Duarte tinha medo do Lula após o FHC(ia quebrar o Brasil) e nesse governo Dilma haveria o estouro da bolha imobiliária…
    Atualizando: ações da Petrobrás tiveram alta de 72%… e todo mundo sabe que BOATARIA é o carro-chefe em transações na Bolsa de Valores. E POR QUE uma empresa em consultoria nesse segmento divulgaria isso para todo mundo e não para seus fiéis clientes???
    PSDB é o partido dos banqueiros; PT é o partido das empreiteiras.
    Eu queria ver um novo governo, mas nenhum desses dois… vou deixar rolar a campanha para ver.
    Por fim, assim é o Capitalismo, com crises uma em cima da outra e colapsos não são raros, mas o texto é exclusivamente político.

  • Não sou nem um cético, mas venho por meio de curiosidade buscando certo conhecimento em diversas áreas, pois não pretendo ser uma marionetes nas mãos do sistema, e tenho me preocupado com coisas que venho descobrindo dentro de um contexto que focaliza minha maneira de pensar e observar as coisas que me rodeiam (mundialmente falando), tenho minhas convicções e crença que influenciam muito meu ponto de vista, mas posso deixar claro com toda certeza que se não mudarmos o governo urgentemente iremos pagar um preço muito alto, posso me atrever a dizer que se isso não acontecer nessa eleição já não poderemos mais nos livrar do que vai cair sobre nossos ombros, não sou conhecedor de política e pra ser verdadeiro nunca que preocupei muito com isso, mas as associações realizadas pelo governo petista nos últimos anos estão nos fazendo cavar nossas próprias covas e digo isso no sentido literal.
    Não vou entrar em detalhes como disse sou apenas um curioso, e crescendo com o Sobrevivencialismo, mas fiquem atentos aos sinais.

  • Yoseph Makabi

    A crise vai chegar. Mas o que esse cara quer mesmo é ganhar o nosso dinheiro vendendo seus artigos, relatórios e outras baboseiras. Concordo com o Israel D. e outros.

  • O texto “O fim do Brasil” simplesmente mostra o que já sabemos que vai acontecer no mundo como um todo: a quebra das moedas e da economia. O texto deste post só contextualiza a situação do ponto de vista brasileiro, mas este é um acontecimento, uma transição, de alcance global. E sim, estas coisas vão acontecer no mundo inteiro, talvez em graus a princípio, mas essa crise vai afetar cada pessoa no mundo, de uma forma ou de outra.

  • a crise nem começou e ja tem gente querendo SALVAR SO O MEU DINHEIRO. agora falando serio isso foge um pouco a prioridades da comunidade enquanto sobrevivencialistas, quando a crise chegar e voce tiver dinheiro la fora , vai ser dificil voce ter acesso a ele. temos que pensar em objetos e coisas que sirvam de moedas de trocas para ser usados aqui. numa crise um quilo de feijao nao e vendido ele e trocado.

  • Tiago Bushman

    Volto a escrever.
    Li todas as críticas e posturas políticas geradas por este tópico e vejo como válidas e democráticas cada uma delas, porém não vejo nenhuma razão em pensarmos que o autor do artigo tenha perdido seu tempo para vender relatórios e, mesmo que tenha tido este objetivo de nada nos importa, afinal todos nós sobrevivencialistas, independente de cada artigo exposto,nacional ou importado, temos nossos ideais TODOS a partir de suposições, perspectivas subjetivas, as vezes até idéias utópicas de um mundo melhor, apenas nos baseando no que TALVEZ possa acontecer, certo?
    Se todos nós tivéssemos certeza de que um país nos faria um ataque nuclear no dia 19/08/2014, com certeza já teríamos arrumado nossas tralhas e fugiríamos daqui, com certeza!
    Eu, como sobrevivencialista, avalio o teatro do caos em sua prática,e não através de que modo ele chegará: político, social, nuclear, químico, epidêmico. O que importa é o que EU vou fazer, como fazer e quando fazer, sobrevivendo por mais tempo possível e aguardando o retorno da estabilidade, se houver.
    Estimados colegas não percam tempo analisando a conduta, idéias, premonições de um ou outro divulgador. Sim, fiquem atentos a tudo, pois qualquer coisa pode acontecer neste nosso mundo instável, mas dignifiquem nosso ideal sobrevivencialista pelo que somos: preparados para a pior situação possível.
    Então esqueça a “maquiagem” dos diversos e possíveis cenários e limite-se a saber o que você possui de concreto para receber estes cenários com hombridade, razão , sobriedade e isolamento.
    Abração

