Preparação e seus vários aspectos : Percepção Global

Amigos, se vocês seguiram nossas dicas, e deram atenção aos nossos recados, é de se supor que já prepararam suas B.o.B, pensaram nos seus planos de fuga, fortificaram suas residências (ou ao menos pararam para refletir sobre isso), alguns inclusive já foram atrás de CR, entraram em clubes de tiro, compraram Arcos, aprenderam como usar toda essa gama de conhecimento, então nos resta aprimorar e direcionar o foco desse estudo.

Sendo assim, vejo a necessidade de fazer uma breve série de textos sobre o tema Preparação e seus vários aspectos, neste primeiro momento vamos tratar da preparação de uma forma global, em momentos posteriores, falaremos sobre esferas mais íntimas deste tema.

Todos sabemos que estar preparado é uma questão de observação, não se valha da falsa ideia de preparação que uma arma no seu armário pode te trazer, isso não é preparo, na verdade chamo isso de falsa ideia de segurança.

Preparação é observar o mundo de forma geral, com esse trabalho de observação e busca pelo conhecimento (por meio de notícias, textos de mídias livres…), deve-se tentar prever os próximos eventos, podemos usar como exemplo os nossos hermanos argentinos, que há bastante tempo vem dando sinais de crise, e ontem (dia 28/05/2012) os jornais anunciaram que a Argentina suspendeu todas as importações.

É notório que nada acontece “do nada” nem o Big Bang ocorreu do nada, então devemos antes de tudo, entender que os grandes eventos ocorrem quando vários pequenos eventos já ocorreram, é uma espécie de reação do sistema que enfraqueceu pela ação de fatores sociais externos.

Em suma, podemos dizer que a primeira fase do preparo é conhecer o mundo de forma ampla, não devemos ficar restritos ao que passa no jornal nacional, não devemos ficar presos as notícias que a máquina televisiva nos oferece, temos que olhar além da borda da caixa.

Espero que gostem do texto, e que sintam-se desafiados a conhecer além do que nos é oferecido, espero que se sintam desafiados a conversar com todos, a conhecer novos pontos de vista e a interpretar novas situações.

Obrigado a todos pela atenção e pelo tempo que me dedicaram.

Anúncios

15 comentários

  • júlio !! eu queria deixar uma dica muito boa pra vcs que dirige o blog, ja que estão todos falando de rota de fuga, eu acharia muito bom se todos nós ligados ao blog e a o sobrevivencialismo tivécemos uma rota de fuga coletiva em caso uma situação extrema de caos.tipo assim todos nós se preparamos para o pior, mais se acontecer mesmo todos nós vamos estar sozinhos neste caos e todos divididos em uma alguma parte do pais em pouco numero de pessoas com mais chance de morrer , nós iriamos ter mais chances de sobreviver se tivermos todos juntos nessa.como se fossemos uma aldeia para tentar sobreviver de uma nova maneira juntos ums ajudando os outros cada um com suas tarefas em um grande acampamento. seria mais façil para tudo, para caçar, para se defender etc, a união faz a força. se for um caos na sua região até da pra se virar agora se for um caos total no pais inteiro a gente poderia utilizar esse tecnica de colonia pq assim é muito mais facil de sobreviver, eu vi isso ontem numa revista de sobrevivencia e tambem na maioria de filmes de desastres e de caos> ex EU SOU A LENDA , UM DIA DEPOIS DA MANHÃ ETC. fica ai o q eu penso. agora eu queria saber oque vcs achan disso. é melhor pra vcs ou não???

    • Olá Edson,

      O ideal é você formar um pequeno grupo na sua região, de preferência na sua própria rua. Deslocar-se em um cenário de crise é algo extremamente complicado, complexo e perigoso, visto que você se expõe a quaisquer riscos e passa por territórios desconhecidos. Eu particularmente não pensaria em deixar a região da minha cidade em caso de crise, mas cada qual tem lá seu planejamento! Concordo com o ideal do grupo, basta estudarmos as possibilidades reais de arranjar um ponto de encontro para todos.

      Abraços.

      • isso ja iria ajudar bastante, e tambem nós não iriamos achar que estamos sozinho néssa.

        valeu pelo apoio!!!

    • Não acho viável não… nem um pouco na verdade. Pode estudar ai a rota que você preferir, nenhuma vai ser no mínimo razoável pra todo o país.

