Onde Devo Praticar?

Observei que muitos usuários do nosso fórum sentem dificuldades de encontrar uma área para a prática de suas habilidades de sobrevivencialismo e bushcraft, então vou tentar direcionar a busca dos colegas, tratando sobre alguns locais onde possívelmente serão bem recebidos.

Como alguns devem saber eu e o Júlio não somos do mesmo estado, muito menos acampamos ou treinamos juntos, inclusive nós praticamos em áreas que tem características diferentes, por exemplo, o Júlio recebeu a permissão para usar um terreno privado, já no meu caso, faço uso de uma reserva ambiental de característica semi-desidual, ou seja, uma reserva ambiental que permite pequenas modificações feitas pelo homem. Para tentar explicar melhor o que isso significa vou usar como exemplo a seguinte situação: Eu não posso derrubar uma árvore para fazer uma cama do mato por exemplo, mas, posso usar todo o material que já está no chão, não posso fazer uma fogueira, mas, posso usar um fogão à gás ou um fogareiro à álcool.

Ou seja, de forma bem geral, qualquer lugar que você esteja liberado pelo dono (ou administrador) é um bom lugar para a prática de técnicas de sobrevivência e bushcraft, claro que vale a pena lembrar que os administradores, proprietários, etc. não irão liberar todas as possibilidades do terreno em sua primeira visita, afinal de contas você pode ser um maluco, mas, com o tempo vem a confiança, então essa é a minha sugestão para os que pensam em por em prática suas habilidades.

Por mais que façam pequenas incurções ao terreno, sem muitas possibilidades de modificar o ambiente, tenham certeza de que aquele contato inicial com a natureza, fará com que você entenda melhor como as coisas funcionam dentro do meio ambiente. Ajudará a perceber que o mato não é um local como aquele que vemos nas fotos e filmagens, normalmente você vai ter que lidar com mosquitos, mutucas, carrapatos, enfim, indo pro mato você perde aquela falsa impressão de que “é fácil de mais” estar no mato.

Vale lembrar que o youtube é uma ferramenta maravilhosa para um “Start” porém é uma ferramenta limitada, existem situações em que você só vai entender como funciona se estiver lá, praticando.

Sendo assim, pratique, pratique e pratique!