  • Vi o vídeo e por trabalhar no sistema financeiro consigo entender boa parte dos termos e assuntos que ele aborda.
    .
    Minha opinião é que todos os fatos e dados mostrados tem fundamento e as várias previsões podem acontecer.
    Agora se todas essas coisas irão acontecer ao mesmo tempo é o que se chama de “tempestade perfeita”.
    Pode ocorrer? Pode. Mas acredito ser mais difícil do que o autor tenta mostrar.
    .
    Entretanto acho válido ver o vídeo e tentar entender o que ele passa. Conhecimento nunca é demais e não ocupa espaço.
    Se nada acontecer não temos nada a perder em ter aprendido e pesquisado, mas se acontecer podemos estar um ou dois passos à frente para escapar.
    .
    O Brasil tem suas crises regionais, como as cheias nesse momento no Sul ou a “tradicional” seca no Nordeste. Essas crises são desastrosas para os locais onde ocorrem e não nacionais.
    A crise que entendo podem afetar o país inteiro é a social e financeira.
    Não vejo a maioria das pessoas se preocupando com ela, pois as pessoas estão cada vez mais individadas e consumindo produtos e serviços sem antes analisar a real necessidade deles.
    A criminalidade só aumenta. Pessoas tentam fazer “justiça” com as próprias mãos diariamente. Temos em alguns locais um racionamento disfarçado de água e o de energia, acreditem ou não, está batendo na nossa porta.
    Estamos nos preparando para essas crises sociais?
    A economia não anda bem faz um tempo. O crescimento é insignificante. A inflação está aí e é alta, mesmo que números oficiais tentem não mostrar, é só fazer a conta no mercado. Se o desemprego não está aumentando, os salários e empregos também não.
    Estamos nos preparando para essas crises econômicas?
    .
    Não quero fazer coro com alarmistas, mas gostaria de despertar o interesse para que pensemos, pesquisemos e nos preparemos para uma crise diferente e não apenas aquelas de filmes de zumbis, guerras e meteoros caindo no planeta.

    • Muito lúcida a tua abordagem sobre o problema. Com o atual sistema financeiro, e caso nossa sociedade – porque a real crise vai transcender as fronteiras dos países – entre em uma depressão o que vai valer será a prática do escambo mesmo.
      Não sou economista, mas já vejo as pessoas reclamarem das demissões e falta de trabalho/emprego.

  • alguem comprou o kit “salvação do apocalipse economico?

  • Perdi 1 hora assistindo esse vídeo pra no final chegar com ladainha de vender assinatura para ter acesso as informações, fala sério!
    Aí fica fácil ganhar dinheiro, cria uma história pra assustar todo mundo e no final diz que vende a solução para se ganhar muito dinheiro caso aconteça o problema. Não Curti.

  • Há algum tempo atrás um ministro de Nicolás Maduro expressou preocupação com os programas de distribuição de renda venezuelanos, que, segundo ele, corriam o risco de gerar uma “nova classe média”, com todos os seus malditos hábitos de consumo. Pressionado pelo descontentamento popular motivado pela escassez de mercadorias, Maduro recorreu ao corriqueiro expediente socialista do racionamento. Só que essa política assistencialista jamais serão descontinuadas e representam grave ameaça à estabilidade fiscal e à contenção da pressão inflacionária, sobretudo quando alimentadas pela irresponsável ampliação do crédito e gasto públicos.

    As lições da História são claras: vitimados pela incompetência, a fórmula encontrada por governos socialistas para manter-se no poder é invariável: denunciar culpados, prender sabotadores e confiscar as propriedades ou o produto do trabalho dos agrupamentos sociais responsáveis pela criação de riqueza naqueles países que parasita. O desafio que fica para as pobres vítimas desse modelo é gigantesco, diga-se de passagem. Em geral, a herança socialista é nefasta: além de corroer as estruturas econômicas, o Socialismo expulsa os indivíduos mais empreendedores da sociedade, reduzindo o estoque de um “fator de produção” fundamental, representado pela capacidade empresarial. Os exemplos de Cuba e Venezuela ilustram bem o que desejo dizer e, ao que parece, seguimos rumo análogo no Brasil, que, brevemente, se chamará: República Socialista do Brasil.

