Para você, o que é Sobrevivencialismo?

Esta semana, eu e Julio estavamos conversando e encontramos a seguinte notícia: “Brasileira no Chipre relata como é viver sem dinheiro
E isso nos trouxe a vontade de reviver essa pergunta do título.

Vale lembrar que clicando no título da notícia você será direcionado para o site onde a encontramos. Então, voltando ao tema da postagem e claro, comentando a notícia citada, podemos observar que não precisamos necessariamente de um apocalipse para termos nossos SHTF’s. A mulher que usaram para protagonizar a notícia estava vivendo tranquilamente quando foi abatida por algo que me pareceu o Congelamento de Contas Bancárias que tivemos aqui no Brasil na época do Presidente Collor, enfim, trarei aqui uma pequena citação sobre o que foi dito e o resto vocês podem acompanhar na notícia.

“Os bancos no país estão fechados há mais de uma semana, desde que o governo anunciou um acordo com o FMI e o Banco Central Europeu, posteriormente frustrado, para taxar contas bancárias em até 10% em troca de um empréstimo de 10 bilhões de euros (cerca de R$ 26,1 bilhões).A proposta foi posteriormente rejeitada pelo Parlamento cipriota, aumentando a incerteza no país. Muitos correram para sacar dinheiro de caixas eletrônicos, que logo ficaram sem recursos. A maioria dos bancos vêm impondo um limite de 100 euros para saques.”
Comentem ai embaixo o que vocês pensam e respondam nossa pergunta: Para você, o que é Sobrevivencialismo?

Anúncios

17 Comentários

  • Boa noite Júlio.

    Sobrevivencialismo para mim é garantir a segurança (física, emocional, alimentar, etc) para mim e toda a minha família e para isso busco conhecer todos os cenários possíveis e imagináveis que possam vir a NOS AMEAÇAR. Já pensou que a simples perda de um emprego pode desencadear uma crise de sobrevivência (limitada é claro)? Esse simples conceito pode nos mostrar que o “inimigo” se não mora ao lado CONVIVE CONOSCO TODOS OS DIAS.

    • Fala Marcos,

      Obrigado pela sua opinião, fico feliz em saber que pensamos de forma semelhante.

      Abraços!

  • Eu estava procurando videos e cai de paraqueda em um video do julio, de la praca virou mais um robe, gosto de me prepara para uma crise economica e de luz . agora estou tambem me preparando para uma questao de crise natural por causa dos eventos que estao agora ocorrendo no Brasil por ex: pequenos terremotos e temporal no rio etc…não descarto totalmente outras crises mais não boto muita fé.

  • Para mim o Sobrevivencialismo é uma evolução. É a fusão das idéias libertárias c/ a Sustentabilidade.

  • ACHO QUE SOBEVIVEMCIALISMOS E A ARTE DE SOBREVIVER EN QUANQUER OCASIAO

  • Sobrevivencialismo, para mim, é agir/pensar de tal forma que possibilite a sobrevivencia do maximo de pessoas possivel.

  • Na minha opinião o sobrevivencialismo é aplicar um conjunto de conhecimentos, habilidades, recursos, reservas, equipamentos e ferramentas para ser o mais auto-suficiente possível.
    Ao meu ver a base que sustenta o sobrevivencialismo vem da auto-suficiência, ser auto-suficiente deve ser a busca diária de todo sobrevivencialista. Ser auto-suficiente é muuuito difícil mas não é impossível, isso demanda investimento inicial, diçiplina e a capacidade de mudar o modo de vida. que almeja a auto-suficiência tem que aprender a abdicar muitas das facilidades dos dias modernos…

  • Jean Steeler

    Se me permitem uma pequena correção, amigos:
    Foi no Governo de Fernando Collor de Mello (1990-1992) e não do Sarney (1985-1990) que ocorreu o confisco do dinheiro alheio. Foi conhecido como Plano Collor, na verdade. A Ministra da Fazenda era Zélia Cardoso de Mello. Nessa época foram confiscadas todas as contas correntes, como aconteceu no Chipre dias atrás.
    Aqui, naquela época, muitos empresários faliram e alguns se suicidaram. Foi um verdadeiro pandemônio na história dessa republica de bananas.

    • Fala Jean!

      Obrigado pela correção.

      Abraços.

    • Opa, pequena confusão minha. Valeu Jean, foi a empolgação na hora de escrever.