      • mais isso só pode ser usado em caso de extremo caos. vcs podem até fazer esse ponto de encontro ai mesmo na sua região se for o melhor lugar para todos. os que quizéren participar migrão pro acampamento coletivo e os q acharem mais viavel pra eles,eles vão e os q não ficão na sua região.mais essa idéia deve ser bem planejada,pra não aver erros. e isso deve ser feito só pros sobrevivencialistas. para ñ sobrecarregar o local , e deve ser bem izolado. por que as vezes tem varios sobravivencialistas que não móran perto de um mato ou selva iqual nós. agente não devemos pensar só na gente. e fodaçe o resto. nós devemos ajudar a todos, pq nós somos uma familia, que penssa no futuro.

      • vc fala isso pq vc esta ai9 com os seus colégas e amigos que séguem isso esta seguro agora eu quero ver se vc estivé-se sozinho nisso tudo !!!

      • Cara, não moro perto do Julio, ou do Alê, ou do Bruno… ou do Doc… enfim, não tenho um grupo formado. A ideia seria legal… o problema é que você ignorou a logística que envolve uma migração desse tipo.

  • Estar preparado não e dever e obrigação e como vc disse ter uma arma no armario não e estar seguro e muito importante que todos da familia saibam usar tudo o que vc tem (armas de fogo , arqueria etc….) pois ate a (NASA) ja esta nos alertando para nos ficarmos alertas para 2012 , ninguem fala de fim de mundo mais sim de catastrofes que estão para acontecer. Agora vai o ditado muito antigo de um GENERAL chines que diz -SE VC QUER VIVER EM PAZ ESTEJA SEMPRE PREPARADO PARA GUERRA. Cabe a vc decidir se quer estrar quase preparado ou não….. UM ABRAÇO.

  • ola!!! julio eu queria saber com quanto dinhero eu posso montar o meu kit de sobrevivencia completo , e valeu pela dica de onde encontrar clorim mais eu consequi achar num super mercado grande aqui perto da minha casa, na seção de hortaliças. eu queria tambem deixar uma sugestão sinalização. Bombas de fumaça colorida feita com açucar derretido,salitre do chile e corante comestivel . facil de se fazer e muito boa. obrigado e fica ai a minha dica

    • Amigo, lembre sempre de verificar a dosagem do clorin, os que encontro a venda no setor de hortaliças são para 10l de água por comprimido de clorin.

      Você gasta em média uns 150 reais pra fazer um kit bom de sobrevivência com produtos nacionais (isso sem levar em conta os produtos específicos para você)

  • Quando estamos nesse meio é impressionante a quantidade de informações que nos chega. Boa parte, não porque corremos atrás delas, mas porque estamos mais atentos aos detalhes, ao nível subliminar que a vezes elas se apresentam. Isso requer treino, pratica e um pouco de bom senso. Agora lógico é sempre bom garimpar, pois a calmaria pode ser um prenúncio de tempestade e é bom estarmos preparados.

  • Lucas Macedo

    Ótimo! Eu já estava começando a achar o assunto de sobrevivencialismo uma besteira, incentivado por “amigos” a desistir – afinal em um mundo onde tudo vez fácil por que se preocupar com isso ? -. Mas voltarei a minha antiga configuração, haushuas. Deixo-lhes uma opinião de postagem: sinais de fumaça, tipo o dos índios norte-americanos… 😀

    • Olá Lucas,

      É fácil dizer que nada vai acontecer quando estamos com todas nossas necessidades supridas o tempo todo. Imagine sua cidade sem energia durante uma semana e você verá que a realidade já iria mudar radicalmente. Quanto à sua sugestão, é uma boa idéia, vamos pesquisar sobre o assunto e ver se conseguimos aprender!

  • A preparação realmente envolve muita coisa mesmo e requer dedicação e atenção.
    Estra informado é uma maneira de se estar à frente dos demais e também é uma maneira de antever os acontecimentos podendo assim traçar um plano de ação.
    Acho que o aspecto mais importante na questão da preparação é o aspecto psicológico. Estar com a mente preparada para poder reagir de foma adequada perante a situação que se apresentar, depois deveria vir o aspecto físico, um bom preparo físico é importante!

  • Bom texto Sancho,
    Ter equipamentos e comida não é estar preparado por completo. Temos de sempre estar antenados no que ocorre à nível global, nacional e regional para que assim possamos ficar realmente em estado de segurança.

    A preparação e o sobrevivencialismo não são apenas uma prática, são um modo de vida que requer muita dedicação para que seja realmente efetivo quando e se for necessário.

    Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s