    Acordemos para essa realidade!

  • O analista já está mais que queimado no mercado, só os leigos lhe dão crédito. Sua empresa ficou conhecida por relatórios informais, com piadas, que, para muitos, passam dos limites. Foi o caso de um artigo sobre a Marfrig, empresa do ramo alimentício. A Empiricus apontou uma suposta fraude nos balanços da empresa. O caso resultou em processo. Uma representação administrativa junto à Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais (Apimec) alegou infração ético-disciplinar por parte da casa, com relatórios elaborados em desacordo com o Código de Conduta da Apimec e utilização de relatório para fins que não o de auxiliar na decisão do investimento. O que esse cidadão quer mesmo é espalhar o pânico e vender seus relatórios furados.

  • O Brasil se encaminha ao comunismo! Certamente vocês não acreditarão e darão risada do que digo, mas insisto. Comparem as atitudes que o governo petista toma com os locais por onde o comunismo/socialismo/ e qualquer regime totalitário passou. Exemplifico, há investimentos,empréstimos, perdão de dívidas de países onde os que governam são ditaduras anunciadas, vide Venezuela, Cuba, China diversos países africanos. Eles já estão botando as garras de fora. o Comunismo se destaca por uma presença do Estado muito grande na vida das pessoas, dizendo o que você deve e não deve fazer, reparem: na lei da palmada, no desarmamento civil, presença intensa de burocracia e demais carga tributária altíssimas.

    Além de que o PT tomou conta de todos os poderes da republica o Supremo tribunal federal tem todos seus ministros indicados por Lula e Dilma (logo farão o que eles querem),o Executivo é dominado pelo PT, o Legislativo é majoritariamente petista, não há democracia com concentração total dos poderes em apenas um partido! Assim é a China!

    Eu poderia me alongar no assunto, mas o texto ficará e grande poucas pessoas lerão esse assunto tão importante.

    Pesquisem, pelo Paulo Eduardo Martins, ele explica bastante disso em pequenos vídeos.

    • Esse discurso de que o Brasil é comunista, PT é comunista, Brasil e PT caminham para o comunismo… Blargh!
      Percebe-se como seu conhecimento é limitado. O Comunismo, sendo a solidificação da fase transitória nomeada Socialismo, não há estado. Logo sabe-se que nos tempos contemporâneos, não houve estado comunista de fato, e nem ao menos chegaram perto disto. O que houve foram estados socialistas, que através de revoluções e guerras civis contra o estado burguês, tentaram aplicar mudanças drásticas nos países em pouco tempo, desestabilizando-os em seguida, por isso não se mantiveram estáveis. Muitas mudanças, pouco tempo para aplicá-las, é óbvio que não dará certo.
      Um país onde as ensino público é sucateado em relação ao privado, pessoas morrendo em filas de hospitais, criminalidade em alta e população carcerária de baixa renda gigantesca, o cara vem me falar de comunismo.

      • Não caminhamos para o comunismo, pois segundo o próprio Karl Marx – um incompetente que escreveu um livro em 22 anos de vida nos quais não trabalhou e só alimentou sua família graças a ajuda do colega e mantenedor Engels – o comunismo apenas viria depois de um governo socialista, uma revolução proletária para derrubar o poder estatal e estabelecer um regime socialista. Pensando assim decrépitos e manipuláveis tomaram em armas e assassinaram mais de 22 milhões de pessoas na União Soviética de Stalin e tantos mais peo mundo. Vemos o filme se repetir agora na América Latina e na Rússia de um demente assassino. Não caminhamos para o abismo, já pulamos para ele. Caminhamos é para o total colapso.

        Ps.: Este comentário não é anônimo, estou respaldado pelo artigo 5, IV da CRFB/88, AINDA há algum direito de expressão no Brasil, espero que por algum tempo…

    • TENS A MAIS COMPLETA RAZÃO!