  • Ana Maria Mendes

    Há algum tempo tenho preocupação com a questão da sobrevivência num sistema como o nosso, sobretudo nas grandes cidades, que ao mesmo tempo parece tão rico em opções, tão forte, mas que de um momento para o outro pode desmoronar como um castelo de cartas. Bastaria uns poucos dias sem eletricidade ou água para tornar uma grande cidade inviável! Isso sem pensar em todos os acidentes naturais e as consequências da má administração dos governos e crises econômicas e sociais. É preciso não se deixar obcecar por essas ideias mas vê-las com clareza e realismo. Não espero me proteger de tudo porque é impossível. Se tiver que morrer, vamos morrer mesmo. O que não quero é ser vítima da escassez por pura falta de precaução e por ter ilusões quanto ao sistema vigente.Não gosto de ser dependente de coisas, além das que não posso deixar de depender (ar, comida, água, etc). Usufruo do que a vida me dá mas não quero me tornar acostumada, dependente do supérfluo. Apesar de pensar assim há muito tempo e de ter um olhar muito crítico desse nosso sistema, só há muito pouco tempo tomei conhecimento do sobrevivencialismo e ainda estou aprendendo muitas das medidas práticas a serem tomadas. Gostaria inclusive que alguém me explicasse por exemplo as medidas a serem tomadas em relação a estocagem de água em apartamentos. Sei que água “estraga” não pode ser só guardada em garrafões mas não sei como e por quanto tempo estocá-la sem ficar armazenando e jogando fora para evitar desperdício. Faço uma rotatividade com alguma água guardada mas dá muito trabalho, ocupa espaço e ainda assim é pouca a água guardada assim. Se alguém souber me explicar melhor, por favor.
    Enfim, sobrevivencialismo para mim é saber dessa fragilidade do sistema e da própria vida humana sobre a terra e tomar precauções até aonde é possivel. É ser realista e saber que esses acidentes naturais, crises, guerras que vemos todos os dias na televisão não acontecem só com os outros, que não estamos mais a salvo do que ninguém.

    • Olá Ana,

      Primeiramente obrigado pela sua opinião. Em relação à água, muitos armazenam em garrafas PET. O ideal é consumi-las em menos de 6 meses, fazendo o processo de rotatividade. O ambiente de armazenamento deverá ser escuro e de preferência com pouca variação de temperatura, pois caso contrário, você poderá encontrar micro organismos se desenvolvendo no reservatório após certo tempo. É uma boa ideia antes de consumir a água purificá-la com um tablete de cloro (Aquatabs, Clor-in e afins). Mais à frente faço um tutorial completo.

      Abraços.

  • OI PESSOAL, OI JULIO, MAIS UMA VEZ É UM PRAZER PODER OPINAR EM SEU BLOG.
    EU VIVO CHEIO DE REGRAS, NORMAS E PROTOCOLOS DE SEGURANÇA. ME CHAMAM DE MALUCO E NEUROTICO, MAS DESDE CEDO NÃO CONSIGO CONFIAR 100 % NO SISTEMA E EM NOSSO GOVERNO QUE AI ESTÁ. QUANDO EU VOU RECEBER ALGUM PAGAMANETO DE CLIENTES E ALUNOS O FAÇO PELO BANCO EM DUAS CONTAS BANCARIAS QUE POSSUO, MAS VOU LOGO NA CASA LOTERICA OU BANCO RETIRAR TUDO , NÃO DEIXO NADA GUARDADO NO BANCO TENHO MEDO DE SER CONFISCADO OU BARRADO POR ALGUM PROBLEMA GOVERNAMENTAL. GUARDO TUDO EM CASA EM UM COFRE ESCONDIDO ONDE SO EU SEI ONDE FICA.

    ESTOU TENTANDO DE OUTRAS FORMAS ATRAVES DE UMA PEQUENA HORTA DE QUINTAL E JUNTANDO E ESTOCANDO COMIDA ENLATADA, AGUA ENGARRAFADA, E COMIDA HIDRIFILIZADA OU BENFICIADA EM GARRAFAS PET. EU COMO VCS QUERO E PRECISO TORNAR-ME MAIS INDEPENDENTE E PREPARADO PARA AS CRISES QUE COM CERTEZA CHEGARAM EM BREVE POR UM MOTIVO OU OUTRO POIS NÃO HA UM SÓ, SÃO VARIAS AS AMEAÇAS QUE NOS CERCAM E AFLIGEM OU VÃO AFLINGIR.

    VIVER DIARIAMENTE NESTE PAIS COM UMA FAMILIA DE 5 PESSOAS PAGANDO ALUGUEL GANHANDO UM SALARIO MINIMO E ALGUNS GANHOS COMO AUTONOMO JÁ É UM GRANDE DESAFIO DIARIO DE SOBREVIVENCIA PARA TODOS NÓS. SEMPRE BUSCAMOS SOLUÇÕES PRATICAS PARA DEPENDERMOS MENOS DO SISTEMA, PROCURAMOS GANHAR E COLETAR MAIS RECURSOS PARA TREMOS UMA CERTA TRANQUILIDADE A MEDIO PRAZO.

