Crianças e fogo: Uma dupla perigosa

incendio2

As crianças formam um dos grupos com maior risco de morte em incêndios residenciais. Em casa as crianças principalmente do sexo masculino, gostam de brincar com o fogo, com isqueiros, fósforos e outros materiais combustíveis nos quartos, roupeiros (closets) e debaixo das camas. São nesses lugares que existem muitas coisas que podem pegar fogo facilmente .
Meninos de todas as idades provocam um grande numero de incêndios por ano. Mais de 30% dos incêndios em que morrem crianças são provocados por meninos brincando com o fogo.
Por ano mundialmente morre uma grande quantidade de crianças com idades compreendidas entre os 3 e os 9 anos de idade em incêndios residenciais (nos estados unidos morrem cerca de 800 crianças por ano).

Meninos curiosos tendem a provocar incêndios
Os meninos menores de 5 anos têm uma forte curiosidade pelo fogo. Em geral o que começa por uma exploração do desconhecido pode culminar em tragédia. Frequentemente as crianças que provocam incêndios não recebem uma orientação adequada quanto aos perigos do fogo, nem uma supervisão dos pais e professores. Em consequência, reincidem em seu comportamento de provocar incêndios.

Pratique com sua família a segurança contra incêndios

  • Supervisione de perto as crianças pequenas. Não as deixe sós nem por breves períodos.
  • Devemos sempre guardar fósforos e isqueiros em lugar seguro e fora do alcance das crianças. Revistar debaixo de camas e em guarda roupas para verificar a existência de fósforos queimados, sendo esse um dos principais indícios que a criança brinca com o fogo.
  • Ensine sua criança que o fogo não e um brinquedo e sim uma ferramenta muito poderosa.
  • Faça com que suas crianças avisem no caso de encontrarem fósforos ou isqueiros perdidos pela casa.
  • Guarde fósforos e isqueiros numa gaveta ou armário trancado por chave.
  • Mostre às crianças a natureza do fogo. Mostre que ele é VELOZ, MUITO QUENTE, BRUTAL E MORTÍFERO!
  • Ensine as crianças a não se esconderem em caso de incêndio e sim a sair rapidamente de onde quer que estejam para pedir ajuda. Ensine ainda como chamar os bombeiros e a importância de evitar trotes.
  • Elabore um plano de fuga para executar em caso de incêndio e pratique-o com suas crianças, estabelecendo um ponto de encontro na rua.
  • Mostre as crianças como se arrastar pelo chão por debaixo da fumaça para sair de casa e escapar em caso de incêndio.
  • Mostre como jogar-se ao chão e rodar caso as roupas peguem fogo. E lembre-se de praticar esse procedimento pelo menos uma vez por mês.
Anúncios

6 comentários

  • Realmente uma das formas de evitar é mostrar os perigos do fogo a uma criança e ensinar como se comportar em uma situação dessas. Praticar com a família as normas de segurança realmente é imprescindível.

  • Parabéns pelo artigo, muito bom crianças são sempre uma surpresa e com fogo forma realmente uma dupla a ser considerada em questões de segurança.

  • Glaide Freire

    Deveria fazer parte da educação familiar as medidas preventivas e defensivas contra incêndios o conhecimento é a melhor arma. Parabéns.

  • Maria Silva

    Realmente a prevenção é o melhor remédio para evitar um mal maior e crianças são fã de fogo. Parabéns pelo artigo

  • stefano stal

    Parabêns ao site, sempre com dicas valiosas.

    • Glaide Freire

      Medidas preventivas e posteriormente o que fazer diante de uma situação de incêncio deveria fazer parte da educação familiar, o conhecimento ainda é a melhor arma contra qualquer eventualidade. Parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s