      • Karl Marx – O incompetente – é usado pelos próprios liberais para tentar compreender as crises cíclicas do Capitalismo, como evitá-las e como superá-las. Além disso, o contraproducente Marx – Apesar de sua extensa bibliografia contar mais de 250 livros só na língua portuguesa – foi estudado à exaustão para a criação de políticas públicas que beneficiassem a imensa maioria da população, especialmente na Europa e América. Aos que preferem acreditar em artigos de internet, oportunistas e falsos, ao invés de se debruçarem sobre os estudos científicos, a análise da realidade em que vivemos e a crítica ao que está dado como verdade absoluta, à essas pessoas digo: sinto muito, mas não passará de uma ovelha, sempre atenta ao noticiário e ao novo “filósofo” da moda. Há aqueles que tem os ouvidos eriçados ao menor rumor de uma batalha e de um farfalhar de uma falsa bandeira, mas que se fazem surdos ao ouvir a terra ruindo sob seus pés.

  • Para quem ainda não viu este vídeo do Mike Maloney explicando como dinheiro é criado pelos EUA e pelo resto do mundo, com impressão de cédulas sem lastro nenhum, e isto já desde 1971. Depois de ver este vídeo, dá pra se notar que o dólar não é um investimento, pois ele vai quebrar em breve, e a cada dia temos mais sinais de que este evento/transição está se acelerando.

    • KARLOS HEVERTON

      boa,isso é sinal de o pessoal n entende como funcional a agenda dessa elite global.vc esta montado na razao n é uma boa comprar dolar poias a destruicao dos EUA esta decretada e é inevitavel, creio eu q seria melhor investir em ouro e em prata. pesquisem. para mais detalhes olavo de carvalho e lidsen willans

  • Pessoal, o vídeo mostra comentários e dados bastante convincentes e acredito realmente que o Brasil passará por uma turbulência em breve. Alguns setores não vão bem, produção industrial está caminhando vagarosamente, mas não esqueça o principal: O objetivo do vídeo não é fazer você se preparar mas sim te vender informações por R$ 9,90/mês.

    A lógica é a seguinte:
    Título alarmista que induz o visitante a olhar um vídeo enorme, sem barra de tempo, cheio de gatinhos mentais como medo, escassez, senso de urgência, prova social e no final o autor se mostra como o heroi resolvedor dos problemas, tudo isso por apenas R$ 9,90/mês.

    Ah! E não é só isso. Se você assinar, provavelmente, irá receber muitos e-mails com “oportunidades de investimento” dessa mesma empresa, onde seu dinheiro estará muito bem cuidado quando essa crise aparecer.

    Minha dica é: Aprenda com o vídeo, busque mais informações e se preparem. Mas não confiem em tudo o que vocês leem, nem em mim.

  • Olá Júlio, tudo bem? Cara concordo e acho bacana a abordagem do tema, inclusive o vídeo tem bastante argumentos sólidos, mas quanto às “promessas” feitas pelo tal economista me parecem boas e promissoras demais para serem verdades. Não sei não, até posso estar errado, mas nunca confiei muito em nada relativamente fácil. E por que um economista, formado na USP, com doutorado na FGV, de família relativamente estável financeiramente estaria vendendo um produto a R$ 9,90 / mês? Concordo plenamente com ele na questão da atual economia brasileira, que não vai muito bem das pernas, mas deixo a minha recomendação aqui às pessoas que ficaram encantadas com a promessa, de pesquisarem mais a fundo tudo isso que ele falou. Crises econômicas podem se abater em qualquer país do mundo, o Brasil com certeza é mais suscetível, mas na questão de um retrocesso à era collor, ou uma segunda ditadura acho pouco provável.

    Abraços!

  • Olá Júlio, lendo o texto me vêm à mente um fato que aconteceu em 2011. Tenho um amigo, que trabalhava na área de imóveis e ao comentar que pretendia comprar uma apartamento me assegurou que uma crise geral se abateria a partir de 2014 e quem tivesse dinheiro em caixa compraria qualquer imóvel barato. Não sei como ele tinha acesso à esse tipo de informação, mas vejo tudo se confirmar. Além do mais, os rumores sobre a crise vem desde antes da copa, mas foi abafado por causa do evento. Acho que a hora está chegando mesmo.