    ISSO É SOBREVIVENCIA NA MINHA OPINIÃO E SOBREVIVENCIA DIARIA. APRENDER A SE VIRAR COM O QUE TEMOS , SUBSTITUIR POR OUTRAS COISAS QUE ESTÃO MAIS A MÃO E A VIVER SEM OUTRAS QUE NÃO TEMOS ACESSO NESTE MOMENTO. SEJA ONDE FOR, DE QUE JEITO FOR.

  • DEIVIS ZENATTO

    EU VIVO O SOBREVIVENCIALISMO A PRATICAMENTE A 08 ANOS OU SEJA EU NAO QUERO FICAR NA MAO DOS BANCOS OU SEJA NA MAO DE QUEM QUER QUE SEJA JA FALEI COM VARIAS PESSOAS E AS MESMAS ME DISSERAM ….HA EU TENHO DINHEIRO NO BANCO SE CASO ACONTECER ALGUMA COISA…..PARA MIM AS PESSOAS QUE PENSAM ASSIM ESTAO TOTALMENTE DESPREPARADAS MESMO QUE VOCE TENHA DINHEIRO NO BANCO VAMOS SUPOR QUE MESMO VOCE SENDO CORRENTISTA SE O GOVERNO IMPOR UM LIMITE PARA VOCE SACAR TENHA CERTEZA QUE VOCE NAO CONSEGUIRA OBTER COISAS BASICAS PARA PODER SOBREVIVER POIS TODOS VAO QUERER O MESMO QUE VOCE E A DEMANDA CONCERTEZA SERA MUITO PEQUENA PARA ATENDER A TODOS OU SEJA NESTE CASO SERA UM FORTE INDICIO AO MEU VER PARA SAQUES ROUBOS E MUITO MAIS VOCE NAO TERA TEMPO E CONDIÇOES PARA OBTER O BASICO COMO JA DISSE PARA VOCES TEREM UMA IDEIA EU COMO UM BOM SOBREVIVENCIALISTA SE UMA CRISE NO PAIS VIER A ACONTECER POR UM ANO EU DISSE POR UM ANO EU POSSUO RECURSOS E MANEIRAS PARA SOBREVIVER COM ALIMENTAÇAO DE ESTOQUE TATICAS DE SOBREVIVENCIA E MUITO MAIS EQUIPAMENTOS E VOCE ACHA QUE VAI DO DIA PARA A NOITE OBTER TUDO O QUE DESEJA TENHA CERTEZA QUE VOCE ESTARA TOTALMENTE DESPREPARADO NAO TENHA DUVIDAS EU ACREDITO QUE NUNCA SERA TARDE SE VOCE COMEÇAR AGORA PENSE NA SUA FAMILIA PENSE NAS PESSOAS QUE VOCE QUER BEM E PREPARE-SE AGORA ADQUIRA CONHECIMENTOS ESTOQUE ALIMENTOS ADQUIRA TATICAS E MANEIRAS PARA NAO PASSAR POR DIFICULDADES. ESPERO QUE EU DE ALGUMA FORMA TENHA AJUDADO A TODOS PENSEM E VIVA AO SOBREVIVENCIALISMO

  • Porque já vi e vivi coisas que muitos duvidariam.

  • Sobrevivencialismo pra mim, é entender que eu sou responsável e tenho que bancar minhas opções: manter minha família, minha casa, minhas contas, meu carro, minha saúde, “funcionando”, sempre. É não ser pego por uma situação assim, como a da matéria, com dívidas, com armários/despensas vazios, carro sem gasolina, com cáries, sem remédios, etc. As situações tais que podemos nos preparar passam mais por ter um tanque de gasolinha cheio e os dentes cuidados, do que estocar munição ou saber bushcraft (não desmerecendo esse conhecimento – só considerando que não é tão importante quanto não sofrer de dor de dente em uma metrópole em uma grave crise econômica e não ter dinheiro, comida e gasolina). Também é entender que diante da natureza, temos limites e que não há preparação absoluta para um fenômeno como um tsunami ou um meteoro, e nem contra uma forma rara de câncer letal. Um síntese, sobrevivencialismo pra mim é assumir fazer o que deve ser feito, sempre, como um adulto, que espera o melhor, mas está pronto para o pior.

  • Porque sou o primeiro a comentar? a lembrei, porque eu vivo sem dinheiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s