  • Perigo de guerra.

    http://veja.abril.com.br/noticia/internacional/eua-divulgam-evidencias-de-que-a-russia-treinou-rebeldes-que-derrubaram-aviao

  • Tiago Bushman

    Boa tarde Júlio.
    Este economista não perderia seu tempo, e garanto que não foi pouco, em escrever algo que lhe “queimaria” no futuro próximo; e muito menos usaria disto para promover seus relatórios. Eu tinha 27 anos em 1994 e senti a crise desde seu início e nem vou entrar em detalhes, pois foi um período de medo e incertezas.
    Nós, como sobrevivencialistas, com baixos recursos e sem poder investir em outro país, temos que agir como estamos aprendendo: armazenamento, proteção e emocional equilibrado. Afinal não é para isto que nos preparamos?…apenas a hora está chegando, mais nada!!!….este é o nosso objetivo: sobreviver!
    O cenário mundial está mais intenso que nunca: temos 14 conflitos armados gravíssimos ; vários países em crise financeira e social; falta de alimentos; xenofobia grave na Europa; ressurgimento de ideologias socialistas/nazistas; milhões de refugiados sem expectativa de vida; acidentes da natureza pelo aquecimento global; etc,etc.
    Se eu falar que não tenho medo estou sendo idiota.Mas o medo para o sobrevivencialista deve gerar preparação, planejamento, ação.
    Temo mais por ter filho pequeno e esposa e sei que nestes casos o trabalho é triplicado, mas fico super tranquilo em saber que minhas chances são 300% maiores que os céticos mauricinhos e patricinhas do mundo global!
    Abraços aos lutadores>

    • E se esse tal economista já estivesse “queimado” no mercado, será que não perderia tempo para tentar vender outro produto em um novo mercdo?
      Digo isso porque achei essa decisão da APIMEC condenando os audiores da tal empresa por violação de conduta.
      No caso, houve alegação de que a tal empresa de investimento vendeu a descoberto ações de um frigorífico (= vender um carro que você não tem por 50mil hoje na esperança de comprar amanhã um por 45mil e ficar com a diferença) e divulgou no seu informativo que o mesmo frigorífico estava sendo mal administrado.

      http://www.apimec.com.br/Apimec/show.aspx?id_canal=3906&id_materia=35556

      Deu para perceber que se você vende algo que não tem, vai rezar para o preço cair para poder entregar a coisa vendida e lucrar com o negócio. Imagina se você puder manipular as pessoas então…

  • Lucas Satler

    Realmente assustador…..

  • Se vocês moram em regiões de clima seco já devem ter percebido os aviões que liberam compostos químicos na atmosfera. Isso provavelmente se trata de engenharia climática. Mas não só! Se quiser fotos acesse: http://www.mundodesconocido.es/chemtrails.
    Bom, além do bizarro potencial de controle social, econômico e político que o controle climático tem, ele permite controlar a demanda de água, de luz, de calor, de alimentos, combustíveis etc. Alem de criar perturbações climáticas!
    Sim, essa tecnologia já existe! E não precisamos ser muito imaginativos para conjecturar isso! Por exemplo, a empresa http://www.modclima.com.br, já oferece este serviço desde 2007, porém a tecnologia, de modo divulgado, já existe pelo menos desde 1998. É estratégico conjecturar, que assim como praticamente todas as novas tecnologias, os poderes governantes mais potentes já detinham este conhecimento muito antes de ele se tornar público e atualmente esse conhecimento é muito mais avançado do que o público tem acesso.

    Aparentemente a quantidade de eventos críticos pelo mundo nesses últimos anos vem aumentando. Desde eventos supostamente naturais aos econômicos e políticos. Além, principalmente, da estúpida degeneração da nossa saúde em corpo, mente e espírito, e também da natureza. E isso é alarmante. Sem o nosso ser pleno e sem o nosso ambiente integro, que liberdade teremos? Que potencial teremos senão o de seres moribundos passivos e de mente e espírito medíocre? Realmente não nos restariam mais alternativas, a não ser apelar para o sentimento de justiça e moralidade, que ainda persiste. Pois sem muita organização e apenas com paus e pedras,como poderíamos mudar a ordem dominadora. Não, não há solução! Nos resta, apenas nos fortalecer interiormente, pois de tudo o que se passa no mundo, aquilo que tem mais valor é o que está dentro de nós.

    Não se enganem, a política, a economia, a sociedade não são tão difíceis de ser controladas, condicionadas. O controle da emissão de dinheiro, da mídia, da religião, do desenvolvimento e execução das leis, das armas da diplomacia e das guerras, e do clima os permitem esse poder.
    É verdade, independentemente de heróis e vilões, a humanidade continuará a existir. Mas em que condições? Com que liberdade? E principalmente, com que potenciais? Não se enganem a política, economia, etc. não é aleatória e nem caótica como fazem você intuir.

    Para vencer esse conflito não declarado e subjetivo, precisamos antes de tudo entender cada coisa e o todo – do melhor modo que pudermos. Aí então poderemos identificar os nosso amigos e inimigos e também em quem confiar e em quem não confiar. Precisamos compreender o nosso potencial como seres vivos e ativos. Pois afinal, qual o objetivo de todas essas perturbações? Qual o sujeito que é mantido vivo porém passivo a milênios senão o ser humano?

    Você é o seu melhor amigo. E você tem um potencial magnífico. Você tem o seu destino em suas mãos. E você pode aprimorá-lo e transformá-lo. Basta que para isso você se emprenhe em ser melhor consciente. Ajudará: alimentar-se naturalmente; viver o mais naturalmente; evitar perturbações; avivar o seus sentimentos bons; ser virtuoso, corajoso, resistente, respeitoso; no geral consciente de si próprio e da sua integração a natureza; conhecer a si mesmo e as suas fraquezas e transmitir a força do seu espírito a quem merecer.

    Tudo isso pode parecer ladainha. Mas de que adiantaria sobreviver e ser mais um espírito passivo?! Ser sobrevivencialista implica em conhecer assuntos específicos, manter um corpo saudável, desenvolver uma infraestrutura, guardar alimentos, equipamentos etc. Mas ser um Ser digno implica também em agir virtuosamente, em pensar no futuro, em conhecer a sua própria natureza e a da vida e se empenhar em fortalece-las. Pois qual o legado que você quer? De que adiantará sobreviver se formos apenas mais um? Afinal, o futuro de todos não é a morte?

    Me desculpem qualquer coisa. Estude quiromancia.

    • Onde eu assino?

      Não estou falando de subexistir e sim de sobreviver.
      Sobreviver para comer mais um prato de comida não é verdadeiramente sobreviver, tem que haver um objetivo moral para sustentar a vontade de sobreviver em longo prazo…

  • Olá Júlio,

    Sempre tive receio de analistas de investimentos. Primeiro poque se eles realmente soubessem o que estão fazendo seriam ricos investindo e não vendendo conselhos sobre investimentos.
    Sinceramente, uma crítica dessas me soa estranho num ano eleitoral (ainda que eu não tenha nada a favor do PT).
    Além disso, diversos argumentos são verdadeiros, mas não são novos e muito menos tiveram início no governo do PT (o preço da gasolina é controlado artificialmente há décadas, por exemplo).
    Outra coisa que me chamou a atenção foi o fato de não se permitir adiantar o vídeo, ou seja, você deve assistir tudo para saber como ele sugere que seja feita sua “blindagem” patrimonial e qual foi minha surpresa: “comprar o relatório da empresa dele por 10x de R$9,90”.

    É a velha história: na corrida do ouro, quem ganha $$ não são os garimpeiros, mas sim quem vende as pás!

    • Que estranha coincidência, segue o link para um relatório em inglês com o mesmo nome do citado no vídeo: “O ativo mais seguro do mundo em tempos de crise”
      http://moneytalks.net/pdfs/farmlandstory.pdf

    • O que eles dizem não é o que eles pensam. E todo esse alarde de esquerda, direita, centro, céu inferno, blá blá blá… O que faz é nos dissuadir daquilo que realmente importa. Os rumores de ditaduras e de guerras justificam as próprias guerras e ditaduras. E os rumores de crises justificam as crises. Mas para se prever uma crise é preciso principalmente analisar a receptividade do povo a essa crise. Se o povo estiver imunizado as restrições de direitos e a lavagem cerebral ela não ocorrerá, pois seria um tiro no pé!

    • Interessante, lembrei de uma matéria que li em 2012, previa um colapso econômico sem volta, porém ao invés de sugerir comprar um relatório, recomendava ler um livro intitulado”A Estratégia Alpha”. Segundo o autor, este foi escrito depois da grande recessão e quebra da bolsa em 1929, mas se manteria atual. Alguém ja leu ou ouviu algo sobre ele? Nunca encontrei uma versão em português, se alguém tiver, por favor me enviem, ou deixem o link. Desde ja agradeço.

  • carlossilvapb

    Eu acredito que as desastrosas políticas econômicas estão nos levando para o buraco. Só que este é um buraco muito mais fundo do que se pensa. Vejam por exemplo a situação dos reservatórios de água em boa parte das regiões metropolitanas brasileiras. Se, com recursos financeiros abundantes não se fez nada para aumentar a quantidade de água para a população, imagine durante uma crise econômica, como esta que poderá nos atingir já no ano que vem? Os poucos programas de despoluição e construção de estações de tratamento de água certamente serão paralisados, e o dinheiro aplicado para resolver problemas mais “urgentes”. A crise econômica poderá piorar a já presente crise hídrica. E sem água, não há como recuperar a economia. É um círculo vicioso, que nos empurrará cada vez mais para baixo…

  • Complementando eu invisto as poucas reservas econômicas que faço em espécie (dinheiro) comprando Francos Suiços, é a única moeda atualmente com lastro econômico, a Suiça é a maior reserva de Ouro no mundo. O Dólar não é recomendável dado ao fato de os E.U.A. estarem emitindo muito papel moeda para conseguir resgatar seus títulos da dívida pública – Os Estados Unidos estão mais endividados que o Brasil – e não possui ouro suficiente para lastrear sua moeda. Vale lembrar que uma crise mundial agora seria muito pior que o Crash de 1929, a depressão seria ainda muito mais sentida dado o Acordo de Bretton Woods e o fim do “fator ouro”, migrando para o “fator Dólar” nas relações internacionais.

    COMPREM BOAS FERRAMENTAS, PEÇAS SOBRESSALIENTES E MATERIAL DE PROTEÇÃO RESIDENCIAL. Aqui deposito a maior parte das minhas “economias”.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Acordos_de_Bretton_Woods

    • Desculpe eu perguntar, mas fiquei curioso. Porque investir em francos suíços em razão de eles serem lastreados em ouro? Não seria melhor investir logo em ouro?

      • Eu acho que o melhor investimento financeiro é investir em saúde, conhecimento, preparação e… imóveis rurais.

  • Já estou avisando pra todo mundo, desde o governo Lula, essa crise é totalmente planejada e metodicamente calculada.
    Ela tem o proposito único de controlar a sociedade de forma metódica, ou “socializar” de forma que ela não tenha como reagir, o ultimo ato já esta em andamento.
    Espero que a FFAA nos salve, o nosso pais está na mão do MR8, e deve ser devolvido, o BLICS, é a nova URSS.

  • O argumento é consistente e o texto é muito bom, com muita informação relevante, mas a empresa está vendendo solução por R$9,90 por mês…não curti isso.

  • Bom dia Julio: Excelente tema este! Nosso País (nosso?) esta com uma previsão de a dívida INTERNA chegar em R$ 2,32 trilhões este ano. A presidência da República perdoou a dívida dos países africanos, e não entanto não o fez com os Estados que compõem a Federação.
    Nossa dívida externa – vale lembrar que vivemos em um País paternalista … – US$326,7 bilhões, pouco investimento na indústria nacional, estrategicamente nosso parque industrial esta muito defasado não produzimos o básico caso haja uma crise econômica séria somos quase que dependentes de nossos parceiros comerciais, especialmente China.

    Moral da história – na minha realidade – minhas preparações estão nesta sequencia, risco de enchentes, crise energética – embora eu viva em um Estado da federação que tem alto índice de geração elétrica, e especialmente CRISE ECONÔMICA, inclusive com a possibilidade de um período futuro de DEPRESSÃO ECONÔMICA.

    Fontes:

    http://g1.globo.com/economia/noticia/2014/04/divida-publica-sobe-06-em-marco-para-r-208-trilhoes-diz-tesouro.html

    http://www.bcb.gov.br/?ECOIMPEXT

    http://aluizioamorim.blogspot.com.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s